História Rebirthing - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Tags Ação, Aventura, Naruto, Romance
Visualizações 170
Palavras 3.328
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 22 - Calmaria















































 

Naruto abriu os olhos com dificuldades, olhou ao seu redor com a visão embaçada, mas parou ao sentir uma forte dor em seu pescoço. Maldito Itachi, a dor no momento do impacto da sua cabeça com aquela parede de concreto havia acabado com ele. Não duvidava que sua cabeça tivesse uma fratura exposta naquele momento. Levou as mãos á cabeça com dificuldades e sentiu uma baita cicatriz por baixo dos fios de cabelo. Já estava cicatrizado, há quanto tempo estava desacordado ?

 

Abriu os olhos novamente já com mais facilidade pelas luzes estarem apagadas naquele dia, aparentemente, chuvoso. Naruto olhou ao redor e viu que o quarto estava um tanto escuro. Mas ainda podia enxergar o necessário. Sentiu uma presença ao lado direito da sua cama, olhou para o lado e tomou um susto ao ver Hideki ao lado de sua cama, o Otsutsuki sorriu travesso ao ver a reação de Naruto. O loiro se recuperou do susto com uma cara irritada.

 

_ O que... _ Sentiu sua garganta arranhar quando tentou falar algo, limpou a garganta com umas fosses e voltou á falar _ O que você quer, Hideki ?

 

_ Eu ? Ah, Naruto. Eu não quero nada. Já você ? Eu sinto que você quer algumas coisas. E umas delas é desenvolver suas habilidades, disso eu tenho certeza. Eu senti quando você se sentiu quebrado após Itachi te jogar daquela janela. Não se culpe. Ele era um nukenin rank-S para cima, você não tinha chances _ Sorriu provocativo fazendo Naruto revirar os olhos _ O que ? Vai dizer que você não se sentiu impotente quando levou aquela surra ?

 

_ Direto ao ponto, Hideki _ O moreno franziu o cenho.

 

_ Você tá mais babaquinha. Tá muito seco. Aqueles conselheiros te mudaram tanto assim ? _ Naruto se ajeitou na cama ficando sentado e encostado na cabeceira da cama.

 

_ Eles me ensinaram á não confiar nas pessoas tão facilmente _ Claro que essa não foi a intenção de Danzo, Homura e Koharu, mas Naruto acabou aprendendo mais sobre o mundo graças á eles _ Vamos. Direto ao...

 

_ Ponto. É, eu sei. Bem, você tem muitas áreas para levar ao extremo, sabia ? Você tem o Suiton, a meditação, a Arte Negra, o seu "Sexto Sentido", os fūinjutsus, e o lado negro do seu chakra, lado esse que foi herdado por mim, de nada.

 

O Uzumaki franziu o cenho.

 

_ Você nunca me disse sobre como evoluir isso _ Hideki sorriu minimamente.

 

_ Por que acha que estou aqui ? _ Naruto revirou os olhos e fez uma expressão entediada, Hideki já até conseguia ouvir o Uzumaki dizendo "Direto ao ponto, Hideki" _ Quando você viajar para esse seu treinamento. O que você pretende fazer ?

 

_ Ficarei um ano na alcatéia e um ano em Kiri para aperfeiçoar meu Suiton, meu fūinjutsu e visitar a Runa _ Respondeu prontamente.

 

_ Certo, e os seis meses que estão faltando ? Não responda! Eu tenho a programação perfeita para você _ Naruto olhou curioso _ Você irá atrás dos meus pergaminhos _ Naruto o olhou com os olhos estreitos _ Você tá ficando mole, Naruto. Eu tô sentindo falta daquele Naruto que entrava em êxtase só de saber que teria uma boa luta.

 

_ Por que a ajuda repentina ? _ Naruto questionou ignorando completamente a crítica de Hideki, que revirou os olhos.

 

_ Eu preciso repetir que eu não gosto do meu tio ? _ Antes que Naruto pudesse responder, ele ouviu batidas na porta _ Preciso ir _ Comentou sumindo. Logo, a porta foi aberta por Ryuga e Kirari.

 

_ Até que enfim acordou, princesa _ Naruto apenas mostrou o dedo do meio para Kirari que riu em resposta, mas logo ficou mais séria _ Você tava bem acabado, levou uma surra _ Naruto se se mexeu incomodado, talvez o que Hideki havia dito era verdade. Talvez ele tenha ficado mole.

 

_ Aonde estamos ? _ Questionou tentando se levantar, mas logo sentindo seu corpo protestar na região das costelas.

 

_ Vai com calma aí, você quebrou três costelas, e as três perfuraram seus pulmões. Estou surpreso que você esteja respirando sem dificuldades, a Tsunade fez mesmo milagres _ Naruto apenas suspirou cansado em resposta enquanto voltava á se sentar _ Estamos próximos á Konoha. Jiraiya disse que essa cabana é dele, podemos ficar até você se sentir á vontade.

 

Naruto assentiu, mas logo arregalou os olhos.

 

_ Menma e Yumeko. Cadê eles ? _ O loiro tentou se levantar novamente, mas se deitou antes de sentir a dor, na tentativa de evita-la.

 

_ Eles estão bem. Foram para Konoha com Jiraiya e Tsunade _ Naruto realçou a postura relaxando o corpo na cama.

 

_ Certo. E vocês ficaram para me esperar ? Que fofinhos _ Ambos reviraram os olhos sorrindo _ Certo. Quero aproveitar vocês aqui para conversar. Sentem-se _ Ambos assentiram se sentando em cadeiras ao lado da cama de Naruto _ Quero falar sobre os recentes problemas que tem ocorrido ultimamente. A santíssima Trindade.

 

_ Eles utilizam a Arte Negra _ Naruto assentiu para Kirari _ E você, obviamente, tem algo á ver com isso.

 

Naruto respirou fundo antes de falar tudo de uma só vez.

 

_ Quando eu saí para treinar antes do exame chunin, eu conheci um homem, ele foi o mestre da minha mãe e agora é meu mestre. Ele disse que eu serei o herdeiro da Arte Negra. Nisso, eu vou precisar manter o equilíbrio entre a luz e a escuridão. Algo extremamente complicado, já que se a escuridão deixar de existir eu vou precisar mantê-la de pé, estando certo ou não _ Os dois estavam com o cenho franzido.

 

_ Tá... E por que está nos contando isso ? Quer dizer, conhecendo você, sei que não diria isso por nada _ Naruto levantou as sobrancelhas em uma expressão de "É, faz sentido".

 

_ Meu atual professor se chama Akira. Ele é um sensor estrategista. E ele disse que eu e ele precisaremos de um time completo para caçar a santíssima Trindade. E aqui eu vejo um shinobi de combate direto _ Apontou para Ryuga _ Uma shinobi de ataque á distância _ Apontou para Kirari _ E um de defesa _ Apontou para si mesmo.

 

_ Quer formar um time com nós ? Foi mal Naruto, mas não vou poder sair da vila por dois anos e meio.

 

_ Sei que não, mas qual é ? Nós somos o melhor time de Konoha. Se ficarmos mais fortes, seremos invencíveis _ Comentou empolgado _ A Trindade cairá aos nossos pés. Pense Kirari, a paz somente poderá ser alcançada quando as ameaças forem eliminadas. Pense Ryuga, você deixará o nome Kishatu marcado como um dos que exterminou a Santíssima Trindade _ Naruto tinha um sorriso em seu rosto. Ele se movimentava de maneira extravagante dando ênfase á todas ás suas palavras.

 

Kirari sorriu minimamente. Além de alcançar a paz, mostraria para Sasuke que ela era uma grande Uchiha.

 

Ryuga pensava nas pessoas no futuro se lembrando do nome Kishatu e o pronunciando com o devido respeito que eles mereciam.

 

Já Naruto possuía um sorriso sonhador em seus lábios. Ele sorria só de pensar em enfrentar os adversários que ele merecia. Provaria á Hideki que ele continuava sendo o mesmo Naruto com a sede por batalhas pulsando em seu sangue.

 

_ Então ? O que me dizem ? _ Os dois sorriram ao ouvir aquilo.

 

_ Mas e a Hokage ? Ela não vai nos deixar ir atrás de um inimigo desconhecido por todos na qual só você e o tal Akira tem informações _ Kirari o olhava de maneira questionadora.

 

_ Conversarei com ela, caso algo dê errado, eu levarei algum membro da Trindade para interrogarem. Assim eles terão que nos enviar para isso, sendo que seremos os mais qualificados, claro isso dependerá do quanto nos evoluiremos _ Ryuga logo protestou.

 

_ Mas e se você não for liberado por esses anos para treinar _ Naruto manteve um certo silêncio, mas logo respondeu.

 

_ Não me importarei em me tornar um nukenin para sair para treinar.

 

(Local desconhecido)

 

_ E então ? Ela aceitou ? _ A Matriarca, ao lado de Joko, questionou para Akuma que andava na direção deles com uma expressão nada amigável.

 

_ Ela até pensou em aceitar, mas o sannin dos sapos a impediu. Admito que me enganaram bem, me segurei para não partir para agressão _ Os outros dois líderes suspiraram cansados _ E então ? Como faremos agora ?

 

_ Existem outros bons ninjas médicos e corruptiveis por aí, vá atrás desse _ Ela jogou uma pasta para Akuma que legou de imediato, e leu o que estava escrito. Era uma ficha de registros.

 

_ Tem certeza ? Aqui diz que ele serviu ao Orochimaru _ Ela levantou uma sobrancelha _ Certo, certo. Não questiono mais, Mas por que o Joko não vai ?

 

_ Joko estava treinando o nosso exército, inclusive, acho que eles estão te esperando _ Joko saiu do local em passos firmes. Akuma suspirou, mas se manteve em silêncio. Não queria fazer mais perguntas e acabar estressando Jude.

 

_ Mas então, qual o seu próximo passo ? _ Questionou dando ênfase no "seu" enquanto se aproximava retirando sua máscara. Ela revirou os olhos deixando um sorriso escapar _ Parece até que não me quer por perto _ Disse de maneira chorosa. Jude não pode deixar de rir da situação. Ele se aproximou á agarrando pela cintura.

 

_ Calma lá, garanhão. Sabe que teremos todo tempo do mundo quando tudo isso acabar _ Akuma sorriu ao ouvir aquilo. A soltou tentando ser mais discreto _ Sobre meus próximos passos... eu vou vou com o Shi ver o quanto ele controla a marca da maldição de Orochimaru. Akuma assentiu sorrindo maliciosamente.

 

_ Não pensa que escapou de mim, hein _ A morena revirou os olhos sorrindo _ Aliás, não acha que aquele Uzumaki vai se tornar um problema ? Para a idade dele, ele até que bem forte, e utiliza bem a Arte Negra _ Jude suspirou pesadamente.

 

_ Irei conversar pessoalmente com ele. Talvez ele seja útil. Não duvido que aquele garoto domine a Arte Negra melhor que muitos de nossos soldados atualmente.

 

_ Entendo. Bem, então quando for para "buscarem" o Uchiha, lembre-se de mandar nossos prodígios. Será bom testa-los ao extremo _ Ela assentiu.

 

_ Orochimaru já tinha um quinteto pronto para isso. Infelizmente um deles é fiel demais á cobra, isso me obrigou á descarta-lo. Um descendente de Kaguya.

 

_ Interessante. Bem, caso haja problemas com o quarteto de Orochimaru, lembre-se de mandar a sentō butai (Esquadrão de combate). Eles são verdadeiros prodígios, falta apenas a experiência.

 

(Em Konoha)

 

Tsunade bufou em estresse. Mal dava pra acreditar que um moleque mimado estava trancado no seu escritório dizendo que esqueceram seu avô. Não tinha paciência para aquilo, mas graças aos céus Menma e Yumeko haviam chego antes que arrombassem a porta. Eles conversaram com o garoto, que logo saiu recebendo um cascudo de Tsunade. Tirando isso, nada de mais havia acontecido. Logo ela teria que conversar com os conselheiros. E ela já imaginava o quão problemática aquela conversa seria.

 

...

 

Como o previsto, discussões, teimosias, e problemas. Mas Tsunade pôs ordem na mesa mostrando á que veio quando colocou o chapéu de Hokage e assumiu o tão desejado posto. Os conselheiros foram um pé no saco, diziam sobre a vila destruída de Keiko, de cortar verbas importantes da vila, e de vangloriarem mais ainda o senhor feudal com intenção de ganharem a empatia do velho. Ele falavam incessantemente sobre como Konoha estava vulnerável, que as "armas supremas" de Konoha estavam vulneráveis, Tsunade não via os irmãos daquela maneira, na verdade até sentiu vontade de conhecer melhor os dois filhos mais novos do Yondaime, ou melhor, seus afilhados. Mas logo ela ouviu batidas na porta e deu permissão para que entrasse sem nem olhar para cima enquanto assinava os papéis em sua mesa, mas logo ergueu seu olhar.

 

_ Naruto, certo ? _ O loiro assentiu com a cabeça _ Foi muito coragem sua ter lutado contra aquele nukenin de rank-S. Não é qualquer um que pega Itachi Uchiha desprevenido e ainda faz um corte em seu rosto _ Naruto franziu o cenho.

 

_ Aquilo não foi nada _ Otimismo da sua parte, ele pensava.

 

_ Acredite quando eu digo, garoto. Mas... pode me saciar em uma dúvida ? _ O loiro assentiu prontamente _ Você é o Kodokuna Ökami, certo ? Rank-B, quase A no bingo book.

 

_ Sou sim, mas isso é apenas um apelido bobo. Nada importante _ Tsunade riu em resposta.

 

_ Pois bem, garoto. O que deseja ? _ Naruto pegou um pergaminho sem dizer uma palavra sequer. O loiro mordeu seu polegar fazendo escorrer sangue pela palma de sua mão. Ele fez selos de mãos e estendeu a mão direita com a palma virada para cima. Logo, uma pequena fumaça apareceu em sua mão, a fumaça se desfez revelando um pergaminho, Naruto estendeu o pergaminho passsando seu polegar ensanguentado pelo pergaminho. Com isso, o pergaminho se tornou outra pequena cortina de fumaça. Quando ela se desfez, revelou Naruto segurando a cabeça de Orochimaru pelos cabelos.

 

_ Encontrei a cabeça dele na floresta. Eu estava voltando de uma missão mal sucedida, no caminho, vi uma cobra branca, elas são raras na região de Konoha, logo, deduzi que estava relacionada á Orochimaru. Como eu não tinha lá a melhor das relações com ele, não podia perder essa oportunidade _ Naruto abaixou a cabeça fazendo selos de mãos, logo, a cabeça de Orochimaru se tornou um pergaminho novamente _ Admito que esperava uma armadilha, ou algo do tipo. Mas fiquei surpreso quando vi várias cobras brancas envolvendo a cabeça dele.

 

Naruto estendeu o pergaminho para Tsunade. A Senju não demonstrava nenhuma reação além da de surpresa. Naruto estreitou os olhos esperando uma reacao melhor vinda da Godaime. Logo, ela respirou fundo e se recompôs se arrumando em sua poltrona e pegou o pergaminho.

 

_ Você... Naruto... Você disse que tinha uma... uma relação ruim com... Orochimaru. O que quis dizer com isso ? _ Naruto amaldiçoou á si mesmo por não ter deixado esse detalhe em secreto.

 

_ Ele destruiu minha vila natal, Keiko, ele matou meu pai na minha frente enquanto me deixava pendurado em uma parede com apenas uma espada em minha barriga como base para me segurar. Anos depois, ele fez a mesma coisa comigo em uma árvore. Não posso dizer que eu era o maior dos inimigos dele, mas pode se dizer que ele era o meu maior inimigo.

 

Tsunade suspirou pesadamente.

 

_ Sinto muito por tudo isso, garoto _ Naruto sorriu torto ao ver que ela já havia de acostumado á chama-lo assim.

 

_ Sem problemas. Mais alguma coisa, Godaime ? _ Naruto questionou querendo sair dali e sair para comer com Ryuga e Kirari.

 

_ Na verdade, eu tenho mais algumas perguntas para você _ Naruto assentiu revirando os olhos discretamente _ Você disse que vinha de uma missão mal sucedida. Conte-me sobre ela _ Naruto sorriu discretamente. Não deixaria os conselheiros passarem livres dessa.

 

Naruto contou todo o ocorrido com a missão em Keiko e com os conselheiros.

 

_ Entendo... Mas... os pergaminhos de sua mãe, o que tinha neles ? Não o conteúdo, mas tente resumir em poucas palavras. Não estou interessada nele _ Naruto suspirou aliviado. Mas logo ficou hesitante em contar ou não _ Escuta, garoto. Eu vou descobrir, você contando ou não. Então, por favor, facilita o meu trabalho.

 

_ Arte Negra _ Tsunade franziu o cenho _ É a prática do uso da base de ener...

 

_ Eu sei do que se trata a Arte Negra _ Tsunade se levantou e passou por Naruto _ Me acompanhe _ Naruto assentiu e passou á segui-la. Logo os dois estavam no telhado do prédio. Tsunade observava a vila sendo reconstruída.

 

_ Então ? O que tem á me dizer ? _ Questionou curioso.

 

_ Recentemente, eu conversei com um membro que estava representando a Santíssima Trindade. Ele me fez uma oferta de dinheiro. Eu pensei em aceitar, mas Jiraiya me convenceu do contrário. Mas... após Jiraiya chegar, eles continuaram me fazendo propostas e comentaram sobre a Arte Negra entre eles... Então... me diga, Naruto _ Ela o olhou severamente _ Qual a sua ligação com a Santíssima Trindade ? _ Naruto a olhou sério. Não duvidava que ela o ameaçasse fisicamente.

 

_ Preciso saber se posso confiar em você _ Tsunade riu descrente.

 

_ Não me faça rir garoto.

 

_ Preciso saber se você é de confiança _ Repetiu severamente. Tsunade olhou séria para Naruto _ Ninguém pode saber disso. Os conselheiros, Jiraiya, ANBUs, jounins, chunins, nem mesmo sua assistente, a tal Shizune. Sou eu quem decido quem sabe e quem não sabe _ Tsunade franziu o cenho, mas logo assentiu confiante. Ela não pretendia contar para ninguém, queria ter a confiança de Naruto.

 

Logo, Naruto disse tudo sobre sua mãe, e um pouco sobre Akira e sobre a Santíssima Trindade, não havia contado sobre o objetivo completo, sobre ele ser herdeiro da Arte Negra e do balanceamento da "força interna", e nada sobre Otsutsuki Hamura, o único que sabia sobre o Otsutsuki era Akira, e preferia manter daquele jeito. Enquanto falava, pensava quando iria contar sobre Hideki ? Talvez nunca, para ninguém, era algo complexo e complicado de entender, nem ele entendia muito bem sobre tudo aquilo.

 

Tsunade mantinha o semblante sério enquanto observava Konoha.

 

_ Quem mais sabe sobre isso tudo ? _ Naruto suspirou pesadamente.

 

_ Você, Akira, Uchiha Kirari e Kishatu Ryuga _ Iria manter Runa em segredo _ Antes que pergunte, eu precisava que você soubesse para eu ter informações sobre o que está acontecendo, e você, como Hokage, estará sempre informada. E eu precisarei disso, suas informações podem ser valiosas.

 

_ Certo... Mais alguma coisa que eu deva saber ? _ Naruto sorriu cinicamente

 

_ Não.

 

_ Tenho uma missão para você mais tarde, mas até lá... Dispensado _ Disse antes de se virar e não ver mais o loiro ali.

 

Naruto estava prestes á ir comer suas sobras, mas o que havia sentido vindo do hospital o intrigou bastante.

 

(No hospital de Konoha)

 

Yumeko encarava Menma e Sasuke incrédula. Por sorte ela teve a ajuda de Kakashi para evitar o dano que aquele choque iria causar. O chidori se chocando com o rasengan certamente seria algo completamente caótico.

 

Sasuke retirava seu braço da enorme caixa de água metálica. Olhou para a diferença entre o estrago de seu chidori e o rasengan de Menma e sorriu ao ver a cena patética de Menma parado ao lado de um pequeno buraco que soltava um pouco de água. Sorriu satisfeito ao ver aquilo.

 

_ Não pretendia usar aquele ataque em Menma, não é, Sasuke ? _ Kakashi questionava cinicamente já sabendo que a resposta era afirmativa _ O chidori não é um golpe que se deva usar em um companheiro da mesma vila, ele é mortal _ Sasuke grunhiu irritado antes de sair dali em um salto para trás e parando atrás das caixas de água. Arregalou os olhos ao ver o verdadeiro estrago de Menma. Socou a parede em puro ódio.

 

_ Você parece irritado _ Sasuke olhou para trás revirando os olhos. a última coisa que queria eram as provocações gratuitas de Naruto _ Está irritado com o que, Sasuke ? Menma... Yumeko... Kakashi... ou talvez seu irmão ?

 

_ Raiva do mundo, Naruto, do meu irmão, mais ainda. Mas do mundo, por ser tão ruim _ Naruto riu fraco. Não esperava por aquela resposta.

 

_ Tenho certeza de que o mundo já foi um lugar muito melhor, Sasuke.

 

_ Não... O mundo continua o mesmo, Naruto. Só há menos razões para se viver _ Disse saindo de lá deixando Naruto perdido com as últimas palavras de Sasuke.


Notas Finais


comenta aí oq acharam


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...