História Re começo de uma Garota Suicida?! - Capítulo 8


Postado
Categorias Camila Cabello
Tags Camila Cabello, Drama, Min Yoongi, Novela, Romance, Suga, Suícidio, Violencia
Visualizações 19
Palavras 1.115
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Policial, Romance e Novela, Saga, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha eu aqui de novo.
Lembram de quando eu disse que ia postar dois capítulos em um dia?
Pois é, eu acabei esquecendo. Então decidi fazer isso amanhã ( que no caso é hoje, pois já passou da meia noite).
Então fiquem com o capítulo, espero que gostem.
( Gente, a Camila é linda demais, é uma verdadeira Diva).

Capítulo 8 - Encontro?


Fanfic / Fanfiction Re começo de uma Garota Suicida?! - Capítulo 8 - Encontro?

(P.O.V. Luana)

Assim que coloquei os pés em casa minha mãe veio até mim.

Jô: Onde você estava minha filha?

Eu: Eu saí pra dar uma volta com o Suga.

Jô: Vem, vamos para seu quarto, você vai me contar tudo, quero todos os detalhes desse encontro.- falou segurando minha mão e me levando ao meu quarto.

Eu: Não foi um encontro mãe.- me sentei em minha cama e ela veio até mim depois de ter fechado a porta.

Jô: E foi o que então?- perguntou se sentando ao meu lado.

Eu: Não sei. Mas ele me chamou pra sair com ele hoje à noite.- disse sorrindo.

Jô: Isso é ótimo. Mas me diz, nesse "passeio" vocês só conversaram?

Eu: Na verdade, nós nos beijamos.

Jô: Aahh eu sabia que vocês iam ficar juntos, dá pra saber ele gosta de você só pelo jeito que ele fica quando fala de você. Vou deixar bem claro que eu quero netinhos eim.

Eu: Mas... Mas... Que história é essa dona Jôsete?- as vezes minha mãe se comporta feito uma adolescente.

Jô: Só estou falando.- ela fala rindo, quando de repente a porta é aberta bruscamente.

Rdg: Então quer dizer que a senhora tá motivando ela à transar com aquele canalha não é?

Jô: Primeiro: Você me respeita que eu sou sua mãe. Segundo: Você não tem o direito de ficar ouvindo conversa dos outros. E terceiro: A Luana é livre, ela pode dormir com quem ela quiser.

Rdg: Mas ela ainda é menor de idade, já pensou se algo acontece com ela?

Jô: O Yoongi é um rapaz bom e vai cuidar dela, disso eu não tenho dúvida.

Rdg: OK, você que sabe, eu só vim pra avisar que vou sair com uns amigos e não tenho hora pra voltar, tchau.- falou indo embora.

Jô: Esse menino não tem jeito. Agora vai se arrumar se não você vai se atrasar.

Eu: Ok.- ela saiu do quarto me deixando sozinha. Fui até meu closet escolher uma roupa, e resolvi usar um vestido rosa clarinho cinco dedos acima do joelho, ele é justo na cintura e tem a saia soltinha um pouco rodada. Tomei banho e lavei os cabelos, quando saí do banho passei hidratante no corpo todo, coloquei um conjunto de lingerie também rosa e vesti o vestido, deixei meus cabelos soltos e fiz uma maquiagem leve com delineado de gatinho e batom cor de boca, e coloquei uma sandália bege. Estava pronta. Olhei as horas e era 18:28h, ouvi um som de buzina, peguei minha bolsa e desci.

Jô: Boa sorte filha e tome cuidado você está muito linda.

Eu: Obrigado mãe, tchau.- abri a porta e tinha uma BMW em frente à minha casa. Não acredito que esse carro é dele. Só acreditei quando ele saiu do carro e veio até mim.

Sg: Nossa, você está incrível.- falou e me deu um selinho.

Eu: Obrigado, você também.- ele realmente estava incrível, ele trajava uma calça preta que favoreceram bem as pernas dele, uma blusa branca com uma jaqueta preta, e um vans branco, nada muito extravagante, até por que ele fica lindo de qualquer jeito. Podia sentir o cheiro do seu perfume amadeirado. Entramos no carro e logo ele deu partida.

O caminho foi bem divertido, conversamos coisas aleatórias, rimos, e quando o sinal fechava rolava uns beijinhos. Até que chegamos em um restaurante, fomos até a atendente.

Sg: Mesa pra dois por favor.

At: Me sigam.- seguimos ela que nos levou até uma mesa onde nos sentamos.

Eu: Quero saber um pouco mais sobre você.- falei olhando o cardápio.

Sg: O que quer saber?- perguntou sorrindo.

Eu: Você tem amigos na Coréia?

Sg: Tenho alguns. Inclusive, alguns vieram para o Brasil comigo. O que você acha de conhecê-los amanhã?

Eu: Seria ótimo. Onde será?

Sg: Na minha casa, eu vou te buscar pela manhã umas 10:00h pode ser? Assim você aproveita e fica para almoçar.

Eu: Tudo bem.- Suga chamou o garçon e ele anotou nossos pedidos que não demorou para chegar. O jantar foi ótimo, descobri várias coisas sobre ele, como por exemplo, ele gosta de rap, até compôs algumas vezes, esse apelido 'Suga' foi dado pelos amigos dele, pois ele tem um sorriso doce e é branquinho que nem açúcar. Terminamos o jantar ele pagou tudo- embora eu tenha insistido para pagar também- e fomos para o carro dele. O caminho estava calmo, as vezes havia uma troca de olhares mas nada mais.

Sg: Você precisa voltar pra casa cedo?- perguntou revezando o olhar entre mim e a estrada.

Eu: Não, por que?

Sg: Quero te mostrar um lugar.- ele continuou dirigindo até que parou em um bosque, e saiu do carro e eu o segui. Fomos andando até chegarmos em um lugar onde havia um pequeno lago, bastante árvores e um campo de flores, margaridas, minhas preferidas. Ele se sentou no meio das flores e eu fiz o mesmo.

Sg: Gostou?

Eu: Claro que sim, eu não fazia ideia da existência desse lugar.

Sg: Eu o descobri por acaso.- ele se virou pra mim e segurou meu queixo de leve me fazendo olhar em seus olhos.- Eu...eu... Estou completamente apaixonado por você, e esse sentimento cresce cada vez mais. Toda vez que eu olho pra você, é como se eu estivesse hipnotizado. Você me mudou de uma forma que... Ah você não faz ideia, eu nem sei explicar.- sem mais aguentar aquela proximidade, o puxei para um beijo cheio de sentimento. Ele levou uma de suas mãos até minha nuca e pediu passagem com a língua e eu cedi, ficamos assim por um tempo parando de vez em quando para recuperar o ar mas logo iniciavamos outro, até que o beijo foi ficando mais quente, ele me puxou para sentar em seu colo com uma perna de cada lado do seu corpo, assim aprofundando mais o beijo. Eu já não estava mais em sã consciência. Suas mãos que estavam em minha cintura, desceram até minha bunda apertando o local me fazendo arfar entre o beijo, logo depois ele levou as mãos por debaixo do meu vestido apertando minhas coxas com um pouco de força, e logo subiu para a bunda de novo apertando o local, só que dessa vez me fazendo rebolar em seu colo me fazendo sentir sua ereção, tal ato fez com que ele soltasse um gemido rouco, aquilo me deu um arrepio na espinha que eu nem sei explicar. Mas para nosso desgosto eu rapidamente parei aquilo pois memorias daquele dia me atormentaram de forma intensa, quando percebi já estava chorando e Suga tentava me alcalmar.

Sg: Tudo bem princesa, tudo bem, já passou, ele não vai mais te machucar. Eu estou aqui.- falou me abraçando.

Eu: Por favor Suga, me promete que não vai me deixar.

Sg: Eu prometo. E pra provar que eu vou cumprir eu quero te fazer uma pergunta... Luana você aceita ser minha namorada?

Eu: Suga eu...



Notas Finais


Então é isso, espero que tenham gostado.
Será que ela vai aceitar?
Você só vai saber no próximo capítulo.
Um beijo e até o próximo capítulo.
Tchau Bolinhos de Park Jimin.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...