História RBD vs RBR - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Rebelde, Rebelde (RBD), Rebelde Brasil
Personagens Carla Ferrer Pires, Diego Bustamante, Diego Luz Maldonado, Guadalupe "Lupita" Fernández, João "Giovanni" Méndez López, Mia Colucci Cárceres, Miguel Arango Cervera, Pedro Costa, Roberta Alexandra Maria Pardo Rey, Roberta Messi, Tomás Campos Sales Penedo
Visualizações 35
Palavras 692
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá! Esse tá mais curto pq amanhã tem outro ok? Ah, tem capítulo novo na minha outra fic "Es Por Amor" vão lá conferir!

Capítulo 3 - Esqueça o Feat.!


- O que está acontecendo aqui? Me explique agora Roberta Alexandra!

Pardo e Rey se levantaram do chão.

- Mamãe? - disse Pardo.

- Ótimo, só o que me faltava mesmo... - retrucou Messi.

- Eu venho visitar minha filha em outro país, e olha só o que eu vejo! Ela se agarrando com uma... Uma marginal! Roberta! Eu já disse pra você se comportar como se deve!

- Marginal? Escuta, essa MARGINAL É MINHA FILHA! - Gritou Alma Rey.

- Só o que me faltava... Até prostitutas de luxo têm condições de matricularem os filhos neste colégio. Com certeza não se compara a Dedé brasileira... - reclamou Eva Messi.

Mia abriu a boca, estava chocada.

- Como é que é? Está dizendo que minha mãe é uma prostituta? Olha minha senhora sem querer ofender, mas eu sei que na sua época, qualquer mulher que trabalhasse era vista como prostituta. Aliás isso em que ano foi isso minha senhor? Foi antes ou depois de Hitler nascer? - disse Roberta.

- Escuta garota! Você não vai falar assim com minha mãe não! - Messi ameaçou ir pra cima de Pardo, porém Alice a segurou.

- Tudo bem filha, deixe essa mal educada dizer o que quiser...

- Mau educada? Desculpe minha senhora, mas a senhora mesma ofendeu a mãe dela primeiro! - interviu Mia.

- Ah... Mais essa, e você quem é?

Mia cruzou os braços.

- Eu sou Mia Colucci.

Alice soltou Roberta e apontou para Mia.

- Essa garota é uma louca!

- Colucci? Você é... Alguma coisa de Franco Colucci? - Eva tirou os óculos escuros.

- Sim, ele é meu Daddy!

- Eva, Você conhece o pai dessa desequilibrada?

Eva, disfarçando, sibilou para Alice.

- Alice, Franco Colucci, é o maior concorrente do seu pai...

Alice arregalou os olhos e Carla já sabia que ela iria surtar.

- Alice, porque não vamos ver o colégio? Lupita me mostrou algumas partes, venha... - Carla tirou Alice dali.

- Enfim... Roberta, é melhor você não se meter mais em confusões com essa... Garota... Se é que posso chama-la assim...

- Escuta! Quem você pensa que é pra falar assim com a minha filha? Se quiser me ofenda, mas nunca fale da minha Robertinha... Sua... - Alma arrancou os óculos e colocou o cachorrinho no chão.

- Sua o que? Por acaso sabe quem sou eu querida? Se soubesse, mediria suas palavras.

- E quem é você?

Eva deu um sorrisinho.

- Eu sou Eva Messi meu bem, a maior cantora do Brasil e da América do Sul. Muito em breve da América Latina, e da América do Norte.

Alma deu um sorrisinho.

- E como pretende alcançar a América Latina?

Eva colocou as mãos na cintura.

- Não que seja da sua conta, mas vou fazer um feat com uma cantora renomada. Isso me lançará para o exterior e me fará explodir de sucesso.

Alma deu mais um sorriso.

- O que foi? - perguntou Eva.

- Não mas minha querida... É que eu tenho um recadinho pro seu acessor ou secretario ou empresário, seja lá o que for. Diga ele que esse feat nunca acontecerá.

Eva riu alto.

- E você, realmente acha que não? O meu contrato está quase finalizado! A letra já está pronta! Só falta gravar! Quem você pensa que é?

Alma esperou Eva parar de gargalhar e disse.

- Eu? Bem minha querida, eu sou Alma Rey.

Eva parou de rir.

- Como? Alma... Mas você... O feat!

- Tera que procurar outra cantora... Isso é mesmo triste não é? Procure outra cantora para o seu feat. Garanto que não preciso disso para me lançar no exterior, eu mesma faço sozinha. Roberta, vamos.

Alma e Roberta saíram.

- Não pode ser! O feat com a Alma Rey... Oh meu Deus! Era ela... Uma cadeira por favor...

Roberta Messi buscou uma cadeira para sua mãe.

- Eu não acredito que você iria fazer um feat com ela...

- Eu preciso de alguma forma me desculpar. Esse Feat é realmente importante para mim...

- Mãe você ficou louca?

Eva inclinou a cabeça pra trás.

- Estou com dor de cabeça... Filha vá buscar um pouco de água pra mim...




Notas Finais


Comentem aí o que vcs acham que vai acontecer! Alma vai aceitar as desculpas ou não?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...