1. Spirit Fanfics >
  2. Random love >
  3. Capítulo seis

História Random love - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Capítulo seis


Fanfic / Fanfiction Random love - Capítulo 6 - Capítulo seis

A van parou e John B, foi o primeiro a descer seguido por kie e pope. - Me desculpe pelo machucado. - JJ, fala olhando pra mim.

- hã? - perguntei confusa encarando seus olhos azuis.

- Desculpe — falou rapidamente, ainda envergonhado — pela cotovelada, eu não te vi. — explicou nervoso

— ah, sim. Está tudo bem, não se preocupe.

Desci da van. John B e os outros já tinham ido em direção a praia. Sobrando apenas eu e JJ.

Ele estava do meu lado, só aí percebi o quão baixa eu fico do seu lado

Que ridículo. 

- você não é daqui, certo? - ele pergunta enquanto caminhamos em direção a praia.

- está tão na cara assim? - pergunto rindo.

- não, não, é porque eu nunca tinha te visto aqui. - ele explica rápido e envergonhado. — não combina em nada com seu jeito confiante.

Seus olhos percorrem a praia como se estivessem procurando uma maneira de escapar, e ele suspira de alegria? Quando avista John B e seus amigos a poucos passos de nós. Por um frasco de segundos eu imaginei que ele podia está, sei lá, gostando de mim, o jeito que ele me olhou na van e me defendeu do Rafe na praia. Mas pelo visto eu estava enganada. Ele não me suporta, só fez aquilo por caridade. Como eu fui tola em achar que um cara como ele gostaria de mim, uma garota sem graça como eu.

não estava preparada pra isso. Não sabia que minha companhia era tão indesejada assim. Essas diferentes reações me deixam totalmente confusa. - forço um sorriso e vou em direção à eles com o pouquinho de dignidade que me restou .


- a gente vai pegar umas ondas, topa? - John B pergunta. - nego com a cabeça.
- poxa, alanah. - fala kie olhando pra mim com uma carinha de cachorro que Caiu da mudança.
Ela e John eram os únicos que faziam eu me sentir menos desconfortável.

- prefiro ficar aqui, só olhando, sabe? - forço um sorriso. - você não sabe o que está perdendo - diz John B indo em direção ao mar logo atrás vai kie, pope, e JJ.


Fiquei sentada na areia, enquanto eles nadavam e brincavam entre si. Bateu uma invejinha, sabe?
A amizade deles era realmente invejável.

Começou a pingar, vejo que eles estão saindo do mar e correndo em direção a van.

- ALANAH - grita John B entrando na van

Levanto da areia e dou uns tapinhas na minha bunda e corro pra van. Minhas roupas estão úmidas e cheias de areias.

- pra onde a gente vai agora? - perguntou kie.

- casa do John B - JJ e pope dizem em uníssono.

- tudo bem pra você? - John B pergunta


Eu não devia aceitar, eu mau conheço eles.
Mas quando me lembro que se eu voltar pra casa vou ter que aturar o Joel bêbado eu não penso duas vezes.

- sim. - respondo


- CHEGAMOS! - grita kie, descendo da van e correndo pra dentro da casa. Está frio, e o que cai do céu não é mais uma chuva qualquer, é um aguaceiro. Gotas enormes golpeiam minha pele, e não consigo manter os olhos abertos por causa do impacto. Minha roupa está encharcada.

- vem corre - diz John B puxando meu braço.
Pope e JJ vem logo atrás. Olhei pra JJ, seus olhos azuis estavam semicerrados.
Ele parecia furioso?
Não, claro que não. Porque ele ficaria? Ele não gosta de mim.



Entramos na casa de John B, estava uma bagunça, garrafas de bebidas e caixas de pizzas espalhadas por toda casa.

Pope e JJ, foram em direção a cozinha pegar umas bebidas e eu fiquei sozinha com John B na sala já que a kie estava no banheiro se secando.

- ei, é melhor você se secar ou vai ficar resfriada. - John B fala pra mim enquanto passa uma toalha no cabelo.

- é.. você poderia me mostrar onde fica o banheiro? - pergunto envergonhada.

- claro. - ele diz andando em direção ao banheiro e o segui pelo corredor. Kie já estava saindo do banheiro quando chegamos. Ela estava com os cabelos úmidos e uma blusa masculina que presumir ser do John B.

- ei, John b, empresta uma camisa pra alanah vesti. - kie fala olhando pra ele.

- não precisa, sério. - digo envergonhada.

- claro que precisa, você pode ficar doente se ficar com roupa molhada. - ele diz sorrindo e sai em direção seu quarto pegar a camisa.

- toma. - ele me entrega uma toalha e uma camisa. - sorrio agrediecia e em seguida entro no banheiro.

Encarei meu rosto vermelho no espelho e suspirei lentamente, enquanto prendia meu cabelo em um coque mal feito — resmunguei, tirando minha roupa molhada e jogando na pia.
Então a porta do banheiro escancarou.
Quando me dei conta, JJ estava parado à minha frente. Nós dois ficamos sem reação. Depois de segundos de puro choque, puxei uma toalha para cobrir o corpo, enquanto JJ virava de costas.

— Desculpa, eu devia ter batido e… - ele não termina a frase só vira de costas e tranca a porta.

- aí, meu deus, que vergonha.

Não acredito que isso realmente aconteceu.






Notas Finais


...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...