1. Spirit Fanfics >
  2. Reencarnei em BNHA >
  3. Tchau vida...

História Reencarnei em BNHA - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


OI! Agora sim é um bendito de um capitulo BOM PROVEITO

Capítulo 2 - Tchau vida...


Fanfic / Fanfiction Reencarnei em BNHA - Capítulo 2 - Tchau vida...

7: 50

Mãe:  ACORDA FIA DE DEUS QUE TU TA ATRASADA!!!!!!

Mari: JÁ ACORDEI MÃEE.

Mari: -Humf vê se pode uma coisa dessas, hoje é sabado, não tenho nada para fazer, por que acordar cedo?-

Mariana on: 

Eu acordei "calmamente", e, enrolada no cobertor, com uma cara de bunda, indo para a sala onde supostamente deveria estar o milagroso café que me faz ter um pouco de sanidade de manhã para não dar na cara de alguem~... PAFT!? (efeitos sonoros nota 10) Minha irmã quebra o prato que estava levando para pia com uma cara tipo "Que merda tu fez"

Sofi: VOCÊ NÃO ESTÁ PRONTA AINDA !?

Mari: NÃO GRITA NO MEU OUVIDO QUE EU NÃO SOU SURDA MÁFÍA!!! (Máfía é o apelido que eu dei para minha irmã, Minha filha+Sofia, criativo né).

Mari: E pronta pra que diacho?

Mãe: Você não contou para ela Sofi?

Sofi: AÉ, desculpa mari, eu esqueci de avisar.

Mari: Avisar o que?

Mãe: Nos vamos viajar para a casa da sua avó, é o aniversario dela.

Mari: PERA, é o aniversario da vó?

Mãe: Eu já falei para você não se esquecer dessas datas importantes.

Sofi: Não adianta mãe. Essa aí nem lembra do próprio niver.

Mari: Aaa Vai catar coquinho.

Lá estava eu, correndo contra o tempo para não nos atrazarmos mas ainda, tropeçando no próprio pé, finalmente terminei de arrumar tudo e entro no carro, partindo viajem. Já quase chegando na casa eu lembro de quando ainda moravamos aqui, -realmente era bom-.

Mari: UAU! As vezes esqueço que aqui é tão grande... PÁ!!

Mãe: Olha o respeito menina!

Nós entramos e fomos para o salão e lá estava nossa avó, tão sociavel~, como eu, a So e a mãe somos assim? Logo uma multidão de idosas veio em cima da gente fazendo varias pergunta que eu não liguei muito mas sempre com um sorriso no rosto. MAS, mas aquela bendita pessoa que falou uma das piores coisas que eu possa ouvir " Mas que menino bonito", minha familia inteira que estava presente congelou bem na hora, um nervo saltou da minha testa, ma viro delicadamente para trás e vejo a bendita senhora que falou isso e digo:

Mari: Me desculpe mas eu sou menina.

A senhora envergonhada pediu desculpas, eu falei que não tinha problema claro, mas mesmo assim me deu raiva.

Mari: Mãe vou andar um poco lá fora tá?

Mãe: Ok mas toma cuuidado.

Saio do salão e vou para o quintal. Me deito na grama fofinha e observo as nuvens serem levadas pelo vento, esse cenario me dá um sentimento de leveza, é tão relachante. Sem perceber adormeço.

. . .

Sinto frio e tento abrir os olhos mas uma luz ofuscante não permita abri-los, logo em seguida ouço uma voz

???: BEM VINDA.

Mari: MAS QUE PORRA TÁ ACONTECENDO AQUI?!

CONTINUA...


Notas Finais


Oiiiii, espero que tenham gostado do capitulo, eu apresentei mais a vida dela antes, e quem ficou confuso com o que aconteceu, tudo sera explicado no proximo capitulo desculpe novamente pelos erros ortograficos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...