1. Spirit Fanfics >
  2. Really Hot >
  3. Muito g...

História Really Hot - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Muito g...


-E Yeji?

-Muito nova.- Minho estalou os lábios.

-Yuri?- Felix sugeriu.

-Muito velha.

-A estrangeira que foi transferida?- Hyunjin sorriu. -Acho que é tailandesa...

-Não sei nada de tailandês.- Suspirou, se erguendo e indo em direção ao vestiário.

-E o que acha de Seulgi...?- Jisung questionou risonho, seguindo o maior para as cabines.

-Seulgi não era lésbica?- O Lee estalou a língua.

-Momo?- O Han ergueu a sobrancelha. -Ou quem sabe Jihyo?

-Já namoram.- Disse, trancando a porta atrás deles e arrancando a camisa.

-E que tal eu?- Jisung sorriu animado, vendo o outro lhe olhar feio.

-Você virou menina?- Riu. -Quer ir ao baile comigo, Han?

-Depende...- O Han tocou seus ombros nus, apertando suavemente a pele do mais velho. -Eu teria que te chamar como Oppa?

-Talvez.- O Lee riu, fechando os olhos ao sentir os lábios bonitos do Han roçarem em seu pescoço.

-Minho oppa...- Jisung provocou, pegando na barra da calça do maior. -Imagina se nossos amigos soubessem por que nenhuma dessas garotas serve pra você...

O Lee sorriu satisfeito, sabia que Jisung era completamente insano e pouco se importava se dali há alguns minutos os outros jogadores iriam tentar entrar no local.

As mãos firmes do Lee foram para a cintura esguia do mais novo, puxando-o firme para si. O loirinho roçou os lábios nos seus, as respirações lentas  e quentes se misturando.

Han foi o primeiro a findar aquele espaço, unindo seus lábios com tamanha vontade que parecia precisar disso para respirar. Minho não se assustou, o que fez foi cravar com mais vontade os dedos na roupa do menor, puxando-a para cima em uma tentativa de sentir a pele macia.

Os dedinhos espertos do Han foram rápidos ao abrir o botão e zíper da calça do maior, imediatamente se divertindo ao tocar a boxer úmida e o volume já saliente. O Lee gemeu baixo entre seus lábios, arrancando uma risada divertida do loiro.

-Vou dar um jeito nisso, oppa...- Sussurrou contra os lábios do mais alto, empurrando Minho contra a pia para que o mesmo pudesse ter algum apoio.

-Tão gulosinho...- Minho riu, já abaixando o restante da roupa e tomando o membro duro em mãos, massageando-o devagar.

-Eu adoraria sentar em você, Senhor Hétero...- Jisung piscou, se pondo de joelhos na frente do mais velho. -Mas, não temos tempo para isso, uh?

Sem que o Lee pudesse acompanhar seus movimentos, Jisung já o masturbava, um pouco mais rápido que o normal, fazendo seu pau latejar e melecar ainda mais as mãos do loirinho com pré-gozo.

O Han decidiu provocar, passando só a língua pela cabecinha vermelha e inchada, ouvindo um gemido rouco do moreno ao mesmo tempo em que as mãos dele foram para seus cabelos, puxando-os com força quase como se tentasse assumir o controle da situação.

-P-porra, Jisung...!- O corpo inteiro tremeu quando o Han enfiou todo seu caralho duro na boquinha bonita, sugando-o com toda a vontade que tinha.

Jisung não media esforços para agradar seu hyung e lembra-lo de que sempre seria o único à leva-lo para as nuvens.

A boca de Jisung era perfeita, principalmente quando se tratava de chupar o pau de seu hyung preferido.

E o rostinho? As bochechas cheinhas completamente vermelhas, os olhinhos cheios de lágrimas conforme empurrava o membro grosso contra sua garganta, segurando o ar pelo máximo possível de tempo... enlouquecedor.

E era com essa visão do próprio pecado que Minho gozava, esporrando a boquinha bonita enquanto sentia o corpo inteiro tremer em uma combustão absurda.

É, garotas era realmente quentes, mas Minho era realmente muito gay.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...