1. Spirit Fanfics >
  2. Reencarnei como um Otsutsuki >
  3. O animal exótico "Taro"

História Reencarnei como um Otsutsuki - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Eu não gostei nem um pouco do terceiro capítulo, então reescrevi.


Espero que gostem.

•-•

Capítulo 3 - O animal exótico "Taro"


Fanfic / Fanfiction Reencarnei como um Otsutsuki - Capítulo 3 - O animal exótico "Taro"



___

/           \

_______________________

___________________________________

|_________________________|

Depois de assassinar brutalmente  todos os ninjas inimigos. Nagato e Bushra desmaiaram e perderam a conciencia.

Bushra havia caído em meio aos destroços e pedras que foram derrubados quando destruiu o morro.

Nagato desmaiou em meio aos corpos sem vida dos adversários.

Konan conseguiu se soltar e foi a procura de ambos. Encontrou apenas os corpos de Nagato e Yahiko, foi embora com os dois corpos e a ideia de que Bushra morreu quando foi atingido pelos destroços ou ninjas.

[3 dias depois]

[Com Konan e Nagato]

[Visão de Nagato Uzumaki]


Eu acordei com um pouco de dor se cabeça e em uma caverna.

Me levantei rapidamente para ver onde estava e somente vi Konan em frente a uma torre de pedras. 

Nagato:Konan! - ele corre até ela -

Konan:Nagato.. Você acordou! - ela o abraça -

Nagato:Por que parece triste? Onde está Yahiko? E cadê o Bushra? 

Konan:Nagato... Eles.. 

Nagato:Eles..? 

Konan:Eles morreram, Nagato.. - algumas lágrimas caiam -

Nagato:O que..? Não.. Não é possível! 

Konan:Yahiko morreu na missão passada, se lembra? E quando vocês e Bushra atacaram.. Acho que as pedras caíram em cima dele.. - Falava triste, lágrimas eram visíveis -

Nagato:Não.. Como!? - ele também começou a chorar. -

| ________________________ |


[Local de missão:Fronteiras de Sunagakure]


[Visão de Bushra Otsutsuki]


Eu acordei com muita dor, minha perna estava presa a uma pedra. Comecei a tentar puxa-la, mas não conseguia.. Eu estava sem forças.

Comecei a me arrastar e consegui uma abertura para retirar meu pé de lá, fiquei sentado e parado pensando: Onde eles estão? Por que foram embora? Me deixaram para trás? 

Essas perguntas rebobiavam na minha cabeça e me impediam de me curar, era algo que me incomodava, afinal eram meus amigos a anos. Como podiam me deixar para trás? Me esqueceram? 

Comecei a andar pensativo e mancando em algo que se parecia uma trilha de pedras no deserto, achei algo parecido com um oásis e no meio do caminho tive que me sentar em uma pedra para tentar me recompor. mesmo que só um pouco.


???:- Barulhos de arbusto -

Bushra:Quem está aí? 

Um animal estranho, preto e peludo com uma capa saiu do arbusto e se sentou ao meu lado, eu o olhei com os olhos brilhando, era como se tivesse uma bola de pelos encostada em mim. 

Bushra:Quem é você? - passei a mão na cabeça dele -

???: -Ronronando-

Bushra:Você tem nome? - ele continua a passar as mãos no animal -

???: - ele balança a cabeça em sinal de negativo -

Bushra:Hum... Que tal.. Tarō?

???: - ele olhou Bushra com uma cara aparentemente duvidosa -

Bushra:É uma homenagem a Urashima tarō, você não deve conhecer - ele riu -

Tarō:- ele olhou atencioso para Bushra -

Bushra:O que foi? Quer ouvir? 

Tarō: - ele fez sinal de sim com a cabeça -

Bushra:Muito bem, preste bem atenção. 

Tarō: - ele se deita no colo de Bushra -


[História On]

[Folclore Japonês:Urashima Tarō]

[Bushra Otsutsuki Narrando]

Há muitos anos atrás, existia um jovem chamado Urashima Tarō.

Todos os dias ele vinha a praia para fazer sua pesca.

Mas um dia, ele estava em sua Canoa e ouviu risadas e barulhos estranhos.

Eram três crianças e uma tartaruga, elas estavam cutucando a tartaruga com gravetos e uma estava tentado derrubar o casco.

Tarō ficou irritado, já que tinha um amor enorme pelos animais.

Ele se aproximou da Costa e saiu em direção as crianças, logo disse. 

Tarō:Ei vocês! Parem de encomodar a tartaruga! - gritou -

As crianças ficaram sem graça e sairam de perto da Tartaruga. Logo, Tarō pegou a tartaruga com cuidado e a trouxe de volta ao mar.

Muitos anos depois, Tarō estava indo a sua pesca diária, mas ouviu alguém chama-lo

???:Tarō, Tarō. 

Tarō:Hum? Quem está me chamando? - disse tarō em Tom de dúvida -

Tartaruga:Sou eu Tarō, a tartaruga que você salvou a anos atrás. Quando eu voltei para o mar, eu contei para a princesa o que você fez, e ela lhe convidou para ir ao Castelo.

Tarō:Nossa, isso é incrível, eu sempre quis visitar o Fundo do mar, mas tenho um pouco de medo. 

Tartaruga:Não precisa ter medo, venha. 

Tarō ficou feliz e aceitou o convite, subiu no Casco da tartaruga e foi levado ao fundo do mar. No caminho passaram por uma caverna e foi levado até um castelo de conchas, corais coloridos e pérolas.

Tarō entrou no castelo e foi recebido pela princesa que aos seus olhos tinha uma belíssima aparência.

Princesa:Olá Tarō, a tartaruga me contou o que você fez, e em resposta a sua bondade, eu a princesa do mar, te convido para ser o príncipe do Mar. 

Tarō ficou encantado com a princesa e acabou aceitando seu convite. Foi muito bem recebido e comemoraram sua vinda com um grande Banquete.

O tempo passou e Tarō começou a ficar triste, a princesa percebeu e depois de um tempo perguntou a Tarō o que estava acontecendo. 

Princesa:Tarō, por que parece tão triste?

Tarō:Eu sinto saudades da minha família e de meus amigos. 

A princesa ficou com um pouco de receio, mas decidiu dizer. 

Princesa:Tarō, você pode voltar para a sua terra, mas antes tenho que lhe dar algo - ela voltou para dentro -

Tarō ficou esperando a princesa e ela veio com uma caixa em mãos, havia um bilhete nela escrito "Não Abra"

Princesa:Aqui está, você pode voltar para casa, leve essa caixa com você, sempre que ela estiver fechada, você poderá voltar aqui. Mas nunca, de jeito nenhum, pode abri-la. 

Tarō:Eu prometo. 

Os dois se despediram e Tarō montou mais uma vez no casco da tartaruga.

Quando voltou para a superfície, percebeu que sua Vila estava muito diferente. Viu um ancião e foi até ele peguntar. 

Tarō:Ei ancião, você sabe onde fica a casa de Urashima Tarō? 

Ancião:Tarō? Ah.. Esse era um pescador que foi a praia e nunca mais voltou.. Sua casa foi esquecida e sua família se foi a muito tempo. Essa é uma história de 100 anos atrás. 

Tarō ficou pasmo e decidiu abrir a caixa em busca de respostas, jogou no chão o aviso e a abriu. 

Quando olhou a si mesmo em uma poça de água, viu que estava velho e enrugado, muito tempo se passou naquele Castelo, mas a caixa o mantinha jovem.

Tarō ficou muito triste, agora que havia aberto a caixa, não podia mais voltar ao Castelo. 

Ele foi para a praia e ficou sentado lá, na esperança de que a Tartaruga voltasse para busca-lo. 

[História Off]


Bushra:Gostou? 

Tarō: - ele se acomoda mais no colo de Bushra, mostrando que havia dormido -

Bushra:Hahaha preguiçoso.. 

[Barulhos de arbusto]

Bushra:De novo? Quem está aí? 

???:Desculpe... -Disse um garoto de cabelos Vermelhos-

Bushra:Não precisa se preocupar, qual seu nome, garoto? 

???:Eu sou.. Gaara. 

Bushra:Olá Gaara, quer se sentar aqui? 

Gaara:Eu.. Posso? 

Bushra:Claro. - ele passava as mãos em Tarō -

Gaara: Senhor, o que acontece com o Tarō no final? 

Bushra:Tarō passou seus últimos momentos de vida olhando para o Mar e lembrando da princesa e seu Castelo. 

Gaara:É sério? - ficou um pouco triste -

Bushra:Infelizmente ele não conseguiu voltar ao Castelo. 

Gaara:Coitado do Tarō.. 

Bushra: Tarō teve uma vida feliz, mas um final triste.. 

Gaara:Senhor, qual seu nome? 

Bushra:Eu sou Bushra Otsutsuki. 

Gaara:Eu posso voltar aqui? - ele falou com um pouco de receio -

Bushra:Claro que pode - disse com um sorriso -

Gaara:Sério? - seus olhos brilharam -

Bushra:Claro, se quiser posso te contar algumas histórias quando vir. 

Gaara:Ta bom! 

Bushra:Gaara, o que você acha que deveria ter acontecido com o Tarō? 

Gaara:Eu acho que ele devia ter voltado para o mar ou para a sua família. 

Bushra:Hahaha

Gaara:Ei! Por que esta rindo? - disse emburrado -

Bushra:Gaara chan, você é muito bom sabia? - ele bagunça os cabelos de Gaara -

Gaara: - ele ri - Tchau Bushra san! - ele sai correndo -

| _________________________ |

[Visão do Autor]

[Dois anos Depois]

Bushra havia feito uma casa no meio daquele pequeno Oasis que havia encontrado um pouco longe da Vila da areia.

O tempo passou e Gaara vinha quase todos os dias. Contava sobre seu Tio e como as pessoas o tratavam, Bushra tentava o animar com histórias do Floucore Japonês, Chinês e Brasileiro.

As vezes até contava algumas histórias famosas do Brasil como: Chapeuzinho Vermelho, Branca de Neve, Peter Pan, etc.. 

De vez enquando Gaara acabava dormindo com as histórias e Bushra fez até um pequeno quarto para ele.

Sempre dizia para Gaara que retribuir o ódio no qual eles o tratavam com mais ódio só iria criar um ciclo sem fim e nada iria se resolver. Bushra afastou Gaara totalmente do Mal caminho e a companhia de Gaara o fazia esquecer que perdeu seus amigos e afastou seus pensamentos ruins. Tarō sempre brincava com Gaara quando Bushra estava treinando ou pegando comida. 

[Outro dia]

Bushra:Gaara, quem é esse? 

???:Eu sou o Tio de Gaara, me chamo Yashamaru. 

Bushra:É um prazer conhecer você, Gaara fala sobre você todos os dias - os dois sorriem -

Gaara: Bushra san, onde está o Tarō? 

Bushra:O Tarō esta em casa, pode ir. - Gaara corre para dentro -

Yashamaru: Bushra, precisamos conversar.. 

Bushra:Pode falar. - Disse sorrindo -

Yashamaru:Não sei se sabe, mas Gaara é um Jinchurikki.. 

Bushra:Eu sei, o Gaara chan me contou.

Yashamaru:E você não tem problema com isso? 

Bushra:-ele ri - é claro que não, Gaara é um ótimo Garoto, Eu e Tarō adoramos a companhia dele. 

Yashamaru:Tarō? 

Bushra:Sim. Tarō! - ele o chama e Tarō vem junto de Gaara -

Yashamaru:É um animal bem.. Exótico? 

Bushra:Eu encontrei o Tarō quando eu estava machucado, resolvi dar a ele um nome e ficamos amigos. - Ele se senta em uma pedra -

Yashamaru:Fico feliz que Gaara tenha bons amigos.. Bem, eu vou indo. 

Bushra:Não quer Ficar conosco? 

Yashamaru:Não, eu tenho alguns assuntos para resolver.. Fale para o Gaara não ficar até tarde. - ele deu um sorriso e foi embora -




 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...