História RED - Snowbarry - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Arrow, Supergirl, The Flash
Personagens Barry Allen (Flash), Cisco Ramon (Vibro), Detetive Joe West, Dr. Harrison Wells, Dra. Caitlin Snow (Nevasca / Killer Frost), Eddie Thawne, Felicity Smoak, Iris West, Lena Luthor, Oliver Queen (Arqueiro Verde), Thea Queen
Tags Arrow, Flash, Olicity, Snowbarry, Supergirl
Visualizações 293
Palavras 2.221
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem desta tal loucura que estou fazendo ,misturando três series. (risos)
Boa Leitura !

Capítulo 3 - Capítulo 3


- Esquece.

- Não Max! Você esta estranho e eu me preocupo contigo.

- Já pedi para ESQUECER! -- Falou Max com um tom ignorante tentando por fim nas perguntas de Caitlin.

- Max.. -- Antes que ela pudesse acabar sua frase Max abre a porta e sai da sala. Caitlin imediatamente se vira cabisbaixa novamente , põe suas coisas em sua bolsa e sai em direção a parada de ônibus que ficava uma esquina depois da rua em que se localizava o laboratório.

O ônibus não demorou para passar no ponto que estava Caitlin, ao subir no ônibus foi para as cadeiras que se encontravam lá atrás no meio do ônibus. Enquanto seguia viagem a qual se aproximava de onde morava começou a notar os ipês que tanto amava pelas ruas que o ônibus passava. As melhores cores que Caitlin gostava eram os rosas e os amarelos, porém estava noite e já não estavam tão bonitos como ao amanhecer ou no por do sol quando a luz do maior astro passava por entre seus galhos separados e suas flores meio caidas dos galhos aumentando sua beleza.

Ao aproximar-se de seu ponto de decida Caitlin se levantou e foi em direção a porta de saída do ônibus , pediu parada e desceu. O ponto no qual decerá não era longe do apartamento no qual morava. Ao se aproximar o porteiro loigo a reconheceu. -Boa Noite Senhorita! -- a comprimentou gentilmente o porteiro do prédio.

- Boa Noite ! -- Respondeu Caitlin e continuou seu caminho rumo a seu apartamento ,pegou o elevador até o bloco 3 onde morava. Caitlin morava sozinha , criava um peixinho dourado chamado de " Bong " que ganhou de seus amigos quando estava se mudando para o seu novo apartamento, ela teve que decidir entre a companhia de sua família e a oferta de estágio no laboratório.

Ao entrar colocou sua bolsa na mesa que tinha em sua sala e foi direto para a cozinha pois estava com muita fome. Abriu a geladeira e não tinha nada preparado,pegou  presunto e queijo e montou um sanduíche, abriu novamente a geladeira e pegou o achocolatado em caixa que havia esquecido de pegar junto das outras coisas. Colocou no copo e foi para a sala , colocou seu lanche em cima da mesa de centro e tirou seus sapatos espreguiçou- se no sofá , ligou a tv e começou a comer assistindo a the big bang theory cujo ela adorava.

Já era 20hr e no cinema não parava de chegar gente para as sessões. Já exausto Barry atendia aos clientes com a maior paciência possível. João já não estava mais na bilheteria com ele, até que nos bancos que ficavam meio na frente da bilheteria a mesma menina cujo tinha o encarado algumas horas antes, vem outro cliente na direção de Barry e eis que João passa pela garota que o chama e o entrega um bilhete com destino a Barry. Ele assim o faz , João entrega o bilhete a Barry que não dá muita atenção pois está atendendo ao cliente, quando acaba olha novamente para os bancos que a menina se encontra e ela já não está mais lá. Ele resolve ler o bilhete que diz : 

" Oi Barry ! Vou estar na Praça no fim do seu expediente dá uma passadinha lá. Beijos. 

Bianca "

Barry dá um sorrisinho safado. O tempo passa e já são 22hr a última sessão daquela sexta feira já está para acabar e Barry já está organizando as coisas sa recepção quando João chega e o ajuda a finalizar as coisas.

- E ai cara , recebeu o número da garota no bilhete?

- Creio que ela não seja tão atirada assim.

- Ah , qual é? Vem dizer que ela não te deu mole?

Barry olha para João como se disse- se " claro né? Dã " , e os dois começam a rir até que o clima é quebrado com a chegada de Marcos que logo os dispensa , os dois saem em direção a saída e até que Barry lembra do bilhete

- E cara , tenho que ir a praça.

- Vai encontrar a loirinha né ?

Barry empurra João e sai correndo para a praça. Chegando lá Bianca está sentada em uma mesa mechendo em seu celular , Barry já chega puxa uma cadeira e senta a sua frente a fazendo levar um susto .

- Ah, é você. -- Disse Bianca.

- Sim. Achou que eu não viesse ?

- Achei.

- Você disse ao final do meu expediente. 

- É , mas não achei que fosse demorar tanto!

- Claro. -- Falou Barry revirando os olhos. --Então você vai continuar a mexer nesse celular ou vai me dar atenção?

- Que folgado! -- falou Bianca soltando um sorriso.

- Olha, você tem um ótimo sorriso.

- Obrigado.

- De nada. -- Falou Barry pegando na mão de Bianca.

No relógio já era 22:40 o shopping estava próximo de fechar.

- Vamos a algum lugar ? -- Sugeriu Barry.

- Hoje não dá mais. Minha mãe já está me ligando.

- Ah, claro.

- Outro dia dá certo. Que tal amanhã? -- Sugeriu Bianca.

- Dá sim.

- Toma meu número daí você me liga para resolvermos os detalhes. -- Falou Bianca o entregando mais um bilhete que tinha seu número.

- Ta certo.

Levantam- se os dois e se abraçam, Barry beija a bochecha de Bianca e vai com ela até o a frente do shopping , ele chama um táxi para Bianca. Demonstrando cavalheirismo Barry abre a porta do para que  Bianca entre e o fecha após ela ter entrado , ela abre a janela e dá um tchau para Barry que segue correndo para pegar o ônibus que está parado no ponto que tem na frente do shopping. E segue viagem até sua casa , Barry mora com seu tio Joe que parece não ter chegado do trabalho. Ele sobe para seu quarto , pega sua toalha e segue para o banheiro tomar um banho. Não come nada e logo cai na cama e adormece.

Caitlin adormece no sofá até que desperta ao som da cortina de sua janela bater ,ela pega o pires que se encontrava seu sanduíche antes de o ter devorado juntamente de seu copo, os lava e os guarda e segue em direção ao banheiro para tomar um banho " Nossa estou tão suja! " pensa consigo mesmo. Depois de um banho ela veste uma calça folgada cinza e uma blusinha preta. E se joga em sua cama. Sem preocupações pois amanhã iria ser sábado e ela não iria trabalhar. Até ouvir seu celular tocar e lembra que não o tinha tirado de dentro da bolsa, corre para ir atender antes que a chamada caia , quando o pega em sua tela viu que a chamada era de sua mãe e logo a atende com rapidez

-Oi mãe!

- Caitlin! Estava dormindo?

- Não. Está tudo bem?

- Sim filha , e com você?

- Estou bem. Só meio cansada.

- Ah sim. E como foi o dia ?

- Um garoto derramou suco em mim e e tive que ir ao trabalho com a roupa suja de suco vermelho.

- Não acredito Caitlin! Por que não foi trocar a roupa em casa ?

- Fica longe mãe. Não dava.

- Meu Deus !Que vergonha você deve ter tido. E o Max como está ?

- Está bem. -- Naquele momento Caitlin lembrou do jeito estranho que Max havia agido pela manhã.

-A que bom. Então filha vou ter que desligar. Se cuida.

- Certo mãe. Beijo. - Caitlin desliga o celular e volta para a cama, sem ativar o despertador pega no sono.

Sábado de manhã Caitlin acorda as 8hr, se arruma , veste uma calça legue preta , um tope bege e uma blusinha branca , come uma pêra e sai para correr pelo bosque que tem perto de seu apartamento.

Barry acorda também as 8hr e convida Bianca para ir ao bosque fênix , pois o dia está lindo e os ipês ficam radiantes a luz da manhã. Bianca logo aceita o convite e marcam de se encontrar em uma praça que há dentro do bosque.

Caitlin amarra o cabelo em um rabo de cavalo já na rua mesmo e segue para o bosque , logo começa a correr na pista de caminhada que há pelo bosque.

Barry veste uma bermuda jeans , um blusão preto , toma café , chama um táxi e vai com destino ao bosque. Ao descer do táxi em seu destino o paga e entra no bosque com as mãos no bolso e de cabeça baixa em direção a praça que lá havia. Caitlin ja cansada de correr resolve comprar uma água e sai bebendo , quando se esbarra com Barry e a água derrama sobre seu rosto descendo pelo seu corpo molhando sua blusa.

- Nossa, desculpe moça.

Quando Caitlin abre os olhos nota que havia sido o mesmo rapaz que havia esbarrando em sua mesa na sexta feira.

- Não acredito! De novo? Fala sério!

- Você é a garota do restaurante né?

Caitlin revira os olhos e olha para o lado descansando a perna direita com a garrafa na mão esquerda e a direita na cintura.

- Olha eu sinto muito por ontem e por hoje.

- Claro. Você sente.

-Você não parecia ser tão assim ontem

- Assim como? -- Falou Caitlin olhando para Barry.

- Chata.

- ha ha ha -- Caitlin imitou uma risada irônica sobre o que Barry havia falado.

- Você acha que eu tenho que ser encharcada por suco e outra vez por água e ficar normal?acha que não devo me estressar?

- Você quer outra água? Eu compro!

-Não obrigado!

- Aliás Caitlin né? Você está linda assim. --Falou Barry sorrindo para Caitlin.

- É muita cara de pau. E como sabe meu nome?

- Adivinhei.

- A tá! Quer saber , tchau! -- Caitlin passou por Barry e correndo pela pista.

Barry a observa correr com a mão esquerda por trás de sua cabeça com um sorriso em seu rosto , até que olha para o relógio em seu pulso e lembra que Bianca está o esperando na praça e corre a caminho dela.

Ao chegar Bianca ja estava o aguardando sentada em um balanço olhando para as árvores ao seu redor , Barry chega por trás , coloca a mão em seus olhos

- Barry?

- Oi ! -- Barry deu um beijo na testa de Bianca .

- Você demorou.

-Sinto muito, tive um impasse.

- Tudo bem.

- E então, como você está?

- Bem e você ?

- Também.

Eles sentaram em um banco e ficaram de frente pro outro. Barry colocou a mão no cabelo de Bianca em seguida foi alisando seu rosto se aproximando de sua boca e eles se beijaram.

Não era tão difícil de Barry conseguir o que queria principalmente quando se tratava de mulheres. Depois de muito conversarem e darem vários beijos Barry foi com Bianca até a saída do Parque e chamou um táxi. Eles deram mais um beijo e Bianca foi embora no táxi. Porém Barry ainda continuou na saída , quando avistou Caitlin correndo em direção a saída quando ela chegou no portão ele chamou sua atenção.

- Já vai querida ?

- Ah não. -- falou Caitlin revirando os olhos.

- Que foi?

- Não tenho nem mais água para que você derrame em mim.

-Então gostou ?

- Claro,é sempre bom ser encharcada!

- Você estudava no Colégio Imperador..

- Sim. Por quê ?

- Porquê você me é familiar.

- A , tá.

- Meu nome é Barry e desculpa mesmo por ter derramado suco e água em você.

- Tudo bem. Agora, tchau que eu tenho que ir, Barry.

- Eu te acompanho. Você mora por aqui?

- Sério? Não precisa.

- Faço Questão.

Caitlin deixou que ele o acompanhasse, os dois seguiram a caminho do apartamento em que Caitlin morava. Ao chegarem no portão do apartamento em que Caitlin Morava..

- Bem, chegamos.

- Então você mora aqui?

- Isso.

- Legal.

- É .. Eu vou ter que entrar. Obrigado por ter me acompanhado.

- Por nada.

Quando Caitlin se virou para entrar no prédio Barry ainda a olhava entrar, seu cabelo avermelhado balançava com o vento o encantando ainda mais. Dês da sexta feira Barry parecia não tirar Caitlin de sua cabeça. 

- Então , vai continuar ai parado? 

- Não. Aliás, lá vem um táxi. -- Falou já fazendo sinal para que o táxi parasse em  sua frente. Após ter entrado no táxi Caitlin sobe para seu apartamento, alimenta bong e vai tomar banho. Após seu banho vestiu um vestido verde de alcinha , e foi preparar seu almoço. 

  Ao chegar em casa Joe tio de Barry estava na sala assistindo tv 

- Barry, como foi o encontro?

- Foi bom tio. Bianca é muito legal, educada , bonita..

- Que bom filho. Espero que essa te ponha nos trilhos!

- Não acho que consiga. 

Os dois começaram a rir , até que Barry sente seu celular vibrar , era uma mensagem de Bianca que dizia

continua. ....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...