1. Spirit Fanfics >
  2. Rarefeita >
  3. Sorvete sabor chiclete e outros mistérios sobre você

História Rarefeita - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


shameless_-_camila-cabello.mp3

Capítulo 1 - Sorvete sabor chiclete e outros mistérios sobre você


 

Não há mais nada para eu me impressionar. Por isso eu não faço perguntas, porque, bem no fundo do meu âmago, a sonhadora adormecida em mim anseia por uma surpresa, a mínima que seja. Mas não que você seja previsível, pelo contrário. É só que a vida me enganou, sabe? Me deu títulos bonitinhos, mas conteúdos melancólicos como os deste texto, que sai avidamente dos meus dedos sem que eu ao menos me esforce. Tudo aqui é meio cinza e eu quero que você me salve de mim mesma, com toda a sua consciência rarefeita. Porque a desilusão também consome tanto quanto um coração partido, então eu não tenho mais nada a temer, ou pelo menos espero que não.

Aí você enche a boca para falar que tem algo em você que eu preciso conhecer antes de qualquer coisa, mas você não vai deixar isso emergir tão fácil e eu não tenho as ferramentas necessárias para extrair esse… o que quer que seja do seu peito. Você perguntou o significado da palavra tatuada em meu pescoço e eu não disse antes, mas agora vou dizer: egoísta. Você diz que eu não sei onde estou me metendo; você não sabe onde está se metendo. Mesmo assim eu quero a sua intromissão. Deve ser por isso que não saímos do canto. Nós dois, independente de quem sofre mais ou menos, somos desprovidos de coragem e queremos sempre levar a culpa como triunfo de “eu te avisei”.

O fato é que essa batata quente esfriou de tanto que receamos jogá-la um para o outro. Sei que você só não quer me machucar — que ao contrário de mim, que só sei coisas bobas a seu respeito, como o seu sabor favorito de sorvete, você já tracejou todas as minhas cicatrizes —, mas eu não tenho mais medo da dor, até criei um certo vínculo amistoso com ela, afinal ela é parte do que sou. 

A verdade é que eu te acho ordinário demais para guardar tanta insegurança. Você sempre muda de assunto quando o assunto é você. Você quer tudo de mim, mas não me oferece nada em troca além de uma compreensão rasa. Você não está sendo justo, Mathew. Eu quero que isso funcione, eu quero que você confie em mim. Por mais quebrada que eu seja, eu sei como pisar em ovos — aliás, é por isso que sei. Mas, poxa, dá para pisarmos em ovos enquanto juntos. Dá para eu descobrir e lidar com as suas falhas; quanto mais perto melhor.

Talvez eu seja muito apegada a status, sei disso. Mas é que eu gosto de confirmação tanto quanto você gosta de me afogar nos seus mistérios; nos meus você sabe que já nadou tanto que seus dedos enrugaram. Então, por favor, não demore tanto. Pois tão rarefeita quanto a sua consciência de mim é a minha convicção de nós.

 


Notas Finais


somin pediu o mathew em namoro, mas ele é cheio de porém.
tadinho dele quando ela cansar de tentar negociar com um muro de pedra...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...