1. Spirit Fanfics >
  2. Recomeço >
  3. Jóias

História Recomeço - Capítulo 42


Escrita por:


Capítulo 42 - Jóias


Faltava menos de um mês para o baile de mascaras que acontecia na Opera, e as pessoas convidadas estavam correndo atrás das melhores mascaras e roupas.

Num lado distante da cidade, Christine estava histérica, sabia que seu marido iria lhe dar o dinheiro para sua roupa e outras coisas, mas porque foi tão pouco?

- Viscondessa, por favor espere mais um pouco, você sabe como Florian fica triste quando você vai para algum lugar, eu posso acompanhar a senhora com ele... A empregada da casa estava cansada de ter que cuidar das birras do pequeno

- O que? Florian já é grandinho ... ele vai ficar bem, eu vou sozinha e não me espere para o almoço ... francamente você acha que iria ter que aguentar esse menino num atelie berrando? Christine entrou no carro e foi embora para a cidade

Era difícil viver tão afastada da cidade, mas christine sabia que era o melhor, seu marido tinha algumas desvalenças e era impossível saber como seus inimigos poderiam atuar contra eles, o fato era abafado na alta sociedade, pois com o status de Raoul era fácil esconder certas coisas.

- Oh Christine! quando tempo! Veio comprar o vestido para o baile não? Uma mulher cheia de joias e um chapéu chamativo atendeu a porta do atelie

- Sim! Eu sei que aqui há os melhores vestidos e os mais caros, eu preciso brilhar naquele baile, vou ter meu retorno aos palcos! Tenho que ser a estrela que sempre fui, mas agora mais brilhante que nunca! Christine entrou alegremente ao atelie

A mulher retirou diversos vestidos, todos muito chamativos e coloridos, Christine queria algo diferente, único e muito ousado.

- Sabe, meu marido vai amar esse decote, e bem ... olha esse corpo ! Não posso reclamar dele também .... talvez se você adicionar mais uns bordados na cauda do vestido e aqui, ajustar minha cintura, aperte mais! Christine provava seu décimo e quinto vestido, esse era vermelho, com um decote profundo deixando seus seios bem evidentes, era bordado com diversos cristais e a cauda era de um tecido transparente que ia até o chão.

- Como a senhora decidir, esse vestido vai parar o baile! A senhora vai ser o centro das atenções, espero que seu marido não ache muito chamativo o decote .... a mulher estava tomando as ultimas medidas

- Imagina, Raoul ama quando uso decotes ... ele sabe que tem uma esposa linda não? Bem, se você conseguiu anotar tudo, preciso ir ainda tenho que ir ver minha mascara e advinha? Terá rubis e diamantes! Christine se vangloriava pois tinha convencido o joalheiro da cidade fazer uma mascara exclusiva para ela

- Oh, então será uma joia de verdade! Então senhora bom passeio! A mulher se despediu de Christine

Por onde andava Christine chamava atenção, era uma mulher muito refinada e ao mesmo tempo fatal ... e era difícil ver a mulher sempre pela cidade

Ao entrar na joalheria Christine observou um homem de meia idade a admirando, estava lá comprando um conjunto de brincos, ao ver que a mulher estava o observando também o homem sorriu.

- Senhora quando tempo! Vejo que você veio ver a máscara que desenhei para a senhora? Espere aqui irei pega-la. O joalheiro mais que depressa saiu para buscar o desenho

-Acho que esses brincos ficariam lindos em você, se me permite a intromissão... o homem se aproximou de Christine, que estava admirando um brinco de diamantes

- Oh, sim ... acho que iria ficar bonito, mas não sem esse colar, o que acha? Christine apontou para o colar que estava ao lado dos brincos

- Com certeza, iria mesmo realçar sua beleza, senhorita ... o homem a admirou aos pés a cabeça

- Como uma famosa cantora, as vezes preciso ter mais do que um par de joias, e bem ... sempre meus fãs me presenteiam com algo ... o que eu mais amo neles... são tão generosos ... Christine olhou para o homem fazendo com que o mesmo ficasse animado

- Bem, o que posso fazer, escolha o que você quiser querida, e fale para o joalheiro colocar na minha conta, um presente para uma estrela como você. O homem sussurrou nos ouvidos de Christine

-Oh, obrigada... eu também recompenso muito bem meus fãs tão dedicados ... Christine beijou rapidamente o rosto do home, que foi embora

O joalheiro mostrou o desenho da mascara que tinha diamantes e um lindo desenho de flor, ao saber que o vestido de Christine seria vermelho, o homem adicionou rubis entre as flores

- Sim, o senhor que estava a pouco aqui, me presenteou com algumas coisas ... você pode pegar para mim esses brincos, esse colar e sim, esse anel ... ele vai pagar ... Christine apontou para as joias e deu um sorriso para o homem

- Oh sim, o conde Poulin ... ele é um homem muto generoso, bem aqui esta as joias viscondessa.

Christine estava reluzente, como era fácil ter alguns mimos de seus fãs, tinha odiado a quantia de dinheiro que seu marido tinha dado a ela, mas no final ela pode aproveitar um pouco mais e sair de lá com algumas joias novas

Ao chegar na mansão, Christine deu de cara com Raoul que estava com seus contatores, sua feição era de nervoso, assim fez com que os dois homens saíssem do escritório ambos irritados.

- Christine! querida, vejo que chegou de suas compras, e como foi? Raoul tentou se recuperar, os contatores tinham pedido demissão, a situação dos bens do visconde estava de mal a pior.

- Amor, consegui algumas joias novas!! Um fã muito generoso me deu ... olha o tamanho dessa pedra! Christine mostrou o anel no dedo toda orgulhosa

- Lindo mesmo ... e você sempre conseguindo seus presentes, mas espero que as outras coisas você reserve apenas para mim ... Raoul pôs Christine no colo e a beijou

-Claro amor! eles são só uns idiotas por ainda sonhar que tem chance com alguém como eu, e eu te amo ! Christine riu ao lembrar dos homens que sempre a presenteava com presentes caros

Os dois fizeram amor no escritório, Raoul era apaixonado por Christine, e ele nunca iria deixar que faltasse nada para sua musa, mesmo falido, ele sempre tinha seu jeito para agrada-la

- Raoul? Lembra da época do teatro ... eu nunca vou perdoar aquele idiota do Erik, imbecil, era para ter morrido naquele dia! Christine estava deitada no peito de Raoul

- Não sei como ele não assinou aquele papel, passando tudo para você! Ele queria o que? amor .. verdadeiro ? alguém como ele nunca vai ter algo assim. Raoul lembrou-se que ao saber das posses de Erik, traçou um plano em que Christine iria ser a única herdeira de tudo, depois da morte "acidental" do homem, mas o plano foi descoberto, e Erik fugiu

- Isso sempre me faz arder por dentro de ódio! Se tudo desse certo ... nós seriamos tão ricos! Christine fez um beicinho

- Bem ... não fique assim querida, você tem tudo que você quer, e lembre-se do baile, com certeza podemos fazer alguns contatos não? Raoul abraçou sua esposa que riu

- Sim! você vai ficar tão excitado com o vestido que escolhi ... vai ser perfeito! Vou ensinar essas jovens cantoras o que é uma estrela! Christine contou sobre o vestido e seu passeio pela cidade para Raoul.

O casal era realmente perfeito um para o outro, a personalidade fútil e forte de Christine era o que Raoul mais admirava na esposa, e Christine admirava a beleza de Raoul e seu amor devoto a ela, o marido faria tudo por ela, e ela iria fazer de tudo para conseguir sua fama de volta.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...