1. Spirit Fanfics >
  2. Realizando um sonho: ir no show do Adam Lambert >
  3. Capítulo 2

História Realizando um sonho: ir no show do Adam Lambert - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Capítulo 2


 - Marisa, olha só o que achei aqui fuçando as minhas coisas. Lembra de quando saiu essa revista com o Adam depois do lançamento do primeiro cd dele e eu comecei a gostar dele?
- Lembro mais ou menos.
- Então. Eu nem lembrava mais dela e achei guardada numa caixa cheia de revistas antigas. Confesso que ele estava bem diferente e era mais novo, mas hoje eu olhando para esta revista me lembro de tanta coisa que aconteceu até hoje.
- E eu de tempos depois me apaixonar pelo Tommy. Disse Marisa sorrindo.
- Quanta coisa aconteceu de lá para cá... Não vejo a hora dele lançar álbum novo.
Os meninos da escola delas viviam zoando por elas gostarem do Adam e do Tommy.
- Não sei o que vocês vêem nesses caras. Dois gays que vivem se agarrando.
- Não é verdade. Tommy não é gay e já falou várias vezes. Ele só não está namorando.
- Sei. Não está namorando porque não quer assumir que é gay também. Onde já se viu. Ele vive andando para cima e para baixo com aquele outro cantor feito cachorrinho de estimação. Aposto que eles também já devem ter se pegado.
- Vai embora. Você não sabe de nada. Disse Mariana.
- Gay sim. Só não vê quem não quer...
- Esses garotos...
- Deixa eles para lá. Eles falam isso só para nos irritar. Disse Marisa.
- Nós ainda vamos num show dele para calar a boca deles.
As duas entraram para a aula e depois foram juntas para casa. Passaram numa banca no meio do caminho e compraram uma revista que tinha uma entrevista com o Queen falando de novas datas de shows e foram embora.
- Pena que ainda não será desta vez que veremos o Adam. Os shows serão na Europa e na Ásia. Mas quando ele lançar o cd novo aí teremos show dele por aqui. Eu estou juntando toda a grana que posso. Nem compro mais lanche na cantina da escola e nem compro bobeira quando vou no shopping. E você, Marisa?
- Eu vou pedir dinheiro de aniversário. Nem vou querer festa esse ano. Prefiro me reunir com meus amigos para comemorar sem gastar quase nada em uma reuniãozinha em casa e pronto. Cada um trás uma coisa e está ótimo.
- Meu aniversário já foi então não posso fazer o mesmo. Toda grana que ganho eu guardo o máximo que puder. Já tenho uma caixa cheia de notas. A maioria de pequeno e médio valor.
Mariana se despediu de Marisa e entrou em casa. Marisa logo chegou em casa também.
Perto do aniversário de Marisa, ela falou com os pais dela sobre a idéia de ter uma festa simples, com seus amigos, onde cada um traria algo e que preferia ganhar dinheiro ao invés de presentes deles esse ano.
- Mãe, pai, eu e a Mariana estamos juntando dinheiro já tem um tempo mas ainda é pouco. Queremos muito ir num show do Adam. Eu sei que vão falar que somos muito novas para irmos sozinhas e por isso não deixarão. Já pensamos nisso e por isso eu vou falar com o meu primo, o Jorge, para ele nos levar de carro.
- Mas... Como assim, vocês vão num show? Quando e onde? Precisamos saber se vai ser seguro. Os pais dela já sabem dessa ideia maluca de vocês?
- Calma. Não vai ser para agora. Ainda vai demorar um pouco. Ele está em turnê com o Queen e só depois que o Adam voltar é que vamos ficar sabendo de novos shows por aqui. Ainda não tem nada aqui, por isso é que já estamos juntando dinheiro. Agora, quanto aos pais dela, ela vai falar com eles. Se eles souberem que vocês deixaram eu ir e o Jorge aceitar nos levar, aí eles permitirão que ela também vá.
- Mas acho loucura isso. Vocês ainda não tem 18 anos. Achamos arriscado.
- É por isso que vou falar com Jorge. Ele tem carro e pode nos levar. Quando sair as datas e locais de shows por aqui, iremos no mais perto.
- Está bem. Mas juízo e muito cuidado.
- Mãe, nesses shows tem sempre muitas garotas assim como nós. Vai ser fácil nos misturarmos com elas.
- Mas não abuse da nossa boa vontade. Quero que você tenha o seu dinheiro em breve quando começar a trabalhar.
- Pode deixar, pai. Marisa beijou o rosto dos pais dela e correu para o telefone para contar para Mariana.
- Que bom que eles entenderam e deixaram. Depois eu falo com os meus e sabendo que seus pais deixaram e teremos quem nos leve, espero que os meus pais deixem também.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...