1. Spirit Fanfics >
  2. Rebel Heart >
  3. Diga-me com quem tu andas, e direi quem tu és

História Rebel Heart - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Diga-me com quem tu andas, e direi quem tu és


Fanfic / Fanfiction Rebel Heart - Capítulo 4 - Diga-me com quem tu andas, e direi quem tu és

No dia seguinte...

 

A segunda semana de aula de Jennie saiu pior do que ela esperava, tinha que fazer favores pra aquele garoto arrogante, ou do contrário ele ferraria com a vida dela, começou com pedidos simples como, trazer sanduiches, etc, mas depois ela tinha que fazer os trabalhos dele, e até chama-lo de senhor.

Jennie não suportava mais aquilo.

Na aula de histórias, ouviu a professora Lee o chamando até sua mesa. Jennie se aproximou fingindo estar apontando o lápis e ouviu quando a professora falou enfurecida.

 

- Você acha que eu tenho cara de palhaça senhor Jeon? – A senhora de idade olhou séria pro moreno, que fez uma expressão de confuso.

- Não entendo do que está falando... – Jungkook respondeu sem jeito.

- Você colocou em seu trabalho de histórias que eu estive na arca de Noé, isso pro senhor tem alguma graça? – Ela questionou colocando a folha do trabalho sobre a mesa. Jungkook segurou uma risada, mas ao mesmo tempo sentiu o corpo arder de raiva. Jennie foi a culpada daquilo.

 

[...]

 

- Que história é essa de colocar piadinhas no meu trabalho, hein? – Jungkook a pegou pelo braço enquanto saiam da sala pro intervalo.

- Eu fiz a merda do seu trabalhinho e você ainda reclama arrogante? – Jennie respondeu irritada puxando seu braço.

- Você não tem medo mesmo não é? Quer ser expulsa do colégio. – Ele deu uma risada irônica.

- Quer saber? Eu cansei dessas suas ameaças ridículas, se quer me ferrar juntamente com seu amiguinho retardado vai em frente! Eu não vou mais fazer favores pra você meu filho, que se dane. – Ela respondeu decidida, e em seguida saiu deixando-o para traz sem respostas.

- Ótimo, você escolheu isso idiota! – Ele gritou de volta, mas Jennie nem se quer olhou pra trás.

 

- Essa garota me tira do sério! – Ele falou sozinho, mas logo Lisa se aproximou dele.

- Quem te tira do sério Jungkook? – Ela perguntou rindo do jeito nervosinho dele.

- A senhorita Jennie Kim, quem mais? – Ele bufou.

- Olha, porque não deixa essa garota em paz, faz como eu. – Lisa respondeu de forma precisa.

- Ela já entrou pro seu clube foi? Achei que não aceitasse caminhoneiras. – Jungkook riu.

- Claro que não, mas eu só não quero ter que ficar gastando meu tempo com ela, eu tenho coisas mais importantes pra fazer... – E quando Lisa disse “coisas importantes pra fazer”, olhou pro lado e viu Taehyung conversando com alguns garotos.

- Escuta... Você conhece o garoto novo da nossa sala, o Kim Taehyung? – Ela perguntou como quem não quer nada, mas Jungkook não era bobo.

- Na verdade eu não falei com ele ainda... Esse garoto é estranho, você não acha? – Jungkook respondeu o encarando também. – Até porque ele também virou amiguinho da Jennie, devem ser namoradinhos.

- Ai credo Deus me livre não me fala uma coisas dessas nem de brincadeira. – Lisa fez um bico.

- Por que? – Jungkook riu. – Tá interessada no cara? Naquele cara?

- Você acha que... Ele gosta da Jennie? – Lisa lançou um olhar desolado.

- Eu não sei, mas os dois dariam certinho, os novatos esquisitões. – Jungkook falou sarcástico. – Mas porque não chega nele? Nunca vi um cara te rejeitar antes, vai ver ele só é tímido, eu sei lá...

Lisa já tinha tentado se aproximar dele, e infelizmente ele não demonstrou timidez, apenas desinteresse. Talvez Jungkook tivesse razão e ele gostasse de Jennie, afinal, desde que ele entrou na sala já viraram amigos, e aquilo fazia seu coração doer.

 

Na aula seguinte...

 

Era aula de educação física, iam jogar vôlei, e os times já estavam formados, quando o diretor os interrompeu pedindo para que Jennie a acompanhasse. No mesmo instante ela gelou já imaginando que Jungkook tinha cumprido aquilo que prometeu, iria dedurá-la falsamente para que ela fosse expulsa do colégio com a ajuda de Jimin.

No mesmo instante ele olhou para ela e sorriu de lado.

 

- Senhorita Jennie Kim, está presente? – Ele perguntou enquanto os alunos ficavam em filas, todos em silencio. Então Jennie deu um passo pra frente.

- Sim senhor, algum problema? – Ela perguntou nervosa.

- Já é a segunda fez em apenas duas semanas que recebo reclamações sobre a senhorita, mas desta vez não poderei livrá-la se for verdade. – O diretor a olhou sério. – Um de seus colegas disse tê-la visto entrar no dormitório dele e roubar algo, uma carteira...

- Ah, mas isso é ridículo! Eu não roubei coisa nenhuma! – Jennie respondeu eufórica. Sabia que não adiantava falar que tinha sido uma armação de Jungkook, pois ninguém acreditaria.

- Aonde estava ontem as 18:30 senhorita? – Ele perguntou a encarando. Jungkook sabia que nesse horário as meninas tinham tempo livre pra sair antes do jantar, então supostamente ela estaria em qualquer lugar.

Mas antes que Jennie respondesse, Taehyung deu um passo à frente.

- Jennie estava comigo. – Ele falou firme. Todos olharam na direção deles. – Ela foi comigo comprar meu uniforme novo, eu não sabia como conseguir um então ela me ajudou, se quiser eu posso mostrar a senha que a secretária nos deu com nossos nomes na fila de espera.

- Sim senhor Kim, eu gostaria de ver essa senha. – O diretor falou o encarando. Então Taehyung retirou a carteira do bolso, e mostrou ao diretor. Ele olhou pro papel e viu que era verídico. Então bufou.

- Houve um mal-entendido. – Ele falou sem jeito. – Bem, podem voltar as atividades da aula...

Então o diretor saiu, deixando Jungkook e Jimin com a pior cara de todas, eles olharam para Jennie e Taehyung com ódio.

- Tae valeu! – Jennie o abraçou. – Eu não sabia o que iria fazer, você salvou minha pele!

- Não ia deixar que te acusassem injustamente. – Ele sorriu para ela. Lisa sentiu o estomago revirar ao vê-los assim tão próximos. Agora ela não tinha duvidas de que os dois tinham algo a mais, ao menos era o que aparentava.

 

[...]

 

No dia seguinte na aula, Jennie entrou na sala e parou bem em frente a carteira de Jungkook, que a encarou sem dizer nada.

- Como vai? Idiota. Gostou de ontem? – Ela riu e em seguida bagunçou o cabelo dele com as mãos.

- Não toca em mim tá imunda. – Ele empurrou o braço dela.

- Ui, o playboyzinho tá bravo. – Ela riu alto.

- Jennie, vamos pros nossos lugares. – Jisoo passou por ela tentando leva-la, mas Jennie não deixaria passar aquele momento sem debochar da cara dele depois de tudo que ele lhe fez.

- Espera aí Jisoo, eu tenho que olhar bem pra cara desse imbecil, não é todos os dias que se fica cara a cara com doente mental não é mesmo? – Ela respondeu sarcástica, Jungkook bufou. Agora não poderia fazer mais nada contra ela, e tudo graças a Taehyung.

- Doente mental é você idiota! – Jungkook se levantou da cadeira apoiando os braços na mesma e a encarou de volta.

 

- Alunos! Silencio! Vão pros seus lugares, senhorita Kim! – A professora falou enquanto entrava na sala.

- Espero que tenha aprendido que não adiantou nada esse seu planinho idiota de me ameaçar, e se tentar algo contra mim de novo, você vai ver do que sou capaz, “coelhinho”. – Jennie falou irônica e apertou as bochechas dele que se afastou se assentando em seu lugar, e em seguida ela foi para o dela.

 

Jennie não poderia estar mais radiante naquele dia.

 

[...]

 

No intervalo, Lisa olhava pra comida e não sentia fome, enquanto Rosé tagarelava sobre alguma coisa que ela não estava prestando atenção. Ela não deixava de pensar em Taehyung, e em como ele defendeu Jennie, sentiu um aperto forte de imaginar que eles pudessem ter algo e não serem apenas amigos como diziam, e ela não podia esconder o quanto aquilo a chateava.

 

- Lisa... Tá pensando no novato de novo não é? – Rosé bufou.

- Desculpa Rosé, mas você viu hoje como ele defendeu a Jennie... Acho que eles estão namorando. – Ela falou com uma voz carregada de choro, Lisa sempre foi um tanto sensível emocionalmente.

- Ai que mal gosto. Mas quer saber? Os dois dão um par perfeito, dois cafonas idiotas. – Rosé riu. – Não fica triste amiga, segue meu conselho, namora com o Jungkook!

- Amiga... Não... eu não gosto do Jungkook. – Lisa choramingou. – Ele é um galinha, e além do mais, somos amigos, eu não consigo ve-lo de outra forma.

- Pois eu acho que vocês dois dariam um ótimo casal. – Rosé sorriu.

- Já sei! – Lisa arregalou os olhos. – E se eu fizer ciúmes no Taehyung com o Jungkook? Pra ver que reação ele tem? Assim eu fico sabendo se ele gosta um pouco de mim...

- Você acha que isso vai dar certo? – Rosé a olhou descrente.

- Vou arriscar. – Lisa piscou.

- Olha, amiga, quer saber, eu vou te ajudar tá, vou perguntar pro Taehyung se ele tá com a Jennie e o que ele acha de você, assim você para de se torturar, ok? – Rosé revirou os olhos.

- Faria isso por mim amiga? – Lisa a olhou animada.

 

[...]

 

 

 

Já estava quase dando por do sol e os alunos preparavam-se para o jantar, quando Rosé viu Taehyung passando sozinho pelo corredor, era o momento perfeito para abordá-lo, Jennie não estava por perto nem Jisoo.

 

- Ei, Taehyung. – Ela o chamou e sorriu para ele. Taehyung se virou olhando confuso pra ruiva, ela nunca havia falado com ele antes.

- Oi... – Ele respondeu a olhando desconfiado.

- Desculpa eu chegar assim do nada, mas eu tenho uma perguntinha. – Rosé sorriu tentando ser o mais simpática possível.

- Ah sim, pode perguntar. – Ele respondeu sem jeito.

- É que assim, você é todo misterioso, quase não fala muito, ah não ser com a Jennie ou a Jisoo então... tipo... você e a Jennie são namorados? – Rosé sorriu sem jeito. Taehyung balançou a cabeça e sorriu de lado.

- Eu e a Jennie somos amigos, ela é uma garota legal, e eu acho injusto a forma como vocês tratam ela, você e seus amigos. – Taehyung a olhou sério.

- Pessoalmente eu não tenho nada contra ela, o problema é a Lisa, ela detesta a Jennie. – Rosé falou em seguida.

- Sério? Achei que elas tivessem feito as pazes. – Taehyung perguntou.

- A Lisa não gosta dela, e bem, nem de você...  mas, quem sabe um dia isso mude. – Rosé sorriu quadrado.

- Ela não gosta de mim? Mas o que foi que eu fiz pra essa garota? – Taehyung a questionou indignado. – Eu até ajudei ela quando ela torceu o pé...

- Eu sinto muito, mas a Lisa te odeia. Bem, não comenta isso com ninguém ok? A Lisa não vai te fazer nenhum mal, mas é que... É o jeito dela. Ela odeia bolsistas. – Rosé falou com se lamentasse muito.

- Bem, eu também não vou muito com a cara dela. – Taehyung engoliu seco. – E só pra constar novamente, eu e a Jennie somos apenas amigos. Agora se me der licença, eu tenho que ir me arrumar pro jantar...

- Taehyung espera. – Rosé correu até ele. – Eu só queria que soubesse que... Eu não penso igual a Lisa, e eu gosto de você, você é um cara legal. – Ela segurou na mão dele o encarando.

- Obrigado. – Taehyung falou timidamente. – Você também é uma garota legal. Só não sabe escolher suas amizades.

E então ele saiu em seguida. Rosé ficou ali parada, e deu um largo sorriso.

Mas quando ela deu meia volta, bateu de frente com Jennie.

 

- Então quer dizer que você gosta do Taehyung? – Jennie sorriu de lado.

Rosé ficou muda, sentiu até a pressão cair. Se ela comentasse alguma coisa do que ouviu com Lisa, ela estaria acabada. Totalmente acabada.


Notas Finais


Jungkook e Jennie cão e gato, e Rosé falsiane, quem amou?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...