História REBELDE (Imagine Suga -Segunda temporada) - Capítulo 46


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Min Yoongi, Rbd, Rebelde 2, Suga
Visualizações 45
Palavras 2.118
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura ❤

Capítulo 46 - A verdade!


Fanfic / Fanfiction REBELDE (Imagine Suga -Segunda temporada) - Capítulo 46 - A verdade!

           Naty começa a falar antes mesmo de SeokJin abrir a boca.

       - Eu não sou rica e os bens materiais sempre me enchiam os olhos, hoje não mais,  porque entendi que a vida é mais que isso, - ela sorriu. - Eu aprendi isso com você. - Jin também sorriu. - Mas... - respirou fundo e se levantou do colo do namorado.

       - Eu me meti com gente errada Jin. Você sabe quem é a Suk certo? - perguntou ela.

     - Sim, é a madastra da Bia... Que sumiu! - Jin estreitou os olhos. - Naty... Você...

      - Sim, eu me deixei levar pois Suk me dava coisas que eu queria e me dava o que eu quisesse,  e a única coisa que ela queria em troca de tudo isso era somente informações sobre vocês, todos vocês. - respirou fundo. - Suk tem prazer em destruir a vida das pessoas e pra ver a enteada sofrer ela quer destruir todos os amigos dela. Mas quando eu entrei em tudo isso eu não sabia o quão incrível eram vocês, e você SeokJin! - ela já estava aos prantos e se ajoelhou na frente dele. - Eu me apaixonei por você, pelo cara incrível que você é. No começo Suk havia me pedido que eu namorasse com algum de vocês e que se vocês estivessem namorado era pra eu destruir o relacionamento, mas eu me apaixonei por você - chorou mais.

      Naty não conseguia mais falar pois o choro a dominava.

     - Me perdoa, por favor! - ela abaixou a cabeça. - Você pode até não querer mais olhar na minha cara, mas eu Te Amo. - fungou.

      Jin estava incrédulo.

      - Levanta! - falou num tom neutro, mas que deu medo em Naty.

      - Jin...

     - Levanta! - falou sem olhar nos olhos dela.

       Ela se levanta e fica de cabeça baixa.

         Ele Suspirou.

       - Se me contou isso tudo e se está verdadeiramente arrependida eu vou te perdoar sim, mas se estiver mentindo o peso da sua consciência cairá sobre você. - falou olhando nos olhos dela. - Está disposta a contar toda a verdade para todos?

      Naty abriu um sorriso quando Jin disse que a perdoava, foram estes pequenos grandes detalhes que fizeram com que ela se apaixonasse por ele.

       - Jin... - falou mais uma vez. - É que... Eu não sou a única que Suk banca para que possa saber mais sobre vocês. - Naty disse enxugando as lágrimas. - Senta porque ainda tem mais e eu não quero mais fazer o mal.

       Jin sentou e ela sentou ao seu lado.

      - Yang Mi também está com Suk, Suk foi esperta e ao saber que Yang Mi gosta do Suga, e ela soube isso por mim, - adimitiu triste. - Ela a manipulou justamente com a irmã pra destruir e separar a S/N do Suga, e Mi-Cha para separar Vilu do Namie. - falou e Jin arqueou as sobrancelhas. - Depois que todos sofressem ela iria separar Kookie e Bia e também não se importaria se algum de vocês morressem. - Jin arregalou os olhos. - Eu não sabia dessa parte, mas ouvir uma conversa dela com a as gêmeas do mal onde ela falou isso tudo. Mas o que eu sabia era do plano para separar Hoseok e Tae... E tem haver com a Anny.

      - C-como assim? - Jin já não acreditava no que Suk ainda seria capaz de fazer.

        - O acidente de vocês foi propósito, Suk contratou uma mulher para fazer isso, sua amiga, mas essa mulher acabou morrendo devido ao impacto. - Jin assentiu meio boque aberto. - Anny também morreu...

       - Mas.... - antes que Jin terminasse sua fala Naty continua a dizer:

        - Suk resolveu fazer uma viagem para Buenos Aires, pois tinhas negócios pendentes lá, mas por irônia do destino Suk encontrou Luna...

      - Quem é Luna? - perguntou sem entender mais nada.

    - Assim que encontrou Luna Suk se assustou e resolveu seguir os passos da menina. - Prosseguiu falando e ignorando temporariamente a pergunta de Jin. - Acabou tendo oportunidade de falar com ela depois de ter colocado detetives atrás da garota em busca de informação, Suk fez tudo isso por conta da aparência de Luna...

      Jin interrompe com a seguinte pergunta:

       - Naty responde o que eu perguntei e por que essa Luna chamou a atenção de Suk? 


         
     - A aparência dela chamou a atenção de Suk pois ela é idêntica a Anny - Jin esbugalhou os olhos. - Suk investigou Luna justamente por achar que fosse a Anny por mais que seu jeito de ser e de se vestir, além da cor de cabelo fossem diferente elas eram idênticas. Ao descobrir que Anny de fato morreu Suk se aproximou de Luna e descobriu que a garota estava insatisfeita com sua vida e usou isso contra ela. Luna sempre falara que sua irmã era a queridinha e que sempre teve a vida perfeitunha de contos de fada, por isso ela saiu de casa ao 15 anos e se tornou independente, sua irmã nunca mais soube dela.

      - Você está me dizendo que....

       - Que Anny tem uma irmã gêmea e que essa irmã é Luna e está justamente aqui conosco fingindo ser Anny. - Jin estava boquiaberto.  Luna pintou novamente o cabelo de loiro, e no tempo em que tudo aconteceu, o acidente, e o tempo no qual começaria a aulas Suk ensinou tudo sobre seus planos e o que queria que Luna fizesse. Luna sempre teve inveja de Anny, mas Anny sempre amou muito a irmã. Luna viu uma oportunidade de experimentar a vida da irmã. Quando informei a Suk sobre a mini viagem que a escola iria fazer ela me disse que tudo foi idéia dela...

       - Co-como assim?

       - O homem no qual se passou por tio de 'Anny - usou aspas com as pãos no nome da Anny. - na verdade é o amante de Suk, e esse amante dela é irmão do dono do lugar no qual ficamos.

      - Suk usou o amante, que provavelmente sabe de seus planos, - viu Naty assentir. - Para que ele convencesse o irmão para oferecer essa viagem. E com as informações que você deu... Aish! Ela já tinha tudo em mente, proporcionou essa viagem para que Tae visse a Luna e pensasse que era Anny e toda essa confusão acontecesse. - Jin raciocinou.

      - Isso mesmo Jin, Suk se descontrolou e o que era raiva passou a ser obsessão e se descontrolou, Suk quer acabar com todos por simples prazer e também porque quer deixar o pai de Bia e a própria infelizes.

       - Suk fez tudo isso por oura vingança?

       - Sim, tudo não passou de um plano. Quer dizer... Quase tudo, porque assim como eu Luna também não esperava que fosse se apaixonar...

      - Por Tae?

      - Por Hoseok! - Jin arqueou as sobrancelhas com o que Naty acabara de falar.

       - Jin.... - Naty abaixou a cabeça. - Se você quiser se afastar de mim eu vou entender, estou disposta a deixar todos vocês em paz, mesmo que eu sofra. - falou triste. - Depois que eu soube tudo o que Suk realmente pretendia fazer eu fiquei pensando muito no que eu iria fazer... Se Suk descobrir tudo eu posso morrer, eu tentei falar com An... Com Luna para que ela tirasse essa ideia da cabeça dela e contar a verdade para vocês, mas não deu certo e então eu resolvi te dizer toda a verdade para você e também estou disposta a dizer toda a verdade para o restante do pessoal pois não quero carregar mais este peso nas minhas costas.

       Falou e as lágrimas voltaram a rolar pelo seu rosto.

      Jin levanta a cabeça dela delicadamente e a faz o encarar, ele enxuga as lágrimas dela e sorrir.

       - Eu também aprendi a te amar, e Amar é aceitar alguém com todos os seus defeitos r qualidades, amar é ajudar essa pessoa em momentos difíceis, e Naty... Eu consigo ver claramente em seus olhos o seu arrependimento, eu não vou te deixar. - sorriu e a beijou.

       - Desculpa Jin... - falou entre o beijo.

       - Shii não diz mais nada.

               

      E eles voltaram a se beijar, a mão de Jin foi para a cintura da garota e as mãos da garota foram para a nuca do rapaz para aprofundar o beijo.

     Entre o beijou eles sorriram, cada vez mais o beijo almentavaa intensidade e por conta disso o ar acabou. Suas testas permaneciam coladas e seus narizes roçando uns nos outros.

        - Obrigada por ficar comigo neste momento mesmo depois de saber tudo o que eu fiz. - falou com os rostos ainda colados e de olhos fechados aproveitando o momento.

               


       - Eu te Amo de verdade e eu não te deixaria sozinha sabendo que está verdadeiramente arrependida. Eu vivo por você e morreria por você, mesmo que as pessoas achem que sou um idiota eu não me importo eu sei que te amo e isso não vai mudar. -sorriu.

     - "Você sabe que as vezes eu sou puro medo, mas você vive em mim, junto a mim no interior deste meu coração confundido " - disse apontando para o próprio coração. - "E eu não quero, eu não posso e eu não devo deixar de te ver.

      - " Meu coração é seu, dessa forma você nunca estará sozinha! "

     Eles sorriram novamente e se beijaram novamente, um beijo lento e romântico, Jin foi ficando por cima da garota, ele parou o beijou somente para retirar os óculos da namorada e voltou a beija-la lentamente, depois desceu seus beijos para o pescoço da garota.

       ➡➡➡➡➡❤⬅⬅⬅⬅⬅

                            ➡⏳⬅
                        ➡⌚: 9:31⬅

         Jin acabara de acordar e ao se lembrar da noite passada ele sorriu e acariciou os cabelos da namorada.

       Naty despertou lentamente e sentiu carícias em seus cabelos, assim que sua visão se normalizou ela erguiu a cabeça e sorriu para Jin.

      - Bom dia Pequena. - Falou sorrindo.

       - Bom dia Princeso! - falou rindo e abraçando mais ainda seus namorado.

       Naty pensou um pouco e disse.

        - Hoje teremos um dia longo... -falou.

        - Sim... Mas eu vou estar aqui com você. - ele sorriu abraçando Naty pela cintura.

        - Meu medo é de que os garotos não tenham a mesma compreensão de que você teve. - Naty falou com um semblante triste.

      - Naty, você está disposta a dizer toda a verdade para ajuda-los, sua vida pode está em risco, é claro que eles vão te perdoar, todos aqui já erraram e todos receberam um perdão, desde que se arrependera verdadeiramente. Até mesmo Luna receberia um perdão uma vez que esteja arrependida de verdade.

      - Isso que me encantou em todos vocês, uma amizade assim é rara e eu não quero perde-la.

       - E não vai. - sorriu dando um selar na namorada. - Mas agora vamos tomar banho né mocinha?

       - Ah não! - Naty rolou para o outro lado .

        - Ah sim! - Jin disse se levantando somente de box preta. - Levanta e para de preguiça Natália! - disse desenrolando a garota.

        - Você é chato! - disse se sentando na cama.

    Naty usava uma camisa bem larga do Jin e que parecia uma vestido para a garota, o cabelo dela estava bagunçado de uma forma engraçada e Jin riu.

     - Para de rir de mim! - Naty falou fazendo um coque frouxo no cabelo e ajeitando sua franjinha.

      - Lavanta da cama que eu quero arrumar ela! - Jin disse parando de rir.

     - Eu vou banhar, seu chato! - Naty disso indo para o banheiro e Jin riu balançado a cabeça negativamente enquanto arrumava os lençóis da cama.

                         ➡⏳⬅
            ⌚: 10:00~

      Naty e Jin desceram as escadas abraçados.

        - Olha quem acordou! - Carol disse. - Não deixaram ninguém dormir sabia? - falou e Naty ficou vermelha escondendo os rosto no peito do Jin.

        - Me respeite! - Jin disse de forma engraçada.

         - Tô, zoando Omma,  relaxa! - Carol falou.

        - Além disse você estava muito ocupada com o Jimin para ligar pro que o Jin tava fazendo! - S/N disse.

        - Quem perdoa é Deus, a S/N não deixa passar! - Carol falou rindo.

          Naty e Jin foram tomar seu café da manhã e depois de terminarem o que tinham que fazer eles se encararam.

      - É agora. - Naty disse olhando para Jin.

     - Mas... E a... Luna?

     - Suk me disse por mensagem que se encontraria com Luna.

       - Essa história ainda é muito louca pra minha cabeça! - Jin disse.

      - Que história? - Hoseok chegou todo  sorridente na cozinha junto com Tae.
   

     
       

  

 
                              
  
       

     


Notas Finais


Bloqueio de criatividade 👋😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...