1. Spirit Fanfics >
  2. Recomeço >
  3. Passado presente futuro

História Recomeço - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


bom sem longas demoras, boa leitura a todos, obrigado aos 30 favoritos <3

Capítulo 10 - Passado presente futuro


Fanfic / Fanfiction Recomeço - Capítulo 10 - Passado presente futuro

Narração Laxus

 

* Natsu havia partido a algum tempo então resolvi ir também

-Mira muito obrigado pela comida.

Mira- que isso, não foi nada, venha sempre que quiser conversar. *disse gentilmente

- Realmente agradeço *dei um abraço nela* - até mais Happy

Happy- tchau Laxus.

*fui para minha moto, mira era minha amiga antiga, não havia dúvidas que ela era uma das melhores amigas que alguém poderia ter, e também ela me ajudou com o Freed, na época não sabia o que fazer*

 

~~passado~~

 

- Mira não sei como me declarar para ele

Mira- você tem que ser cincerro, qualquer um que vê vocês dois juntos, vê que ele definitivamente gosta de você.

- mas e se so for pela nossa amizade?

Mira – nunca saberá se não tentar, vamos fazer assim, que tal se você o chamr para sair, e la você o pede em namoro, imples assim, como dizem as mas línguas, o não você já tem!

- você pode ate ter razão, mas não sou sou muito comunicativo

Mira- todo sabemos, mas tenha certeza você perde para o natsu

- humm

Mira- e você não ajeitar isso eu vou fazer por você *ela soria, mas era sinistro aquele sorriso, mais parecia ameaça*

- ok..

Mira – ótimo *ela ficou me olhando

-o que ?

Mira- liga logo pra ele * pego o telefone e ligo

 

~~ligação~~

 

Freed – alo, Laxus, tudo bem?

Laxus- sim tudo bem, é.. você topa, jantar comigo hoje * mira me assustava cada vez mais com aquele sorriso, se estivemos em um universo diferente com monstros e magia, ela seria um demônio isso era certeza.

Freed- claro que topo, onde seria.

Laxus- no restaurante onde fomos com o pessoal da última vez, mas dessa vez er o nos dois

Freed- o...ok

 

~~fim da ligação~~~

 

Laxus- e agora mira ?

Mira- agora você vai se arrumar ue

-mas como eu devo me vestir

Mira- vista casualmente, até por que o restaurante não é chique de mais par usar terno, nen pouca coisa para ir de shorts

-ok, obrigado mira

Mira- que isso meu bem, depois me conte tudo em

 

~~horas depois~~

 

*eu já estava no restaurante, era bem cedo até meia hora antes do combinado, então estava bebendo um vinho, quando ele chegou, estava bonito com roupas casuais, então levantei e puxei a cadeira para ele, onde ele se sentou

Freed – então sobre o que queria conversar?

- Vamos fazer nossos pedidos, depois eu lhe contarei

*e assim fizemos, pedi uma lasanha, e ele macarrão, a comida estava ótima, era um bom restaurante. Conversamos por horas e depois da comida, então havia chegado a hora*

-Vamos dar uma volta?

Freed –claro* seguimos caminho passamos por uma praça até uma ponte que havia por perto, feita para passar por um rio que cortava e dividia a cidade, estávamos conversando e dando alguns risos de uma conversa boa, então corto o assunto*

-Freed, bem, sabe, é minha primeira vez fazendo isso, então me desculpe qualquer coisa *ele estava confuso, era compreensivo, mas sua feição mudou quando comecei a me ajoelhar, estava um misto de alegria e curiosidade

Freed- Laxus...

* olhei fundo nos olhos dele, sob o iluminar de uma lua cheia e muito brilhante disse -Freed você aceitaria namorar comigo?

Freed-…*ele segurava um sorriso enorme, e eu estava apreensivo, não sabia o que esperar*

-hunn* fiquei naquela posição segurando duas alianças de prata, e eu estava cada vez mais apreensivo quando ele finalmente disse

Freed – mas é claro que aceito* se abaixou me dando um beijo calmo, que logo e tornou mais quente com a guerra travada por nossas línguas, nos separamos para o respirar e levantamos

-Isso foi difícil sabe achei que recusaria

Freed- e eu nunca esperaria isso de você sabe.

- bom eu já estava interessado em você a algum tempo, mas tinha dúvidas sobre o que fazer ou se você aceitaria.

*freed apenas selou mais um beijo calmo*

 

~~presente~~

 

- Fico pensando se o Natsu vai conseguir recuperar o amor que ele tinha, ele é uma boa pessoa merece isso.

 

Narração Lucy

 

*após Natsu não me sair da cabeça, fui contar para a levy, eu ainda estava meio aborrecida pela recusa ao meu beijo sabe.

 

~~ligação~~

 

Levy- alo loira?

Lucy- sim azulado, cambio 

Levy- o que aconteceu cambio

Lucy- eu tentei beijar o natsu... cambio

Levy- você oque??????? Me conta tudo..... Cambio

Lucy – eu tentei beijar ele mas ele não deixou, o reflexo rápidos do inferno.

Levy- aa Lucy eu sinto muito, mas eu aviei não foi

Lucy- sim, mas ainda tenho esperanças

Levy por que?

Lucy- porque ele disse que ainda era cedo para aquilo, e me chamou para uma festa fantasia, que o tal do gray o convidou

Levy – então ele é amigo do Gray

Lucy – você o conhece

Levy- sim, também é lenhador, visita frequentemente o bar de rock, sabe aquele que você não quis ir, por ter medo dos caras de moto te assediarem

Lucy- sim, lembro, então o natsu vai la

Levy- pelo que parece sim.

Lucy- levy você tem que ir comigo!!!

Levy- Lucy eu nem fui convidada.

Lucy, eu uma convidada estou te convidando

Levy – so se você falar com o Natsu antes

Lucy- por que você não fala com o Gray?

Levy- por que eu só conheço eu não tenho intimidade

Lucy- mas fala que a amiga do amigo dele deixou

Levy- nen inventa ne Lucy

Lucy- aaa, ta bom eu falo com ele, mas eu não sei onde ele mora

Levy- quer ir la? Sua danadinha, eu te levo

Lucy- meee Levy eu só quero pedir para você ir

Levy- ta mas que tal irmos mais tarde

Lucy- tudo bem, as três horas ok?

Levy- sim cambio

Lucy- cambio desligo

 

~~fim da ligação~~

 

*estava mais feliz, tinha fantasias para comprar e eu sei muito bem quem pode nos ajudar com isso ligo para Erza no mesmo momento

 

~~ligação~~

 

Erza- yo loira

Lucy- yo ruiva, você sabe a festa...

Erza – a fantasia de sexta agora, então eu a promovi

Lucy- meee, por que não convidou a min e a Levy ?

Erza- eu ia, na segunda, estava preparando as coisas e as aulas sabe fiquei muito atarefada, mas não se preocupe vocês vão querendo ou não já tenho até as fantasias de vocês

Lucy- nossa, está bem então, eu queria saber se você poderia nos emprestar uns vestidos ou algo assim, mas já que você já fez isso ne então até segunda

Erza- até meu bem

 

~~fim da ligação~~

 

*como o ocorrido me deixou muito inspirada, então fui escrever o meu livro

 

Narração Natsu

 

*estava indo para o hospital, como não precisava fazer almoço para o Happy, então fui ver o Gajeel, e talvez o fazer ir para a tal festa. Ao chegar fui para seu quarto.

-yo

Gajeel – salamander, o que quer?

- vim ver como estava e te convidar, quando você pega alta?

Gajeel- terça.

- Ok, então você pode ir para a festa sexta feira, já começa a se interagir com o pessoal daqui vai ser a noite. o endereço que o Gray avia me passado então deixei encima da escrivaninha

Gajeel- não sei Natsu ainda não aceit4ei vir para esta cidade completamente

- Pode parar o cabeça de lata, olha esse sorriso *ele sorria levemente

Gajeel- gehe, bem já faz um tempo desde que fui a uma festa, e bom talvez me ajude ne

- Poso ajudar com a fantasia?

Gajeel- já tenho

- Minha nossa vou ver o GaJeel cantor de novo?

Gajeel –pode apostar

*sorri – então está tudo bem, quer uma carona te um hotel na terça ou algo assim

Gajeel- tem um sistema de transporte bem legal hoje em dia chamado taxi sabia

-haha

Gajeel- mas valeu, ficaria muito mais grato se devolvesse minha pistola que tenho certeza que pegou.

- Vou devolver no sábado que vem, sem armas até sexta para você o do piercings.

Gajeel- eu maldito

*sorri e sai do quarto, vou para casa tinha que trocar meu curativo, e também descansar ainda estava meio cansado da noite passada, voltei para casa, estava tudo em perfeito estado, então fui cozinhar algo para comer, e depois tomar um banho e trocar meu curativo, estava agora de toalha me olhando no espelho, um olho roxo um corte no nariz, o ombro estava com um furo de bala, já em processo de cicatrização, fiquei me olhando ali por um tempo, e se tudo acontece de novo, se eu acabasse me casando com a Lucy, e tivesse um filho ou filha, e ela morresse, meu coração apertou, e meu pulmão parou em uma respirada, ou pior eu acabasse perdendo minha nova mulher e meus dois filhos, o que seria de min, o que eu poderia fazer para acabar com esse ciclo, eu sabia que outros iriam vir, e sempre mais preparados, com mais informações, e mais fortes, suspirei fundo e peguei uma garrafa de vodca, tomando um gole, não queria penar naquilo, s ei que é egoísta da minha parte, mas tem algo na Lucy, que me deixa mais feliz, que ainda desperta em min aquele sentimento bom, e eu sabia dos riscos, mas queria sentir aquilo novamente, só por mais um pouco, acabo dormindo.

 

~~sonho~~

 

Lisanna – querido!

-Oi meu amor *estávamos na sala assistindo um programa que eu detestava, mas ela adorava, então ela subiu sobre min *

Lisanna – e se nós fizermos algo quente agora *sorria maliciosa para min

- Eu adoraria, e o dragão aqui em baixo já está preparado para entrar na caverna.

Lisanna – meu deus Natsu, isso lá é jeito de falar sobre essas coisas *nos dois rimos da minha piada então ela me olhou nos olhos

Lisanna- eu te....* quando ela ia terminar de falar, alguém encapuzado a tirou do meu colo, a enforcando pelo pescoço, e logo já estávamos em um penhasco*

Zero – sabe o que é sofrer soldado... você descobrira

*eu estava amarrado a uma cadeira e só vi ele a jogar

-NÃAAAAAAAAAOOOOOOOOOOOOOOOOO

Zero- você sabe quem é o próxi.........

 

~~Fim do sonho~~

 

*acordo com uma dor no rosto, estava aparentemente amarrado com os braços para trás, provavelmente uma corda, e cinco homens me olhavam, um deles com uma luva diferente nas mãos, o que indicava que ele avia me socado, e logo o fez de novo*

Zero- vamos lá soldado, desperte para min, quero ver o demônio que você é Natsu *retirou a máscara* sou zero muito prazer, em lhe matar, acha mesmo que Mard Geer, mandaria o Geoffrey sozinho? Muito idiota da sua parte *me deu outro soco.

- Que bom para ele ne, *cuspi sangue para o lado* o que na verdade são os três grandes

Zero – você, sabe, nada mudou três grandes homens com poder de luta muito acima de qualquer um, eram como seu pai adotivo, o velho Igneel, só perdeu para o Acnologia, por termos dado comida envenenada a ele, e mesmo assim ele ainda arrancou um braço dele, seu pai era o melhor sem dúvidas, um verdadeiro diabo, ou como alguns diziam, um verdadeiro Dragão, em força e sabedoria*

- Então vieram me matar, por que mesmo?

Zero- hora, hora Natsu, não se faça de idiota, você sabe, todos nós aqui sabemos, você *me deu mais um soco*, você não é normal, *outro soco, já estava cuspindo sangue* você poderia superar, até mesmo aquele que não podemos pronunciar o nome, e que nunca se quer vimos, dizem que seu poder é equivalente ao de seu pai sabe, mas ninguém nunca viu ele, eu particularmente acho que é uma farsa feita pelos grandes dois, para deixar uma impressão ainda maior sabe... me tragam *então um dos homens saiu do meu campo de visão, e trouxe um alicate

- vão arrancar meus dentes?

Zero- seria legal, mas você pode nos morder então as unhas primeiro * eu ainda estava com minha camisa de botões, então começo a puxar de dentro da barra da manga uma navalha pequena, que acaba cortando meu dedo, não gemi ou demonstrei emoções para não ser notado, enquanto eu tentava cortar a corda, eles tiraram meu sapato, e sem mais arrancaram uma unha do meu pé

-Aaaaa *aquilo doía sem dúvidas.

Zero- que maravilha, mas suas unhas são bem firmes, dão trabalho de arrancar, o fazem de novo então, Zero pega meu dedo médio do pé e o torce quebrando ele

- aaaaaa, *estava quase livre, faltava pouco

Zero- sabe foi muito conveniente você estar bêbado no sofá, eu tenho certeza que isso não estaria acontecendo se você estivesse acordado, provável esses quatro aqui estarem com balas na cabeça, e nos lutaríamos, mas eu ganharia sabe* levantou e com o alicate bateu em meu rosto, passando para socos*

Zero – mais uma coisa, eu que matei seu mulher....


Notas Finais


desculpe pelo romance do começo não sei fazer romances bons, nem nada excelente, fiz o possível, novamente obrigado aos favoritos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...