História Rarity and Prodigy - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Black Pink, Girls' Generation
Personagens Jennie, Jessica, Jisoo, Taeyeon, Tiffany, Yuri
Tags Jensoo, Taeny, Taeyeon, Tiffany, Yulsic
Visualizações 361
Palavras 2.683
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - IV. Malibu, baby!


Fanfic / Fanfiction Rarity and Prodigy - Capítulo 5 - IV. Malibu, baby!

Era um sábado ensolarado na Califórnia, temperatura favorita de Tiffany Hwang.

Foi com o humor—diferente dos dias anteriores—vibrante e bem-disposto que ela acordou naquela manhã quente de inverno. Amava a Califórnia pelo fato de que mesmo nas estações frias as temperaturas altas prevaleciam e o sol era um amigo insistente naquele céu familiar.

‘’Leo!’’ vociferou de seu quarto ao sair do banheiro em seu robe de seda rose. Ao não ouvir resposta alguma respirou fundo esforçando-se para não deixar que nada acabasse com o seu humor de final de semana e foi até o quarto próximo ao seu, empurrando a porta sem se preocupar em pedir licença. ‘’Babaca, você por um acaso já tomou banho? Vamos sair em meia hora.’’

Leo Hwang, o irmão mais velha da californiana, não desviou os olhos do computador ao responder. ‘’Por que eu preciso te levar mesmo? Pede pro Phil, preciso terminar esses formulários da faculdade.’’

Tiffany grunhiu e bateu o pé como uma perfeita mimada de berço de ouro. ‘’O Phil está de folga até terça-feira, o papai fez o favor de dispensar ele pra visitar a família, acredita nisso?’’

‘’Acredito, Miyoung,’’ Leo suspirou em meio a um revirar de olhos. ‘’Isso se chama ter um bom coração com os seus funcionários, o Phil estava há quase seis meses sem nenhuma folga de você, acredita nisso?’’ ironizou copiando o tom marrento da irmã.

‘’Eu odeio você.’’

‘’Sentimento mútuo, maninha. Inclusive, você já tem quase dezoito anos, não acha que está na hora de aprender a dirigir, conseguir um emprego e comprar o seu próprio carro?’’

‘’Duh, não?’’ seu tom fez a resposta parecer óbvia. ‘’Tenho coisas mais importantes pra aprender, minha agenda já é ocupada o bastante, além disso, o Phil está aí pra isso; ser o meu motorista.’’

Leo não respondeu e voltou a focar sua atenção no computador.

Tiffany cruzou os braços e continuou dentro do quarto como a teimosa que era, encarando-o com uma intensidade suficiente para que ele sequer conseguisse se concentrar em terminar seu projeto.

‘’Ah, Deus...’’ o moreno afastou a cadeira de sua mesa e se levantou. ‘’Tudo bem, eu te levo.’’

‘’E vê se não demora tanto nesse banheiro,’’ exigiu com um olhar impaciente. ‘’Você viu a minha escova de cabelo?’’

‘’Aquela coisa rosa neon?’’ Leo apontou para a sua escrivaninha. ‘’Tá ali.’’

‘’Mas o quê...’’ Hwang fora até onde o irmão indicara e pegou sua escova, passando a encará-lo com incredulidade. ‘’Por que diabos está no seu quarto?’’

‘’A Chloe veio aqui ontem e pediu uma, eu não uso essas coisas, tudo o que tenho é um pente então falei pra ela pegar a sua emprestada,’’ explicava Leo no caminho até o banheiro.

‘’Você sabe que odeio quando mexem nas minhas coisas, Leo! E isso inclui a sua namorada!’’

‘’É só uma escova, Miyoung,’’ o rapaz disse com tranquilidade já sob o chuveiro.

‘’Inacreditável...’’

‘’Isso não está muito pequeno?’’

Tiffany desviou os olhos do espelho da maquiagem para o seu irmão, que dirigia focado ao seu lado em um dos carros de seu pai—o luxuoso Maserati GranTurismo. Tiffany exigia que sempre fosse levada nele até a praia pelo motivo de não ter o usual teto, disponibilizando que o vento fresco acariciasse seu rosto com o aroma da maré e balançasse as mechas longas de seu cabelo da maneira que tanto amava.

‘’O que é muito pequeno?’’

‘’O seu biquíni,’’ comentou passando a procurar algum lugar para estacionar o conversível. ‘’Você tem sorte que o papai não estava em casa.’’

‘’É, tanto faz,’’ murmurou guardando sua maquiagem no porta-luvas e passando rapidamente a mão em seu cabelo. ‘’Não precisa me buscar, eu volto de Uber.’’

‘’Você poderia ter vindo de Uber,’’ resmungou voltando a ligar o carro logo após a mais nova sair. ‘’Mas precisa se exibir chegando no Maserati, né...’’

‘’Óbvio,’’ afirmou Tiffany ajustando sua saída de banho curtíssima e rosa. ‘’Byeee.’’

Leo a observou colocar os óculos escuros e se afastar com toda a sua pose superior e resoluta. Em meio a um balançar de cabeça e sorriso suave arrancou com o carro.

‘’Mãe, se a senhora está me ouvindo agora... por favor coloca um pouco de compaixão e sensatez na sua filha.’’

Kim Taeyeon nunca gostou muito de ir até a praia. Primeiro porque era pálida demais e o mais próximo que chegava de um bronzeado era se transformar em um camarão; segundo que, apesar de se sentir completamente confortável com o seu corpo, detestava os olhares inconvenientes que recebia dos homens. O Estados Unidos era realmente muito diferente da Coreia do Sul e ela ainda não estava 100% acostumada com esse fato.

‘’Malibu, baby!’’ Sooyoung gritou com entusiasmo. Rosé aproximava-se atrás dela e Seohyun, Minho, Jisoo e Jessica já andavam um pouco a frente com pressa para aproveitar aquele belo dia de sol. A areia era macia e morna sob seus pés, tão limpa e clara quanto a cor do mar. Malibu era mesmo belíssima.

Foi com muita insistência que Taeyeon aceitou o convite do grupo para lhe apresentar alguns dos melhores lugares da Califórnia, e que local melhor para começar que Malibu?

Minho não demorou muito para entrar na água junto com Seohyun e Sooyoung. Taeyeon forrou sua canga e passava a tirar sua saída de banho quando, a poucos passos de distância, seus olhos se encontraram com os de Tiffany Hwang fazendo o mesmo.

O movimento das duas paralisou por um segundo onde elas pareciam não acreditar no que viam—Taeyeon foi a primeira a sair do curto transe e desviar os olhos, terminando de despir-se e ajustando rapidamente a parte de baixo de seu biquíni azul-marinho. Tiffany fez o mesmo, ajoelhando-se sobre sua canga e pegando seu bronzeador.

‘’Aquela não é a Hwang?’’ Rosé perguntou ao deitar-se sobre o tecido, ao lado da loira.

Jisoo escutou o nome familiar e seguiu o olhar da sua recente amiga. Avistou Tiffany sentada sobre uma canga escura e longa, vestida em um biquíni rosa que parecia extremamente fino e pequeno. A garota corou e olhou para Taeyeon que tinha um pequeno e sagaz sorriso nos lábios parecendo ter percebido a sua reação.

‘’É ela mesma,’’ respondeu lembrando-se de ter esquecido algo importante. ‘’Vocês trouxeram bronzeador?’’

‘’Eu sim,’’ Rosé lhe estendeu o pote amarelo.

‘’Ah,’’ Taeyeon soltou um curto suspiro. ‘’Eu sou alérgica a esse.’’

Roseanne comprimiu os lábios e olhou para Jisoo, ‘’Eu não trouxe nenhum, também iria pedir o seu emprestado, Rosé.’’

Com isso restou a Taeyeon queimar-se sob aqueles raios de sol cada vez mais quentes ou...

‘’Eu já volto,’’ disse ao levantar-se. Jisoo a acompanhou com os olhos junto com Rosé, que parecia confusa. ‘’Vou pedir o da Hwang emprestado.’’

‘’Oh, não...’’ sussurrou Jisoo hesitante.

‘’Tem certeza que é uma boa ideia, unnie?’’ Rosé a fitou com um semblante preocupado, a loira apenas assentiu com um breve aceno de cabeça e seguiu até a garota não muito distante.

Tiffany já estava deitada de bruços, ambos os braços cruzados e o queixo apoiava-se sobre eles enquanto encarava a tela de seu celular. Ao sentir a aproximação estranha elevou seus olhos até a silhueta de Taeyeon.

‘’Você está bloqueando o sol.’’

‘’Pode me emprestar o seu bronzeador?’’

Tiffany arqueou lentamente uma sobrancelha, ‘’Sério que literalmente ninguém daquele seu grupo tem um bronzeador?’’

‘’Tem, mas sou alérgica aquela marca,’’ Taeyeon apontou para o pote ao lado da morena. ‘’Posso?’’

‘’Honestamente, de todos os lugares você precisava surgir bem desse lado da praia? Isso só pode ser perseguição. Pega e leva contigo.’’

Taeyeon inclinou-se e pegou o produto, voltando a se levantar com sobrancelhas franzidas.

‘’Eu só preciso de um pouco.’’

‘’Realmente acha que eu vou encostar nele depois de você ter usado?’’ Hwang torceu o nariz em uma careta e desviou os olhos para o celular. ‘’Vai saber onde você encostou essas mãos...’’

‘’Tudo bem,’’ resolveu não insistir. ‘’Mas eu percebi que você não passou direito nas costas, então te aconselharia a não deitar de bruços assim.’’

‘’Você já pegou o que queria, não precisa forçar uma simpatia desnecessária. Eu não gosto de você e você não gosta de mim, isso está claro desde o dia em que nos conhecemos, agora pode me dar o prazer de aproveitar o meu final de semana sem a sua presença tediosa?’’ Tiffany cuspiu as palavras com ácido e encarou a loira com repulsa em seus olhos.

Taeyeon pressionou os lábios e esperou que ela voltasse a encarar o celular para então ajoelhar-se ao lado de seu corpo. Tiffany estreitou os olhos quando notou que a garota ainda estava ali e segundos depois os arregalou ao sentir mãos pequenas tocarem suas costas.

‘’Mas que diabos?!’’ esbravejou impulsionando-se para cima e virando-se rapidamente enquanto arquejava. A pequena prodígio tinha um pouco de bronzeador nas mãos e olhava para ela com sua costumeira expressão serena. ‘’O que você pensa que está fazendo?!’’

‘’Será que você pode relaxar um pouco, garota?’’ balançou a cabeça fazendo pouco caso da reação exagerada daquela que se declarava sua inimiga. ‘’Eu só ia passar um pouco onde estava exposto ao sol, isso pode acabar te rendendo uma queimadura daquelas mais tarde.’’

‘’Sua—ugh! Nunca mais se atreva a encostar em mim, não pense que eu sou—‘’

‘’Eu não penso que você é nada, Tiffany,’’ a expressão serena da loira fora substituída abruptamente por uma rígida e severa. ‘’Nem tudo é sobre você. Acontece que se quiser vencer as Nacionais desse ano precisa cuidar melhor do seu corpo já que depende dele pra isso e, não sei se percebeu, mas eu sou da mesma escola que você. Os méritos que você e seu grupo traz pra TAG também me favorecem, eu não tentaria prejudicar o seu desempenho, não seria uma atitude inteligente.’’

Tiffany percebeu a sutil indireta e pressionou os lábios. Elas trocaram olhares por longos segundos; era como se violentos raios vermelhos ligassem uma íris à outra com tamanha intensidade.

‘’O que você está tramando, Taeyeon?’’

‘’Acho que eu é que deveria estar te perguntando isso, Tiffany.’’

Odiava admitir—e não admitiria em voz alta jamais, nem mesmo por cima do seu cadáver—, mas sabia que Taeyeon estava certa. Por isso, contrariando a sua real vontade de enxotá-la para longe dali, apenas voltou a se deitar de bruços e esperou que a loira passasse um pouco de bronzeador em suas costas.

(Também nunca admitiria que as mãos de Taeyeon eram na verdade muito macias e delicadas. E nem que seu cabelo ficava ainda mais loiro e radiante sob os raios de sol.)

Quando terminou não se importou em dizer um tchau e simplesmente se afastou, sabendo que de qualquer forma Tiffany não responderia—e não é como se ela fizesse questão de uma resposta da líder de torcida.

‘’Okay,’’ a loira varreu os olhos pelos adolescentes que conversavam deitados sobre a areia quente e suspirou. ‘’Não foi uma coincidência termos encontrado ela por aqui, então pode desembuchar quem teve a ideia brilhante de bolar esse encontro prescindível.’’

Rosé, Minho e Sooyoung olharam discretamente para Jessica; coisa que Taeyeon percebeu de imediato.

‘’Jessica? Eu bem que desconfiei.’’

‘’Ah, fala sério,’’ a garota empurrou o ombro de Minho e lançou um olhar cortante na direção de Rosé e Sooyoung. ‘’Vocês são péssimos em disfarçar.’’

Jisoo e Seohyun pareciam ter uma gigante interrogação dançando sobre suas cabeças.

‘’O que eu posso fazer se parece ser impossível esconder algo da líder aí,’’ falou Minho escondendo-se atrás de Rosé.

‘’Realmente,’’ concordou Sooyoung.

‘’Eu só sou uma boa observadora, além de que Malibu é enorme, era uma chance em um milhão ficarmos em um lugar tão próximo dela,’’ Taeyeon focou seus olhos em Jessica esperando por uma explicação. ‘’O que você pretendia exatamente?’’

‘’Percebi que tem algo tenso rolando entre vocês desde segunda,’’ começou Jessica sem demonstrar ao menos um pouco de arrependimento. ‘’E como já fui uma amiga próxima da Tiffany no ensino fundamental sempre soube o horário e onde ela costuma ficar quando vem aqui aos sábados, então pensei que seria uma boa ideia ver como vocês reagiriam aqui fora—longe de todo o drama da escola, entende?’’ comprimiu os lábios, pensativa. ‘’E me pareceu que vocês estavam até que se dando bem, quer dizer... Tiffany nunca te deixaria ultrapassar a regra de cinco metros de distância que ela tem pra estranhos ou pessoas insignificantes, como gosta de falar.’’

‘’Você já foi próxima da Rainha do Drama?’’ Sooyoung perguntou com surpresa. ‘’Nossa.’’

‘’E o que pretende querendo nos aproximar?’’ a pergunta de Taeyeon pairou entre o grupo como uma nuvem escura por longos segundos.

‘’Uau, você é boa em ligar os pontos,’’ murmurou Jessica com certo espanto—esperava que precisasse explicar mais a fundo até que Taeyeon entendesse o seu objetivo.

‘’Então?’’

‘’Eu conheço praticamente todo mundo da TAG, até mesmo os novatos, e sei alguns que podemos aproveitar muito bem no Coral, mas acredite quando digo que não teremos chance alguma sem uma solista do mesmo nível que o seu, Taeyeon,’’ Jessica desviou os olhos rapidamente para a garota que se bronzeava a alguns passos de distância antes de focá-los na líder novamente. ‘’Se existe uma pessoa naquela escola que tem o alcance vocal tão potente quanto o seu é a Tiffany Hwang. Precisamos dela.’’

...

Tiffany não costumava tomar banho nas águas cristalinas de Malibu, seu motivo principal para ir até lá era unicamente focado em conseguir um bronzeado para futuras fotos do Instagram, no entanto aquele dia em especial as ondas estavam calmas e o bonito brilho que cobria a praia de cor azul-esverdeado parecia atraí-la a dar ao menos um rápido mergulho—e no final fora o que ela fez.

Atitude da qual se arrependeu no momento em que Kim Taeyeon se aproximou com o seu nado irritantemente perfeito.

Ao emergir Taeyeon se surpreendeu em ver o rosto da garota ainda perfeitamente maquiado mesmo após o mergulho. Sinceramente, não via o porquê de alguém se maquiar apenas para ir até a praia.

‘’Eu queria te fazer um convite,’’ foi direto ao ponto. Estava consciente de qual seria a resposta, mas tinha a esperança de conseguir notar ao menos um vestígio na reação de Tiffany que explicasse o porquê ela odiava tanto o Coral.

‘’Seja lá o que for a resposta é não,’’ respondeu de imediato prestes a se afastar quando Taeyeon se atreveu a segurar o seu pulso—Tiffany sentiu um arrepio suave atravessar sua espinha e puxou o seu braço com certa brutalidade. Por que ela ficava sempre tão mexida sempre que Taeyeon tinha o mínimo contato com a sua pele? Nem mesmo Taehyung lhe deixava naquele estado entre nervoso e desconcertante. ‘’Será que dá pra parar de encostar em mim?’’

Taeyeon franziu suavemente as sobrancelhas quando notou que o tom de Tiffany se tornou mais defensivo. Lembrou-se da regra dos cinco metros de distância que Jessica havia mencionado e chegou a conclusão de que havia descoberto um dos pontos fracos da cheerleader. Contato físico.

‘’Okay, desculpe,’’ decidiu dar um passo para trás deixando uma boa distância segura entre as duas e com o seu afiado olhar observador percebeu os ombros de Tiffany menos tensos. ‘’Me deixa ao menos fazer o convite.’’

‘’Fala logo, você já me fez perder tempo demais por hoje,’’ resmungou entre dentes ao cruzar os braços.

‘’Faz a audição pro Coral.’’

‘’Como é que é?’’ Tiffany arqueou uma sobrancelha e encarou Taeyeon com uma expressão estupefata antes de rir sarcasticamente. ‘’Você não tem medo de morrer afogada, garota? Mas nem se me oferecessem o papel principal na Broadway eu participaria dessa audição tosca.’’

Taeyeon sorriu de canto e fez um som zombeteiro diante da reação da líder de torcida.

‘’Tudo bem, nem todo mundo tem coragem de cantar em um auditório,’’ encolheu os ombros ao passar a mão pelo cabelo loiro e úmido. ‘’De qualquer forma, o convite está feito. Boa sorte nas Nacionais.’’

Enquanto Taeyeon nadava até onde seus amigos estavam Tiffany sentia a pequena chama de sede por vingança dentro de si crescer mais e mais. Detestava quando a desafiavam e ninguém havia feito tal coisa com tanta ousadia quanto Kim Taeyeon.

‘’Convite aceito.’’


Notas Finais


taeyeon é esperta demais fala sério.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...