1. Spirit Fanfics >
  2. Real Life >
  3. Flashback

História Real Life - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Aposto que muitos estavam bem confusos certo? Apartir daqui tudo fica mais explicativo! Haha

Capítulo 3 - Flashback


Fanfic / Fanfiction Real Life - Capítulo 3 - Flashback

Kelly on*

Depois todo mundo foi para casa, E Mano do céu.. Foi uma confusão para fazer M pelo menos dormir em algum lugar do Castelo, Até ela achar a sala de Brinquedos haha bem a cara dela. 

Assim que me despedi da Minhas mães para dar uma boa noite, Revolvi andar pelo Castelo, Sim de madrugada o que pode fazer mal né? A Rainha Angella não é um fantasma aqui;-;Ela ta em outro lugar e..talvez Morta,Ah cara 7-7 doeu só de lembrar aqui.

—Ah cara.. - Digo fazendo bico enquanto andava estilo Naruto.(Mãos atrás do pescoço) - As coisas tão muitos loucas. — Oquê eu posso fazer? - Coloquei minha mão no queixo pensativa até ter uma idéia e sorri. - Hehe pq não? Comecei a correr pro quarto das minhas mães. 

"—Espero que esteja no Guarda-roupa - Pensei rindo entrando no quarto devagar sem fazer barulho,Vou ao Guarda-roupa e fico procurando oque quero - Ah qualé.. Onde está.. "

Depois de uns minutos olhando fechei o Guarda-roupa quase desistindo aí vi um baú, Mano amo visão de gato noturno:),Fui ao baú e achei! Há! Bingo. 

Pego a Roupa antiga da Minha mãe Catra e o bastão antigo da minha mãe Adora, fecho o baú e saio de lá. 

—CONSEGUI! - Disse quase e como um grito e fechei a boca rápidamente me escondendo. 

Vi que alguém ligou a luz do quarto e saiu.. Era minha mãe Catra, Naquele momento tranquei a Respiração nervosa, Minha cauda não parava de se mexer e minhas orelhas abaixam. 

Catra á minha mãe olhou para os lados e tudo mais e logo entrou.. Ainda bem que fechei o baú antes de sair. 

Sai do teto, Sim do teto estáva pendurada em um dos lustres;-;foi difícil por conta das minha garras quase ficarem presas alí. 

Fui para um local de faxina do castelo, Entrei naquela salinha, Liguei a luz e fechei a porta, Peguei a roupa antiga da minha mãe Catra e a Coloquei SONHO, parecia que estáva de Cosplay haha. 

Abri a porta, Desliguei a luz da salinha e sai fechando a porta, Peguei o bastão e o coloquei nas minhas costas. 

"—Acho que vou ver a M.. Mais primeiro vou passar na Cozinha pegar uns doces! - Pensei animada e dava para ver pela minha cauda."

Só tinha um problema.. A cozinha entra depois da Sala de Reunião Das Princesas..

Tomei coragem entrei, Passei por muitas pinturas.. E novas também que não tinham antes do Filme de She-Ra.. Eram Catra e Adora, As minhas daquele mundo incrível, O Rei Micah, Rainha Glimmer.. Rei Bow.. Netossa e Spinnerella, Sea Hawk e Marmita, Perfuma e Scorpia, Frosta, Entrapta e Hordak,Tinha o pessoal da Horda também,Lonnie, Kyle,Mano até a Shadow Weaver ta ali,Aí a tia da Glimmer, Wow nossa as pinturas novas eram incríveis demais! Mais aí Passei pela Rainha Angella.. Ah pronto, Quero chorar.(imagem de referência a cima) Não culpo a Catra e tal, Eu até gostava da Rainha Angella e quando ela se sacrifícou pela Adora.. Por todos mano chorei tanto nesse ep que M teve me consolar muito;-;, Tipo MUITO mesmo. Suspiro saindo da Sala de Reunião e fui para a cozinha. 

Kelly off*

Narradora on*

Moon está brincando na sala de estar da sua família, naquele momento ela tinha cinco anos, mas já era muito inteligente e tinha muita compreensão do mundo a sua volta.

Ela escutou passos se aproximando, olhando na direção, ela viu um homem de brilhantes olhos âmbar e cabelos castanhos avelados

—Pai! - Disse M indo até ele com um sorriso. 

O homem simplesmente a ignorou enquanto andava até a porta. 

—Pai? - Ela disse confusa por ser ignorada. 

O Homem abriu a porta e foi para o lado. 

—Pai, não faz isso não por favor - Ela disse ao entender as intenções do pai. Sem mais nem menos, ele bateu a porta e nunca mais voltou. 

Uns tempos depois. 

M olhou para um túmulo escrito "Mia Forest". Ela apertou o punho com força, nem mesmo lágrimas caíram. 

—Primeiro o pai... Agr vc... Pq isso do acontece comigo? - Ela se perguntou tou triste. 

Então um homem colou a mão no Ombro dela. 

—Senhorita Moon... Receio que vc terá que ver cmg - Disse o Homem E foi assim que ela começou a sofrer testes naquela sala em branco. 

Alguns meses depois*

Moon mais nova olhou para o teste que eles a deram dessa vez.

O teste constituída em determinar a misteriosa morte de uma mulher. Uma mulher que sempre seguia sua rotina por anos, decidi a quebrar ela três vezes, duas ela sempre voltava de casa e mexia muito mais no telefone, no terceiro dia em que quebrou a rotina, ela apareceu morta em um beco próximos de um restaurante e farmácia, com marcas de batom perto dos lábios e cheiro de perfume caro. 

—Ela foi assassinada, mais plausível que a mulher que ela se encontrava foi a culpada... Provavelmente a vítima deve ter caído em uma cilada de um encontro as cegas feita pela internet, dois primeiros encontros perfeitos para pegar o dinheiro e um último para matar ela - Terminou a garota de cinco anos. 

Alguns a aplauso pode ser escutado de um homem de terno. 

—Como sempre, excelente M... Sempre deduzi e faz o que pedimos, como recompensa - Ele disse dando um coelhinho roxo de pelúcia a ela - Poderá ter isso para não ficar sozinha, até o próximo teste - Disse ele saindo da sala. 

As próximas coisas ouvidas foram o som de uma porta de metal bater e sons de dígitos que ecoaram também. 

—Prazer em conhecê-lo... Senhor Fluff - Disse ela com um pequenino sorriso quando foi para a cama pra brincar com o primeiro brinquedo dela. 

O Homem de terno entrou de novo, só que acompanhado dessa vez por uma garotinha, provavelmente da mesma idade que M, só que talvez um mês mais velha. 

—M, essa é a minha sobrinha, Anna... Eu a trouxe para que possam brincar juntas - Disse ele gentilmente e colocando diversos brinquedos a disposição delas. 

—Oie - Disse a Loira que sorriu gentil para platinada. 

M ficou em silêncio, mas a olhou e analisou. M então pegou um dos bonecos e ofereceu a Anna, uma maneira indireta de perguntar se ela queira brincar. 

—Eu adoraria, Vamos ser grandes amigas - Disse Anna pegando uma das bonecas e se sentando ao lado de M. 

M não sorriu, mas brincou com Anna até que ela teve que ir embora. 

A próxima visita de Anna, era quando as mesmas tinha 10 anos de idade. Embora próximas, M ainda não dizia uma única palavra quase. 

M estava escrevendo algumas coisas em um papel, era um dos testes de M. M estava deitada no chão enquanto fazia. 

—Ahh que tédiooo - Anna se deitou ao lado da amiga e a olhou - Hey M.. Não quer dar uma saída?

M só olhou para Anna confusa, não esperando por isso, mas de qualquer forma, ela deu um aceno para Anna prosseguir com o que queira fazer. 

—Você nunca viu os jardins daqui certo? São ótimos para brincar de Pique ou de Esconde-Esconde, A gente pudia dar uma fugida, Meu tio não vai notar - Disse Anna. 

M ficou interessada nisso, então escreveu em um papel "Sim, nunca os vi, acho que seria divertido ir até lá" e mostrou a Anna. 

—Certo! - Disse Anna que sorriu se levantando - e logo vou te ensinar a falar.. Se você quiser é claro

[Ela então escreveu outra coisa e mostrou a Anna. "Eu adoraria...".

—Que bom - Disse Anna que esticou a mão para ajudar Moon a Levantar, M pegou a mão dela e levantou. 

—Vamos nessa! - Disse Anna que puxou Moon para fora da Sala indo ao jardim, Ambas brincaram até cansar e deitar na grama. 

A garota albina deu um leve sorrindo por tudo isso, pela primeira vez em anos ela viu o lado de fora daquela sela, mas tudo foi estrado pela tio de Anna, que estava irritado ao ver M fora da sala e não ter feito os testes.

Ele pegou o braço de M com força e começou a arrastar ela. 

—Você não deveria ter saído de lá M! - Ele disse furioso. 

—A Culpa não foi dela! Eu que dei a idéia! Solta ela tio! - Disse Anna que tentou em pedir o tio de Levar M para a Sala

O tio dela iria brigar com Anna, mas foi impedido por M. 

—Ela está mentindo! - Se intrometeu M, o tio olhou para ela - Eu estava... Curiosa e dei a ideia, Anna não tem nada haver com isso..

—Moon.. - Disse Anna baixo a olhando. 

Com isso o homem soltou um suspiro alto e ignorou Anna e arrastou M de volta. 

—Não se preocupe... - Disse M com um pouco de lágrimas nós olhos, por causa da força que estava sendo arrastada e ela sabia que seria punida por causa disso. 

Logo M foi empurrada de volta para dentro da sala e foi punida por isso. Ela agr tinha bandagem no braço direito e na perna esquerda. 

Aos 17 anos de Idade de Ambas. 

—Hey M! - Disse Anna entrando Na sala e viu sua amiga - Desculpa não ter vindo semana passada.. Os estudos estão me matando. 

—Porémmmm, Meu tio me deixou te mostrar uma coisa que eu gosto.. E também me deixou te contar uma notícia muito top!

—Tudo bem... Estudar é importante para a sua vida - Disse M comendo um bolinho. 

Embora M tenha quase 18 anos, ela ainda brincava com brinquedos de crianças, então a sala dela estava cheia dos mesmos.

— Seria sobre eu ri para outro lugar? Eles me disseram que eu iria morar em uma casa, para poder trabalhar em casos que a polícia não consegui resolver - Disse M pegando um avião de brinquedo e brincando com o mesmo

—Sim, Você vai morar comigo, É eu sei foi difícel, mas consegui, Meu tio me comprou uma casa aí falei q não queira ficar sozinha e só se você fosse comigo mora lá eu iria morar lá - Disse Anna sorrindo. 

M sorriu feliz e soltou alguma lágrimas, finalmente ela iria ver o mundo de novo e sair deste inferno. Rapidamente a mesma secou as lágrimas_

—Desculpe por chorar - Pediu ela voltando ao seu eu sem emoção? 

—Ah? Você tá brincando? Te ver assim com emoções.. É tão.. Emocionalmente!!,Por mim te abraçava agora mesmo 🤷‍♀️ - Disse Anna dando os ombros - Mais como eu sei que não gosta. 

Ela riu um pouco da amiga. M não gostava muito de abraços, mas dps que Anna disse, ela a abraçou... M não gostava de ter contado humano por causa dos traumas que passou aqui, a fez desenvolver Afefobia, uma fobia que a pessoa tem repúdio, sente desconforto ou nojo ao ser tocada. 

—Ai..QUE CUTEEE!!!Foi mal! Não me controlei - Disse Anna que riu depois. M se afastou do abraço. Em suas bochechas tinha um leve vermelho, o que a deixava ainda mais com um estilo infantil... M é a definição de Adulto infantil. 

—Olha como eu sei oque você é obrigada desde pequena a ver coisas chatas de educação, Eu trouxe uma coisa incrível.. E refris e pipocas:) - Disse Anna adianta batendo palminhas e pulando. 

M olhou para isso com interesse, ela já tinha escutado falar daquilo, mas nunca teve permissão para experimentar. 

—Ele... Ele deixou? - Ela disse tensa e tremendo de medo quando se referia ao tio dela. 

—Não exatamente..,Mais consegui e Eu peguei de casa,Os DVDs também, Vou te aprontar a She-Ra! E Steven Universe! São desenhos incríveis e acho que você vai gostar. Você sabe que to aqui para te ajudar e proteger do meu tio. - Disse Anna sorrindo de lado. 

Os olhos de M brilharam enquanto Anna dizia isso, ela começou dizer sobre os DVD's. 

—Obrigado por tudo Anna - Disse M com sinceridade. 

Logo alguns homens vieram e levaram as duas em um carro preto até a casa de Anna e agr de M também. 

—Hehe, Olha tem um quarto para você lá, Mais se quiser pode dormir comigo em festa de pijama e tal - Disse Anna olhando a janela

—Vou praticamente te apresenta ao Mundo M - Disse Anna sorrindo para a amiga animada depois que parou de e olhar a janela do carro. 

M acenou com a cabeça, ela até deu um sorriso pequeno, mas feliz.

M então recebeu uma mensagem sobre um caso que a polícia estava com dificuldade de resolver. 

—Eu tenho o meu primeiro caso para resolver - Murmurou M enquanto lia sobre isso.

Aparentemente era sobre um caso de assassinatos em massa e a polícia quase não unha pistas nem uma. 

—Sobre isso -Disse Anna que riu e mostrou o celular dela - Somos parceiras. 

M sorriu e então ambas forma resolver o caso. Misteriosos. 

Quatro anos depois ambas tinham 21 anos... Durante esse tempo elas fizeram vários casos diferentes e difíceis, ganhando os títulos de melhores detetives do mundo. Agr ambas estão do lado de fora de uma padaria, elas forma comprar doces para comerem mais tarde... Mais especificamente doces para M. 

—As pessoas são desconfortáveis - Disse ela dps de receber olhares das pessoas.

M estava vestindo o clássico, calça de moletom preta folgada e longa, mas do tamanho adequado, uma blusa folga e longa branca, mas confortável e sapato marrons, embora preferisse ficar só de meias ou de pé descanso. 

—Sempre foram, Isso q é o ruim do mundo - Disse AnnaPegando um Donald de uma das sacolas e comeu. 

M deu de ombros e foi comendo bolinhos de chocolate. Ambas forma atravessar a rua, mas um caminhão desgovernado bateu em ambas. 

Tudo o resto foi um borrão e sons de sirenes. 

Moon acordou chorando quando se lembrou disso, a mesma estava hiperventilando e tento um ataque de pânico por causa das dolorosas memórias que a assombravam... Sempre que isso acontecia, ela se feria de próprosito, na intenção de esquecer isso com um pouco de dor, claro, Kelly ou Anna não sabia disso e nunca deveria.

—Hey M - Disse Kelly entrando com um monte e de doces e salgadinhos em mãos. - Ah.. 

M ao ver Kelly limpou as lágrimas rápidamente. 

Kelly se aproximou, Se sentou ao lado de M e colocou os doces e Salgadinhos no lado. 

—.. Teve pesadelos? - Kelly Perguntou olhando a amiga preocupada. 

M apenas balaço a cabeça fazendo um sim, Pois as Memórias dela para ela era pesadelos.. Agr com a morte de ambas então? Céus. —Entendo.. As vezes eu também tenho. 

M olhou curiosa para a Amiga, Kelly nunca tocava no assunto do passado dela, Nem M mas.. Anna sempre falava demais que estranhava. 

—Você deve tar se perguntando desde q a gente se conheceu né - Disse Kelly - De como fui parar pro meu tio.. 

M concordou com a cabeça. 

—Eu nunca falei para você pq.. Me sinto mal ao lembrar.. Meu tio me contou que você perdeu os pais.. - Disse Anna que abraçou as pernas enquanto falava e olhou para M - Eu sei com é.. Essa sensação. 

M arreganho os olhos, Estava surpresa demais, Como a Kelly, Quando era a Anna sempre foi Animada? Provavelmente ela seria igual a M e não daquele.. Jeito de Anna. 

—Perdi meus pais em um Assassinato.. O assassino os matou na minha frente.. Semanas depois fui obrigada a morar com meu tio.. Por ser a única herdeira da Empresa mais famosa do nosso País.., Provavelmente aquele ridículo já tá aproveitando que estou morta e pegou a herança! - Disse Anna meio irritada no final. - Quando fiz 15 anos fui obrigada a Estudar numa escola para gente Nobre - Mostrou a língua com nojo ao lembrar. - Pelo menos eu conheci o Harry, Que foi um dos meus únicos amigos naquele lugar.. Foi quem mais ficou comigo nos Recreios na maioria das vezes - riu - Aí começamos a Namorar e tal.. Mesmo com trabalhos diferentes. 

M meio que conhecia Harry,Não pessoalmente mais sim pq Anna falava demais no jovem rapaz. 

—O príncipe Harry, Oque está aqui.. É ele - Disse Anna e M ficou supresa. - É eu também fiquei assim - Riu. - Olha, M você não ta sozinha.. Não sei direito sua  História, Mais agora você sabe a minha. 

—Kelly.. - Disse M Baixo. 

—Quando quiser, Vamos melhor seu jeito de falar - Disse Anna - A Gente vai se ajudar uma a outra. 

M por alguma razão queria abraçar Kelly e assim fez, Kelly retribuiu e logo se separou do abraço. 

—Não precisa abraçar se não quiser M - Disse Kelly - Sei que odeia ser Tocada.. 

—Um dia.. Eu consigo superar isso? - Pergunto baixo. 

—Se você fosse em terapia como falei a você desde q se mudou para minha casa.. Já taria até falando horrores - Disse Anna que riu - Mais tudo tem seu tempo e como você não queria, Talvez a gente peça para a Perfuma, M estamos em outro mundo, Podemos ter uma nova vida! Podemos mudar a nossa história. 

—Se você diz - Digo dando um pequeno sorriso.

—Eai?Vamos devorar esses Salgadinhos e esse doces??? - Disse Kelly e M Ficou com os olhos brilhando.  - Os Doces todos são seus - M pegou todos os doces rápidamente. - Meninaaa Que velocidade é essa ;-;.

Kelly pegou os salgadinhos enquanto falava com M de assuntos aleatórios. 

"—Talvez.. A gente pode mesmo mudar a nossa história - Pensou M observando Anna falar sozinha - Ou talvez já esteja começando a mudar - M mordeu um de seus doces calmamente sem pressa. "

Do nada a porta do quarto foi aberta..E

Continua.



Notas Finais


Amo deixar um suspense, Aliás o Link da Imagem q usei a cima é esse
https://pin.it/1ILz37n


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...