História Recomeço - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Tags Camila Cabello, Camren, Lauren Jauregui, Yuri
Visualizações 308
Palavras 952
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), FemmeSlash, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esse capítulo pode ser curto. Mas eu escrevi ele pensando em como a Lauren se sente em relação a Camila. E como a Normani, a Dinah e a Ally se importam com a Lolo.

Capítulo 5 - A luz das estrelas


                {Lauren on}

Eu estou no meu apartamento, deitada no sofá. Estou entediada, não tem nada que eu goste passando na TV, eu já jantei, já tomei banho.

Lauren: (suspiro)

Eu olho pro relógio na parede. E com minha cara de tédio, ergo meus olhos  em direção ao teto. Fecho os olhos por alguns segundos enquanto massageia minhas têmporas.

Lauren: Eu tenho tentado não pensar nisso, tenho tentado ocupar minha mente com outras coisas. Mas isso não está funcionando. Desde quinta feira eu não consigo parar de pensar na Camz, por mais que eu tente me focar no trabalho ela sempre surge na minha mente. As palavras dela ficaram nos meus pensamentos, ela dizendo que vai lutar por mim, que não desistiu de nós.

Fiquei pensando sobre isso durante um tempo, até que escutei meu celular tocando. Peguei ele na mesa de centro da sala. A Normani está me ligando, eu atendo o celular.

Lauren: Alô? Mani?

Normani: Oi Laur. Você está em casa?

Lauren: Sim. Por que?

Normani: É que eu quero falar com você. Mas tem que ser pessoalmente. Vamos sair pra dar uma volta pela cidade. O que acha?

Lauren: Está bem. Não estou fazendo nada importante mesmo. 

Normani: Ótimo. Me encontre na frente do prédio, já estou te esperando.

Nossa, como ela sabia que eu iria aceitar? Tudo bem então. Eu me despeço dela, desligo o celular. Vou para o meu quarto trocar de roupa. Visto uma calça jeans, uma camisa, um moletom azul escuro por cima e tênis. (Só pra constar eu estava de pijama). Eu deço até o térreo do prédio e vou pro lado de fora. Na frente do prédio está a Normani me esperando. Ela me olha e sorri, eu sorriso de volta. E então começamos à caminhar uma do lado da outra. Ficamos em silêncio durante alguns minutos, só andando. Eu comecei à me perguntar porque ela havia me chamado pra passear. 

Lauren: Mani, por que você...

Normani: Porque eu te convidei pra andar comigo? Eu só queria conversar um pouco com você.

Lauren: (...)

Normani: (suspiro) Lauren. Eu vou ser direta com você. O que aconteceu no seu almoço com a Camila?

Lauren: Como você sabe que eu almocei com ela? Eu não contei sobre isso pra nenhuma de vocês.

Normani: Eu detesto adimitir isso, mas... Eu, Dinah e Ally mexemos no seu celular.

Lauren: O quê? Como assim?

Normani: É isso. Nós lemos as suas mensagens e vimos que você e a Mila marcaram um encontro. Olha nós não queríamos te magoar, nós fizemos  isso porque estávamos preocupadas com você, e ainda estamos. Desde o show da Demi você ficou estranha, daí alguns dias depois resolvemos dar uma espiadinha no seu celular. E também fala sério, você muda a senha do celular mas dá a nova senha pra Ally? De que adianta mudar a senha então?

Lauren: Em minha defesa, eu só dei a minha senha pra Ally porque ela não é do tipo que fica mexendo nas coisas do outros (pelo menos eu achava isso). Se eu desse minha senha pra Dinah e ela mexesse e visse o que eu pesquiso no google... 

Normani: Falando no seu histórico, nós "acidentalmente" demos uma olhadinha nele. Sinceramente, Lauren depois temos que conversar sobre isso também.

Lauren: Droga.

Normani: Eu sinto muito por termos invadido a sua privacidade. Mas você tem que entender que nós te amamos. E quando notamos que você parecia meio distante ultimamente, resolvemos intervir. Lauren, nós somos uma família. Cada uma é especial. Eu sou a mãe, Dinah é o pai, você é a filha e Ally é sua irmãzinha.

Lauren: Espera, por que você é a mãe e Dinah é o pai?

Normani: Bem... isso é assunto pra outra conversa. Agora o foco é você.

Lauren: Sei... 

Normani: Mas me diz. O que aconteceu durante o almoço com a Mila?

Enquanto andávamos na calçada eu contei tudo para a Normani. Falei sobre a conversa que tive com Camila. Sobre ela ter dito que me ama. Sobre como eu me sinto em relação à isso. Falei, falei e falei durante um bom tempo. E quando terminei de contar tudo estava me sentindo aliviada por fala sobre isso pra alguém.

Normani: Entendo. Você não tem certeza se quer mesmo se arriscar e tentar algo de novo com a Camila. 

Lauren: Exato.

Normani: (...) Lauren. Olhe para o céu.

Eu fiz o que ela pediu.

Normani: Consegue ver alguma estrela?

Lauren: Só vejo poucas. As luzes da cidade estam atrapalhando.

Normani: Lauren, mesmo que você não possa enxergar todas as estrelas, elas ainda estam aí. Brilhando, girando e dançando no espaço. Milhões e bilhões delas, à milhares de anos luz daqui. A luz de uma estrela viaja tudo isso pra chegar até aqui, e até nós conseguirmos enxerga-la ela pode já ter "morrido". O universo é imenso. E não tem como você enxergar todas as estrelas ao mesmo tempo. Mas mesmo que você não as veja, elas ainda estam lá. Seus sentimentos por Camila são a mesma coisa. Por mais que você às vezes não consiga enxergá-los, ainda estam lá. Você e Camila são o sol e a lua. Vocês se completam, brilhando e girando pelo universo. Lauren você já fez várias coisas erradas na sua vida, ficou com pessoas que não te mereciam, deu as costas para aqueles que só querem o seu bem, e é por isso que  nos preocupamos com você. Mas, se amar a Camila é errado, então isso é a coisa errada mais certa que você já fez na sua vida. 

Lauren: Obrigada Mani.

Nós nos abraçamos e ficamos assim por um tempo. Depois voltamos pro prédio. E aqui estou, deitada na minha cama acordada. Pensando em tudo isso. A Normani me fez ter um ponto de vista diferente. Eu ainda tenho dúvidas se devo ou não ficar com a Camz. Mas pelo menos essa noite dormirei em paz.





Notas Finais


É isso. Esse capítulo não ficou perfeito (na verdade eu acho que tá bem simples) mas eu gostei de escrever isso. E espero que vocês gostem de ler.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...