1. Spirit Fanfics >
  2. Reconciliação - Drarry >
  3. Amizade?

História Reconciliação - Drarry - Capítulo 9


Escrita por:


Capítulo 9 - Amizade?


Fanfic / Fanfiction Reconciliação - Drarry - Capítulo 9 - Amizade?

 

Hermione andava pelos corredores com vergonha, estava indo para a detenção por ter brigado na aula, mas quem podia a culpar? Parkinson era irritante, não prestava atenção e atrapalhava, Granger ficou irritada quando ela foi escolhida para ser sua dupla e mais ainda quando ela não ajudou em nada. Acabou gerando uma discussão e quase uma briga corporal, mas o professor interceptou antes. Agora a garota estava indo para a sala onde ficaria por duas horas polindo vassouras —  as vezes sentia que o novo professor de poções era ainda pior do que Snape.

 

Entrou na sala vendo Filch e Parkinson — E claro, um monte de vassouras —, se sentou em uma das mesas e ouviu Filch falar:

 

— As duas fizeram coisas erradas e atrapalharam a aula, estão aqui por causa disso. — Fez uma pausa sorrindo — Ficarão aqui durante as próximas horas, pulando, arrumando e cuidando dessas vassouras — Quando acabou de falar, pegou Madame Noora e saiu da sala a trancando.

 

Hermione bufou olhando para Pansy com um ar de desaprovação, pegou uma vassoura e um pano e começou.

 

 

 

As duas ficaram um bom tempo no silêncio, trocavam olhares as vezes, mas sem falar uma palavra. Depois de mais um olhar de fúria que Hermione depositou na garota ela se cansou e decidiu quebrar o silêncio.

 

— O que você quer? — Falou soando irritada

 

— Que?

 

— Por que está me encarando assim?!

 

— Hm — Hermione suspirou — Nunca ficou na detenção, eu sempre faço tudo certo e não gosto que do nada uma aluna tão baixa como você me faça vir para cá.

 

— Olha para o seu governo eu tenho as melhores notas da Sonserina! — Pansy se irritou

 

— Você? 

 

— SIM! Eu posso fazer tudo que a “senhora certinha” faz e mais um pouco!

 

— Você não sabe nem polir uma vassoura direito… — Hermione falou sorrindo confiante e olhando para o objeto na mão de Parkinson que já estava furiosa

 

— Eu faço melhor que você! — Olhou para a vassoura na mão da outra

 

— Você não faz nem uma azaração simples como essa: — Lançou um feitiço e a cadeira que Pansy estava virou fazendo a garota cair

 

— Você não sabe — Lançou um feitiço fazendo Hermione que  fez flutuar por alguns instantes e cair 

 

As duas ficaram se encarando por alguns instantes e começaram a rir,  estavam rindo juntas, nem sabiam por que, aquilo era engraçado.

 

— HAHAHA… — Se controlou para parar de rir — Então… Quer sair daqui?

 

— Que? Não podemos- — Pansy abriu uma das janelas e pegou uma vassoura já limpa

 

— Pare de ser tão certinha! A gente se esconde na floresta e volta depois nem vão sentir nossa falta — Hermione pensou um pouco

 

— Voltamos em trinta minutos no máximo! — Falou autoritária subindo na vassoura e indo junto de Pansy

 

 

 ( ���� )

 

As duas ficaram conversando por muito tempo, estavam a beira de um lago, sentadas na grama, sem perceber, ficaram a tarde inteira ali, acabaram virando amigas.

 

Com o tempo elas foram se encontrando todos os dias ali, conversavam durante o intervalo das aulas, nos fins de semana e de vez em quando em Hogsmead. Gostavam da companhia uma da outra. 

 

Sem perceber passou-se um mês, já era dezembro e o inverno chegou, a cada dia Hermione ficava mais afastada de Rony, igual a Harry que mantinha o relacionamento com Draco

 

Pansy havia chamado Hermione para conversar na sala precisa, a garota não entendia o por que de todo esse mistério, eram amigas, certo? Por que não poderiam conversar do lado do lago como sempre? 

 

Ela andava a passos firmes procurando a sala, sabia que alguma hora ela iria aparecer, era uma certa “regra” da sala, quanto menos esperar e mais precisar ela vai aparecer. Continuou andando e com os pensamentos na cabeça quando viu a porta da sala e entrou.

 

O chão estava cheio de rosas, Mione não estava entendendo nada, apenas encarou Pansy que estava ali. Ouviu a porta atrás de si fechar faendo um som alto, Pais andou até ela, estava diferente, seu cabelo estava cortado e estava com um uniforme masculino, céus o que ela tinha feito?

 

— Mione… — Pansy começou andando em direção a garota — Eu… Eu comecei a gostar de você, faz um tempo. Eu sempre fiquei te olhando e dizia pra mim mesma que era por ódio mas… nesse ultimo mês eu pude me aproximar de você e-

 

— Pans… — Tentou soar calma

 

— Não! Me deixa acabar… — Ficaram em silêncio por uns segundos — Eu… — Pigarreou — Eu sei que não gosta de garotas então eu me vesti assim, eu… eu espero que goste de mim, eu gosto de você e…

 

— Pans eu namoro 

 

Aquilo cortou o coração da garota, ok, aquilo não era de certa forma uma novidade, Hermione é bonita e inteligente por que ela não namoraria? Ela começou a chorar e tentou segurar, mas as lágrimas não paravam de escorrer

 

— Pans… — Pansy saiu correndo, não olhou para trás, não queria olhar não queria encarar Hermione

 

Hermione ficou ali, parada, encarando a porta entre-aberta, seu coração batia rápido, ela tinha perdido sua amiga, ela gostava de Pansy. Sentiu que havia estragado tudo, queria chorar, queria ficar sozinha. Mas não ali, ali poderiam vê-la. Saiu correndo tentando segurar as lágrimas que insistiam em cair. Foi para o banheiro da murta, entrando eles ali.


Notas Finais


Eu espero que tenham gostado, esse capítulo não foi revisado porque eu não tenho cabeça, eu tinha esquecido que era sexta e estou trabalhando em um desenho minhas costas morreram :') bem, desculpem qualquer erro e talvez eu revise amanhã

beijos do one


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...