História Receita Do Biscoito Perfeito(Imagine Jungkook) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Tia_smurfete
Visualizações 1.031
Palavras 858
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


COMOASSIM 171 FAVORITOS EM UM PRÓLOGO DE 118 PALAVRAS?

CRC

AQUI SO TEM ALMA PQ CORPO NAO TEM MAIS


Agradecendo a Lastgirl por te me ajudado desde já

UM SALVE PRO BONDE DA LASTGIRL


só avisando que eu não sou boa com comédia...rs

Muito obrigada pelos favoritos

E bom...

Boa leitura ^^

Capítulo 2 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Receita Do Biscoito Perfeito(Imagine Jungkook) - Capítulo 2 - Capítulo 1

Você sabe como se faz o biscoito perfeito?.

Mas eu não tô falando daqueles biscoitos de propaganda e industrializados.

Eu tô falando daqueles biscoitos que você faz em uma bela tarde de inverno para se esquentar com um copo de achocolatado do lado.

Sabe?.

Aqueles biscoitos que te dão um um gostinho de quero mais !?.

Esses mesmos.

Tá, tá…..eu acho que vou começar.

Seul, um dia qualquer

Era uma típica tarde de inverno, estava nevando em Seul e o meu estômago….. bem ele estava vazio….uma bela de novidade.

Vasculhei em todos os meu armários e só se encontrava aquelas balinhas de dez centavos.

Eu pensei na possivel ideia de me alimentar com aquilo e ser feliz, mas o meu estômago como sempre não estava satisfeito.

Faltava menos de uma hora para a nova temporada da minha série preferida começar,  e de quebra não tinha nada para comer.

Marchei emburrada para minha sala, me jogando de qualquer jeito no sofá.

O que eu iria fazer?!.

Poderia até comprar algo em alguma lojinha de conveniência se não estivesse nevando forte lá fora.

Até que….por que não fazer cookies…isso cookies.

Saltei do sofá correndo em direção a cozinha novamente.

Afinal….cookies não são tão difíceis de fazer assim.

Farinha….leite…gotas de chocolate…

Abri a geladeira dando de cara com um pouco de leite, comcerteza iria dá.

Eu jurava que tinha farinha de trigo em algum lugar e ela foi encontrada na dispensa.

Pouco a pouco todos os materiais estavam em cima da mesa.

Tá….os meus armários não estavam tão vazios assim.

Iria começar a bater a massa até vê algo no fundo em dos armários abertos que não demorou de ser pego.

Olhei para a capa meia descascada e por fim assoprando a fina camada de poeira.

"Livro de receitas da vovó".

Da onde esse livro tinha saído?.

A Vovó tinha uma livro de receitas?!.

Iria perguntar isso para mamãe mais tarde.

Deixei isso de lado, folheando as páginas me deparando com uma específica marcada.

"Receita do cookie perfeito".

Quem sou eu pra dizer que aquilo não era destino.

Caminhei de volta a mesa com o livro em mãos.

Cookies prefeitos lá vou eu.

(...)

Tá…eu retiro o que disse cookies não são tão fáceis de serem feitos assim.

Se você estiver em casa.

Não faça cookies, vai por mim.

Passei a mão no meu rosto tirando o excesso de farinha trigo.

Céus! que bagunça.

Olhei ao redor da minha cozinha vendo que havia farinha de trigo por todo lado, gotinhas de chocolate espalhadas e por fim o restinho de leite derramando perto da pia.

Bufei, pegando o livro de receitas para vê se faltava mais alguma coisa.

Obs: Para fazer o cookies prefeitos não esqueça de um amor verdadeiro.

Amor verdadeiro?.

Vovó estou fazendo cookies ou quebrando o feitiço da Bela Adormecida?.

Tá…o que ela quis dizer com isso ?.

-Amor verdadeiro….amor verdadeiro.-olhei ao redor vendo se algo me chamava atenção e bufei pela quinta vez-amor verdadeiro vai ser quando eu devorar esses cookies-coloquei a mão na cintura batendo o pé no chão.

Voltei a mexer na massa enquanto pensava em coisas com amor verdadeiro.

-Bom…-comecei-eu amo a minha gata e meus pais e talvez dependendo do gosto possa amar esses cookies também.

Ótimo!.

Agora estava falando sozinha.

-Eu acho que tô precisando de um banho….isso um banho, sinto que se continuar aqui por mais um minuto quem vai virar um cookie sou eu.-confesei olhando o meu estado deplorável.

Olhei de relance para massa.

-Bom amiguinho, acho que vou deixar você descansar um pouquinho.

E assim subi correndo a escada antes que ficasse completamente maluca.

(…)

De banho tomado e vestida desci as escadas rapidamente mas parei assim que ouvi um barulho.

Congelei.

-Nina é você?.-chamei o nome da minha gata enquanto descia um degrau.

Silêncio.

Suspeito.

-Nina?Ni...-congelei novamente ao ouvir outro barulho.

Essa gata me metendo susto.

Deixei o medo de lado descendo os últimos degraus.

-Gata boba,só me dá susto-sorri de lado antes de entrar na cozinha.

Olhei ao redor vendo que não tinha nada de mais, a não ser um garoto que pegava umas das gotas de chocolate espalhada em cima da ilha as devorando.

Pera….. garoto?

Soltei um grito vendo um garoto atrás da minha ilha, seus cabelos estavam bagunçados e o mesmo não aparentava está vestido

-QUEM É VOCÊ?.-gritei desesperada ao vê o garoto saí da ilha me deparando com a sua nudez, cobri meus olhos, não deixando dá uma verificada em seu corpo antes.

E que corpo.

-Sou Jungkook,Jeon Jungkook.

Engraçado, seu nome me lembrava a biscoitos.

-POR ONDE VOCÊ ENTROU E PORQUE ESTÁ PELADO.-continuei a gritar enquanto meus olhos ainda estavam tampados sendo que de vez e quando eu dava uma checada em seu corpo.

E que corpo.

-Você poderia parar de gritar?-perguntou educadamente-acabei de ser criado,os meus ouvidos estão frágeis….

-NÃO MUDE DE ASSUNTO.

O garoto de cabelos castanhos bufou.

Por falar em cabelos…os seus me lembravam a gotas de chocolate.

-Você me criou.-disse como fosse óbvio.

-Que eu saiba estava fazendo cookies não um garoto.

-Humana boba, nunca ouviu falar em magia?.

-Meu bem a única magia que vai ter aqui vai ser quando eu rodar a minha mão na sua cara, ande conte logo como entrou aqu.i

-Eu já disse que você me criou, não vê que a sua massa sumiu ?.

Olhei para a mesa vendo que realmente a massa tinha sumido, só estava a vasilha.

-Eu não acredito que você comeu a massa dos meus cookies.-praticamente rosnei-sabe o trabalho que aquilo me deu.

-Eu desisto.-caminhou até a geladeira a abrindo.-não tem nada pra comer não?!.

Eu acho que a minha série vai ter que esperar.


Notas Finais


Bom... comentem se gostaram e se eu devo continuar
Rs
Bom
Até a próxima 0/

E obrigada mais uma vez pelos favoritos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...