1. Spirit Fanfics >
  2. Reality Of Twice >
  3. The Party!

História Reality Of Twice - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Mais um fresquinho.

Capítulo 4 - The Party!


Momo havia acordado por volta das cinco e meia da tarde. Se perguntou como tinha parado na cama, mas apenas ignorou indo ao banheiro.

Lavou seu rosto inchado pela soneca e suspirou arrumando sua franja. Voltou ao quarto e percebeu o vibrador sobre o criado-mudo.

- Bom saber que não é medrosa, Minari. - disse em um tom rouco e riu, ainda estava um pouco desacordada.

Saiu do cômodo e desceu as escadas, logo começando a ouvir um barulho alto, e quando se deu conta, era Tzuyu e Nayeon jogando algum jogo. Correu até as mesmas e se jogou ao lado de Nayeon, encarando a grande televisão em que se passava o jogo.

- Posso jogar depois, chewy?? - praticamente implorou pra mais nova, esta que riu e assentiu.

Depois de uns minutos, a japonesa ja se encontrava deitada sobre as pernas de Tzuyu, enquanto jogava com Nayeon. Jihyo depois de um tempo fora, voltou para casa e olhou as garotas, suspirou e apenas deixou as sacolas sobre a bancada da cozinha, assim sentando em uma poltrona e pegando um livro qualquer.

- Está bem, unnie? - Tzuyu encarou a mais velha.

- Estou sim Tzu, nada que precise se preocupar. - sorriu pequeno e voltou a ler o livro.

Não tão convencida, a taiwanesa apenas ficou quieta, não queria deixar a mais velha desconfortável com suas perguntas repentinas.

Nayeon parou de jogar após perder para Momo - ela era boa - e enfim, pegou seu celular vendo uma mensagem de Jennie.

Text on.


Jendeuk - Nay, você ja está vindo?

Pra onde, doida? - Me


Jendeuk - pra festa né, não me diga que esqueceu??


uh, claro que não, eu já estou terminando de me arrumar, rsrs. - Me


Text off


- GENTE A FESTA DA JENNIE É HOJE PELO AMOR DE DEUS VÃO SE ARRUMAR! - a mais velha havia gritado e correu pro seu quarto procurando pelo vestido que tinha comprado.


- Puta merda! - Momo caiu do sofá, mas levantou e correu para seu quarto também.


{...}



Todas prontas e deslumbrantes, saíram da casa e entraram na van. Conversavam um pouco nervosas, aliás, queriam saber a opinião dos outros sobre seus vestidos.

Chegando no enorme salão de festas, elas desceram e entraram todas juntas, assim entregando o convite, que era individual. Nayeon e Jihyo foram logo à procura de Jennie, enquanto as outras meninas arrumavam o que fazer. Dahyun nem sequer havia esperado para dar as caras no pequeno bar, fazia um tempo que ela não bebia e queria muito aproveitar o momento.

Momo e Mina foram pra pista de dança, e nem queriam saber do tipo da música. Chaeyoung ficou com Sana observando a festa, enquanto Tzuyu e Jeongyeon conversavam com Jisoo, que por sinal estava um arraso, como sempre.

- Acha que deveríamos intervir na Dahyun? Ela está bebendo muito. - Chaeyoung disse um pouco alto para Sana, pois a música estava alto.

- Deixe ela se divertir, Chaeng. Aliás, deveríamos fazer o mesmo, você já é maior de idade, uh? - Disse a morena, pegando uma bebida para degustar.

- Não sou muito fã de bebidas, unnie.

- Vamos lá Chae, é uma festa e está aqui para se divertir, só um golinho. - Ofereceu o copo à menor, esta que suspirou e logo pegou o copo, bebendo o líquido do mesmo. - Isso ai garota!

- Uh, isso arde. - fez careta pegando outro copo.

Logo se formou um pequeno tumulto sobre a mesa de bebidas, as pessoas gritavam e as garotas ficaram curiosas. Mina e Momo se aproximaram, vendo Chaeyoung e uma menina, bebendo vários copos.

- A Chaeyoung ta bebendo ou é impressão minha? - Momo perguntou, sem acreditar.

- Pensei que ela odiava beber... - Mina suspirou apenas observando.

"Vira, vira", a frase em que se repetia diversas vezes, fez com que saísse dali uma Chaeyoung cheia de bebida, tentando parecer sóbrio. Mina se aproximou da menor e a puxou pelo braço, indo para um canto onde não houvesse tanto barulho.

- Por que estou sentindo que Son Chaeyoung bebeu demais, uh?

- Que nada, estou completamente bem. - Sorriu a menor.

- Estou vendo, essa cara aí nega tudo o que disse. Você deu uma pequena exagerada, como vai trabalhar amanhã?

- Simplesmente não irei, ficarei na minha cama, enquanto minha futura namorada cuida de mim. - Disse a menor se embolando, fazendo Mina gargalhar.

- Certo, acho que sua futura namorada, trabalha em uma cafeteria e não pode faltar.

- Puxa vida! Nem um diazinho? - abraçou a maior.

- Nem um diazinho, olha, não faça besteira, entendido? - beijou a bochecha da mesma e voltou para a pista.

Era completamente fofo o jeito que Mina cuidava de Chaeyoung sem dar bronca alguma, Chaeyoung admirava a confiança que tinha e apenas sorriu, e mesmo estando um pouquinho bêbada, conseguia saber o que deve ou não fazer.


Tzuyu agora procurava por uma amiga, o que fez ela andar pelo salão inteiro e presenciar uma cena um tanto quanto nojenta - Nayeon e Jeongyeon quase se comendo ali mesmo.


Tentou ignorar balançando a cabeça e voltou a procurar, assim vendo uma silhueta feminina de vestido preto e com pouco glitter, sorriu apenas e abraçou a menor, esta que virou e sorriu em ver Tzuyu.


- Você veio mesmo! Estava te esperando, demorou muito e só conheço Jennie aqui.


- Desculpe, Nayeon tinha esquecido da festa e nos atrasamos, e sua namorada não veio?


- Não, ela preferiu ficar em casa, ela passou mal o dia inteiro.


- Uh, não ficou com ela por quê? Hein?


- A mãe dela estava lá e as duas praticamente me expulsaram de casa. - Riu.


- Ah, entendi. - riu junto.


- Como vai seu relacionamento com a japonesa? - disse tomado um pouco da vitamina.


- Vai ótimo, fora a pequena briga, mas agora está tudo bem. - Sorriu e olhou para o outro lado do salão, vendo Sana dançar com as outra japonesas.


- Ela tem sorte por ter uma namorada fofinha perto dela, porque olha, eu sofro todo dia.


- Já não é novidade Heejin.


O volume da música foi diminuido e logo Jennie começou a falar, todos se juntaram perto do pequeno palco onde ficava o Dj e logo prestaram atenção.


- Oi gente, boa noite! - sorriu Kim - queria agradecer a todos que vieram nessa festa, sério, eu amo todos vocês. Seguinte, a festa ja está acabando então aproveitem os últimos momentos de vocês, sei que muitos estarão ocupados amanhã e não quero que estejam muito cansados.


Logo aumentaram o som da música e todos voltaram a fazer o que faziam antes. Chaeyoung apenas observava Mina, que logo parou de dançar e se aproximou da mais nova.


- Você está tão fofinha nesse vestido. - Disse Myoui apertando as bochechas da mais baixa.


- Para com isso, eu tô odiando ficar de vestido, ainda mais amarelo. - riram e se observaram por alguns minutos, logo tendo um pequeno selar roubado da mais velha.


- Amarelo é uma cor bonita.


- Prefiro preto, sabe disso.


- Você tenta ser bad girl, mas cintinua fofa. Vem dançar, está muito tempo parada. - Puxou a pequena para a pista.

Jihyo estava andando pelo quintal do salão, queria ficar afastada do barulho, não era tão acostumada com som alto. Sentou em um banquinho e ficou observando o céu cheio de estrelas, acabou por sorrir ao lembrar de sua infância.

Escutou alguns passos e olhou para trás, assim vendo um homem que aparentava ter sua idade, era um pouco mais alto e completamente atraente.


{...}


Após longas horas de curtição, as nove se encontravam dentro de casa. Momo reclamava pelo salto, que estava a machucando. Praticamente arremessou-os quando entrou no quarto, se jogou na cama e sentia seus pés um pouco doloridos.


Dahyun estava completamente desacordada sobre a cama, tinha bebido muito e provavelmente não acordaria para um banho.


Sana ainda estava elétrica, queria dançar mais, porém ja eram mais de meia noite. Tzuyu estava só o pó, queria deitar em sua cama e só levantar quando canssasse.


Chaeyoung implorou para que Mina dormisse com a mesma, fez um drama de que poderia vomitar e passar mal, e estar sozinha ali.


Nayeon e Jeongyeon estavam com fogo até agora, mas respeitaram que todas estavam cansadas, então apenas tomaram um banho, claro que havia algumas carícias, beijos e um pouco a mais.


Já Jihyo, apenas tomou seu banho e se jogou em sua enorme cama, adormecendo no mesmo segundo.


8:32 A.M.

Segunda-feira.


Mina acordou com seu despertador tocando, suspirou e sentou sobre a cama, coçou lentamente seus olhos e bocejou. Observou o pequeno corpo que dormia serenamente sobre a cama e sorriu pequeno, e logo com um só impulso, levantou da cama e decidiu não abrir as cortinas, ja que Chaeyoung ainda dormia. Foi para o banheiro e tomou um banho não tão demorado, pois provavelmente iria se atrasar pro trabalho, vestiu uma calça preta que não era tão colada e um moletom branco, arrumou o cabelo e depositou um beijo sobre as bochechas de Chaeyoung, essa que imediamente sorriu pequeno.


- Safada, está acordada a quanto tempo?? - Cruzou os braços.


- Desde que você foi pro banheiro, eu aconselho fechar a porta Minari. - riu baixo recebendo um tapinha leve. - Eu ja disse que seu tapa dói?


- Eu ja vou, eu acordei um pouco mais tarde hoje por conta do cansaço, nem tinha escutado as outras vezes que o despertador tocou.


- Tudo bem... Bom trabalho, unnie. - sorriu e deixou um selinho nos lábios da mais velha, assim se encolhendo novamente entre as cobertas.


Myoui agora se encontrava no ponto do ônibus, esperando o mesmo para finalmente ir para a cafeteria. Não era tão longe, mas a pé somente iria a atrasar mais. Avistando o ônibus, entrou no mesmo e pagou o motorista, sentando-se em um dos bancos.


Cerca de cinco minutos, chegou no local e foi logo para o vestiário, colocou seu avental e suspirou prendendo o cabelo. Voltou até o caixa e se apoiou no mesmo.


- Bom dia Mina, parece cansada. - Disse Youngjae.


- Uh, pior que estou mesmo, fui em uma festa e voltei de madrugada. - suspirou e logo viu que clientes chegavam, fazendo seu pedido com Youngjae. - Sem contar que minhas amigas beberam muito, principalmente Dahyun e Chaeyoung.


- Chaeyoung bebeu? Nossa, por essa eu não esperava. Bom, caso se sinta pior, pode ir para casa. - sorriu.


- Certo, obrigada. - Sorriu e logo pegou os pedidos, colocou-os na bandeija e entregou as meninas da mesa 4.


{...}



Meio dia foi exatamente o horário que Mina pôde ir embora, como todos os dias. Já estava quase chegando em casa, faltava somete alguns quarteirões, sentiu que alguém corria atrás de si após chamar.

- Mina!! - Jeongyeon se aproximou ofegante por ter corrido. - Ya, você anda rápido demais.

- Pensei que fosse alguém querendo me sequestrar. Como foi o trabalho?

- Bom, eu consegui dar a matéria de sociologia toda, agora os alunos disseram ter entendido, e espero que tenham mesmo.

- Se eu fosse sua aluna, não prestaria atenção na aula, não é sempre que se tem uma professora gata.

- Está me cantando, Myoui? - riu baixo.

- Não, estou elogiando minha amiga, apenas isso. - sorriu e destrancou o portão, vendo que Jeong estava levemente vermelha. - correu demais, suas bochechas parecem tomate.

- Culpa sua, bocó. - entrou em casa rindo e se jogou no sofá.

- Olha quem voltou, como foram no trabalho meninas? - Sana disse largando seu livro para prestar atenção nas amigas.

- Eu dei aula tranquilamente hoje. - Disse Yoo, ligando a televisão enquanto tirava seus tênis.

- Eww, chulé do demomio!! - Dahyun a empurrou de leve.


- a única que tem chulé é você, nem tomou banho ontem.


- Eu consegui servir cerca de oitenta clientes hoje. - Mina sorriu satisfeita.


- E aí Sana, não acha que tá na hora de arrumar um emprego não?


- Tsc, não sei com o que posso trabalhar.


- Você é boa posando para fotos, por quê não tenta uma carreira? - Mina sugeriu uma ideia.


- Até que não é tão ruim... Vou preencher meu formulário! - Subiu as escadas toda animada.


- Acha que ela consegue? - Yoo perguntou.


- Mesmo tendo uma personalidade dupla, acho que consegue sim. - sorriam e voltaram a assistir ao programa.


Escutaram pequenos passos vindo da escada e apenas olharam, vendo Chaeyoung descer de pijama, com a mão na cabeça. Se jogou ao lado de Mina e suspirou.


- Deixa eu adivinhar, ressaca? - Jeong perguntou e riu em seguida.


- Sim, e não tem graça, que dor do inferno! - disse de olhos fechados.


- Eu disse que tinha exagerado nas bebidas, logo você que é fraca pra beber e nem gosta. - Mina disse.


- Eu sei, o gosto amargo ainda ta na minha boca. - Fez bico e suspirou.


- Vou fazer um chá pra você, ok? - Jeong sorriu e se levantou indo para a cozinha, quis deixar o "casal" a sós.


- Minari, acho que nunca mais vou beber na minha vida. - Resmungou grudando na mais velha.


- Você disse isso quando se formou, e agora bebeu de novo. - riu baixo abraçando a menor.


- E aí? Youngjae deu em cima de você hoje de novo?


- Não, eu ja disse que ele somente é um rapaz gentil.


- Rapaz gentil, duvido, ele é um falso.


- Não diga assim Chae, ele até me mostrou que está gostando de um cara.


- Uh, ele é gay então?


- Provavelmente.


- Então ta certo, ganhou meu respeito.


- Você é muito boba Chaeyoung - riu.


- Me senti boba quando estava de vestido.


- Parecia uma bonequinha. - beijou a bochecha da menor.


- Bonequinha? Eu? Sai dessa.


- Não se faça de bad girl, você tem um pinguim de pelúcia.


- Porque Você me deu de aniversário, caso não fosse isso, estaria tudo adulto.


- Uhum, sei.


- Chaeyoung toda princesinha de vestidinho. - Nayeon disse chegando el casa e riu.

- Até você? Quase se comendo com a Jeongyeon no meio da festa. - se defendeu.

- A festa seria sem graça, sem um fogo a mais. - disse e foi pra cozinha, ao encontro de sua namorada.

- Eu vi a Jihyo conversando com um cara, e ele era gato ta. - Sana voltou com Tzuyu atrás de si, reclamando.

- Agora acha meninos gatos?

- Eu só elogiei ele, não posso mais?

- Não.

- Então ta, você é uma gata. - piscou e se sentou no sofá,ligando seu notebook.

- Essa eu não esperava em Jihyo. - riu Chaeyoung.

- Tzu, sabia que sua namorada está se inscrevendo pra uma agência?

- Uh, vai longe mostrando sua beleza. - Disse Tzuyu.

- Parem com isso gente, eu sei que sou bonita né, mas não é pra tanto.

- NÃO É PRA TANTO? - Jeong gritou da cozinha. - QUERIA EU TER METADE DA SUA BELEZA.

- Você tem até mais um pouco, Jeongie. - a japonesa falou e riu.

- Eu vivo com loucas. - murmurou Dahyun pondo a mão na cabeça.


Notas Finais


NÃO SE ESQUEÇAM DE CURTIR A FIC E COMENTAR OQ ACHOU!
Se cuidem, não quero ninguém com corona, lavem as maos direitinho viu!
Até o próximo cap❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...