História Realidade - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 10
Palavras 404
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Magia, Misticismo, Orange, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


esse é um capitlulo chamado a festa sobre uma festa smsmskksks

Capítulo 2 - A festa


A festa era bem o esperado, um abiente escuro com luzes coloridas piscando, fumaça e música eletrônica alta. Estava repleto de todo tipo de ser. Elfos, sereias, aliens, unicórnios, anjos, demônios, etc. Bem o esperado de uma festa Switch. Steph puxou Claus para pista de dança. Realmente, depois de 3 anos de amisade ela realmente me conhece pra saber que eu odeio dançar. Com eles dançando, pensei em explorar a festa.

De longe eu vi um bar e me aproximei pra ter conhecimento. Eu amo bebidas. No meu Planeta, é extremamente comum dar bebidas alcoólicas para crianças. Vodka me lembra de casa. Após algumas doses, decidi parar antes de ficar que nem o gnomo caído na entrada do banheiro.

 Após explorar mais um pouco, cansei de ficar de pé. Mas todos os sofás da festa estavam ocupados. Estava prestes a desistir quando avistei ele. Eu não sei o que, mas algo nele me fez congelar. Minhas pernas tremiam, minha barriga estava fria e minha mente só pensa uma coisa: quem é ele? ele estava sentado num sofá de dois lugares, um garoto alto, magro, moreno de olhos azuis, com um piercing abaixo da boca. Ele me encarava com um olhar calmo e gentil, usava uma camisa vermelha de algum superherói de outro planeta, uma jaqueta e uma calça jeans pretas e um all stars vermelho. Comecei a me aproximar e percebi que ele possuia uma placa no colo virada para baixo. peguei meu celular e digitei o que eu queria falar, pois não consiguiria falar mais alto que a musica.

- Posso sentar aqui?

Então ele levantou a plaquinha que dizia:

- Clube de pessoas que odeiam festas.

- Posso entrar? - digitei - tenho todos os requisitos.

Então com a mão, ele sinalizou para mim sentar. Após isso, ele pegou o celular dele:

- Hey! Sou o Scot - apresentou-se - qual  é o seu nome?

- Sou o Alex! Muito prazer.

- Essa festa está um saco


- Pois é, acho que um gnomo morreu na porta do banheiro - Rio

- Acho que vou morrer de tédio. - quando ele falou aquilo, tomei coragem talvez pelo álcool e perguntei:

- Quer dar uma volta? - ele nem se prestou a digitar. Só levantou, pegou minha mão e me puxou pra fora da festa

Agora falando pergunte:

- Para onde vamos?

Ele olhou pra mim e respondeu:

- Para um lugar inesquecível.


Notas Finais


espero que estejam prontos pro proximo ksksksk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...