História Recompensa - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Black Clover
Personagens Asta, Magna Swing, Noelle Silva, Yami Sukehiro
Tags Asta X Yami, Black Clover
Visualizações 472
Palavras 875
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, LGBT, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Pov. Asta


Eu, Magna e Noelle tínhamos acabado de chegar de uma missão dada pelo Rei Mago. Noelle entrou reclamando e subiu, Magna estava empolgado com o sucesso da missão. A base dos Touros Negros estava meio vazia, então eu vi Yami sentado no sofá.


Eu: YAMIIIIIIIII

Yami: SILÊNCIO!!

Eu: CADÊ TODO MUNDO? EU FUI SUPER BEM NA MISSÃO, PRECISO CONTAR PRA SISTER.

Yami: Eu sei, parabéns, ganhou uma estrela HAHA.

Eu: MAIS UMA, FALTA POUCO AAAAAA COMO VOCÊ ACHA QUE ELES VÃO REAGIR AO SABER O QUANTO EU TÔ ME SAINDO BEM? EU LOGO SEREI O REI MAGO!!!!

Yami: CHEGA DE ASNEIRAS AAAA- Pude ver que Yami estava cansado de me ouvir falar já.

Yami: Tenho uma recompensa pra você. - ele disse em meio aos sorrisos.


Ele se aproximou de mim, eu dando passos para trás enquanto ele seguia na minha direção, derrepente senti-me encostar na parede. Yami logo me prendeu ali.


Yami: Então.. como posso dizer, isso é meio que inesperado.. - Ele sorriu de forma vergonhosa.


E então ele rapidamente aproximou nossos rostos, e selou nossos lábios em um selinho curto. 

Eu fiquei boquiaberto no momento, mal podia acreditar que isso fosse real.

Eu: Q-QUE??!!! Aaaa boa pegadinha ein Yami.


Ele sorriu e apenas selou nossos lábios novamente.


Eu tentei sair quando ele me puxou e me prendeu mais contra a parede, voltando a me dar beijos mais desesperados dessa vez, ele me beijou, de forma desesperada, mas o beijo desse vez foi mais demorado, ele separou nossas bocas apenas quando o ar fez falta e então começou a descer sua mão direita pelo meu corpo, até chegar em  meu membro que até então não estava ereto, ele começou a acaricia-lo por cima dos tecidos, fazendo-o mesmo despertar-se.


Yami: Fazia um tempo já que eu queria colocar isso em prática Asta..


Eu fico encarando-o sem expressão, quer dizer quem imaginou que isso sequer iria acontecer um dia?!


Ele vagatosameme abaixou minhas calças e começa a acariciar meu membro agora diretamente, fazendo movimentos lentos com a mão de cima em baixo.


Eu: Y-Yami-senpai-ah..

Ele sela nossos lábios de novo em um beijo lento enquanto sua mão continuava ali, aumentando a velocidade aos poucos. Ele separa nossos lábios e puxa uma linha de saliva entre nossas bocas, sem saber o que fazer eu também tento fazer o mesmo nele, aproximo minha mão no seu membro e acaricio um pouco por cima, dou umas apalpadas também, logo em seguida coloco minha mão por dentro de sua calça, consigo perceber o quanto ele está duro, e o quão maior ele é se é que vc me entende, faço movimentos de vai e vem de baixo pra cima e vejo um olhar de satisfação nele.


Ele aumenta muito a velocidade em que estava me tocando, sinto meu corpo ficando mole e apoio uma mão nele, quando eu estava prestes no meu limite já, ele retira a mão do meu membro.


Yami: Chega, abaixa.


Eu abaixo sem entender muito. Ele tira suas calças e consigo ver seu membro bem ereto, pingando já.


Yami: Me chupa agora vai, sem morder.


Eu mexo a cabeça concordando e desvio o olhar com vergonha, me aproximo de seu membro, vou devagar, lambendo a cabeça por volta, depois começo a sugar metade de seu membro em minha boca, quase me engasgo de começo, mas vou acostumando, sinto seu menbro pulsando na minha língua, Yami segura meu cabelo e faz eu engolir um pouco mais de seu membro, depois ele começa a puxar meu cabelo num movimento de vai e vem, minutos depois ele goza na minha boca.


Apesar dele ter gozado, vi que continuava ereto, mas resolvi dizer nada.


Ele me encarou por um tempo, e então me puxou pra cima, para depois me virar contra a parede, sinto ele encostando de leve seu membro entre minhas nágedas.


Eu: Vai com calma, eu sou v-virgem..

Acho que ele já sabia saber disso. Ele começou enfiando um dedo em mim, aos poucos, indo devagar, depois aumentou o ritmo e adicionou mais um dedo, quando vira que eu já havia acostumado, retirou seus dedos e levou seu membro até minha entrada, passando-o devagar para depois colocar tudo.

Foi difícil acostumar no começo, ele se mexeu devagar para depois aumentar o ritmo, pude sentir seu membro escorrendo dentro de mim.


Eu: Y-Yami a-aaaa..


Ele segura minha cintura com força, e começa a se movimentar, rápido, num vai e vem desesperado, sinto ele alcançando meu ponto sensível ali e não consigo conter os gemidos, doía muito, mas aos poucos a dor foi diminuindo e estava começando a ficar bom, eu mesmo comecei a me tocar, no mesmo movimento em que ele mete em mim, meu corpo ja estava ficando mole, senti que estava no meu máximo já.


Eu: Eu acho que vou go-


Yami viu que eu estava prestes a gozar, então levou sua mão direita para cabeça no meu membro e apertou ali, fazendo com que eu não conseguisse me aliviar.


Mais alguns minutos do Yami metendo em mim e ele goza dentro de mim, sinto aquele líquido quente escorrendo entre minhas pernas. Pude sentir que aquilo estava subindo aos poucos dentro de mim, então gozei também.


Eu: O-o que foi isso Yami-senpai..?


Ele vestiu sua roupa, e me deixou sozinho ali apenas murmurando um "xiu" enquanto deixava o local.

Céus se alguém daqui saber disso eu estou fudido com certeza


Notas Finais


sem comentários.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...