História Rebeldia de princesa - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Hora de Aventura
Personagens Ash, Finn, Fionna, Hudson Abadder, Jake, Lady Íris, Litch, Marceline, Marshall Lee, Mordomo Menta, Personagens Originais, Princesa Caroço, Princesa De Fogo, Princesa Jujuba, Principe Chiclete, Rei Gelado
Visualizações 90
Palavras 2.903
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Festa, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Estou re-postando essa fanfic mas com algumas modificações...Espero que gostem,sejam bem vindos e boa leitura.

Capítulo 2 - Como assim?!


Narradora

Finalmente as amigas se reconheceram,Marceline olhava nossa princesa em choque e com certo sorisso que lhe estampava o rosto,porém foi a morena que continuou a conversa.

"Marceline"

-Eu também estou surpresa em descobrir no que você se tornou._falei voltando a olhar pela janela.
-Como soube que era eu?
-Quando a ruiva disse que a Bonnie estava chegando.Pareceu meio óbvio que era você a chefia delas,me surpreendeu ver você assim.Tão mudada,tão arrogante._disse ficando um pouco mais distante dela.-Principalmente nessa idade,já devia ter amadurecido.
-Marceline..._ela falou como se quisesse respostas pra algumas das várias perguntas que ela tinha pra mim.
-Olha Bonnibel,você já veio aqui pra fazer sua boa ação que é falar com a esquisita.Agora acho que já pode ir,nunca pensei que você se tornaria isso._falei olhando a mesma com cara de choro.
-A culpa é minha mas eu estou aqui pra me redimir.
-Que seja Bonnibel,eu não gosto de ser o centro das atenções e você pelo visto é bem conhecida por aqui.
-Marceline éramos amigas.
-Eu tenho que ir._falei saindo da sala antes que ela falasse mais alguma coisa.
Fui pra minha sala e ela me seguiu.Eu fui muito rude com ela mais nada me garantia que não era mais uma brincadeira de mal gosto das soberanas.Logo recebemos a notícia que o diretor tinha um comunicado a fazer.
-Alunos queridos,com muito custo o time de basquete da Universidade me convenceu a patrocinar uma festa como prêmio pelo troféu conquistado por eles no último ano._todos que ouviram o recado vibraram e fizeram barulho com o que tinha próximo.-A festa acontecerá em um sítio e a Universidade estará oferecendo dormitórios e transporte.Divirtam se jovens vocês merecem e boa sorte nos semestres.

Após longos minutos de comemoração finalmente podemos seguir pra quadra de esportes.Sinto alguém cutucar meu ombro e me entregar o bilhete,pela cor da folha ja dava pra saber que era de Bonnibel.

"Você vai a festa?"

Olho o mesmo e o coloco no bolso sem nenhuma expressão caminho para o bebedouro.

-Não vai responder meu bilhete?Vai ou não na festa?
-Não vejo vantagem nisso._falei colocando meu capuz.
-Ate onde eu me lembro jovens gostam de festa e pensei que você fosse querer...
-Bonnibel,para de fingir.Eu ja entendi que é um plano das soberanas._digo a interrompendo.
-Marceline eu não estou fingindo!_ela falou um pouco mais alto.-Eu senti a sua falta desde a nossa infância,você não percebe mais eu estou tentando continuar de onde paramos quando tínhamos apenas 12 anos cada uma?!_assim que ela falou saiu correndo pro vestiário,nossos próximos horários eram esportes.Fiquei vermelha mais fui atrás dela,entrei pela porta e a vi sentada em um dos bancos do vestiário de cabeça baixa.Assim que ela me viu correu e entrou em uma das cabines trancando a mesma.Suspirei fundo,eu deveria deixar pra lá mas ela estava mal agora e bem parte era culpa minha.

Entro na cabine ao lado fechando a também.
-Hey!Me escuta!?_falei porem ela nada respondeu entao continuei.-Eu não sabia que era essa a sua intenção,mais suas amigas estão fazendo da minha vida um inferno desde que cheguei aqui.Você tava junto com elas isso me fez ter raiva de você,desculpa eu ser assim._escuto a porta sendo destrancada então saio da minha cabine também.Ela estava em pé chorando,abro meus braços e a mesma me abraça com força.
-Ta-ta bom._ela disse gagueijando por causa do choro.-Senti tanto a sua falta Marcy,estava com saudades.
-Também senti saudades._falei abraçando a menor.Ela abraçou minha cintura com força e eu fazia carinho nos cabelos dela.
-Foi tão difícil pra mim me separar de você.Você era a minha única amiga e depois de hoje mais cedo percebi que não tinha amigas e sim pessoas interessadas no que eu tinha a oferecer._ela falou soluçando no meu peito.
Eu não tinha o que falar pra ela,mais eu estava ali a abraçando e isso era o suficiente pra nós duas.
Ficamos ali por um bom tempo abraçadas,quando percebi a respiração dela mais calma separei o abraço.
-Quer matar o resto do horário?_perguntei.-Você poderia me mostrar a faculdade._ela aceitou e pegou na minha mão.Saimos do vestiário e fomos pelo portão de trás,fomos até um dos pátios.
-Aqui é onde geral mata aula.Ali na frente tem entrada pras salas e do outro lado tem uma escada pro teto da diretoria.Vamos pra la?
-Você que sabe,la a gente pode conversar mais a vontade.
Ela concordou e foi na minha frente.Em nenhum momento soltamos as mãos,ela subia na minha frente.Suas pernas estavam aparentes e eu tentava não olhar.

-Chegamos._ela falou sentando no teto de pernas cruzadas,me sentei na frente dela tirando minha blusa de frio e tomando um pouco de sol nos ombros.-Você continua pálida._ela voltou a falar me olhando,fiquei com vergonha mais concordei.
-Eu não mudei muito._disse coçando minha cabeça com vergonha.
-Mais cresceu,eu continuo baixinha.
-Realmente continua baixinha,mais não é sobre isso que eu quero falar._disse seria.-Como você esteve todos esses anos?
-Ah não mudei muito depois que mamãe morreu e depois que você foi embora eu meio que tive que amadurecer rápido de mais.Tive que tomar conta da empresa...
-Espera que empresa?
-A do meu pai,ele voltou depois que soube que a minha mãe morreu de depressão,me jogou a empresa nas costas e depois me abandonou de novo.
-Nossa Bonnie eu sinto muito.
-Não sinta eu estou bem com isso tudo,já me acostumei.Mas e você?
-Ah eu?Bem depois que fui embora eu fui morar com um tio.Cresci e decidi vir pra ca,nada de mais.
-Entendo.

Ficamos um tempo em silêncio,eu estava pensando no passado e não devia pensar nisso.


-Já tem algum namorado?_perguntei sem olhar pra ela.
-Quase e você?_ela falou me olhando.
-Não eu namorei com um cara ai por uns tempos mais ele foi um babaca e eu terminei com ele.Me fala do seu quase namorado.
-Ah ele é fofo e muito lindo,romântico e galanteador.Nome dele é Braco e somos quase namorados,mais decidimos ir com calma._ela falou toda animada.Ela falava dele como se realmente gostasse dele e quem sabe gostasse mesmo.Dei de ombros e continuei o assunto.
-Vocês se conhecem a muito tempo?
-Quase três meses.

-Hum e já gosta dele assim?

-Ah ele sempre esteve cuidando de mim depois que nos separamos,ele me ensinou tudo o que eu sei a respeito de negócios.Ele é um bom homem,cuida da família e cuida de mim sempre que dá.

-Então nem sempre dá?_pergunto divertida,o cara só cuida dela quando sobra tempo.Babaca!

-Ah as vezes ele é ocupado._ela fala sem graça.-Acho que tá na hora do próximo tempo,quer ir pra quadra se aquecer?

-Quero sim._digo percebendo o incômodo dela ao falar do tal Braco.


Voltamos pra quadra,após nos trocamos ficamos dando voltas em torno da quadra.


-Marcy eu to cansada vamos dar uma pausa._ela falou bufando.
-Não senhorita,pode ir se quiser eu vou correr mais um pouco.
-Aaaaaaa._ela resmungou tirando um pacote de jujuba do bolso.-Prefiro comer.
Sorri e peguei o pacote da mão dela.
-Hummm que delícia._disse comendo algumas,ela fechou a cara e tentou pegar o pacote de volta.-Vai ter que correr pra pegar,vamos queimar essas gordurinhas._disse me afastando dela,a mesma de cara fechada começou a correr atrás de mim.Estavamos ambas a duas rindo quando o povo começou a entrar e ver nossa brincadeira.
-Me devolve Marceline._ela falava ainda sem parar de correr.
-Vem pegar._eu provocava comendo uma jujuba.Ja tínhamos dado nove voltas na quadra com essa brincadeira e ela estava suando.Quando demos as dez voltas eu a entreguei o pacote.
-Você correu dez voltas,tem certeza que quer comer isso?_perguntei olhando a mesma contar as jujubas.
-Não realidade não.Eu estou animada agora,vamos jogar?
-Isso ai.Vamos.
Nos juntamos com o restante da turma que faziam comentários desnecessários.Nem eu nem Bonnie demos ouvidos,duas das antigas soberanas se juntaram a nós.Mais tarde descobri seus nomes,ficamos as quatro jogavando vôlei de dupla.Eu e Iris,Bonnie e Phoebe.
Eu e a coreana ganhamos por dois pontos,Bonnie estava animada e o nosso treinador percebeu isso.Após elogiar meu desempenho em todas as atividades elogiou Bonnie pelo esforço,a rosada ficou feliz e agradeceu.
-Você tá morando onde?_ela me perguntou assim que saímos do vestiário.
-Com um amigo,no apartamento dele.
-Ah espera eu te dou uma carona,só vou despedir das meninas.

Após despedimos da coreana e da ruiva fomos andando até o portão de saida.
-Bonnie eu agradeço a carona mais prefiro ir correndo.
-Tem certeza?
-Tenho,bem te vejo amanhã._dei um aceno pra mesma que me abraçou de surpresa.
-Foi bom te reconhecer hoje.Estava com saudades Marceline._ela disse me olhando nos olhos,vi ela corar ao perceber que mordia o lábio.Dei um abraço sem jeito nela em seguida andei em direção a minha casa.
Sacudi a cabeça quando virei a esquina tentando me livrar da imagem dela mordendo o lábio.
-Concentra.Ela é sua amiga e é hetero._falei pra mim mesma antes de começar a correr.

(...)


"Bonnibel"

Depois de tomar um banho e lavar os cabelos,fui revisar algumas papeladas da empresa.
-Mentinha eu preciso de um favor seu._disse pelo telefone do meu escritório.
-Sim senhorita.

Esperei o mesmo chegar até mim.
-Eu tenho uma festa de três dias em um sítio,pretendo levar o Braco pode dar conta de tudo aqui?

-Sim senhorita.

-Obrigada.

-Mais alguma coisa?

-Um chá de hortelã com limão.

-Trago em um minuto.

Aproveito o momento sozinha pra escrever um pouco no meu diário.


"Oie sou eu e dessa vez tenho boas notícias!Isso mesmo que está pensando,ela voltou!Minha amiga ta de volta na cidade e melhor na minha faculdade,na minha sala e fazendo o mesmo curso que eu.Hoje foi com certeza o melhor dia da minha vida,mas eu ainda sinto aquilo...Como devo lidar com essa situação?Ela é minha melhor amiga e bem estou indo passar um fim de semana de três dias com ela em uma festa com bebidas e provavelmente muito sexo de todos la.Não irei te levar mais prometo contar tudo que acontecer nesse fim de semana.
Bem diário por hoje é só.
P.S meu coração ainda acelera quando lembro daquele momento e acelerou hoje quando a abracei e senti seu cheiro.Estou confusa!


            Bonnibel."


Após guardar o diário peguei meu celular e fui conversar com Braco.

"-Oie Braco.Como tá o trabalho?
-Oie jujuba,tá ótimo.Como foi a faculdade?
-Ah tranquilo,eu liguei pra ouvir sua voz.Estou com saudades,vem me ver essa noite?
- Claro minha princesa doce,seu príncipe está a caminho.
-Pipoca e filme?

-Por favor.

-Vou providenciar chega logo estou com saudades."

Ele me manda um beijo e em seguida a chamada é finalizada.Apos alguns minutos tudo ja estava organizado e eu esperava ele no meu quarto.

(...)

Não demorou muito mais e meu namorado chegou de terno como sempre.Corri até ele recebendo um abraço um beijo curto.

-Oie minha princesa tudo pronto?

-Sim.

-Ótimo então corra que eu vou te pegar.


Sai correndo escada acima com ele atrás de mim.


(...)


"Marceline"

Depois que eu cheguei da escola tomei meu banho e fiquei vegetando a tarde toda no meu computador.
-Não vai fazer nada hoje?_Marshall perguntou enquanto da porta do meu quarto.
-Ah hoje não...Amanhã tem faculdade e eu estou com preguiça.
-Ah okay,vou trazer uns amigos pra ca hoje se importa?

-Não claro que não.

-Eu vi como chegou animada hoje.Quer me contar?
-Bem,além de ter desbancado as soberanas voltei a falar com a minha amiga,o treinador reconheceu meu esforço.Bem foram muitas emoções por hoje.
-Hummm,quem é a sua amiga?
-Bonnibel Bubblegum.
-O que?A líder das soberanas?
-Isso mesmo,é uma longa história.
-Então conta eu adoro histórias longas.

(...)

Após explicar tudo que o Marshall respondeu eu fui organizar um pouco a casa com ele é e depois voltei pro meu jogo.
-Marcy meus amigos chegaram não quer se juntar com a gente?

-Marshall são todos gays e eu sou lésbica.

-Por isso mesmo chamei Isis pra vir.Vem vou apresentar vocês duas.
-Agora vi vantagem.

Baguncei um pouco mais meu cabelo e joguei meu perfume nos dois lados do pescoço.

-Bem pessoal essa aqui é a minha amiga de apartamento,Marceline.

-Oie._todos responderam juntos.Eram dois gays e a platinada de boca carnuda.

-Isis,Marcy é tímida mas ela curte sua fruta.

-Marshall!_xingo o mesmo que dá pulinhos e vai abraçar os outros dois.

-Para com esse negócio de politicamente correto e vai pegar algumas bebidas na geladeira.Isis ajuda ela sim?

-Ajudo sim com maior prazer.

Mostrei o caminho pra platinada que foi andando sensualmente na minha frente.Ela se inclina pra pegar as cervejas na gaveta debaixo da geladeira capturando minha atenção na bunda dela.


-Marceline é um nome tão forte.

-Sei de uma coisa mais forte ainda.

-Ae tipo?

-Minha pegada._digo puxando a platinada pela cintura.Ela ri antes dos nossos lábios se encontrarem,ela passa as mãos pelos meus seios apertando os mesmos.Mordo o lábio dela em resposta ao estímulo.


-Nossa isso é porque pedimos pra buscar bebida,se fosse pra fazer comida.Iamos comer Isis mal passada.


Rimos da piada de Marshall e fomos todos assistir filmes de terror.


(...)



Isis e eu aproveitavamos o escuro pra passar as mãos pelo corpo uma da outra.


-O que temos aqui?_ela diz passando a mão pela minha pequena ereção.

-Um brinde.

-Deixa eu ver esse brinde?

-Fica a vontade.


Digo sentindo as mãos dela abrir meu zíper e puxar minha cueca um pouco pra baixo.


-Vocês vão mesmo se pegar aqui com a gente olhando?_Marshall 

-Vocês tão perdendo tempo ainda?_Isis disse me puxando pra um beijo.Ela se deitou no sofá e eu me deitei entre as pernas dela,aos poucos fui sentindo minha ereção aumentar.Ela gemia a cada mordida minha e arranhava minhas costas.


-Vamos pro meu quarto?

Ela concordou e fomos aos pegas pro meu quarto.Ao chegar lá a empurro contra a porta pegando em suas coxas fazendo com que elas ficasem em volta da minha cintura.Puxo a blusa dela por sobre a cabeça em seguida me livro de seu sutiã,os seios da platinada estavam a centímetros da minha boca.Não perdi tempo e comecei a dar certa atenção aos mesmos,ela suspirava e puxava meus cabelos.


-Hum Marcy!


Ela gemia,minha ereção estava rasgando meus jeans.Desço ela ficando de joelhos na frente dela,tiro sua calça junto com sua calcinha.Sem demorar muito levanto uma perna dela e coloco sobre meu ombro deixando a intimidade da platinada exposta pra mim.Ela estremece e inclina mais o quadril na minha boca,seguro forte na bunda dela e enfio minha língua na entrada dela.Isis geme alto meu nome e me puxa la debaixo,fico de pé na frente dela que me empurra na cama.

Sorrio pra mesma que tirava rápido minha calça,após tirar a mesma ela se senta sobre minha ereção e começa a morder meu pescoço e a me estimular apalpando meus seios.Ela também rebolava molhando minha cueca com a sua lubrificação.

Ficamos alguns minutos nessa posição até eu não aguentar mais e tirar meu comprimento pra fora da calcinha.Abro um preservativo e deslizo sobre meu membro.Ela lambe os lábios mas se senta deixando meu membro escorregar pra dentro dela.Ambas gememos com o contato,ela começa a cavalgar no meu membro.


(...)


Após foder loucamente com Isis,tomo um banho e vou pra sala assistir um pouco de TV.Antes de dormir me certifico que Isis está confortável na minha cama,deito me no sofá e logo adormeço.


(...)



Acordo com Marshall me sacudindo.

-Acorda vamos perder a hora._ele diz já pronto pra ir para a faculdade.

-Claro vou me trocar,fez café?

-Sim,faça silencio os meninos ainda estão dormindo e suponho que Isis também.

-Claro claro.


Me levanto do sofá e me estico,logo sinto uma dor no pescoço.

"Isso Marceline arranjou um belo de um torcicolo."

Faço uma massagem breve antes de entrar no meu quarto e ver a platinada dormindo em um sono tranquilo.Tinha que admitir ela era legal,quem sabe poderia rolar outras vezes.Me troco e logo saio do quarto sem acordar ela.

-Aqui prontinho café forte sem açúcar._Marshall diz me entregando uma caneca vermelha com café coado em coador de pano.

-Obrigada.


Após o cafe pego uma carona com Marshall e logo estava na faculdade.


(...)





-Marcy!_Bonnie acenou quando me viu,acenei com a cabeça sentindo a dor do torcicolo.Levei a mão até o lugar fazendo careta.Ela veio correndo na minha direção e me deu um abraço.

-Devagar com meu pescoço,ferrei com ele noite passada.

-O que fez?Espero que fique bem.
-Obrigada,dormi de mal jeito ontem e estou com um torcicolo terrível.

Ela pareceu querer saber mais da noite passada mas se contentou com o pouco que tinha.

(...)




Os três primeiros tempos da faculdade foram normais,aula teórica sobre soneto,notas baixas,altas,agudas e grossas.No intervalo estávamos as quatro em uma mesa no meio do campus.Bonnie comentava com as outras meninas sobre um novo estúdio de música que iria abrir na cidade e a empresa de Bonnie estava pensando em contratar esse estúdio pra fazer um novo dingol pra Bubblegum.


-Não ouviu falar Marcy?_ela pergunta tirando minha atenção das líderes de torcidas que desfilavam por aí.

-Am...Não,eu gosto de tocar mas nunca me interessei por gravar uma música.

-Por falar nisso,desde nossa infância que eu não a escuto cantar.O que acha de trazer seu baixo qualquer dia desses e cantar pra gente?

-Bonnie sabe que eu não gosto de chamar atenção.

-Não precisa ser aqui na faculdade,a gente marca um dia na casa da Bonnie que tal?_a ruiva propôs,a coreana e a rosada quase que imploraram.

-Não prometo ir mas prometo pensar sobre.

-Melhor que nada Vampira._Bonnie falou me arrancando um sorisso,fazia anos que ninguém me chamava assim.


(...)



Finalmente a faculdade tinha terminado por hoje.As meninas estavam comentando que iriam ao shopping comprar roupas pro sítio nesse final de semana.Bonnie falava algo sobre biquínis e vestidos pra noite junto ao corpo.

-Marcy e você vai comprar que tipo de vestido?_quase me engasguei com o vento.

-É obrigatório usar vestido?

-Não mas você não vai comprar nenhuma roupa?

-Claro mas não vestidos._dei uma risada nasal.-Que dia vocês vão?

-Amanhã depois da faculdade,quer vir com a gente?

-Vai ser um prazer.Princesas eu tenho que ir andando,um beijo pra voces._digo jogando um beijo pras três que jogaram outros de volta.

"Não seria tão mal assim ser amigas de heteros."


Penso ao imaginar ver elas de biquíni.Amanha vai ser um dia ótimo.

 



(...)






Notas Finais


Ah to sem criatividade pra ficar aqui falando com vocês,porém agradeço a quem leu até aqui,espero ansiosa pelos comentários e é claro vejo vocês em breve.Beijos da Reninha 😊❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...