História Razões e Emoções - Namlice - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink, Got7
Personagens Jackson, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Tags Jenhope, Jinsoo, Namlice, Rosekook, Taejin, Taejinsoo, Vsoo, Yoonmin
Visualizações 10
Palavras 1.338
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - Promessa


  Jaemin, melhor amigo do estrume do Jackson. Tinham uma coisa que os dois eram parecidos, subordinar as pessoas. 


— Jaemin, pelo o amor de Cristo, não conta que a gente ta aqui pro Jackson! - Imploro com as mãos juntas


— O que vai me dar de troca dessa vez? 


— O que você quiser


— O que eu quiser... - Fez uma cara pensativa - Uma noite comigo


— Eu não vou fazer isso! 


— Se não é você, é ela - Apontou para Rosé que fez uma cara espantada


— A mas ela não vai dormir com você nem a pau! - Jungkook exclamou


— E você é o que dela pra falar isso? 


— Eu sou... O namorado dela


— Você é? - Chae perguntou confusa


— Sim, eu sou


— Ok, não sou tão fura olho. Vendo isso, você não tem muita escolha, Lisa


— Se ela disse que não vai fazer isso, ela não vai fazer - Namjoon se pôs na minha frente


— E eu lá me importo com a opinião dela? Ou é isso, ou eu conto para Jackson que vocês estão aqui


— Você não pode simplesmente esquecer isso e deixar a gente ir embora? 


— Não


— Aish - Fico na frente de Namjoon - Pode ser outra coisa? 


— Um beijo


— Um abraço


— Duas noites comigo


— Um aperto de mão


— Três noites


— Um selinho


— Quatro noites


— Um beijo de 5 segundos


— 10 segundos


— 7 segundos


— Ok, trato feito


— Como é que é?! - Namjoon fala indignado


— Namjoon, você vai preferir que seje entregue ao filho da mãe do Jackson? 


— Faz logo isso então - Ele vai para trás de Jungkook


  Respiro fundo e me aproximo relutante de Jaemin. 

Chegando perto dele, o mesmo me puxa e me beija. Não retribuo e pensava quando aqueles 7 segundos (que pareciam 7 minutos) iriam acabar. 


— Pronto, já deu os 7 segundos - Rosé me puxa para longe de Jaemin - Não foi nada bom te ver, até nunca mais - Saímos de-lá antes que o mesmo falasse algo. 


  Enquanto andávamos em direção a casa, percebi que Namjoon estava muito quieto e estranho. 


— Nam, você tá bem? 


— Lógico, por que não estaria? 


— É que você tá tão quieto


— Só tô com preguiça de falar, simples


— Mentira - Jungkook exclamou atrás de nós - Ele tá assim porque ficou com ciúmes do seu beijo com o Jaemin


— Cale a sua boca, Jungkook. Eu não tô com nenhum ciúmes


— Mas você mesmo disse que sentimos ciúmes das pessoas que gostamos


— Ele gosta de mim? 


— Não liga pras coisas que ele diz, você sabe que o Jungkook não bate bem da cabeça


— Não duvido na... - Sou interrompida por Hoseok


— Olha quem encontramos, o quarteto fantastico - Disse chegando perto de nós


— E vocês são o casal fantástico, né? 


— Se não fosse por essa esquentadinha aqui, eu concordaria com você - O mais velho coloca seu braço envolta do pescoço de Jennie e a mesma revira os olhos


— Onde que vocês estavam? - Começamos a andar novamente até a casa


— Nós estávamos voltando daquela rua - Aponto para a entrada que não estava muito longe


— Vocês foram aprontar e nem foram me procurar? Belos amigos vocês


— Pelo menos você não encontrou o Jaemin


— Eita poha, o que vocês fizeram pra se livrar dele? 


— Tive eu, a heroína da pátria, beijar ele por 7 segundos - Jennie faz uma cara de desgosto


— Coitada de ti, teve que beijar aquele coisado


— Mas e vocês, onde estavam? 


— Esse doido me chamou pra ajudar ele e acabou que fugimos da polícia


— Que merda vocês fizeram pra fugir da polícia? 


— Eu não fiz literalmente nada, ele que me puxou junto


— Em minha defesa, eu não iria deixar você lá na delegacia pra depois ficar escutando suas reclamações. Se bem que não fez muita diferença... - Jennie dá um tapa no braço de Hoseok - O que eu fiz dessa vez? 


— Foi idiota


— Acho que já ouvi essa frase uma vez - Digo tentando me lembrar da onde escutei isso


— Você me disse isso várias vezes na sua vida - Comentou Namjoon


— E com razão


— Ya, não teve nenhuma razão nisso


— Aí gente, vocês deveriam ser igual a Jennie e o Hoseok. Não ficam juntos oficialmente, mas já disseram que gostam um do outro - Exclamou Rosé


— Eu nunca disse que gosto dele


— E nem precisa, já percebi isso a muito tempo


— Cala a boca, Hoseok


— Vem calar, esquentadinha


— Olha que eu calo mesmo


— Tô esperando


— Pois pode esperar, minha preguiça é maior


— Eu te ajudo então - Ele beija Jennie e arregalo os olhos


— Rosé, pega a câmera menina! - Pego meu celular rapidamente e tiro uma foto daquele momento e Rosé repete a mesma ação


— Jesus, esperei tanto por esse momento - Jungkook diz sorrindo


— O otp tá acontecendo - Disse Namjoon impressionado


— Lisa, olha como ficou a foto - A mais velha me dá o seu celular


— Caraca, essa foto dá a sensação certinha que esses dois são apaixonados. - Devolvo o celular pra Chae e Jennie se separa de Hoseok na mesma hora


— V-você - Ela começa a corar - Aish - A mesma fica atrás de todos nós e começamos a rir. 


  Depois de mais alguns minutos, chegamos em casa e nos deparamos com um homem de costas conversando com Jisoo, que parecia aflita e que logo nos viu. 


— Lisa - Veio até mim - Aquele cara quer conversar com você


— Quem é ele? 


— Oi, filha - Um ódio cresceu em mim logo quando ele se virou


— Eu não sou sua filha e o que você tá fazendo aqui, Jackson? 


— Eu vim aqui te ver e perguntar o porquê de todo aquele fuzuê na rua - Ele se aproxima e me afasto rápido


— Eu não te devo explicações, então você já pode ir embora


— Eu sou seu pai e mereço explicações


— Quantas vezes eu vou ter que te dizer que você não é meu pai? Você só é o ex-marido abusivo da minha mãe e que me abandonou quando era só uma pré-adolescente. Uma pessoa como você não merece ser tratado como um pai e nem como uma pessoa, e sim como um monstro. 


— Você acha que é quem, hein? Não existe nenhum direito que permita que você aja assim comigo. Tsc, você realmente é igual a sua mãe, a única diferença é que ela era idiota o suficiente e que hoje em dia está no devido lugar, no inferno


— CALA A BOCA - Sinto meus olhos arderam - O ÚNICO IDIOTA NISSO TUDO É VOCÊ! VOCÊ QUE DEVERIA ESTAR NO INFERNO, VOCÊ QUE DEVERIA SER MORTO, VOCÊ QUE DEVERIA SER ABANDONADO E VOCÊ QUE DEVERIA TER SIDO ARROMBADO ATÉ NÃO TER UMA SEQUER LÁGRIMA PRA SOLTAR! 


- VOCÊ ACHA QUE TÁ FALANDO COM SEUS AMIGUINHOS? VOCÊ É IDIOTA IGUAL SUA MÃE, MAS PELO MENOS ELA PRESTAVA PRA ALGUMA COISA. VOCÊ DEVERIA TER MORRIDO LOGO NA BARRIGA DAQUELA FILHA DA PUTA - Dou um tapa na sua cara


- EU TE ODEIO - Digo chorando e vou correndo para meu quarto. 


  Tranco a porta e me sento no chão chorando. Encosto minha cabeça na parede e escuto os meninos expulsando Jackson de casa, até que ouso alguém batendo na porta. 


— Lisa, abre a porta! - Sinto um pouco de alívio por escutar a voz de Namjoon e abro a porta, logo o abraçando


— Ei, fica calma! Ele já foi embora - Disse fazendo um carinho na minha cabeça


— Porquê eu não consigo ter uma vida normal sem aquele canalha nela? 


— Você vai arrumar uma resposta no futuro, mas, por enquanto, espero que você saiba que estamos aqui com você - Ele se distância um pouco de mim para me olhar - Principalmente eu


— Você... Promete ficar comigo até tudo isso acabar? 


Eu prometo ficar com você até mesmo depois que tudo isso acabar - Sorrio e encosto minha cabeça em seu ombro, fechando os olhos e aproveitando aquela sensação de segurança



Contínua.... 


Notas Finais


Ai gente, já disse que odeio o Jackson nessa fic?

E tivemos um momento fofis de Namlice no final *-*, um pequeno avanço para a relação desses dois corações de pedra!!...♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...