1. Spirit Fanfics >
  2. Random solangelo >
  3. Fogueira

História Random solangelo - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Hc que eu acabei de inventar: sempre que o Will canta na fogueira, ele muda as letras das músicas para se adequarem à ele e ao Nico. Sei lá, só acho isso muito a cara do Will.

Capítulo 9 - Fogueira


— O que Will está fazendo? – Nico pergunta para Kayla.

Tinham conseguido convencer Nico a ir à fogueira naquela noite, com muita dificuldade, mas conseguiram. Fazia algumas semanas que Gaia tinha sido derrotada e o filho de Hades não poderia estar mais calmo.

— Ele decidiu tocar hoje. – a garota de cabelo verdes, contou – Acho que você vai gostar.

Ele queria perguntar o porquê, mas Kayla já estava saindo.

Nico sentou-se ao lado de Jason, que rapidamente começou a falar com ele. Foi quando menos esperava, que Will começou a tocar. Nico não conhecia aquela música, mas ele não conhecia muitas, então não era novidade.

Eu tenho um coração e eu tenho uma alma

Acredite em mim, eu vou usar os dois

Nós fizemos um começo

Talvez seja falso, eu sei

Amor, eu não quero me sentir só

Então me beije onde eu me deito

Minhas mãos sobre suas bochechas

Um longo caminho desde o maternal

A voz de Will soava tranquila, suave.

Eu tenho te amado desde que tínhamos treze anos

Algumas pessoas soltaram risadinhas, mas Nico não tinha percebido que era porquê Will trocara a letra da música.

Bem antes de pensarmos a mesma coisa

Sobre ser amado, e estar apaixonado

Tudo o que posso fazer, é dizer

Que estes braços foram feitos para te abraçar

Eu quero amar como você me fez me sentir

Quando tínhamos treze anos

Agora Will olhava diretamente para Nico, o que o estava envergonhando um pouco. Os cabelos loiros estavam mais escuros por causa da luz do anoitecer, mas seus olhos azuis brilhavam. Era como se chamassem Nico para mais perto.

Nós arriscamos

deuses sabem que tentamos

E durante todo esse tempo, eu sabia que ficaríamos bem

Então, me sirva uma bebida (oh, amor)

Vamos passar a noite acordados

E veremos tudo

Nós podemos viver nesse amor em câmera lenta, lenta, lenta

Então me beije onde eu me deito

Minhas mãos sobre suas bochechas

Crescemos bastante desde o maternal

Eu tenho te amado desde que tínhamos treze anos

Bem antes de pensarmos do mesmo jeito

Sobre ser amado, e estar apaixonado

Mesmo sem perceber, Nico sorria minimamente para o loiro, que o olhava enquanto cantava.

Tudo o que posso fazer é dizer

Que estes braços foram feitos para te abraçar

E eu quero amar como você me fez sentir

Quando tínhamos treze anos

Quando tínhamos treze anos

Oh, deuses, quando tínhamos treze anos

Ambos não perceberam quando os filhos de Apolo começaram a cantar com Will, como se só existissem os dois naquele acampamento. E mesmo não estando perto o bastante para se tocarem, eles deixaram se aproximar pela música.

Então me beije onde eu me deito

Minhas mãos sob suas bochechas

Crescemos bastante desde o parquinho

Eu tenho te amado desde que tínhamos treze anos

As chamas da fogueira pareciam nunca terem estado tão altas. Casais se beijavam, amigos cantavam. E Will e Nico se olhavam, enquanto os dedos do loiro ainda dedilhavam o violão.

Bem antes de pensarmos do mesmo jeito

Sobre ser amado, e estar apaixonado

Tudo o que posso fazer é dizer

Que estes braços foram feitos para te abraçar

E eu quero amar como você me fez sentir

Quando tínhamos treze anos

Eu quero amar como você me fez sentir

Quando tínhamos treze anos

Eu quero amar como você me fez sentir

Oh, deuses, quando tínhamos treze anos

Foi para você Nico consegui ler pelos lábios de Will.

Ninguém notou os dois saindo, como ninguém notou que Will não tinha voltado para o chalé naquela noite.

— Isso foi brega, mas muito fofo. – Nico brincou.

Will sorriu, enquanto abraçava Nico. Os dois estavam ali, no escuro do chalé 13, sozinhos e aquilo bastava.


Notas Finais


Eu li uma fanfic onde Eros estava cuidando da relação de Solangelo, desde a época que o Nico gostava do Percy (tanto que foi ele que o flechou, mas não flechou o Percy, apenas o Nico). O Will foi flechado quando ele tinha 13 (?) anos na batalha de Manhattan, mas o Nico ainda gostava do Percy naquela época e só foi flechado quando encontrou o Will na batalha contra Gaia. O amor que ele sentia pelo Will era tão forte, que conseguiu expulsar a flecha do Percy para fora.
Eu amo tanto essa história, vocês já leram? Eu recomendo muito. Estava pensando em escrever uma fanfic sobre como seria se o Will e o Nico tivessem sido flechados ao mesmo tempo. O que acham?
Beijos,
Clara.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...