História Rebuilt- A História de um Sonho - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, BLANC7, EXO, Got7, Jay Park, LOCO, Mad Clown
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.L, D.O, Jackson, Jay Park, JB, Jean Paul, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jinyoung, Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), K-Kid, Kris Wu, Lay, Lisa, LOCO, Lu Han, Mad Clown, Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé, Sehun, Shinwoo, Spax, Suho, Taichi, Tao, Teno, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Tags Amor, Audiçoes, Aventura, Bts, Drama, Esperança, Interativa, J-hope, Jimin, Jin, Junhkook, Lutas, Persistência, Rap Monster, Sonho, Suga, Viagens, Vida, Você + Suga, Você +jin, Voce Jungkook, Você&v, Você+ J-hope, Você+jimin, Você+rap Monster
Visualizações 12
Palavras 1.850
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Primeiro: PERDÃO!
segundo: Leia a nota final!
Boa leitura 😘

Capítulo 19 - -Bem-vindo a Seul-


Fanfic / Fanfiction Rebuilt- A História de um Sonho - Capítulo 19 - -Bem-vindo a Seul-

         

Quando sonhávamos com a tão grande e esperada viagem a Coréia, combinamos de pisar juntas, ao mesmo tempo em Seul. E assim fizemos, todas nós. Juntas. É assim que deve ser. Meus olhos se encheram de lágrimas  ao pensar que finalmente conseguimos. Realmente estamos em Seul e realmente entramos para a Big Hit.  Mamãe veio atrás de nós junto de Lucas, e nos abraçou. 

—Obrigada, mãe. Por tudo isso.–eu disse sorrindo. E em uníssono todos nos agradecemos, a Deus, a vida e a nós.

—Tudo bem, tudo bem precisamos pegar as malas e ir encontrar sua tia. Ela está nos esperando– disse mamãe limpando as lágrimas.

Jennie filmava tudo como sempre fazíamos e interagiamos. Era o nosso tão esperado sonhos sendo realizado. Por todos os lados pessoas bem vestidas entravam e saíam dos portões. Podíamos ouvir vários idiomas de chinês a espanhol. Pessoas em terninhos pegando o próximo vôo para um reunião de negócios ou simplesmente viajando, e nós aqui, desembarcando em Seul para o começo de uma nova vida. Ninguém poderia nos parar agora, estamos tão perto, não podemos desistir...e não vamos. 

Enquanto andavamos pelo aeroporto procurando por uma mulher que apenas mamãe conhecia eu e as meninas gravavamos tudo, queriamos guardar àquilo para nós.

—Beeem vejam só! Cá estamos nós! Depois de duvidarem tanto e de tantos outros nos apoiar, finalmente estamos aqui. Estamos em Seul! – disse Momo.

—Sai Momo, saí da frente! Deixe-me filmar! – disse Jennie.

—Aaah olhem isso! Olhem bem pra isso. Estamos no paraíso! No país dos homens bonitos!– eu disse babando por alguns meninos que passavam

—Uau.. e meninas também!– disse Momo

—Vamos ser linda igual a elas com todas essas roupas boas e baratas! – disse Lisa

—Olha, tem até uma mulher super bem vestidas. Toda produzida da Chanel segurando uma plaquinha! – disse Jennie

—Gente, existe família com nome brasileiro aqui? –Perguntou Lisa

—Ah depende vai que..

—Olha! É a tia de vocês! – mamãe disse me interrompendo. Momo bateu no pescoço de Lisa rindo e corremos até a moça bem vestida. Será que ela é rica? Mamãe chegou até a moça a abraçando.

—Meu deus! Quanta saudade!– disse a suposta tia. Ela tinha cabelos loiros, pele clara, olhos castanhos. Vestia uma calça social preta com um blazer branco, e um cinto da Chanel marcando a cintura fina. Em seus pés tinha um salto fino preto e branco. 

—Eu também senti saudades!– disse a moça bonita.— Oh, esse deve ser Lucas, seu namorado. –disse a abraçando e logo em seguida se virando a nós– E essas são as nossas talentosas garotas. Olhem só pra isso!– ela nos olhou de cima a baixo sorrindo– exalam poder! 

Eu as garotas sorrimos tímidas 

—Eu sou a Lisa, filha do Lucas. – ela se pronunciou comprimentando a mulher a nossa frente.– e essas são, Jennie, Momo, e _______. 

—Oi garotas! Eu sou a Maria mas podem me chamar de So! – ela sorriu– vamos, vcs precisam conhecer a cidade! É linda! E tem comidas maravilhosas!

Mamãe sorriu nos olhando e pegamos as malas saindo do aeroporto. Respiramos fundo, finalmente o ar de Seul!

—Venham!– disse So.

E nós fomos, entramos todos na van preta e assim fomos em direção ao bairro onde So, nos alugaria uma casa. Durante todo caminho So nos contava um pouco de cada coisa, algumas tradições e costumes, coisas que não são bem vistas e até mesmo sobre as escolas nossos documentos. Pensavamos que sabiamos tudo sobre a Coréia através de música e doramas mas... Estavamos enganadas! Um país tão conservador e uma cultura tão rica tinha muito a nos oferecer ainda. So também nos falous sobre os números de suicídio crescerem após todas as disputas nas escola pelo primeiro lugar e no quanto os estudantes eram julgados por sua condição e status social. A Coréia poderia parecer o melhor país, mas ela também tinha defeitos como qualquer outro lugar. Após algumas horas de muita falação, finalmente chegamos.  Era um bairro ajeitoso, não tinha muito lixo nas ruas e podíamos ver altos prédios no céu. Pessoas andando e fazendo compras, estudantes passando e carros buzinando a frente. Donas de casa, senhoras, vendendo legumes e objetos nas ruas. Cada um de nós pegou as malas e enquanto olhavamos tudo e seguiamos So, paramos em frente a uma casa. Não era um muito grande mas era bonita. Era da cor branca, com um portão baixo de ferro na cor prata. Havia alguns vasos de planta no muro. Uma senhora sa rua ao lado nos acenou e disse algo em coreano. So sorriu e fez de costume o que víamos em doramas. 

—Ela disse que vai adorar ter novos vizinhos de outro país. – disse So nos olhando.

—A casa é linda!– eu falei enquanto a observação.

— É mesmo!– disse Momo. 

—Bem, aqui está a chave. Vocês podem tirar uma copia depois ou usar a senha mas tem que instalar a ainda a segurança. Espero que aproveitem!Qualquer coisa me chamem vou vir sempre que puder. Ah e eu deixei tudo anotado na geladeira. Até mais!– disse So se despedindo.

—Então, preparados para a nova casa?– disse mamãe.

—Não sei vocês, mas me bateu um sono bom..– disse Lucas.

—Uma horas vocês se acostumam com o horário. – mamãe riu e jogou a chave no ar e eu a peguei.– Vá em frente, é toda sua.

Eu sorri e passei pelo portão indo até a porta, havia uma pequena varanda com algumas plantas. As meninas sorriam e murmuravam. Eu olhei para elas.

— Está filmando Jennie?!

— Claro que estou! 

Então eu abri. A casa por dentro era bonita. Não era nada muito grande ou exagerada, mas era boa para nós. Na dala tinha um sofá se três lugares, uma mesa de centro, tinha uma tv de tamanho consideravelmente bom. Atrás do sofá ficava  a mesa grande de madeira com seis lugares. Um vaso de flor em cima. A cozinha era braca e tinha um pequeno fogão, um muro baixo com plateleiras em cima dividia a sala da cozinha. Havia três portas. Duas no corredor e a outra do lado contrário. Entramos na casa maravilhados por tudo aquilo. 

—Meninas, o quarto de vocês é aquela porta. Ali é o banheiro e ali é o meu quarto.–disse mamãe. 

Nos fomos correndo até o nosso quarto. A porta era branca de madeira assim como o quarto que possuia duas camas beliches, e um guarda roupa médio de madeira com uma cômoda ao lado. Havia um tapete no centro, redondo da cor cinza.

—Até que é bonito. – disse Momo

—Podemos gravar vídeos aqui – disse Lisa– É um espaço fazio e podemos usar a luz, já que é perto da janela. 

— Só preciamos decorar!- disse Jennie.

—Meninas, acabem de desfazer as malas e depois vamos conversar. Eu e Lucas vamos tentar fazer alguma comida já que sua tia trouxe algumas.

—Ta bem –eu disse

Mamãe saiu sorrindo de orelha a orelha e foi até a sala chamando Lucas.

—Eu fico com a cama de cima!– disse Lisa!

—Eu quero a debaixo!–falei me jogando na mesma rindo

—Eu prefiro dormir em cima – disse Jennie.

—Momo, vc dorme na cama debaixo, tá bem?– dosse Lisa.

—Querida, eu estou em Seul, se quiser eu durmo na rua!– disse ela rindo.

—Preguiça de arrumar tudo isso. –eu disse– Mas... Vamos gente, eu já estou ficando com sono.

E assim foi, discutimos sobre qual lado do guarda roupa iríamos usar e qual gaveta da  cômoda era nossa. Depois de algumas horas arrumando tudo e ajeitando nosso quarto. Fomos ajudar mamãe e Lucas com a casa, o relógio da parede dizia que eram 14hrs da tarde, tínhamos chegado em Seul quase  10hrs da manhã. Depois de colocar algumas coisas nos lugares nós nos sentamos no sofá estampado com flores. Mamãe pegou na geladeira um papel e veio até a nós.

—Bem, estamos em um novo país e precisamos nos acustamar com as coisas por aqui. Como vocês sabem, vcs precisam terminar a escola e seus pontos foram transferidos mas aqui as coisas são diferentes, meninas. Você precisam saber que vão ter pressão nas escolas e nos cursos. Precisaram estudar em dobro para terminar a escola que ..– mamãe tossiu nos olhando– começa na segunda, daqui a quatro dias. 

—Que? Tão rápido assim?–eu perguntei

—As escolas aqui são rígidas, foi difícil conseguir essa vaga pra vocês mas também devem saber que.. algumas pessoas podem zoar vocês por virem de um país de terceiro mundo. Quer dizer, temos tv de 8k aqui e no Brasil nós... Olha, só precisam sobreviver a isso e deve contar a mim ou ao Lucas caso algo acontecer. A escola precisa falar com vocês e como eles foram informadas que não temos o coreano fluente elez exigem o inglês e um cursinho de coreano na escola. 

—Ai meu deus..– disse Jennie-  mal chegamos e já temos aula?

—Meninas, isso é sério. Lucas e eu vamos encontrar empregos. Eu vou ajudar sua tia no restaurante até conseguir algo melhor. E temos um encontro com a Big Hit daqui a dois dias. Devemos resolver essas coisas rápidos e não ficar atolados. Vocês pegam as 06:00 na escola e saiem as 15hrs. Vocês devem saber que eles não aceitam que os uniformes sejam danificados ou mal lavados ou marchados. Não pode usar maquiagem muito exagerada ou esmalte de cores fortes. Não podem chamar muito a atenção e não podem falar palavrão. 

—Jesus.. eu quero meus doramas!– disse Momo

—Mas eu acabei de fazer as unhas!– disse Lisa olhando suas unhas longas pintadas de um vermelho vivo.

—Ah e.. deve cortas as unhas. Desculpe, Lisa mas são regras. Não sei como a unha vai interferir nos estudos de vocês mas não podemos entrar em problemas já que acabamos chegar.

—Ah, sua tia So disse que vai trazer os uniformes de vocês amanhã e seus livros também. Vocês devem trocar de mochilas e ficarem com as de couro preta ou creme. –disse Lucas

—Eu odeio essa escola. – disse Lisase jogando pra trás.–Mal começamos e já temos tudo isso, agora eu sei poque esses estudante se suicidam! Com uma escola assim... 

—Não exagera, Lisa. A gente consegue. – disse Momo.

—Bem, amanhã eu e Lucas vamos sair com sua tia para saber mais sobre o restaurante e fazer umas compras. 

—Ah, perto da loja de legumes na esquina tem um senhor que instala  esse negócio ai de senha, vocês podem ir lá?– disse Lucas. – É impossível se perder.

—Tudo bem, nós vamos. Mas, podemos sair também? Dar uma olhadas nas coisas– eu disse quase implorando

— É! Por favor, não vamos nos perder e podemos usar o Google!– Jennie pediu 

—Bem, por mim tudo bem mas não demorem e não falem com estranhos.–disse mamãe.

Nós sorrimos animadas e demos um gritinho. Mamãe nos chamou para comer uma lasanha de queijo que So tinha deixado na geladeira. E assim foi o nosso dia. Depois de comer toda a comida nós tomamos banho e deitamos. Estávamos cansados da viagem e de arrumar as coisas. Mal chegamos e já tinhamos mais trabalhos. Dormimos durante a tarde toda e de madrugada, nos obrigamos a dormir já que acordariamos cedo.

 E então o dia amanheceu e dessa vez eu acordei com a luz do sol invadindo todo o quarto, mas eu não estava sozinha e ao invés da minha cachorra, mamãe nos acordou dizendo 

— 좋은 아침! ( Bom dia!)



Notas Finais


Então..
Eu sumi e peço perdão por isso mas tive problemas e o meu celular ficou ruim e ele ainda está mas.. até que da pro gasto. Quero dizer que não desisti da fanfic. Não mesmo!
Eu prometo ficar mais ativa e postar mais. Espero que vocês ainda gostem
Um beijo e um doce 😘
~NÃO REVISADO~
Então, estou aqui de novo depois de três dias para dizer que meu celular realmente ficou ruim agora:c ele nem liga mais e até eu ter outro vai demorar fora que com isso perdi vários capítulos de outras fanfics, nesse momento estou usando o celular da minha mãe para fazer esse edit1 mas ela não me deixa usar ele T.T então, QUANDO DER eu coloco alguns capítulos que vou ter de refazer.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...