1. Spirit Fanfics >
  2. Recomeços sem você >
  3. Capítulo 3

História Recomeços sem você - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Capítulo 3


Rio de Janeiro, 2020

Minha vida estava cada vez mais corrida. Com a minha vida de Digital influencer cada vez mais engajada os patrocinadores não paravam de entrar em contato comigo. Mas era a correria mais incrível de todas, eu não trocaria minha vida atual por nada.

— Oi filha...- minha mãe me cumprimentou com um olhar triste assim que eu entrei no apartamento.

— Boa noite, mãe.- dei um beijo rápido e estalado na sua testa. A cada dia mais rugas apareciam no rosto dos meus pais devido à exaustão. Eles vinham brigando há muito tempo. Tudo começou há 2 anos. Eu não sei exatamente como foi, mas eles simplesmente pararam de dar certo juntos, todas as coisas em comum que eles tinham simplesmente desapareceram. Ainda assim eles se respeitavam muito, mas estavam empurrando o relacionamento com a barriga e era nítido que agora não fazia bem pra nenhum dos dois... 

Eu ficava triste vendo toda aquela situação e me sentia impotente. 

— Que bom que você chegou, filha. Tô fazendo um macarrão bem gostoso pra a gente...- meu pai anunciou quando me viu, ainda no corredor. Ele estava atrás do fogão e tinha uma toalha pendurada no seu ombro direito. 

— Que ótimo pai, só vou tomar um banho rápido.- avisei e fui em direção ao meu quarto.

Joguei minha bolsa na cama, tirei os sapatos e andei até o banheiro. Tomei um banho rápido e coloquei um pijama confortável. 

Depois de pronta eu aproveitei pra responder alguns seguidores nas redes sociais, postei alguns storys e voltei para a cozinha o mais animada possível, não queria que meus pais soubessem que eu sempre escutava suas discussões à noite e que perdia muito tempo de sono com medo de ser a última noite deles juntos ainda como um casal... eu não queria ser egoísta, eles mereciam ser felizes, mas seu seria hipocrita se não dissesse que eu queria que eles continuassem juntos, que ainda fôssemos uma família...

Enquanto meu pai terminava de preparar o jantar eu sentei no sofá ao lado da minha mãe enquanto ela olhava desinteressada para alguma coisa que passava na televisão.

 — E aí, mãe? Como foi o seu dia?- perguntei quando ela prestou atenção em mim.

Minha mãe trabalhava como professora há mais de 20 anos e sempre amou a profissão, seus alunos tinham na faixa dos 11, 12 anos, mas ela sempre foi muito paciente e todos os alunos sempre se apaixonavam por ela, o que não era difícil.

— Foi tudo bem. Estava até agora há pouco corrigindo algumas provas que eu tenho que entregar amanhã. E você? Tá tão magrinha meu amor...- ela me olhou com a testa franzida.

— Tá tudo bem, mãe! To ótima! A faculdade e o estágio estão sob controle.- garanti indo abraçá-la.

Ela soltou um suspiro e afagou meus cabelos.

— Eu me preocupo com você. Sempre vou.

— Tá tudo bem mãe. Eu quero que você fique bem também. Você é incrível.

Ela me abraçou com mais força.

— Você é o meu maior tesouro, minha filha.

Até que meu pai invadiu a sala, nos tirando daquela bolha que havíamos criado naquele instante.

— O jantar tá pronto!- ele anunciou, orgulho.

— O cheiro tá ótimo pai!- afirmei levantando do sofá e indo em sua direção.

— Modesta a parte mas sou um ótimo cozinheiro.- ele brincou, risonho e me abraçou.

— Sempre foi!- minha mãe falou se aproximando devagar.

— Obrigado, Helena. Fico feliz em ouvir isso.- meu pai declarou com um sorriso sincero.

Eu ainda conseguia ver o amor quando eles se olhavam, mas talvez agora fosse diferente, talvez fosse só um carinho, um respeito, uma amizade.

— Então vamos antes que esfrie! 

E depois de receber um olhar super empolgado do meu pai, fomos nós três para a cozinha e tivemos uma noite em família que não acontecia há muito tempo.

Depois de jantar eu fui pro quarto pronta para botar meu fone de ouvido, escutar minha playlist favorita e relaxar, até que meu celular apita no exato momento que eu conectei o fone no celular.

Reprimo um suspiro e fui ver o que era.

Algo dentro de mim dizia que era alguma coisa que mudaria a minha vida.

“Olá Bia! Nós somos da Universal Music Brasil e estamos entrando em contato com você para uma possível parceria. Vimos que você tem bastante seguidores e é muito ativa nas suas redes sociais. 

Nós somos a empresa de música de diversos famosos, tanto nacionais quanto internacionais e ficamos interessados em você para uma divulgação.

Um de nossos cantores está prestes a lançar um novo álbum e gostaríamos de fechar uma parceria com você para essa divulgação.

Você receberia um cachê por isso mas o que você faria seria gravar a sua reação escutando uma das músicas do álbum no fone de ouvido e filmado sua reação. Estamos escolhendo influencers de todo o mundo e você foi a nossa favorita para representar-mos. Aguardamos uma resposta.” 

Depois de ler toda a mensagem percebi que estava prendendo a respiração. Como assim divulgar um álbum de um cantor que eu nem sabia quem era?

Mil perguntas giravam na minha cabeça e não sei como fui capaz de digitar uma resposta naquele mesmo instante.

“Boa noite! Obrigada pelo convite e o interesse em mim, mas ainda tenho algumas dúvidas que gostaria de tirar antes de fechar essa parceira...”- foi o que eu respondi naquele momento de indecisão.

Enquanto esperava uma resposta eu fui ao banheiro, escovei os dentes e lavei meu rosto. Quando eu voltei para a cama vi que já tinha uma nova notificação.

“Ah, claro! Você mora no Rio de Janeiro né? Algumas pessoas na nossa empresa estão indo pra aí amanhã. Se você quiser podemos marcar um café para você tirar todas as suas dúvidas, o que você acha?” 

Depois de um longo tempo de conversa eu e a empresa tínhamos marcado um café para o dia seguinte. Só o que eu não esperava era que essa escolha ia mudar a minha vida para sempre. 


Notas Finais


Comentem o que acharam!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...