História REBELDIA (Camren) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Visualizações 10
Palavras 646
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia)
Avisos: Intersexualidade (G!P)
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OLA MEUS AMORES MAIS UM CAP PRA VCS.

Capítulo 2 - Cap. 2


Não, Chris nao seria infiel a Marley. O que quer que aquela mulher representasse na vida do irmão, deveria ter sido antes de ele conhecer a esposa.

- Diga-me apenas oque preciso saber para me livrar dela- acrescentou Lauren, quase irritada.- Estou diante de uma carta na qual ela o informa de seu progresso, seja lá oque isso signifique, e que se formou com sucesso. - Seus lábios se contrairam em uma expressão desgostosa. - Chris Jauregui essa mulher não é muito nova para esta envolvida com voce?

Chris explodiu em uma torrente de xingamentos em grego que fizera Lauren afastar o telefone de seu ouvido até que o irmão se acalmasse.

- Não estou gostando de sua insinuação, irmãzinha - disse Chris em um tom de voz fria. - Estou casado. Claro que nao estou envolvido com essa Camila.

E então Lauren ouviu o irmão ofegar do outro lado da linha.

- Mila! Claro- Murmurou ele. - Não estou conseguindo pensar com clareza a esta hora da noite.

- E eu repito: Quem seria Mila? - Lauren sentia sua paciência se esvair.

- Cabello, Camila Cabello. Certamento voce lembra.

- A pequena Camila? - perguntou Lauren surpresa.

Lauren certamento nao se lembrara ate, Chris mencionar o sobrenome. A imagem de uma pré-adolescente desengonçada de rabo de cavalo e aparelho lhe espocou na mente. Desde então, a encontrara algumas vezes, mas para ser sincera, não conseguia conjurar a imagem de Camila mais velha. Lembrava-se de que ela era tímida e modesta, sempre procurava passar despercebida. Camila comparecera ao funeral de seu pai, mais focada na própria dor, Lauren não prestara atenção á jovem. Que idade teria naquela epoca.

Chris soltou uma risada abafada.

- Ela não tão pequena agora. Camila deve ter acabado de se formar. Estava indo muito bem na faculdade. Menina inteligente...

- Mas por que esta recebendo notícias dela? - quis saber Lauren. - Pelo amor de Deus, achei que fosse uma ex-amante sua e a ultima coisa que eu queria era vê-la causando problemas a Marley.

- Embora sua devoção á minha pessoa seja louvável, não é necessária- retrucou Chris sem rodeios. Em seguida, deixou escapar um suspiro. - Nosso dever para com Mila sumiu da minha mente. De uns tempos para cá tenho estado focado em Marley e nosso filho.

- Que dever? - Lauren se surpreendeu.- E por que nunca ouvi esta história antes? 

- Nossos pais foram amigos e sócios nos negócios por muito tempo. o pai Camila fez o nosso prometer que, se lhe acontecesse alguma coisa, cuidaríamos da menina. Nosso pai morreu antes do pai dele, portanto assumi a responsabilidade pelo bem-estar de Camila quando ela ficou orfã. 

- Nesse caso, você deveria saber que, de acordo com esta carta, ela irá para Nova York daqui a dois dias- disse Lauren.

Chris soltou um xingamento.

- Não posso deixar Marley agora.

- Claro que não. - Lauren meneou a cabeça, impaciente. - Cuidarei disso. Mas preciso dos detalhes. A última coisa de que você necessita agora é de outra preocupação. O escritório de Nova York é responsabilidade minha. Vou creditar isso na conta de problemas que herdei quando trocamos de filial.

- Mila não será problema algum. È uma doce menina. tudo que tem de fazer é ajudá-la a resolver seus assuntos e providenciar oque  ela necessita. Camila só terá total controle sobre sua herança quando fizer 25 anos, ou quando se casar; oque acontecer primeiro. Portanto, nesse meio-tempo, o grupo Jauregui International atua como seu curador. Como agora é voce o representante da Jauregui em Nova York, isso o torna uma espécie de tutor de Camila.

Lauren gemeu.

- Eu sabia que devia ter obrigado Taylor a assumir o escritório de Nova York.

Chris soltou uma risada.

- Isso será moleza, irmãzinha. Não levará muito tempo para que a acomode e providencie o que ela precisa.


Notas Finais


ISSO É TUDO POR HJ MEUS AMORES ATE AMANHA.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...