História Recomeço - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Ayame, Inuyasha, Jaken, Kaede, Kagome, Kagome Higurashi, Kohaku, Kouga, Miroku, Personagens Originais, Rin, Sango, Sesshoumaru, Shippou, Toutousai, Youkai Satori
Tags Inuyasha
Visualizações 63
Palavras 663
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá Minna-chan, bom Minna eu vou tentar organizar os dias que eu poderei estar postando, tentarei estar postando durante os finais de semanas
Durante às 20:00 ou 22:00hrs eu vou postar TODO FINAL DE SEMANA. :D
Agradeço desde já

Capítulo 2 - Cap 2


Fanfic / Fanfiction Recomeço - Capítulo 2 - Cap 2

          Autora / on pov's

4 anos depois....

- RIIIIIIIIIIN  !

Gritou InuYasha, tão forte que parecia que ia explodir de raiva ao ver a menina de longos cabelos longos correndo rindo a sua direção 

- Ohayō Inuyasha - Chan - disse sorrindo ao chegar ao platinado que mantinha a expressão emburrada 

- Fêh, a velha Kaede está procurando você é melhor ir logo Rin ! - Disse se virando e indo embora

A menina que agora era quase uma mulher, linda, um corpo escultural seios fartos corpo moreno Rin não tinha crescido muito estava pequena ainda. Mas não deixava de ser bela estava com seus 16 anos e era uma ótima guerreira ainda estava em treinamento mas era ótima.

Rin andava apreensiva com o que iria ouvir da Dona Kaede, já sabia o que iria ouvir mas não deixava de ter medo, respirou fundo ao chegar perto da casa da Sacerdotisa, sentiu que ela não estava sozinha era uma presença muito conhecida era a Senhora Kagome.

Rin apressou os passos e chegou na porta já se preparando o que iria ouvir, ficou séria e suave ao mesmo tempo ao ver a Sacerdotisa que antes estava sentada se levantando ao lado de Kagome 

- Menina Rin, já deve saber por que a chamei aqui, certo ? - perguntou calmamente, Rin respirou fundo e respondeu

- Hai Senhora Kaede 

-  Rin-chan, o filho do chefe do vilarejo próximo está querendo a noivar você mesmo ? 

Perguntou Kagome preocupada 

- Hai Senhora Kagome - Chan, mas não se preocupem. Eu não aceitei, mas como o Vice chefe de aldeia ele não aceitou o meu não, então o desafiei a um duelo ele não me mandou a sua resposta estou aguardando. Mas creio que em breve ele mandará.

Rin disse séria, já as mulheres que estavam lá com ela estavam aflitas e seriamente preocupadas, não com Rin afinal a menina sabia se defender bravamente mas sim de um Certo Youkai frio e oponente

- O Sesshumaru - Sama não irá gostar de saber disso Rin - Chan 

Disse Kagome, Rin que antes estava com o rosto calmo ficou totalmente séria

- O Lorde sesshumaru - Sama, não precisa saber das minhas coisas, afinal ele que quis assim senhora Kagome, ele me deixou á mais de 6 anos nessa aldeia e não me faz uma visita se quer uma maldita visita a mais de 2 anos, mas eu entendo ele é um Lorde deve ter coisas mais importantes que uma mera humana como eu. 

Rin soltou tudo calmamente, mas se via a tristeza em seus olhos 

- Rin - Chan eu.....

-   Gomen'nasai Senhora Kagome, vou me retirar 

Rin passou pelas duas mulheres que a olhavam com pena, só Kami sabe o que Rin passou nesses últimos 6 anos ali, Rin não odiava o seu senhor só não o amava como antes...

Flashback / on 

 - HAHAHAHA SUA IMUNDA

- VOLTA PARA AONDE VEIO VERME 

gritavam as crianças jogando Rin no chão 

- Pareeem por favor, eu não fiz nada a vocês 

Disse chorando 

- Claro que fez ! Veio para cá 

- é tão fraca por isso que o Youkai não te quis mais, você era um fardo para ele ! 

Rin tinha se perdido do Vilarejo da Dona Kaede e acabou ficando por alguns meses em um vilarejo não muito longe do da senhora Kaede mas Rin não sabia como voltar 

Estava desesperada tinha somente 11 anos 

" Rin quando precisar eu estarei lá..." 

As últimas palavras do seu senhor e agora estava sendo vaiada e aoanhan de jovens...sua vida estava um inferno desejaria a morte agora

Rin já não era doce, sofreu muito naquela aldeia

Flashback /off

Rin / on pov's 

Deixei  uma lágrima cair, e sorri

- Eu vou me tornar forte !, E irei mostrar que não sou fraca

Sempre foi assim, fui vaiada por coisas que não fiz até parece uma maldição mas irei mostrar que sou forte e posso me defender muito bem sem o Sesshumaru - Sama  

- Eu vou provar que sou forte, senhor sesshumaru - Sama.

 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...