1. Spirit Fanfics >
  2. Real Life; Famous. >
  3. Bad day

História Real Life; Famous. - Capítulo 109


Escrita por:


Capítulo 109 - Bad day


Fanfic / Fanfiction Real Life; Famous. - Capítulo 109 - Bad day

Camila: - fico sem reação, mesmo sendo a milésima vez que sou assediada -

Simon: Não faz essa carinha de inocente... Sabe que eu sempre te achei umas das mais atraentes daqui. - Me aproximo dela.

Camila: Simon... - me afasto dele e ele vai andando até mim, me encostando na parede. Ele me olha malicioso e beija o meu pescoço. Que nojo! Empurrou ele drasticamente - Quem você pensa que é? Desde quando dei essa liberdade pra você?

Simon: Eu sou o seu chefe, você não tem que me autorizar a nada!

Camila: Eu não ligo! Foda-se! Isso não tá no contrato. - ele aperta os meus punhos com força e eu começo a gritar tentando me soltar.

Lado de fora;

Lauren: - Estava no intervalo das nossas gravações, e quando passo pela sala de reuniões escuto uns gritos... Era a voz da Camila! Imediatamente entro na sala e vejo uma cena que fez meu sangue ferver. - Ei, seu filho da puta! Larga ela agora!

Simon: Mais uma putinha brava para acalmar. Que foi Lauren tá com ciúmes que a Camila não é mais propriedade sua? Camila: LAUREN, SOCORRO!

Lauren: Você é um verme mesmo. Qual foi, tenha dignidade! - Me aproximo deles e tiro as mãos daquele otário dela e nos afastamos dele.

Camila: - saímos correndo dali, eu nunca mais quero olhar no rosto desse otário - Se você não tivesse chegado ele... - começo a chorar -

Lauren: Vem aqui. - A abraço. - Isso não pode ficar assim... Ele precisa pagar por essas merdas que ele faz.

Camila: Eu não aguento mais isso, Lauren. Temos que fazer algo, isso passou dos limites... - ela me abraça mais forte e dica fazendo carinho no meu braço.

Lauren: Nós vamos fazer... Fica tranquila./

Aeroporto;

Natália: - Muitos copos de bebidas depois... - Eu conto mas ó, shhhh! - Ele estava me enchendo de perguntas sobre a Nina. - Eles terminaram porque minha irmã negou o pedido de casamento dele. - Sussurro.

Chace: Puta que pariu! O Ian é burro mesmo, vai pedir logo a Nina em casamento. - ela ri, já estava bem alterada tinha colocado uma droga na sua bebida pra deixar ela mais alegre.

X: Última chamada! Natália Dobrev.

Natália: Acho que preciso ir... - Levanto cambaleando.

Chace: Opa, deixa eu te ajudar. - ajudo ela a fazer o check in e vou embora. Essa já ta na minha mira.

//Lanchonete;

Nina: Sério que é a sua primeira vem em um dogão?

Chris: Ah, digamos que não costumo comer em lugares assim. Mas eu até que curtir. - Mordo meu cachorro quente.

Nina: Você não sabe o que perdeu todo esse tempo. Ainda bem que me conheceu, tenho muita coisa pata te mostrar ainda...

Chris: - Engasgo com o lanche. - Não faz ideia do quão ansioso estou para essa aventura.

Nina: Então aperte os cintos, pois pode haver turbulências. - rimos.

Chris: Haha, amo o seu senso de humor. É único.

Nina: - minhas bochechas coram, raramente acontece isso - Nem é tanto assim, sou meio pangaré as vezes... - falo asneira -

Chris: Não concordo. São esses detalhes que fazem você ser você. - Toco seu nariz.

Nina: - esse homem tá me deixando tímida, uma coisa que era impossível até agora - É verdade... - sorri amarelo.

Narradora: Após o lanche eles decidiram sair e andar pelo o parque. Conversando e conhecendo um pouco mais um sobre o outro. Nina contava suas histórias e Chris ficava todo bobo ouvindo tudo.

/Enquanto isso, Mansão;

Ian: Presta atenção na cena Kat, nós estamos brigando e não flertando. - Mostro o roteiro. Estávamos decorando os nossos textos e aproveitamos para ensaiar algumas cenas Bamon.

Kat: É impossível me concentrar quando eu estou encenando com você, porém vou tentar. - me rendo e paro de flertar ele.

Ian: Ok... - Repito a fala e sou interrompido com o forno apitando lá na cozinha. - Hmm, acho que tá pronto. - Tiro a lasanha do forno, e a experimento. - Ficou perfeito. Se eu não fosse ator, com certeza seria um chefe de cozinha.

Kat: - sigo ele - Devia ir para o Masterchef, você iria se dar bem. - ele serve a comida e eu degusto - Nossa, muiiiiito bom!!

Ian: Tenho que concorda. - Me sento junto a ela e como. - Sabe... Eu jurei pra mim mesmo que não ia tocar nesse assunto. Mas... O que você realmente queria fazendo no meu quarto aquele dia?

Kat: Queria ter uma noite especial com você, porém não ocorreu como previsto. Aquela vadia da Nina não deixou rolar e estragou tudo. - bufo.

Ian: Olha, primeiro não chama ela assim, nunca mais. Segundo... - Não pude conter o riso. - Tinha mesmo certeza que aquilo era uma boa ideia?

Kat: Vi em um filme, achei que ia dar certo. - abaixo a cabeça - Enfim, ela continua sendo esse adjetivo que eu acabei de falar. Não gosto dela.

Ian: Ela é difícil de lidar. Mas é uma pessoa incrível.

Kat: Esse papo já está me enjoando. Vamos voltar pro quarto? - ele assente e fomos. Coloco uma música bem sensual para ajudar no clima.

Ian: Não sei se essa música combina com essa cena... - Mesmo sabendo quais eram as intenções dela, me fiz de idiota.

Kat: - ele estava sentado então me aproximei e sentei em seu colo - Você é tão atraente. - passo a minha mão nos seus cabelos.

Ian: Ah KitKat... Você é impossível. - Ri internamente. Eu não posso negar, ela é uma morena de tirar o fôlego. Mas não sei se vale arriscar... Mas antes que eu pudesse fazer alguma coisa, ela sorriu safada e me beijou.

/Portão de entrada da mansão;

Nina: Esse noite foi incrível! Muito obrigada por tudo. - falo de mais dadas com ele.

Chris: Você tornou ele incrível. Eu que tenho que te agradecer. - Sorri.

Nina: Esse sorriso me deixa toda boba - Sabe o que poderia torna esse momento mais incrível? - ele me olha confuso - Isso. - dou um beijo nele, estilo filme de romance.

Chris: - Uau... Ela me surpreende cada vez mais. Encerramos o beijo com um selinho e um breve sorriso. - Bom... Até mais. - Acenei com a cabeça na tentativa de agir naturalmente, mas por dentro eu estava soltando fogos de artifício.

Nina: Até. Sonha comigo. - ele ri, nos despedimos e entrei na mansão. Subi no terceiro andar e escutei alguns gemidos, que nojo, passo pela porta do quarto do Ian e vejo; Kat em cima dele o beijando quase engolindo ele na verdade. Ai que legal, isso estragou minha noite. Vou para o meu quarto puta da vida com mil ideias na cabeça, não aguento mais isso! Amanhã mesmo me mudo daqui.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...