História Realidades - Capítulo 1


Escrita por:

Visualizações 5
Palavras 888
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Shounen, Universo Alternativo
Avisos: Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Tudo bem?
Espero que sim!
Essa é a primeira fanfic que estou fazendo, então desculpe se não ficar bom, mas espero que gostem, mesmo que pouco.
Sem mais delongas… fiquem com a fanfic:

Capítulo 1 - A c i d e n t e


Fanfic / Fanfiction Realidades - Capítulo 1 - A c i d e n t e

     ┏━────╯⌬╰────━┓

       Realidades 1° Capítulo

               A c i d e n t e

     ┗━────╮⌬╭────━┛

Skyller Burkhardt, um jovem que tinha acabado de completar dezesseis anos, mas ainda não tinha comemorado, então decide sair com seus amigos, porém quando ele e seus amigos, Kevin e Marcos, estavam andando na rua, algo que ninguém esperava acontece.

Skyller: Ei pessoal, que tal irmos para a exibição que está tendo no museu?

Kevin: Qual é, museu? Não tem algo mais legal?

Marcos: Kevin tem razão, deve ter coisas mais le-

Antes que Marcos pudesse concluir sua fala, uma explosão rouba toda a atenção dos garotos, uma grande onda de choque é jogada em direção dos jovens que sem poder se defederem acabam quase inconscientes no chão.

Skyller (caído no chão perdendo a consciência): Kevin... Marc-

Os garotos são levados para o hospital, mais próximo, por moradores que ao escutar a explosão decidem ver o que aconteceu e se deparam com os garotos inconscientes no chão.

      ┯━━━━━ ●●● ━━━━━┯

          Dois Meses Depois

      ┷━━━━━ ●●● ━━━━━┷

Dois meses se passaram, Skyller tinha entrado em coma pelo impacto que havia recebido na cabeça, mas em uma manhã fria em que o Sol não dava sinal, a mãe do jovem recebe uma ligação do hospital.

Médico: Alô?

Juliet Burkhardt: Residência dos Burkhardt, quem fala?

Médico: Oh, Senhora Burkhardt! Eu sou o médico que estava responsável pelo seu filho qu-

Juliet não espera o médico terminar de falar e logo se apressa.

Juliet B.: Estava?! O que acontece com o meu filho?! Ele não...

Os olhos de Juliet se enchem de lágrimas, mas o médico rapidamente retoma sua fala.

Médico: Calma Senhora Burkhardt, não aconteceu nada de mau com o seu filho, pelo contrário, ele acordou! Precisamos que você venha aqui para.... Alô?

Quando a Senhora Burkhardt escuta que seu querido filho acordou não esperou o médico terminar de falar e já foi correndo se arrumar para ir para o hospital.

Chegando no hospital ela não espera a atendente informar aos médicos e se direciona para o quarto do seu filho, e logo chega lá.

Skyller: Mãe?

Juliet (chorando): S-Skyller!

Juliet então dá um apertado abraço em seu filho que finalmente tinha acordado.

Skyller: Mãe... O que aconteceu? Por que estou no hospital?

Juliet (chorando menos): Você não se lembra? Você e seus amigos foram atingidos por uma onda de choque de uma grande explosão, aquela explosão fez muitas vítimas...

Skyller: Acho que estou me lembrando... Eu estava com o Kevin e o Marcos... O que aconteceu com eles?!

Juliet (volta a chorar como antes): Eles não resistiram...

Skyller (chorando um pouco): Eles...

Depois de muito choro e abraços, o pequeno Burkhardt acaba dormindo, e pela primeira vez em dois mesescriar um portal ainda maior.

Juliet: Sky? O que aconteceu? Por que está gritando?

Skyller: Tá tudo bem mãe, eu perdir em um jogo, desculpa…

Skyller: (então é por meio da raiva…?) Vamos lá…

Skyller lembra dos últimos momentos com os seus amigos e se enfurece por não ter conseguido salvar eles, e consegue abrir outro portal.

Skyller: Isso, Consegui! Talvez eu consiga proteger as pessoas com isso… compensar pelos meus amigos…

      ┯━━━━━ ●●● ━━━━━┯ 

           Dois Anos Depois

      ┷━━━━━ ●●● ━━━━━┷

[IC]Ano de 2019, dois anos após Burkhardt descobri seus poderes. Durante um anos Skyller treinou diversos tipos de artes marciais, assim melhorando seu condicionamento físico e consequentemente os seus poderes, após um ano treinando ele começou a combater o crime de sua cidade. Ele descobriu como usar seus poderes como fazer coisas além de criar portais, como transmitir vibrações capazes de empurrar um ônibus, e seus poderes ficam ainda mais fortes com o seu traje.

Um dia ele estava treinando na floresta ao sul da sua casa quando teve um descontrole de sua energia e criou um dos maiores portais que já viu, mas diferente dos demais, esse portal não levava para qualquer parte da terra. Ele tinha atingido o Multiverso!

Skyller: Mas o que é isso que está aparecendo na minha frente?!

      ┯━━━━━ ●●● ━━━━━┯

 Universo de Nanatsu No Taizai

      ┷━━━━━ ●●● ━━━━━┷

O portal que Skyller Burkhardt criou levou para um universo totalmente diferente do dele. E não tinha lugar pior para ele aparecer…

Zeldris: Aquele maldito traidor do Meliodas, ele sempre sai na vantagem!

Assim que Zeldris termina sua fala, a energia do portal se espalha por todo o universo dos Pecados Capitais.

Cusack: Senhor… você também sentiu essa energia?

Zeldris: Sim… ela é grande e diferente, eu não consigo localizar a sua origem…

Nesse instante o portal se abriu bem na frente do filho do grande Rei Demônio, que não se moveu e nem demonstrou medo.

Zeldris: O que é isso, Cusack?

Cusack: Desculpe-me, mas eu não sei lhe informar, meu príncipe.

Em um pulo, Burckhardt sai de dentro do portal e se depara com Zeldris.

Skyller: Olá!

Zeldris empurra a cabeça do intruso contra o chão, que acaba não entendendo nada.

Zeldris: Um humano?! O que um humano faz perante o líder dos dez mandamentos?!

O jovem garoto para tentar se defender coloca a mão no ombro do mandamento e solta uma onda de vibração, fazendo com que o braço do demônio seja arrancado. Logo ele se levanta e encara Zeldris.

Skyller: Eu não sei quem é você, e não importa se você é líder de um grupinho religioso, mas eu não vou aceitar que um pirralho me bata!


Cusack: como ou-

Zeldris: Silêncio, Cusack!

Cusack é interrompido por Zeldris o mandando silenciar, e ele obedece o príncipe dos demônios.

Zeldris: Nada mau para um humano…

      ┏━────╯⌬╰────━┓

       Continua No 2° Capítulo

              M u l t i v e r s o

      ┗━────╮⌬╭────━┛


Notas Finais


Espero que tenham gostado, tive que explicar parte da história do protagonista, Skyller Burkhardt, então a ação ficou mais para o final, mas prometo que no próximo capítulo terá mais cenas de ação! Obrigado se leu até aqui, até mais!

Nem tudo são flores,
Nem tudo é doce,
As vezes acabamos no meio de espinhos,
Outras vezes precisamos provar do amargo,
Pois a vida é como o mar,
Sempre mudando.
-Eu.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...