História Red Reigh - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Vingança
Visualizações 6
Palavras 484
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Luta, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi! "Primeira" fanfic (pelo menos a que estou postando definitivamente sem excluir depois kkkkk), então perdoe-me se estiver muito chatinha de começo...


Avisos:

1- Capítulos sem data de lançamento;
2- Plágio é crime, e tenho quase certeza que todos sabem e eu não preciso entrar em detalhes... Né?
3- Capítulo em revisão (qualquer erro será corrigido);
4- Inspirada na série "Revenge".

Bom, é isso que eu queria falar... Boa leitura!

Capítulo 1 - Capítulo I- Prólogo (Revisão)


Fanfic / Fanfiction Red Reigh - Capítulo 1 - Capítulo I- Prólogo (Revisão)

"De todas as armas que levamos para a batalha, não há nenhuma tão poderosa quanto a mente humana"

-Revenge

[Prólogo-Narrador]

~Quinta-feira~

Amber Mitchell. Hoje ela voltava para sua antiga e queridinha cidade, Los Angeles. Dirigia sua Ferrari Portofino prata o mais rápido possível, ultrapassando todas as placas que indicava o limite máximo de velocidade, sem se importar com os radares, ou com as multas ou até mesmo os pontos que iriam tirar de sua carteira. Afinal de contas, todos esses problemas poderiam ser resolvidas com um cheque gordo e um pouco de charme, e por sorte, ela tinha os dois...

Los Angeles. Quando ouvia essas duas palavras a morena se arrepiava de prazer. Ela estava voltando por dois motivos. Um a motivou a vida inteira e o outro apenas complementou o primeiro. Um dos motivos é: O convite de sua família para voltar a sua antiga e luxuosa casa, e o outro, aquele que a custou anos de planejamento, realmente não menos importante era: Sua vingança. Mas afinal, como esses motivos se ligam? Fácil. Primeiro: A vingança é contra quem a convidou de volta, e voltar era uma ótima oportunidade para colocar seus planos em prática. Tudo estava planejado, não só suas ações, mas suas falas e gestos. Tudo meticulosamente calculado.

Olhou para o convite que estava jogado ao lado de sua bolsa preta de marca, especificamente no banco de passageiro a sua direita, e o pegou abrindo o envelope creme estremamente chique e tirando a carta que continha a mesma cor e a leu pela segunda vez.

"Querida Amber...

Sabemos que possa haver uma grande possibilidade de você ainda guardar rancor de nós, seus pais. E também sabemos que você tem todo o direito de guardar, porém resolvemos lhe conceber uma mera proposta que benificiará ambos os lados. A proposta é simples, apenas queremos lhe proporcionar o retorno a nossa, e agora -também - sua casa, para que possamos erguer a bandeira branca e finalmente, depois de anos, nós perdoar.

Entenderemos caso não queira comparecer, mas se vier tente chegar antes desse sábado (15/02), pois iremos planejar uma grande festança para seu irmão, comemorando seu aniversário de vinte e cinco anos e talvez - caso compareça - a volta de nossa querida, hoje uma mulher formada, filha: você.

Te amamos.

Com muito amor e carinho: Mamãe e Papai".

Gargalhou com a carta que acabara  de ler novamente. "Querida filha? Proposta para perdoa-los? Só podem estar de sacanagem!", pensou consigo mesma jogando em seguida a carta para o mesmo lugar que estava, sem ao menos coloca-la de volta no envelope - que por sinal havia se perdido no carro. Não seria dessa vez que Amber cairia no papinho barato de seus pais, como caira anos atrás, quando foi expulsa e usada pelos mesmos. Hoje, serão eles que cairam no papinho dela, como pequenas moscas presas na teia da grande e maldosa aranha negra.

"Cuidado Los Angeles, pois sua rainha má está de volta"

Continua...


Notas Finais


Não sei o que falar aqui akakakaka
Talvez...Aceito críticas (?) :-)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...