1. Spirit Fanfics >
  2. Red Hood >
  3. Vingança

História Red Hood - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Vingança


Dois dias haviam se passado, eu ainda estava incrédulo com tudo aquilo, quando entrei na floresta me pareceram horas mas na verdade eu vaguei sem rumo por dias, o lobo chamado Hoseok ainda me acompanhava, como o mesmo havia me prometido, sua companhia era agradável de certa forma,ele respondia a tudo que eu perguntasse, o que me deixava satisfeito, por anos eu havia perdido aquela curiosidade infantil que eu possuia, e após encontra-lo eu me permiti questioar novamente, pude descobrir muito tanto sobre a floresta quanto sobre o jovem lobo, pelo que ele me contou, não se nasce um Lobo, você é transformado durante um ritual que, apesar dele ter me explicado, não consegui entender nada pois eram muitas etapas e feitiços envolvidos, por isso haviam tão poucos deles. 

Nesse pouco tempo pudemos montar uma rotina, onde Hoseok caçava e eu cuidava da fogueira, afinal se eu saisse por ai poderia me perder de novo, ele me disse que estávamos próximos ao meu vilarejo, então não demoraria a chegar, aquilo me alegrava, já sentia falta de minha mãe e amigos, e não deixava de me perguntar se ao chegar em casa eu ainda veria Hoseok ou se ele partiria sem olhar para trás, deixaria aquilo para pensar depois, decidi apenas continuar o que fazia, que era recolher frutas, eu havia comido todo o alimento que levava na cesta que eu trouxera, e me alimentar apenas da carne que Hoseok trazia não parecia certo, então sempre que passavamos por uma árvore frutífera eu colhia algumas. Eu pegava algumas frutas pequenas de uns arbustos próximos enquanto Hoseok tinha ido buscar água, eu acabava me sentindo mal por isso de certa forma, já que eu não fazia quase nada por não poder me afastar, prentendia estudar mais feitiços para não me preocupar em cair neles algum dia, quando terminei de colher sentei-me na enorme raiz da árvore onde haviamos acampado para descansar um pouco, enquanto saboreava as doces frutinhas vejo Hoseok se aproximando com meu cantil d’água, ele parecia aflito e desesperado, o que me assustou já que ele é sempre calmo. 

-Aconteceu algo? - perguntei-lhe 

-Eu vi lobos, como eu, ele estavam em bando, nunca vi tantos, não sabia que ainda existiam tantos, algo esta errado, Yoongi. - ele me dizia aquelas palavras com temor em seus olhos. 

Pedi para que me mostrasse para onde os lobos correram, e ele me apontou a direção, era a direção de minha vila, ao constatar esse fato eu corri, corri como nunca, meu caminho foi bloqueado por Hoseok, em sua forma lupina, que se agachou, como se pedisse para que eu montasse em si, e assim o fiz, ele atravessava rápidamente a floresta, era impressionante, mas ainda assim, tarde. 

Ao sair da mata vi as casas, ou o que sobrou delas, foram incendiadas, algumas ainda estavam em chamas, muitos choros eram ouvidos, vários corpos espalhados e o sangue banhando o chão, aquele cenário era terrível de se olhar, então pensei em minha mãe, e ainda sobre Hoseok, apontei para onde ele deveria ir, muitos me olhavam com medo e espanto, por estar momtado num lobo enorme, mas não pensei nisso, apenas queria ver minha mãe. 

Quando avistei a pequena casa próxima a floresta, ela estava intacta, nenhuma pedrinha faltando, o que estranhei, mas logo notei uma aglomeração em frente a mesma, parei próximo a eles descendo das costas de Hoseok, andando rumo a casinha, e ao entrar vi um de meus amigos, com minha mãe deitada em seu colo, com muito sangue rodeando ambos, ela estava morta, e eu não estava aqui para protege-la. Aproximei-me de seu corpo sem vida, pegando em sua mão, nem mesmo lágrimas rolavam de meu rosto, tamanha culpa que eu sentia. 

-O que houve? - perguntei ao jovem que estava próximo a porta. 

-Lobos, gigantescos, atacaram a vila, haviam homens junto a eles, destruiram tudo e mataram todos que estavam em sua frente, apenas os que se esconderam sobreviveram. - disse o rapaz. 

-Foram enviados por Myung. - disse meu amigo, falando sobre o líder do vilarejo vizinho. - eu vi um dos homens falando com sua mãe, e pude ouvi-los falar para ela se render, acho que ele queria tomar o vilarejo de forma pacífica, mas como sua mãe foi contra, ele atacou. - ele me disse. 

-Ela fez o certo. Vamos enterrar os mortos e cuidar dos feridos. Iremos reerguer a vila, mamãe iria querer isso. - disse confortando meu amigo. 

A raiva queimava em mim, muitos morreram por um capricho de um tirano, então me lembrei dos lobos, ele os controla, então ele deve ser um deles, um líder de matilha, como hoseok havia mencionado certa vez, e então ouvi barulhos do lado de fora da cabana, e quando fui ver do que se tratava, um aglomerado de pessoas cercava algo, e quando reparei o que era corri para lá. 

Algumas pessoas, logicamente, viram Hoseok, e começaram a o atacar com pedras e gravetos, em sua maioria crianças, o lobo era de fato bondoso, poderia ataca-los a qualquer momento, mas manteve-se encolhido, mas eu não via medo em seu olhar, eu via culpa. 

-Ei, parem com isso. - disse, impondo respeito. 

-Essa coisa matou a todos. - disse um jovem. 

-Ele está comigo, não tem nada a ver com o ataque, deixem-no em paz. - eu tentei convence-los, o que os fez recuar, porém, a contra gosto. - Venha Hoseok, se machucou? - eu realmente estava preocupado. 

O enorme lobo aproxima-se de mim, e fareja minha mão, então eu o acariciei, não tinha reparado o quão macio seu pelo era, aquilo me distraiu por poucos segundos. 

-Foi Myung quem atacou a vila e matou minha mãe, ele lidera os lobos. - eu lhe disse, vendo o me encarar sério, eu gostava de Hoseok, me apeguei a ele nesses dias, então eu tinha de pergunta-lo. - De que lado está, Hoseok? 

Embora ele tenha me dito que não se interessava em encontrar ou viver com outros de sua espécie, ainda eram seus iguais, eu tinha de saber se ele me ajudaria, ou me mataria. Fiquei contente ao ve-lo sentar-se a minha frente, era um pequeno gesto que significava muito, ele ficaria comigo.

-Eu irei me vingar. -disse por fim, decidido.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...