História Recomeço - Capítulo 10


Escrita por: ~

Visualizações 27
Palavras 647
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi pessoal, mais um capitulo...
Obrigada por favoritar
~costa14

Capítulo 10 - Demonstração de Sentimentos


Fanfic / Fanfiction Recomeço - Capítulo 10 - Demonstração de Sentimentos

Henry

Após o café eu deixei Valin em casa, no caminho de volta parei em uma praça e vi uma vendedora de rosas, passei o dia pensando na garota de pele morena, que me deixa com o coração na mão, e me faz deseja-la mesmo sem perceber. Então resolvi que está na hora de mostrar a Valin o que sinto, por isso elaborei um belo jantar romântico.

“Por que agora?”

Quando eu olhei nos seus olhos, após ela acordar, percebi que havia uma chama, que inda não tinha visto, era de desejo.

Então eu preparei tudo desde a decoração, comida e música, está tudo como ela sempre sonhou, eu a avisei que a levaria para jantar, então ela deve estar me esperando. Mas ainda dá para tomar um banho e me trocar.

As sete da noite, como marcado eu estou na frente do prédio os meus pais, peço para chama-la e logo ela desce perfeita. Valin aparece em um vestido leve de cor lilás clara, até a altura da coxa, combinando com um salto médio preto e uma bolsa de mão. Sua maquiagem está bem leve e consegue ressaltar a preciosidade dos seus olhos. Abro a porta e ela entra no carro.

Quando enfim chegamos a nosso destino, perco todas as minhas palavras com a fascinação de Valin...puxo a cadeira e ela se senta, observo seu semblante, ela parece muito determinada a algo, não sei o que, mas logo descobrirei.

A música de fundo é ambiente, logo chega a entrada, uma leve salada agridoce. Só consigo pensar em o quanto ela é perfeita.

- então o que achou? – ela me olha com um sorriso tímido.

- Está tudo perfeito.

- Fiquei com medo de você não gostar.

- Acho difícil, a final o que você não sabe sobre mim?

- Seus sentimentos, não são exatamente algo fácil de decifrar Valentina.

- Acho que você ganhou dessa vez – seu riso tímido me encanta.

- Pensando bem eu consigo perceber algumas coisas sim...tipo quando você sorrir desse jeito, quer dizer que você está insegura, tímida ou envergonhada – acaricio seu rosto.

O tempo foi passando e percebi que ela se soltou, aquele brilho no seu olhar voltou, mais ainda não posso me declarar. Tenho um roteiro bem elaborado e pretendo cumpri-lo.

Vamos até a praça, paguei alguns músicos para tocarem para nós, farei essa noite perfeita, para nós.

- Não acredito que você fez tudo isso. Ela me abraça forte e percebo uma lágrima percorrer sua face.

-Tudo por você meu anjo.

A música começa eu a tomo em meus braços de forma carinhosa, enquanto me observa.

Come up to meet you, tell you I'm sorry

You don't know how lovely you are

I had to find you, tell you I need you

Tell you I set you apart”

 

 

“Vim para te encontrar, dizer que sinto muito

Você não saber, o quão amável você é

Tenho que te encontrar, dizer que preciso de você

E dize que eu escolhi você”

 

- Precisamos conversar ! - eu não esperava isso dela, começo a temer que tenha sido tudo em vão, que ela não sinta o mesmo.

- Deixe-me ao menos terminar a dança e nós falaremos do que quiser.

Sinto sua cabeça repousar em meu peito, seu cheiro e calor me invadem, começo a pensar que talvez eu tenha me precipitado. Acho que perdi minha chance, porque sinto minha camisa molhada pelas lágrimas que escorrem por sua face serena.

A música termina e eu tento ser forte o suficiente, mas não sei como viver sem ela.

Nos dirigimos até o meu apartamento e quando fecho a porta, sinto uma pontada no meu peito.

- Antes de você começa eu queria pedir desculpas, não queria te magoar – ela me olha com espanto.

- Você não entendeu – saí como um sussurro – eu quero te dizer algo, mas eu não sei por onde começar...


Notas Finais


Aviso
Ficarei sem postar alguns dias


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...