1. Spirit Fanfics >
  2. Reconstruindo >
  3. Grandes fatos

História Reconstruindo - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Grandes fatos


Talvez o grande mistério da vida seja enfrentar de frente o que mais lhe causa aflição, após a despedida de Clark que voltou para o trabalho fico meditando como será daqui para frente, sei que muitas pessoas desse complexo mataria para ter o novo cargo.
Sei como me olham é um olhar de reprovação por cada ato meu, reparei em cada movimento sutil de cada um a minha volta e é uma merda, agora aqui embalando mais uma caixa me questiono novamente se deveria ter cedido tão rápido para vir para essa empresa,, se deveria dizer que me mudaria para lá com todos as coisas que deixei para trás.
__ Quer dizer que ficou sabendo pelo Potter que você vai se mudar? __  Kara entra pela porta do meu apartamento enquanto fecho mais uma das minhas malas.
__ Você não precisa de mim Kara, acho que Clark precisa da minha orientação __ Falei descendo mais uma mala de cima da cama se juntando a outras seis no chão.
__ Ah claro como se todos fossem deduzir que um homem da idade de Kal fosse precisar de você mais do que eu __ Kara falou parada de frente a mim eu segurei a mão de Kara a sentando na cama de meu quarto ela suspira.
__  Quando mamãe e papai pediu para que eu viesse a Terra com você não foi somente para cuidar de você e sim também para cuidar de Kal, eu passei esses últimos anos ignorando boa parte de minha missão, Clark precisa de mim, e eu da grana alta que vou receber e não se preocupe por que assim que a central do P.D. chegar poderei voltar __ Falei para ela que tinha lágrimas em seus olhos.
Eu somente abraço ela apertado, Lena me ofereceu sua casa para ficar um tempo para provocar Harry disse que iria aceitar, ele sempre foi bem ciumento.
__ Sim, mas Kal se virou bem ate hoje sem você, e eu preciso da minha irmã __ Falou Kara um pouco chateada.
Eu suspirei negando com a cabeça, ela sempre foi dramática desde muito nova, porém agora vejo que isso ainda não morreu nela.
__  Clark é o nome dele agora, e pare de agir como se tivesse somente cinco anos Kara, você tem Alex e ela vai cuidar de você como uma irmã cuida da outra __ Eu falei pegando um pano para cobrir a poltrona da minha casa, ela me olhou novamente.
__ Pare de agir como se você não fosse importante para mim Kyra você é minha irmã mais velha irmã de sangue __ Ela reclamou entre lagrimas, me sentei ao seu lado contrariada com suas lágrimas.
Uma parte minha quer discutir sobre sua infantilidade e a outra quer somente relaxar um pouco antes de uma mudança e fazer ela parar de chocar como criança.
__  Calma minha querida, Central City fica a menos de sete minutos se você voar rapidamente __ Coloco os pontos na mesa que ela sabe, sempre foi a poucos metros de Kal-El durante voos, mas ela não voava agora quer ser heroína e pode fazer isso.
__ te deixarei ir se ficar na casa de Clark, sem apartamentos ou outro lugar, por que se é para ficar com Clark é com Clark que ira ficar! __  Kara falou firme para mim como se adivinha-se onde eu ira ficar.
Ela sempre foi assim me dava um coisa em troca de outra, eu suspiro pensando em ter que conviver com a mulher que a quase três dias foi humilhada por mim em cadeia mundial.
__ Não acho que vai ser uma convivência agradável a minha e da senhora pega todos __ Eu falei tampado meu piano ao lado do computador que irei levar pela transportadora.
__  Se você vai para dar assistência a Clark por que iria se incomodar ficando em outro lugar? A não ser que queira que eu faça o mesmo que você é me mude para casa de Cat --- Eu engoli perante sua ameaça e assento com a cabeça não vai ser nada doloroso ficar na mesma casa com Clark.
Olhar na cara daquela sonsa não somente no trabalho mais também em nossa casa vai dar um trabalho e tanto.
__  Okay senhorita eu mando em tudo e não suporto ser controlada! __ Eu falei abraçando minha irma em um abraço de urso __ Prometo vir lhe ver sempre Kara, eu te amo mais do que tudo e você e Kal são tudo que me restou depois que Krypton se foi com tudo dentro.
__  Eu sei Kyra vocês são tudo para mim também, de um beijo em Clark __ Ela pediu para mim andando junto comigo e minhas malas ate meu carro, eu assenti sorrindo colocando tudo dentro do porta mala.
Foi complicado de início todo o lance da mudança para uma nova cidade devo começar meu trabalho segunda, ou seja, tenho dois dias para arrumar tudo na nova casa, verificar os últimos acontecimentos e revisar conteúdos.
__ Seja como for, seja onde estiver eu sempre estarei com voce Kara da casa de El __  Eu falei segurando seu rosto entre minhas mãos ela suspirou assentindo com a cabeça.
__ Eu amo você Kyra, se cuide e cuide bem do nosso primo por favor __ Kara falou com os olhos cheios de lágrimas não caídas.
Vai ser difícil a despedida, mas agora essa vai ser minha realidade, ela tem Alex que ira a apoiar com toda certeza e eu fico feliz por ela conhecer pessoas tão boas, eu entrei em meu carro e parti acenando para mim irmã enquanto dirijo rumo a minha casa nova a casa de Clark.
Não sao mais de seis horas de viagem eu chego em Central City, atravesso boa parte da estrada ate que fico de frente com Planeta diario o que significa que são somente mais dois quarteirão para chegar na casa de Clark.
O meu nervosismo é notório nesse momento, não sei qual vai ser a reação dos dois ao me verem chegando.
Quando por fim cheguei desliguei o carro e pulei para fora, aperto a campanhia com insistência ate que Clark aparece de pijama na frente da porta, curtindo seu dia de folga Kal, gargalho antes de puxar meu primo para um abraço firme e forte.
__ Kal, curtinho o dia de folga não é mesmo? __ Eu falei antes de apertar mais ele contra meu corpo sendo correspondida a altura, Clark parece animado ao me ver.
__ Nossa não esperava te ver tão cedo dessa forma __ Ele falou alisando minhas costas com suas poderosas mãos.
__ Clark lembra que eu lhe disse sobre minha vinda para cá, sei que o que vou lhe pedir pode parecer evasivo e prometo não ficar brava caso não queira. Eu queria ficar aqui com você? __ Pedi um pouco com carinha pidona o mesmo assentiu sorrindo.
Ele esta em um pose muito serena para alguém que terá sua privacidade invadida de uma hora para outra e dessa forma.
__ Acho que preciso de algum parente para apresentar antes que levantem suspeitas não é? __  Clark falou em sua forma bricalhona que me aceita em sua casa, nos dois tínhamos essa piada sobre nunca apresentarmos parentes aos nossos amigos  __ Hum se não soubesse que vai se mudar eu ira perguntar trouxe meio mundo com você?
Eu olhei para as malas dentro do meu carro quase chorando por não ter trazido tudo que é meu do meu apartamento.
__  O mundo é enorme Clark, tão enorme quanto Krypton __ Eu falei indo ate meu carro e puxando as sete malas do mesmo.
Clark me ajudou a levar para dentro de sua casa sorrindo colocando seu óculos para bloquear sua super visão.
__  Sei bem, não trouxe tudo não é mesmo? __ Foi tudo que Clark falou antes de me levar ate um comodo onde provavelmente deve ser seu quarto, Clark deixou as malas que carrega sobre a cama.
Eu observei a decoração simples do local sua casa é espaçosa para uma pessoa agora tem duas o que vai dificultar um pouco afinal não somos casados.
__  Esse é meu quarto, podemos dividir ele, dormimos na mesma cama ou podemos comprar uma para você, talvez eu possa dormir no sofa ja que não sofro de torcicolos __ Ele falou rindo um pouco, como sempre fazendo humor com as coisas mais simples da nossa vida.
Eu gargalho segurando minhas malas sobre a cama negando com a cabeça.
__ Não se preocupe Kal eu ja dormi tanto com voce que nem me incômodo em dividir uma cama, seu metido, so não me peça para sair do quarto para você e Lois __  Eu fiz cara de nojo enquanto falo negando com a cabeça enquanto faço sons de vômito.
Ele me olhou quase querendo rir das minhas palhaçada, mas não é difícil imaginar isso afinal ambos tem uma relação duradoura e eu acabo de chegar em sua vida.
__ Pare com isso, não vamos fazer isso com você aqui, além do mais Lois tem seu apartamento, então já sabe quando eu posar fora __ Ele começou a explicar para encobrir sua vergonha com minhas palavras.
Eu coloco minhas mãos sobre sua boca deixando o mesmo gargalhar sobre minhas palmas, eu segurei seu rosto sorrindo olhando em seus incríveis olhos claros, seu rosto é tao bonito sua postura é linda, Clark é lindo.
Não é a primeira vez que reparo nesse pequeno detalhe em sua aparência a forma na qual seu rosto tem detalhes provocantes, queixo quadrado, físico de dar inveja.

"Mas que merda eu estou pensando?"

Recuei rapidamente enquanto tento controlar meu coração que esta saindo pela boca com uma frequência absurda. Clark tem as bochechas coradas de vergonha e aposto minha irmãzinha que eu também, por que afinal eu nunca apostaria meus sapatos nisso.
__  Já falou com Kara sobre sua estadia aqui? __ Ele falou trocando os pés e o assunto, eu lembrei de das várias birras dela antes de me deixar vir.
__ Condição dela eu estar aqui, ela falou algo sobre se vai cuidar de Clark comece cuidando de sua casa e suas coisas __ Eu comentei para ele que deixou uma leve risada sair por entre seus lábios.
Clark me ajudou a arrumar minhas coisas em seu guarda roupa e tive que deixar algumas coisas nas malas, já na sapateira coube tudo por que homem geralmente não tem muitos sapatos tanto que ele até me implicou pelos meus.
__  Oh nossa parece uma copia da minha, porem nao uso saias __ Clark exclamou ao puxar minha roupa de uniforme, eu sorri segurando com carinho e mostrando para Clark.
__  Me chamam de StarBlack __ Eu falei segurando o tecido da roupa em minhas mãos sentindo meu mundo sair um pouco do lugar.
Clark continuou olhando a roupa, eu sorri segurando sua mão, reparei no formato da mesma, seus dedos sao longos e grossos sua mao parece quadrada de tão bem desenhada, subindo tudo que se nota é o quanto Clark é forte não somente por causa de seus poderes Kryptorianos e sim por que o mesmo tem músculos.
__ StarBlack, não me surpreendo com isso, Cat sempre foi péssima para nomear, mas seria uma referência a estrela de Krypiton? --- O mesmo perguntou em um tom compreensivo eu segurei meu corpo com força a estrela negra ficava ao lado do Sol vermelho e era é a estrela mais brilhante vista por Krypton mais está a anos luz da Terra.
__ Acho que ela nem deve conhecer isso, talvez seja somente coincidência Kal-El! --- Eu falei segurando o rosto do mesmo firmemente isso é uma maneira minha de dizer que está tudo bem.
Clark me olhou e seus olhos brilharam, suas duas esferas azuis claras e vibrante me desnortearam um pouco, eu alisei seu rosto com cuidado sentindo os contornos de seu rosto, comprido e de formato oval era lindo, porém seu queixo tem um formato quadrado, sua boca tem uma linha bem desenhada, o formato lindo seus labios parecem ser perfeitos nem grossos e nem finos, prendo meu olhar por vacilantes minutos ali ate balançar a cabeça me dando conta do que estava fazendo, me levanto da cama com uma velocidade rápida, Rao o que esta acontecendo comigo? Por que de repente Clark se tornou impossível de resistir?
__  Não, pare de pensar nessas coisas, Kal é impossivel __ Eu exclamei tentando esquecer esses pensamentos no fundo do meu cérebro, talvez seja somente admiração por Clark, talvez seja somente admiração por quem meu primo é e o quão bonito ele seria considerado em Krypton.
__  Kyra acho melhor você descansar um pouco __ Clark falou com uma voz oscilante eu segurei a parte interna de minha coxa tentando reprimir não so meus pensamentos mais a vontade de beijar ele.
Que vontade, eu estou louca so pode ser, tantos anos com os terráqueos que me esquece de como é ser uma pessoa centrada e no controle da minha vida.
__ Clark você está aí? __ A voz de Lois soou na hora errada, eu ainda estou tentando entender o problema.
Não estou sobre o controle de meus sentimentos não agora, eu segurei bem meu corpo tentando reprimir minha vontade de socar alguem, ouço um barrulho tipo estralar de ossos.
__  Diminua a intensidade do aperto ou vai se machucar, experiência própria __ Ele falou puxando minhas mãos do meu corpo __ SIM LOIS __ Clark grita pela namorada, eu respiro fundo pegando minha roupa de super heroína.
Preciso sair um pouco dessa casa, preciso de um tempo somente com meus pensamentos.
__ Não estou me sentindo bem Clark eu vou sair __  Falei puxando meu vestido para cima e colocando minha roupa, ouço a porta ser aberta por Lois antes da mesma falar.
__ O que esta acontecendo? __ Perguntou a mesma me olhando eu neguei com a cabeça soltando meu cabelos do rabo de cavalo.
Caminho ate a varanda da casa de Clark saindo voando pela mesma, eu fiquei um pouco flutuando pela cidade ate parar no topo de um prédio ao norte da casa de Clark.
Fico um pouco sentada até que meu ouvido ouviu uma sirene de carro fazendo uma corrida atrás de um carro onde vejo uma mulher dentro com um homem apontando uma arma para sua cabeça, eu deixei meu corpo cair pelo precipício ate alcançar o carro que passava na lateral do prédio.
Paro bem de frente ao carro com a mão estendida pedindo que parasse mais o bandido que esta dirigindo tenta desviar e continuar seu caminho.
__  Ja peguei naves maior do que seu carrinho idiotas! __ Falei antes de com um pulo agarra-se a parte detrais do carro fazendo o mesmo amassar e moldar minha mão de um jeito maravilhoso, peguei o carro nem usando muira força e ergui um pouco ele para cima.
Os bandidos saíram de dentro do carro com raiva e com as armas apontadas para mim que com um sorriso debochei, então eles olharam para os policiais eu tremo um pouco antes de avançar, minha bota desliza sobre o asfalto com rapidez em minha corrida nada justa por causa da minha velocidade, enquanto o mesmo descarrega o cartucho de balas em mim sendo que nem faz cócegas, segurei a arma a amassando com facilidade.
Então um disparo é ouvido por mim enquanto o corpo da mulher se choca com o chão e os policiais abrem fogo contra os bandidos, eu caminho sem problema entre as balas e me agacho entre as pessoas segurando a mulher com força ela somente um corte superficial na barriga, com o raio-X eu analiso seu corpo constatando que nada grave aconteceu, segurei a mulher voando com a mesma em direção a um hospital foi quando vi SuperHomem chegando perto e parando perto de mim, ele olhou a mulher e a pegou de meus braços.
__ Vou levar ela para o hospital __ Clark afirmou eu voei atras dele contrariada comigo mesma com meu desequilíbrio mental com a situação a mulher poderia ter morrido por que não consigo aceitar que acho Clark atraente e sexy.

O atendimento foi rápido assim que viram Clark chegando logo souberam que tinha acontecido alguma coisa e ver aquela mulher sendo levada daquela forma me fez ficar mal por alguns minutos.
__  O que aconteceu você tinha o domínio da situação, e de repente tudo sai do controle aconteceu alguma coisa? __ Ele insiste nesse ponto somente neguei o abraçando com carinho sem lembrar da presença de varias pessoas no hospital.
__ Estou tão confusa Super Homem que eu nem sei o que fazer __ Eu falei para ele e todos a minha volta pareciam fascinados.
__  Você ainda não decidiu se é isso ou não que quer? __ Clark me questionou eu balancei com a cabeça voando para cima esperando ele acompanhar.
__ Eu sei que quero ser heroína e minha dúvida não é quanto a isso, é com relação a uma sucessão de coisas __ Afirmei o olhando ja sobrevoando a cidade que tem um movimento em baixo de mim.
__ Então não vejo motivos para tanta confusão, somos poderosos e nossos poderes podem salvar vidas então fazemos o que é necessário __ Ele falou parado de frente ao meu corpo, eu somente aliso minha cabeça sentindo a complicação.
__  É a segunda vez que saiu em uma missão e quase mato alguém por que quando se vive em Krypton com 14 anos comeca seu incansável treinamento e com seus 15 você ja sai em sua primeira missão, por isso falo estou preparada para isso mais aqui na Terra não é compreensível o que estou sentindo, seria mais fácil para mim não sentir Kal __Apesar de saber que estamos entrando em um ponto crucial, não posso negar que preciso falar para me sentir bem.
__  Do que está falando? __  Ele me perguntou enquanto seus olhos me admiravam.
Eu somente abraço meu corpo vendo que algumas pessoas lá em baixo estão tentando nos olhar e tirar fotos nossas com sua câmera.
__ Em Krypton não importava quem você era ou de quem gosta você era aceita com seus defeitos e qualidades __ Eu falei para ele sem entender o que ele representa para mim, de uma forma verdadeira.
__ Esta falando isso pelo que o diário de notícias publicou? Deixe isso quieto eles sãos uns babacas, você não pode ser considerada menos do que é somente porque deixou Cat para vir ao Planeta Diario __ Ele falou segurando meus ombros com firmeza me olhando.
__  Kal não é isso, é complicado de se descrever quando nem mesmo você consegue confessar em seu íntimo, mas eu vou tentar, Eu meio que... __ Eu não consigo verbalizar o que estou sentindo, tudo em mim leva ao impulso de agarrar ele com força e o beijar.
Em nosso planeta Krypton apesar de nosso parentesco ainda seriamos um casal comum e ele encararia o meu gostar por ele comum mais agora aqui na Terra.
Eu respirei fundo levando a mão para detrais de seu pescoço e esvazio minha mente, colando nosso labios um no outro, isso é estranho de início por que sei a quem estou beijando, puxei seu corpo para mim, ele segurou minha cintura antes de fechar a parte de seus lábios inferiores comprimindo meus labios em um beijo quente e apertado, ele se vira um pouco para que nossos nariz não fique se chocando, eu gemi fechando meus olhos com força e o puxando mais para perto ainda.
__  Kal-El! __  Eu falei entre seus labios que se movem com sede dos meus assim como eu para conseguir mais desse gosto doce e indecifrável de sua boca.
__  Kyra __ Ele sussurrou entre meus lábios eu me afastei um pouco nervosa segurando minha respiração, meu coração martela minhas costelas, toquei meus labios com cuidado antes de olhar para o mesmo que perplexo me olhava __ Não preciso perguntar se incesto é comum no nosso planeta natal?
Eu dei um sorriso sem graça e suspirei, sinceramente não era o que eu esperava ouvir nesse momento onde nossos corpos se encontram.
__ Realmente é um costume respeitar todos os que se amam em nosso planeta.
Clark nada falou sobre Lois, eu encarei o caminho ate a casa do mesmo um caminho que dentre o silêncio nos fizemos, amaldiçoada pela própria sorte significa Kyra em Krypton tem tanta sorte que chega a ser amaldiçoada.
Aparentemente teorias sobre quem é a garota que beijou SuperMan se espalhou, então passei de nova super heroina para a nova namorada do superman,, Clark ficou ao meu lado enquanto tentava fazer uma reportagem sobre isso que com certeza Minerva vai querer uma exclusiva.
__ Não podeira nem mesmo se quisesse esconder quem eu sou dela Clark, quando salvei o avião ela estava perto e me viu voar mais tenho certeza que ela não ira contar __ Eu falei para Clark que somente ficava pairando sobre meu corpo voando de forma não intencional __ Sabe Clark você tem a mesma mania de seu pai!
Essa discussão começou quando minha amiga Lena mandou uma mensagem perguntando se a mulher que beijou ele era eu.
Ele me olhou de forma curiosa e gentil, eu segurei sua mão o puxando para baixo, ele aterrissou no chão do quarto me olhando.
__  Seu pai ficava subindo nas coisas ou saia de nave para poder pensar ele dizia que o alto o ajudava a pensar, digamos que quando soube que voce iria nascer ele ficou mais de um dia em cima do telhado sem que ninguem pode-se chegar perto, o que foi muito engraçado e rendeu gargalhadas gostosas para sua mãe Kal-El.
Ele sorriu segurando minha mão com firmeza, eu coloquei minha cabeca em seu ombro suspirando fortemente, Clark passou a mão por minhas costas em conforto a mim.
__ Seus pais iriam me matar se soubessem que eu beijei você, apesar de ser natural primos se casarem por exemplo seus pais, mas eles não aceitariam por nossa incrível diferença de idade fora que nessa epoca eu já estaria casada e teria filhos __ Eu falei pela lógica que rege esse momento.
Eu tentei novamente fazer com que ele comente sobre nosso beijo mais nada parece fazer efeito sobre ele e o mesmo sempre desvia o assunto.
__ Vamos conversar sobre isso agora? __  Perguntou Clark um pouco incomodado, eu assento com a cabeça.
__  Eu preciso saber Clark como voce se sente quando esta perto de mim? Preciso saber o que sentiu quando lhe beijei? __  Falei firme o olhando ele somente alisou com mais frequência a minhas costas antes de sussurrar.
__ Agora não é o momento para isso, acho que temos que prestar satisfação a Kara que deve estar chocada __ Clark fugiu indo em direção a sala, fiquei sozinha no quarto olhando para os lados, Clark com certeza deve estar com raiva de mim pelo que eu fiz com ele o beijei sem antes avisar mesmo sendo sua prima.
Me lembro automaticamente de Jor-El e Lara Lor-Van os pais de Kal-El, deles me entregando o colar que guardo no pescoço desde que pousei na Terra, nunca entreguei a ele por falta de tempo ou por não achar essencial. Segurei o brasão da casa de El e o da casa Lor-Van, ele brilha o brasão quando Kara o toca porém isso não acontece ao meu toque e não sei o motivo ja que a casa de El sempre brilha aos toques de seus moradores.
Acho que por fim esta na hora de entregar ja mantive isso tempo demais comigo, Lara me mataria se pudesse eu deixei Clark no escuro por mais tempo do que era realmente necessário.
__  Kara quer falar com você __ Clark falou apontando o telefone para mim eu peguei o mesmo desligando Clark me olhou, eu deixei o Telefone sobre a cama.
__  É seu, na verdade já deveria ter te entregue __ Puxei o colar entregando o colar ao Clark e ao ter contato com sua pele o mesmo começou a brilhar em uma intensidade impressionante, eu fechei meus olhos com força, quando abri Clark me olhava com os olhos Brilhando __ Que merda aconteceu aqui?
__  Você é muito parecida com minha mãe __ Sussurrou Clark para mim e eu assenti com a cabeça ele suspirou sorrindo, ele esta fascinado pela provável imagem que viu.
Clark não falou mais nada antes de se inclinar tomando meus labios no seus em um beijo afoito, eu segurei sua cabeça pela nuca e prossegui com nosso beijo, seus lábios se fecharam nos meus e nossas forças se completavam, podemos usar a nossa real força sem medo, em um pulo estou com as pernas enroladas em sua cintura sentindo algo me cutucar, eu sorri ao constatar sua evidente ereção, mordo seus lábios enquanto o mesmo desfaz o beijo, eu suspirei colocando minha cabeça em seu ombro.
__ Me sinto tão errado ao fazer isso, mas é impossível resistir __ Ele disse antes de beijar meu pescoço com carinho, eu puxei seus lábios em outra mordida enquanto o mesmo desce suas mãos ate minha bunda dando um aperto firme e forte.
__ Por Rao como seus lábios são deliciosos __  Eu falei antes de colar meus lábios no dele com firmeza e amor.
Eu movo meus lábios de forma rapida e deliciosa, puxei sua blusa para cima e quando iria sair de seu corpo ouço a chave da casa ser balancada e a porta ser aberta, desço mais do que rapido do colo de Clark me arrumando sobre seu olhar.
__ Sua namoradinha chegou Clark, vou cumprimentar a corna antes de falar com Kara.
A maldade pode ser palpável pela minha voz, puxei seu corpo dando um leve selinho antes de sair pela porta ajeitando minha roupa no corpo, caminho decisiva para a sala onde a mesma esta com as coisas do jantar na mão, ela me olhou de olhos arregalados, eu me joguei no sofa sorrindo.
__  O que deseja o qualquer coisa estranha? __  Falei ligando a televisão da casa, eu olhei o programa espacial que sempre fala sobre a tecnologia espacial, espero um dia poder ver um nave semelhante a minha ser produzida.
__ O que esta acontecendo, por que essas roupas? __  Ela perguntou se referindo ao meu pijama praticamente invisível pelo tamanho curto.
Eu faltei jogar na cara dela a competição, mas me controlei eu não quero que ele fique alarmada com minha chegada ou fará tudo para me afastar dele, mas querida eu vou seduzir, hipnotizar e ter Clark ou Kal-El tanto faz mais ele será meu, somente meu oh horrorosa em 3D.
__  Kal trás o telefone para mim fazendo um favor, obrigada te amo! __ Falo encarando a Lois que está chocada ao saber que seu namorado está aqui e eu estou assim.
Eu me virei deixando minha bunda para cima sorrindo e cruzando minhas pernas flexionando meus joelhos em uma pose sexy, Clark chegou com o telefone na mão e com uma roupa diferente ele com certeza tomou um banho ja que eu o deixei na necessidade, o mesmo estendeu o telefone e peguei mordendo os labios ao tocar suas mãos, Clark desviou o rosto e foi ate a namorada, não preciso dizer que quase vomitei ao ver ele se beijando? Somente nao vomitei pela dor em meu peito.
Lois me olhou debochada eu mostrei a língua para ela e me inclinei apertando os botões do telefone, começou a chamar o numero, eu olhei vendo o programa e o apresentador lindo que eles tem, resolvi provocar.
__ Hummm Lois você não acha Ricardo lindo? Olha só esse homem maravilhoso __ Falei olhando para a televisão que mostra o apresentador falando do novo modelo de avião que vai ser lançado daqui a alguns meses.
__  Ele tem seu charme! __  Lois falou olhando eu me virei para ele deixando minha camisa mostrar parte de meus seios sem puxar a mesma.
__  Charme, bem que eu gostaria de sentir o charme dele, tenha certeza disso __ Falei sorrindo maliciosamente.
Lois gargalhou me olhando o clima parece ter se aliviado aos olhos da mesma, porém aos de Clark acabou de ficar pesado.
__  Ele me lembra como é a fisiologia dos homens em Krypton, lindos, fortes, inteligentes e bom de conversar, será que ele aceitaria dar uma entrevista para mim e outras coisas? __ Eu perguntei rindo um pouco para ela que somente deu de ombros.
Clark me olhou severamente enquanto Lois simplesmente esta confusa com minha simpatia do nada, eu sorri me virando para televisão quando o outro lado da linha do telefone atendeu.
__ Fala bebê, Clark falou que voce queria falar comigo? __ Falei para o outro lado ainda olhando o cara na televisão.
__ Não sabia que era a fim de Clark e muito menos que o beijaria ele, sabe que milhões de pessoas viram isso __  Kara falou do outro lado da linha eu congelei no lugar não posso explicar isso agora.
__  Eu não era, não sei direito podemos falar sobre isso outra hora? __ Questionei ela olhando para Clark que esta conversando com Lois.
__  Podemos ir ao meu apartamento tem coisas que eu quero que faça por mim __ Lois sussurrou de modo pesado ao meu ver por que ela está sendo maliciosa e isso da a entender o que ela quer.
__  Vou para ai imediatamente não saia daí __ Falei de supetão e mais alto chamando atenção do casal a minha frente corri até a parte inferior da casa e peguei minha roupa de heroína e apareci na frente de ambos __ Nunca se esqueça para o alto e avante!
Eu falei entrando na sacada da casa, Clark me olhou por entre seus óculos, o caminho ate Nacional City foi curto na minha velocidade.
Porém não fui ver Kara passei diretamente para o apartamento de Harry, o barrulho da televisão era ouvido, entrei pela janela e pisei no piso, Harry que estava segurando um balde de pipoca me olhou de olhos arregalados, eu fiz com a cabeça insinuando para que ele descesse já que o Malfoy estava aqui, ele assentiu eu escapulo pela janela aterrissando no chão.
Apos uns segundos ele chegou com um casaco de frio e uma chave na mão, eu abracei ele forte o mesmo correspondeu ao abraço, Harry seria provavelmente o que eu levaria para uma ilha deserta.
Ele sussurrou palavras de conforto em meu ouvido antes de prosseguir seu caminho para a portaria do seu predio fomos ate um dos bancos ao norte do apartamento, minha roupa se destaca entre as outras, mas vai ser legal falar que o único a me conhecer como jornalista é Harry Potter.
__  O que aconteceu? __ Ele me perguntou alisando meu rosto eu suspirei __ Eu vi a declaração de Lena na Internet te agradecendo pelo apoio e dizendo que achou muito bonitinha e exagerada a matéria de brincadeira que você fez em apoio a ela! --- Harry comentou eu neguei com a cabeca escorando a mesma no banco.
__ Pois é, minha vida virou um caos completo, Harry você ja se apaixonou por um parente seu? Tipo Primo? __ Perguntei olhando para Harry ele sorriu como se eu estivesse lhe contando uma piada hilária.
__ Claro que sim, quem nunca achou um primo bonito quando menor atire a primeira pedra, Kyra você falando isso por causa do seu beijo e de SuperMan? --- Ele perguntou carinhosamente somente confirmei confusa, ele sabe me decifrar quase se fossemos irmãos.
__ Sim, por Rao eu estou tão confusa que acho que vou desmaiar sério mesmo Harry, agora mesmo ele e sua namorada deve estar transando enquanto eu estou aqui me consolando com meu amigo Gay, droga __ Falei olhando para a janela a risada de Harry se fez presente.
__  Vamos convenhar Kyra você é a mulher mais sexy e tentadora que eu já conheci não é atoa que você é a única mulher capaz de me fazer der uma ereção sendo que sou gay __ Eu ri de sua colocação eu sei ate onde meus dotes de charme podem me levar.
Sei enlouquecer a maior parte das pessoas, porém Lois é o amor de Clark, não quero apostar em transar e pronto para depois me machucar.
__  Vai muito alem de brincar de sedução, Clark é um homem __ Eu comecei mais fui interrompida pelo toque do meu celular, puxei ele de entre meus seios e olhei a tela o nome de Clark brilhando fiz sinal para Harry ficar quieto __ Hey, fala Clark? __  Questionei assim que atendo o celular olhando maliciosamente para Harry.
Sua respiração tinha um tom desanimado na voz então somente dou de ombro para essa questão.
__ Volte para casa Lois já se foi, obrigado pelo tempo livre apesar de eu ter lhe dito que não precisava __ Clark sussurrou com uma voz pesada parecia estar sentindo culpa por tudo.
__  Não a por que Clark __ Fiz minha voz ficar rouca de tesão e posso jurar que ele se arrepiou.
__ Querida volte para cama __ Harry falou alto o sufiente para que Clark ouvisse eu sorri para ele.
Eu somente finjo colocar a mão no celular para tampar e sussurrar para ele.
__ Eu tenho que voltar para casa, obrigada por me receber essa noite, como sempre foi maravilhoso __ Eu falei dando beijos estralados em sua bochecha, eu olho para o celular __ Já estou isso Clark.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...