História Rebecca Cullen! - Capítulo 9


Postado
Categorias Saga Crepúsculo
Personagens Afton, Alec, Alice Cullen, Amun, Angela Weber, Aro Volturi, Bella Swan, Benjamin, Billy Black, Brady Fuller, Bree Tanner, Caius Volturi, Carlisle Cullen, Carmen Denali, Charlie Swan, Claire Young, Collin Littlesea, Corin, Demetri Volturi, Edward Cullen, Eleazar Denali, Embry Call, Emily Young, Emmett Cullen, Eric Yorkie, Esme Cullen, Felix, Freaky Fred, Garrett, Gianna, Heidi, Irina Denali, J Jenks, Jacob Black, James, Jane, Jared Cameron, Jasper Hale, Kate Denali, Kebi, Kim, Laurent, Leah Clearwater, Lucy, Marcus Volturi, Maria, Mike Newton, Nahuel, Paul Lahote, Personagens Originais, Peter, Quil Ateara, Rachel Black, Rebecca Black, Renata, Renée Dwyer, Renesmee Cullen, Riley Biers, Rosalie Hale, Royce King II, Sam Uley, Sarah Black, Senna, Seth Clearwater, Stefan, Sue Clearwater, Tânya Denali, Tyler Crowley, Victoria, Vladmir
Tags Jacob Seth
Visualizações 105
Palavras 3.131
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drabble, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Cross-dresser, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi meninas desculpem a demora,maa tava sem idéias.. A moça da capa é a Lauren espero que gostem do capítulo

Capítulo 9 - Filha? Mais uma Cullen?


Fanfic / Fanfiction Rebecca Cullen! - Capítulo 9 - Filha? Mais uma Cullen?

  Eu não sabia como reagir,certo que eu já tinha uma desconfiança que seria eu,mas não era nada concreto.


  E ouvir assim,da boca deles me deixou sem fala,sem reação,sem palavras.


 - Rebecca,por favor. Fala alguma coisa,sei que esta assustada por tudo que ouviu mas..


 - Eu não acredito,eu estava certa - Comemoro dando pulinhos,os dois se olham e me encaram confusos.


 - Como assim? 


 - Certa do que?


 - Eu já tinha uma pequena suspeita,mas não era nada concreto.- Comento animada. Sei,eu não deveria estar agindo assim,deveria sim. Qual é,eu os amo. Tem reação melhor? 


 -Não entendi - Seth fala confuso,respiro fundo e começo a contar para eles sobre minhas suspeitas. 


  Os dois ficam chocados mas logo sorriem.


 - Então não esta brava? - Jack pergunta e eu nego.


 - Tem como eu estar brava? Não,impossível - Eu saltitava - Estou feliz,muito feliz - me jogo nos braços de Jack o abraçando fortemente,olho o Seth e o chamo com a mão.


  Nos abraçamos os três,eu estava tão feliz. Não tinha palavras para descrever oque eu sentia,eu os amava e agora tinha certeza que o sentimento era recíproco.


  - Atrapalhamos algo? - Uma voz irritante fala atrás de nós,me separo dos meninos fechando as mãos em punho.


   Olho Erika e Helena paradas na estrada da garagem.


 - Adiantaria se eu falasse que sim? - Arqueo as sombrancelhas.


 - Jack,tem como você vir aqui um pouco? - Helena me ignora se aproximando de Jacob.


 - Hum.. Claro,claro! -Diz e passa por mim,mas antes me lança uma piscadinha e segue pra fora,sorrio de lado.


 - Vem Seth - Erika passa por mim esbarrando em meu ombro. Me irrito.


 - Leva junto peste - Xingo e ela ignora. 


 - Ir aonde? 


 - Sei lá,lá para fora Seth. - Ela gruda nos braços dele que me encara,balanço a cabeça em um sim e ele passa por mim mas antes para e me da um beijo na testa.


 - Conversamos melhor mais tarde - Sussurra baixo só pra mim ouvir,assinto de leve sorrindo fracamente.


  - Vamos logo - A loira sai o arrastando para fora quase correndo.


  Reviro os olhos e me encosto no carro.


   Não tinha o porque eu ter ciúmes,eles me amavam,a impressão não permitia eles ter sentimentos ou olhos para outra além do alvo,ai meu Deus.


   Eu sou o alvo deles,dos dois. E eles me amam,me amam. Mas,como os dois podem ter tido imprinting pela mesma pessoa? Isso era normal? 


   - Oque faz aqui sozinha? - Uma voz me faz despertar de meus devaneios,Sam estava parado ao meu lado. 


   Estava tão perdida em pensamentos que nem o vi.


 - Estava pensando - Dou os ombros.


 - Hum.. E seus pais? Estão ai? - Pergunta e eu nego.


 - Não,estão..viajando - Gaguejo um pouco - Mas amanhã estão de volta.


 - Entendi,você está sozinha na casa? - onde ele queria chegar com isso?


  - Não,estou com Nessie - Digo o encarando.

 

 - Sozinhas? Sabem,não é apropriado umas meninas como vocês ficarem sozinhas em uma casa tão grande e afastada de tudo - Fico o encarando,se ele soubesse o quão forte eu e renesmee somos.


 - Não! Seth,Jack e embry estão conosco .


 - Hum,entendi - Diz por fim,ficamos em silêncio - Você realmente não tem nada com nenhum dos dois? 


  O encaro me fazendo de confusa.


 - Quem? Jack e Seth? - Ele confirma com a cabeça - Somos amigos,acha mesmo que se eu tivesse algo com um dos dois teria deixado sair com as.. As,garotas? - Me controlo para não xinga- las.


 - Então você ta solteira? - Assinto,desconfiada. Oque sam pretendia com essas perguntas?


 - Então eles não vão se importar se eu fizer isso - Sem me dar tempo de falar algo ele me puxa pela cintura e junta seus lábios aos meus me fazendo abrir a boca em surpresa e susto,sua lingua invade minha boca explorando cada canto. 


   Meus olhos estavam arregalados,eu não sabia como reagir devido ao susto e surpresa,estava sem reação.. Ele empurra meu corpo contra o carro,e mesmo eu não correspondendo ele continua.


  Oque infernos ele estava fazendo.


 - Beca? - Uma voz conhecida me faz sair do choque,empurro Sam para longe de mim e olho na direção de Jacob.


   Ele e Seth estavam ali,parados. Me encarando, junto dos outros,o olhar deles era de dor,tristeza,ciúmes e raiva,muita raiva.


 - Seth.. Jack eu..- As palavras não saiam.


   Os dois não dizem nada,simplesmente viram as costas e saem dali. 


  - Meninos esperem - Dou um passo na direção deles vendo as meninas os seguir,mas uma mão segura meu braço me impedindo.

 

 - Gata,deixa eles.. Você não os deve satisfação,eles são seus amigos... Somos solteiros.- Me irrito e me viro pra ele le acertando um soco em cheio no rosto,ele cai no chão com tudo me encarando assustado.


 - Não encosta em mim - Digo entre dentes dando as costas e saindo da garagem.


  - SETH... JACOB - saio correndo pelo quinta gritando por eles,mas os dois não estavam ali,vejo Mike e Beatriz encostado ni carro conversando. Vou até eles - Mike,Mike.. Onde eles estão? 


  - Eles saíram correndo para dentro sa floresta... As meninas foram atrás,agora com certeza devem estar se pegando por algum arbusto por lá - Diz sorrindo malicioso e ana o acompanha.

  

  - Cala boca,idiota! - Grito e seu sorriso some. Vou a passos largos para dentro da floresta,as lágrimas escorrendo sem minha permissão 


    Meu peito doía só de imaginar oque eles estavam pensando,doía como se eu sentisse oque eles estavam sentindo nesse momento.


  Um sufocamento e aperto no coração,era tão dolorido,e eu sabia que essa era a dor que eles estavam sentindo agora. 


  Ao tomar uma certa distância da mansão começo a usar minha velocidade,precisa ser rápida e chegar logo até a aldeia. Eles deveriam ter ido para lá.


   Assim que começo a enxergar as primeiras luzes da aldeia diminui a velocidade e comecei caminhar apressada até a casa de madeira vermelha. A casa dos Black.


  Comprimento algumas pessoas que estavam por lá e subos os pequenos degraus da velha casa,paro na porta e dou três batinhadas um pouco forte e desesperada.


 - Já vai - O velho Billy grita lá de dentro e logo posso ouvir o barulho das rodas de sua cadeira soar pelo piso de madeira da casa. 

   Alguns segundos depois ele abre a porta e abre um sorriso ao me ver.


 - Oi beca,querida - Ele sorria mas ao ver meu estado. Toma uma feição preocupada - Menina,oque houve?


  - Bi..Billy.. Jack está ai? - Gaguejo por conta do choro.

   

 - Jacob ainda não chegou,pensei que ele estivesse na sua casa - Billy estava confuso - Aconteceu alguma coisa? - Pergunta e eu nego chorando mas ainda.


  - Po..posso usar seu telefone? - Minha voz falha a cada palavra dita. 

 

  - Claro querida.. Venha - Ele me da espaço e eu entro em sua casa - Fique a vontade,e depois que você fizer sua ligação quero que se acalme e me conte oque aconteceu - Assinto ainda chorando e pego o telefone com as mãos trêmulas,disco o número da casa de Seth e nos terceiro toque alguém atende.

 

  Não era ele,era sue. E como de esperar,Seth não estava lá,assim como não estavam na casa de Sam e nem de Quil. 


   Me despeço dela que estava preocupada pela minha voz embargada e respiro fundo,me apoio na mesinha de centro respirando fundo.


 - Tome querida,vai te ajudar a se acalmar - Me entrega um copo com água,pego com as mãos tremendo e levo a boca. Água com açúcar,eu estava tão mal assim? Óbvio que sim.


   Deixo o conteúdo no copo pela metade e o entrego,ele sorri e coloca o copo sobre a mesinha de centro me estende a mão e me leva até a cadeira que tinha perto do sofá.


   - Esta mais calma? - Pergunta e eu suspiro,meu choro havia cessado,só algumas lágrimas escorriam por meu rosto e algum soluços que escapavam por meus lábios chacoalhando meu corpo.


 - Sim - minha voz sai baixa e rouca.


 - Pode me contar agora oque aconteceu para você ficar assim? - Pergunta segurando minhas mãos,mordo os lábios e desvio o olhar para a parede.


   Um nó se forma em minha garganta e meus olhos queimam.


 - Eu...eu..


 - Se acalme querida,respira um pouco. Você esta muito nervosa - Passa as mãos por meus cabelos,respiro algumas vezes e começo a contar a ele tudo dês da nossa conversa na mata onde eles iam me contar a vedade sobre o imprinting até o ocorrido com sam na garagem.


  Ele ouvia tudo atentamente,enquanto eu chorava e contava para ele despejando tudo em cima de si.


   Após terminar eu respiro fundo e Billy me abraça.


  - Calma beca,você não fez por mal. Foi esse tal Sam quem te beijou,e como você disse,não correspondeu - Billy falava enquanto eu o abraçava - Eles devem estar em algum lugar da floresta esfriando a cabeça,com certeza saíram pois sentiram que se ficassem lá iriam explodir em lobo na frente dos outros.


  - Eles sabem que você não sente nada por esse Sam.. A força do imprinting não deixa tanto o lobo como o alvo ter olhos para mas ninguém a não ser o destinado,o escolhido.. Eles vão voltar,não precisa ficar assim..Se acalme querida... Você vai ver,amanhã eles ja terão esquecido e vão correndo feito cachorrinhos atrás de você - Sorrio um pouco com isso - Você os ama,isso é notável.. E o sentimento é recíproco.

 

 - Mas e se eles tiverem com raiva de mim?


 - Que isso querida... eles te amam de mais para isso! Não precisa se preocupar com nada,..mesmo que eles tivessem triste ou magoados a magia é forte de mais e uma hora ou outra eles terão que aparecer para poder te ver...Não vão conseguir ficar longe de você nem por mais uma hora - Billy dizia tudo com tanta convicção que eu pude me permitir a me animar um pouco.


 - Okay,obrigada tio Billy - Abraço ele apertado e dou um beijo em seu rosto - Obrigado por tudo,foi bom desabafar com você - Me levanto ainda segurando suas mãos. Ele sorri gentil.


 - Não precisa agradecer querida,eu que agradeço por ter desabafado comigo - Beija minha mãos. 


   Me despeço dele e vou embora para minha casa. Vou caminhando,queria tomar um pouco de ar e pensar no dia de hoje. 


   O ar fresco me fazia botar as ideias em ordem. A luz grande e clara brilhava alto no céu clareando todo arredor da floresta. Estava um noite linda e estrelada,se não fosse pelo ocorrido de horas a trás eu me permitiria admirar a noite.


 (...)


  Abro a porta da sala - Após me certificar que Sam e sua turma havia ido embora - e entro a trancando atrás de mim,Nessie e embry estavam na sala,e assistiam uma maratona de supernatural.


  Vou a passos calmos até a cozinha,não estava afim de conversar.


 - Beca? Onde estava? - A voz de minha prima me faz parar,mordo os lábios e me viro pra ela.


 - Na casa do tio Billy - Sorrio fraco,pelo olhar dos dois eles ja sabiam do ocorrido. E prova disso foi quando Nessie usou sua auto velocidade e veio até mim me abraçando com força.


  Cambaleio um pouco pra trás.


 - Eu soube do ocorrido. Sinto muito,Sam é um idiota! - Ela falava me apertando contra ela,passo meus braços por seu corpo a apertando.


 - Obrigada - Fungo escondendo o rosto em seus cabelos ruivos - Ele é sim.. Por falar nele,faz tempo que foram? 


 - Faz uma hora mais o menos..- Embry responde - Aliás,que soco hein,uma parte do rosto dele tava tão inchada que tenho certeza que ele saiu daqui direto pro hospital - RI e o acompanho. 


 - Ele mereceu - Dou os ombros e ele concorda.


 - Sobre Jack e Seth,não fique abalada.. Eles são cadinhos por você,não demorará muito e logo eles vem te procurar com o rabo entre as pernas - Brinca e eu e Nessie rimos - Eles sabem que você os ama,e que não faria nada que os magoasse.


 - Obrigada em - Sorrio um pouco mais tranquila agora. 


 - Vou comer alguma coisa e subir para tomar um banho e tentar dormir um pouco - Falo e Nessie assenti beijando meu rosto e indo até o namorado.


  Entro na cozinha e preparo um sanduíche e um suco,como tudo devagar enquanto olhava pela janela da cozinha a mata do outro lado.


   O quintal era iluminado pela luz,assim como a mata. Sorrio olhando a claridade,esse realmente era um noite linda.


  Termino tudo e lavo a louça logo depois indo para o andar de cima mas não antes de dar Boa noite aos pombinhos.


    Entro na banheira com água quentinha e sinto meu corpo relaxar,fecho meus olhos e imagens de Jack e Seth me invade me fazendo sorrir de lado.


   Eu os amava,amava muito. E não sei oque seria de mim sem eles.


    Termino meu banho e saio vestindo uma calça cinza de moletom,uma regata preta e curta e um par de meias rosa de unicórnio,solto meus cabelos e vou até a porta apagando a luz,o quarto fica um breu mas minha visão me permite enxergar a cama.


   Deito na cama me embrulhando no meio dos meus Edredom soltando um suspiro pesado ao olhar para a parede.


   Fecho meus olhos e em segundos adormeço.


 (...)


   Acordo com meu despertador, abro meus olhos sonolenta e solto um bocejo esticando meu corpo sobre a cama,ainda coberta,fecho meus olhos com preguiça de levantar.


  " Ai não,mas um dia de aula.. Que chato,e olha que é meu segundo dia de aula" Bufo e abro meus olhos,ainda era cedo e dava tempo de tomar banho e comer alguma coisa.


    Saio da cama a passos preguiçosos e entro no banheiro fazendo minhas higiene,saio do quarto me arrastando e sigo para o andar de baixo,descendo as escadas com preguiça.

   

  Bocejo mais uma vez e olho para frente, mas paro no meio do percurso ao ver eles,os dois sentados nos sofá.. Lindos e impecáveis como sempre,meu peito infla e um sorriso largo toma meus lábios.


   Meu coração dava pulos de saudades e emoção.


   Corro na minha velocidade de vampira e me jogo sobre eles no sofá os abraçando ao mesmo tempo.


 - TIIA ALICE,TIO JASPER.. AHHH NÃO ACREDITO - eu beijava o rosto da minha fadinha e do meu tio Jasper,eles riem e me abraçam apertado.


 - Oi minha bonequinha,senti saudades- Tia Alice beija minha testa e eu sorrio.


 - Oi beca,como você cresceu - Tio Jasper me puxa pra seu colo e eu aperto ele contra mim.


  - Senti saudades de vocês também - Beijo seu rosto e me jogo sobre tia Alice - Ta linda minha fadinha.

 

 - Você é quem esta linda minha princesa - Beija meu rosto. Eu estava tão feliz,que não notei a presença de mais uma pessoa ali..


  Uma garota alta,loira e olhos azuis nos olhava sorrindo de lado. 

   Ela aparentava minha idade,ou menos. 


 - Quem é ela? - Sussurro pra tia alice sem tirar os olhos da garota.


  - Essa é Lauren Michele Cullen... Nossa filha - Tio Jasper responde se levantando e indo até a garota,arregalo os olhos surpresa. - Filha,essa é Rebecca.. Sua prima,aquela de quem falávamos a você- Ele diz e eu me levanto junto de tia alice.

  

  A menina se aproxima tímida e me abraça,uau ela era alta.


 - Oi - Ela diz tímida. Sorrio.


  - Olá Lauren,seja bem vinda a familia - Retribui o abraço.

 

  Eu ainda estava surpresa,em choque.. Filha? Tio jasper e tia alice tinham uma filha? Uau. Esperava por tudo,menos isso.


   Conversamos mais um pouco e descobri que ela era uma híbrida como eu e Nessie,tio Jasper e tia Alice a adotaram no Brasil quando ela tinha 3 anos de vida e aparentava 9 anos. 


  Hoje em dia ela tinha 6 e aparentava 15 anos. 


   Ela era linda e muito simpática,via nos olhos dos dois o quanto eles a amavam e isso me deixou feliz,eles precisavam mesmo disso,construí uma família e ter filhos.


     Colocamos o papo em dia, e logo tia Alice me fez ir tomar um banho e trocar de roupa,segundo ela aquela que eu usava não estava na moda e era horrível,ri com isso e apenas concordei. Ela nunca vai mudar. 


    Saio do banheiro e vou ate o quarto,as roupas que tia alice havia comprado pra mim no Brasil estavam em cima da cama,olho para as mesma e Reviro os olhos.


   Visto um conjunto de lingerie braco, Uma calça jeans preta com rasgos nas duas pernas,uma regatinha cinza com alguns desenhos na frente,e um sobretudo preto por cima,calço um tênis preto e branco,escovo meus cabelos e os deixo solto,passo uma máscara de cílios marcante e um batom vermelho matte.


  Me olho no espelho e sorrio com o resultado,pego minha bolsa e desso pro andar de baixo.


 - Soube que esta estudando - Tio Jasper diz assim que me vê entrando na cozinha, renesmee estava lá junto de embry conversando animada com a garota loira.


  - Nem me fale,idéia do vovô - Reviro os olhos e beijo seu rosto - Preferia que o senhor continuasse nos ensinando - Ele ri e bagunça meu cabelo.

 

 - A escola não é tão ruim assim - Ele diz risonho,me sento a mesa beijando o rosto de Nessie e embry.


 - Diz isso porque ja terminou seus estudos - Começo a me servir - As pessoas de lá são um tanto quanto atirados - Ele e tia alice riem e eu começo a comer.


 - Lauren vai começar a estudar lá ainda essa semana - Tia Alice diz e eu sorrio para loira.


 - Que legal,sera bom ter mais pessoas conhecidas estudando conosco - Lanço um sorriso gentil e ela sorri corada.


   Conversamos mais um pouco e subo para meu quarto,escovo meus dentes,pego meu celular e desso pro andar de baixo.


 - Vamos? - Embry chama assim que apareço na sala,me despeço dos meus tios e Lauren e saio para fora.


 - Eu adorei ela,cara como é fofa - Comento saindo da casa junto com Nessie e embry.


 - Fofa mesmo,ela é linda - Nessie diz e eu Assinto.


 - Não mais que você amor - Abraça a ruiva por trás e eu faço careta.


  - Não to afim de ficar de vela não - Apresso meu passo indo até a garagem onde estava o carro de papai.

  

  Paro na entrada ao ver eles encostado sobre o Jipp,estavam lindos com as blusas cinza e vermelha do time de futebol. 


   Eles estavam com os braços cruzados sobre o peito e me encaravam sem expressão.


 Meu coração batia quase saindo pela boca,minhas pernas travam e fico imóvel somemte os olhando.

   

  Um ar pesado toma o lugar,embry e Nessie dão meia volta e se afastam um pouco.


 - Rebecca,precisamos conversar.    


 


Notas Finais


Oque acharam? Deixem suas opiniões ❤☺


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...