História Red Room - imagine Taehyung - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Jay Park
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Jay Park, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lay, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Bts, Chanbaek, Exo, Hot, Imagine Kim Taehyung, Imagine Taehyung, Jay Park, Kaisoo, Kim Taehyung, Sope, Taehyung, Yoonseok
Visualizações 65
Palavras 1.413
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura loves ♡
- qualquer dano causado em vocês não me culpem loves♡

Capítulo 3 - Sabor de champanhe


Yang on 

Marcava exatamente nove horas, já tinha ido ao apartamento trocar de roupa, langerie branca ,mas por que não adiantar uma pequena coisinha, apenas vesti o blazer preto para tapar o sutiã, uns saltos pretos e meu precioso batôm vermelho. 

Apaguei as luzes do escritório menos a luz da secretária, andei até à cómoda onde tinha algumas bebidas, peguei um copo de wisky, aproximei-me da janela, sorri de lado ao ver o Taehyung parar o carro no outro lado da rua, estranhei por ele trazer uma caixa num tom vermelho escuro ao que parecia. 

Assim que terminei de beber o álcool todo ouvi a porta ser aberta e logo fechada, virei-me vi Taehyung com umas jeans ,uma blusa e uma jaqueta de couro, coloquei o copo em cima da cómoda, andei em direção de Taehyung que encarava-me fixamente. 

-o que traz ai? - perguntei passando meus braços pelo o pescoço dele. 

-uma supresa babygirl - Taehyung disse sorrindo malicioso, afastei-me dele indo em direção das bebidas, olhei pelo o ombro ,Taehyung tinha colocado a caixa em cima da mesa e encostou-se na mesa. 

- servido? - falei ao aproximar-me dele com dois copos de wisky. 

-sabes bem como agradar alguém - Taehyung disse ao pegar o copo e agarrando minha cintura fazendo eu ficar próxima dele. 

-digamos que agradar quando se trata da visita de um stripper gostoso eu abro uma exceção - disse ao terminar de beber, coloquei o copo em cima da mesa onde estava o do Taehyung. 

-um stripper gostoso hum? -Taehyung disse encarando-me enquanto as mãos dele andam de volta do botão do blazer. 

-gostoso seria pouco -Disse na intenção de provocar, Taehyung abriu meu blazer, deixando o cair pelos os braços. 

-porra, assim è jogo baixo - Taehyung disse sorrindo malicioso, eu nem consegui responder, Taehyung nem perdeu tempo em começar a marcar meu pescoço enquanto agarrava na minha cintura com força. 

-e o que está dentro daquela caixa? - perguntei curiosa, Taehyung afastou-se sorrindo de lado, pegou na minha mão fazendo eu o seguir até ao sofá que havia no centro do escritório. 

-senta-te e aproveita - Taehyung disse indo em direção da secretária, sentei-me no sofá, o que Taehyung tinha escolhido para hoje, não importa o que seja mas desde que seja com Kim Taehyung eu aceito. 

Despertei dos meus pensamentos quando começou a tocar uma música lenta, um strip privado, ainda por cima è Taehyung a fazer, eu já não posso pedir mais nada, ele sabia como enlouquecer uma mulher em todos os sentidos. 

Ele apareceu com a caixa nas mãos e um sorriso malicioso, Taehyung parou na minha frente, a luz da lua que passava pelas as janelas faziam a pele morena do Taehyung ficar ainda mais linda, mordi o lábio quando ele começou a dançar lentamente ao ritmo, encarei-o quando ele tirou a Jaqueta atirando-a para um canto daquele escritório, encostei minhas costas no sofá quando Taehyung apoiou as mãos nas minhas coxas ainda cobertas pela a saia, o pescoço dele mexia consoante o ritmo da música. 

Ver aquele corpo sem blusa apenas com uma jeans, è excitante, minha intimidade já pedia pelo o toque de Taehyung. 

-que tal saber o que têm dentro daquela caixa senhorita Yang?- Taehyung disse próximo ao meu ouvido, minhas mãos foram para o pescoço dele o puxando para um beijo, o sabor do álcool misturado com menta, nossas linguas brigavam entre sí, senti Taehyung apertar minha cintura com força quando nos separamos. 

Enquanto ele foi buscar dois copos, eu levantei-me indo até à caixa que estava na mesinha de centro, abri devagar, sorri de lado quando vi uma garrafa de champanhe, vendas e algemas, mas o que chamou-me a atenção mesmo foi uma outra caixa não tão pequena preta, quando eu ia para abrir, senti a mão de Taehyung apertar minha bunda. 

-abre só amanhã, è uma prenda, mas vamos ao que interessa -Tae falou me virando para ele com as mãos na minha bunda, senti minha saia cair pelas minhas pernas, ouvindo Tae dizer algo. 

A boca dele è algo tão viciante que nem droga, Taehyung caminhou comigo ao colo até eu sentir que ele tinha me colocado em cima da secretária. 

-já fodeu ao sabor de champanhe baby? -Taehyung disse indo buscar a garrafa e a venda. 

-ainda não, mas eu iria adorar Tae oppa -disse mordendo o lábio, observei Tae encher um copo de champanhe que havia do meu lado. 

-eu já não disse para não chamar-me de Tae oppa, posso castigar-te por isso não acha? - Tae disse após beber um pouco. 

-podes-me castigar à vontade Tae -disse na intenção de provocá-lo, deu certo, Taehyung pegou a venda vermelha, cobriu meu olhos, isto vai ser mais prazeroso do que pensei. 

A boca de Taehyung brincava com meus seios, muitas das vezes ele derramava champanhe no meu corpo deixando minha intimidade querer ainda mais o toque dele, ao que parece ele leu os meus pensamentos, porque ele rasgou minha calcinha. 

-era nova... -disse manhoso levando minhas mãos ao cabelo dele, puxando de leve por conta do prazer. 

-comprou especialmente para mim, sinto-me importante para uma empresária riquinha - Tae disse, senti ele morder minhas coxas. 

-Tae por favor -disse manhosa. 

-o que quer babygirl? - Taehyung disse agarrando a minhas coxas. 

-me chupa Tae... 

-com todo o prazer -falou ,senti sua respiração perto de minha intimidade, este homem deixa-me ainda mais louca do que já estou. 

-Tae... Ah -gemi quando senti a língua de Taehyung. 

-geme o meu nome vai sua vadia -Taehyung disse, voltou a brincar com a minha intimidade com a língua e penetrando um dedo variando muitas das vezes com dois dedos. 

-Tae eu vou... -disse puxando o cabelo dele com mais força por conta de estar próxima do orgasmo, Taehyung não disse nada apenas continuou mais rápido. 

-ah, porra -gemi alto, senti as mãos dele na minha nuca, a venda foi caindo aos poucos, ví a cena mais erótica do dia, Taehyung tinha os cabelos grudados na testa. 

-seu gosto ficou ainda melhor com champanhe mas eu preciso de foder-te agora baby -Taehyung pegou-me no colo, indo para algum lugar daquele escritório, estava mais entretida em marcar o pescoço dele. 

Quando Taehyung colocou-me no chão percebi que estava de frente para a secretária. 

-empina para mim sua putinha - Taehyung disse rente ao meu ouvido, ouvi o cinto cair no chão, olhei por cima do ombro, aquele corpo è uma obra de deus, acabei por encontrar outra maravinha do mundo, mordi os lábios quando Taehyung posicionou-se entre minhas pernas. 

-só quero ouvir da tua boca gemidos bem altos -Taehyung disse, gravei minhas unhas na madeira da secretária assim que senti o membro de Taehyung penetrar com força e começou a fazer movimentos lentos. 

-awn vai mais rápido Tae oppa - pedi manhosa, rebolei ouvindo um gemido manhoso dele. 

-desejo realizado baby -Taehyung disse agarrando minha cintura com força, vai haver um dia que não vou conseguir andar. 

-puta que pariu -Taehyung disse manhoso, senti meus cabelos serem puxados com um pouco de força. 

-caralho -gritei quando Taehyung bateu na minha bunda com força. 

-eu disse para gemer meu nome princesa- Taehyung disse movimentando-se devagar de novo e mais um estalo ecou pelo o escritório. 

-Taehyung ahh- gemi alto quando Taehyung penetrou com força e fundo, minhas pernas tremiam, meu corpo suava, minha mente era como uma tela em branco pronta para ser pintada. 

- Taehyung eu vou...awn- gemi abafado, Tae continuou a movimentar-se para prolongar o meu orgasmo. 

-o que achas me dares um pouco de prazer baby? - Taehyung saiu de dentro de mim, virei-me para ele o mesmo estava sentado na cadeira onde passei o dia inteiro. 

Ajoelhei-me na frente de Taehyung, senti as mãos dele no meu cabelo, arranhei lateral da coxa dele enquanto masturbava-o, meus olhos estão postos na cara dele, ver a cara dele suada, cabelo grudado na testa, muitas das vezes ele revirava os olhos enquanto falava palavras aleatórias, Taehyung estáva perto do orgasmo, abocanhei o membro dele ouvindo gemidos abafados, senti meu cabelo ser puxado com força. 

Taehyung passou a ditar os movimentos fazendo muitas vezes eu engasgar com o tamanho, mas ver Taehyung naquele estado só me dava vontade para continuar. 

Um gosto amargo desceu pela a minha garganta ,Taehyung puxou-me para seu colo passando as mãos pelas as minhas costas. 

-Podes descansar - Taehyung disse levando-me no colo até ao sofá onde deitou-me e ele deitou-se do meu lado. 

(...)



Notas Finais


Qualquer dano causado eu não me responsabilizo loves♡
Espero terem gostado ♡
Continua?
2bjs loves


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...