História Reescrevendo o futuro - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Personagens Originais
Tags Sasunaru, Universo Alternativo, Yaoi
Visualizações 83
Palavras 1.093
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiii meus amores❤️
Saudades!? Demorei mas voltei ^^
Eu sempre volto não é mesmo? Kkkk
Vou parar de pedir desculpas por demorar porque eu sempre demoro mesmo então vocês já devem tá acostumados!
Fiquei sem ideia pra título kkkk
Espero que gostem!!
Boa leitura 💕

Capítulo 13 - Se reconciliando


Fanfic / Fanfiction Reescrevendo o futuro - Capítulo 13 - Se reconciliando

Povs Naruto

Minha volta ao passado não mudará a guerra que está por vir. Desde minha saída da vila tenho tentado de todas as maneiras mudar a maneira de pensar dos Akatsuki, vai fazer três anos junto a eles e nesse tempo tentei auxiliá-los como pude, com várias indas e vindas, depois de conversar bastante com Nagato pude abrir sua mente como já fizera uma vez,  também pude o aconselhar sobre a batalha que viria.

Consegui a confiança de Konan com esforço, desde que a conheço ela sempre foi uma mulher reservada mas sempre gentil, acompanhando sempre todas as escolhas de Nagato. Com Kakuzu e Hidan foi mais difícil, pois não conhecia muito de suas histórias e seus pecados, mas com a ajuda de Deidara fizemos nascer amor (por engano e na gambiarra) embora eles não adimitam, kakuzu conseguiu se importar com algo além de dinheiro e Hidan algo além de jashin, pelo menos é o que parece.

Sasori e Kisame só precisavam de um discernimento pessoal, o que não foi nada fácil de conseguir. Itachi se soltava aos poucos, os únicos momentos em que víamos ele sorrir de verdade era quando está na presença do Dei-nii. Já Deidara foi uma grande mudança desde que nós nos descobrimos irmãos ele fica muito em cima de mim como irmão-coruja.

Minha chegada não o surtiu muito efeito mas meu relacionamento com Zetsu é pacífico, mas nada garante essa consistência. Tobi ou no caso Obito, devo adimitir é um ótimo ator, tenho de escutar as reclamações de Kurama sempre que estou na sua presença, não tenho menor noção se minha a presença o fez mudar de ideia. 

Não são feitos extraordinários ou pretensiosos, tudo que fiz desde que cheguei foi espalhar a alegria, se todos eles realmente fossem ruins eu não teria sido de nenhuma influência, em menos de 3 anos esse grupo de mafiosos se tornaram minha família.

Mas o mar não fica calmo para sempre, resolveremos nossos problemas antes das ondas chegarem. Nesta batalha nós estamos do lado escuro da força.

-Naru Desce daí e vêm comer! O Danna fez lamen hn! _diz Deidara sorridente -Anda logo que eu pedi que ele fizesse um bem especial pro meu otouto!

Desci rapidamente do telhado, que era onde eu estava, vou lá pra ficar sozinho e pensar um pouco. Comida era significado de bagunça naquela casa, como sempre Deidara e Hidan estavam discutindo coisas banais enquanto kakuzu e Itachi observavam prontos para apartar uma possível briga, os outros tentavam conversar normalmente com o barulho, sorri observando o que naquela casa já era o cotidiano, recordando meus pensamentos sobre eles no telhado.

-Eu amo vocês 'ttebayo! _disse sorrindo, logo ficando vermelho ao perceber que todos pararam de conversar/brigar pra me olhar.

Enquanto eu miseravelmente tentava explicar o que quis dizer, todos se entreolharam e começaram a rir, Konan veio até mim e me abraçou com carinho.

-Nós também te amamos Naruto-kun _disse acariciando meus cabelos.

Deidara, Hidan, Tobi e Kisame se juntaram ao abraço fazendo folia no momento que era para ser fofo, Pain, Itachi, Kakuzu, Sasori e Zetsu apenas sorriam nos olhando. Não pude deixar de derramar algumas lágrimas, era a primeira vez que eu realmente me senti amado por tantas pessoas.

-Obrigado _respondi baixo aproveitando o abraço.

Após o turbilhão de sentimentos todos voltaram ao que estava fazendo e eu fui comer o meu delicioso lamen, adimito que o do Sasori é bom mas não é tão bom quanto o do ichiraku, porém minha alegria durou pouco.

-Tem alguém se aproximando _diz Pain todos fazendo com que todos ficassem quietos.

Todos aderiram uma feição mais séria se posicionando todos em frente a entrada do esconderijo, como uma opção de última hora nosso líder exigia proteção máxima do esconderijo, que era a fonte de pesquisa da Akatsuki.

Do meio das árvores saiu Sasuke com uma cara nada boa e logo atrás Suigetsu que ao notar o “comitê de boas vindas” derreteu (literalmente), fiquei meio desconcertado com sua chegada mas nada disse, apenas o encarando e assim como eu, Dei-nii também ficou confuso.

-Uchiha Itachi

Com apenas duas palavras já sabíamos que nada de bom viria a seguir, os irmãos Uchiha se encaravam mortalmente, talvez eu devesse ter contado a verdade antes...

Povs Autora 

Sasuke correu em direção a Itachi começando a desferir alguns golpes com a katana, Itachi o rebatia igualmente, levando aquilo a um mano a mano simples. O restante dos integrantes da Akatsuki se reuniram no canto assistindo aonde a luta iria dar, Naruto hesitava em separá-los ou continuar apenas a assistir, em outro futuro Sasuke obteve sua vingança e matou Itachi, mas no futuro que estavam agora Naruto não queria perder nenhum dos dois.

Repentinamente os dois pararam a luta ficando um de frente para o outro, sem dizer uma sequer palavra apenas fitavam os olhos alheios.

Povs Sasuke

Durante todo o caminho vinham as lembranças do dia que considerei o pior de toda a minha vida, depois do massacre do clã Uchiha, todo o ódio que senti dos olhos que estavam a minha frente. Tentava me lembrar do que ele me fez, as coisas ruins que ele falou e todas as mortes que me fez reviver.

Mas agora encarando seus olhos não acho o mesmo ódio que me trouxe até aqui, não consigo lembrar da raiva que carrego desses olhos, como se meu passado já não existisse, aqueles olhos me olhando como se me desafiasse não são nada além de um buraco vazio de dor e sofrimento, toda a raiva, o ódio e rancor se foram, meu peito se apertava, e todo sentimento ruim virou saudade, e meus pensamentos se tornaram lágrimas.

-Gomen nii-san _disse baixo me ajoelhando enquanto as lágrimas caiam desamparadas, apenas esperando meu destino.

Itachi se ajoelhou, segurou em meus ombros e me abraçou, com esse abraço eu pude sentir a angustia se esvaindo e meu coração acelerado, como pude não sentir a falta que meu nii-san me fez todo esse tempo?

-Não... Quem deveria pedir desculpas sou eu, otouto _fala Itachi me apertando no abraço, que durou alguns minutos até que eu me acalmasse.

Ao me levantar lembro que tínhamos uma plateia nos olhando, a maioria com os olhos cheios d'água, inclusive Naruto que quase se afogava em lágrimas junto com o irmão que se encontrava no mesmo estado, todos os loiros de olhos azuis são bestas assim mesmo? Que seja! Meu assunto é com Itachi e.. merda! Me deixei levar pelo momento, Itachi sorria aliviado. Todos me olhavam com curiosidade.

-Tsc! _Virei o rosto corado, talvez devesse ter esperado ele ficar sozinho.


Notas Finais


Espero que tenham gostado ^-^
Estou fazendo capítulos com mais intuito de informação e reconciliações, vou deixar a fic bem desenvolvida antes de fazer a guerra porque senão até eu me perco!
Até mais 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...