História Really, I Love You - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Stray Kids, TWICE
Visualizações 6
Palavras 741
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), FemmeSlash, Festa, Fluffy, Shoujo (Romântico), Slash, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Se gostarem favoritem ;3

Capítulo 1 - Capitulo 1


Tudo começou em um verão, lá no ano 2000, digamos que minha irmã já era nascida, mas eu... nem chegava perto, faltava apenas um mês pra minha chegada cheia de purpurina e ilusão.

      Assim que cheguei ao mundinho fashion e cheio de purpurina... mentira era normal apenas. Nasci menina e sempre me ensinaram que era errado tudo que tinha algo com uma bandeira arco-íris ou algo do gênero, mas antes eu precisava lacrar né?! E o que eu fiz? Nasci grande, todos previram que euzinha iria ser alta, e eles acertaram, quando cresci com mais ou menos doze anos eu realmente era alta mas não fugia dos padrões chegando a ser gigante, os padrões de beleza de onde eu moro são estranhos, as meninas são completamente anoréxicas, magras demais seus ossos dão um leve sinal de vida, eu nasci fora do padrão pois meus pais são Brasileiros e eu apenas nasci aqui então... descendência brasileira mas nacionalidade Taiwanesa mas tudo certo! 

       Vamos começar a minha vida não é? Mas antes vou me apresentar sou Zhou Tzuyu! E atualmente tenho dezoito anos, como já devem saber pois já expliquei anteriormente, nasci em 2000 mas não especifiquei o dia e o mês, então irei dizer ou melhor especificar foi no dia catorze de junho.

      Acordei bem tarde hoje, pra ser mais exata eu acordei as três horas da tarde, férias ainda, peguei meu celular e fiquei vendo as notificações que tinham aqui, vários desconhecidos dois perguntavam se meus órgãos funcionavam bem, e os outros que diziam ser meus amigos da escola 

 

Desconhecido 1 e 2

_Olá seus órgãos funcionam bem? Se eles funcionarem entre em contato conosco Tzuyu_

~Números bloqueados~

 

Desconhecido 3

_Oi Tzuyu sou eu Jisung não se assuste eu peguei seu número com a Momo_

~Salvo como Esquilo ❤️~

 

Desconhecido 4

_Oi meu amor sou eu Chan troquei de número e peguei seu número no chip antigo_

~Salvo como Channie ♥️~

 

Desconhecido 5

_Oi gata não sou BTS mas quando te V quis perto Jimin_

-quem é você?

_Desculpe pela cantada miga queria te assustar mas sou eu Mina_

-Sua vaca 

_Obrigada pela parte que me toca_

~Salvo como Minha Vaca <3~

 

     Tomei vergonha na cara e levantei da cama, fui ao banheiro e fiz minhas higienes matinais, e coloquei um shorts e um moletom do Pikachu, posso ter dezoito mas eu não cresci mentalmente, e coloquei minha meia que vem até um pouco abaixo do joelho.

      Minha mãe estava na sala, com uma cara nada boa, assim que cheguei lá, ela me olhou e chegou perto de mim, e me abraçou e começou a chorar no meu ombro. Suas lágrimas deixavam meu coração em pedaços, não gosto de vê-la naquele estado. Assim ela se soltou do abraço e começou a falar.

 

      -Filha você sabe que moramos na Coreia 'pra ficarmos longe de seu pai não sabe?- ela diz e eu assinto- eu não consigo nos manter mais aqui, nós duas não consigo, está faltando comida aqui desde o começo da semana passada

      -O que quer dizer mãe?- perguntei a ela 

      -Filha... você terá que voltar a Taiwan e morar com seu pai

      -Mas mãe! Ele sempre volta bêbado do trabalho!!

      -Mas você precisa ir até eu arrumar um emprego melhor-suas lágrimas voltam

      -Mãe me deixe ficar, Woojin me ofereceu um emprego na empresa do pai dele-fiz uma pausa-e eu aceitei não posso abandonar isso mãe!

     -Não da pra voltar atrás fale a Woojin que você irá aceitar mais pra frente e que agora você irá viajar pra Taiwan e ficará por lá por tempo indeterminado-suas lágrimas desciam em maior quantidade 

      -Tudo bem então arrumarei minha mala-uma lágrima cai de meu olho

 

     Subi pro meu quarto e como um ser humano normal, fui reclamar no Twitter o lado obscuro das redes sociais é o Twitter. 

     Terminei de reclamar e peguei minhas duas malas uma sendo Pokemon e a outra da Sailor Moon, fiquei ali triste guardando as coisas nas malas enquanto músicas tristes tocavam.

 

     [...]

 

     Finalizado, agora terei que ligar para Woojin avisando a situação, eu sinceramente não quero ir mas fazer o que. 

    Avisei a todos os meus amigos o que iria acontecer, e muitos falaram que iam vir a minha casa nesse minuto, mas duvido muito disso. Me deitei na cama 'pra um breve cochilo.

 

     [...]

 

     Meus amigos chegaram e eu já estava acordada, mas eu estava com os olhos inchados, sem a mínima vontade de levantar da cama.


Notas Finais


:3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...