1. Spirit Fanfics >
  2. (Reescrita) Pokémon : A Esmeralda, a Criatura e o Amour. >
  3. Uma Batalha entre Deuses.

História (Reescrita) Pokémon : A Esmeralda, a Criatura e o Amour. - Capítulo 17


Escrita por:


Notas do Autor


ooi
demorou um pouco, mas está ai!

Capítulo 17 - Uma Batalha entre Deuses.


Ash caiu no chão, de joelhos. Sentia a dor que aquele Pikachu tinha causado em Greninja, e ao mesmo tempo, não acreditava realmente no que tinha acontecido. Seu pokémon mais forte foi nocauteado com apenas um ataque, não sabia como reagir aquilo, não sabia o que fazer depois daquilo. Tinha por que liberar outro pokémon, se Greninja foi derrotado com tanta facilidade?
 

Aquele garoto continuava de pé, sério, esperando que Ash fizesse seu próximo movimento. Mas, antes que ele pudesse fazer qualquer coisa, um enorme dragão apareceu atrás de Ketchum, e em pouco tempo, Serena e Delphox também chegavam lá.
 

Cynthia desceu de Rayquaza, e olhou com uma expressão séria para aquele garoto. Não falou uma palavra, apenas ficou de pé a frente de Rayquaza, encarando ele. O garoto, vendo que agora estava em minoria, chamou seu Pikachu de volta (que voltou a seu ombro), e simplesmente andou para fora dali, dando espaço para eles continuarem. Delphox curou Greninja, e então, seguiram pelo caminho. Além de um "tá tudo bem?" de Serena para Ash, mais nenhuma palavra foi dita.
 

Chegando lá, foram rapidamente atacados por dois pokémons : Dois cães, um deles com o que parecia um tipo de armadura, e o outro segurando uma espada em sua boca (os dois também tinham olhos roxos, o que a esse ponto não surpreendeu nenhum deles). No último segundo, Delphox conseguiu defender eles criando uma barreira.
 

Aquele lugar era no mínimo, assustador. Era tudo plano, e não muito longe tinha uma enorme máquina, e Giovanni sentado em uma pequena cadeira na frente daquilo. Ao lado dele, outra pessoa que vestia um terno e que tinha uma aparência de qualquer apresentador de televisão genérico que existia. Os dois conversaram, e não pareciam perceber que nenhum deles estava lá.
 

Mas de tudo aquilo, o que mais surpreendia eles era o que estava na máquina. Todo aquele equipamento era para conter um pokémon apenas : Arceus. Aquele deus estava lá, inconsciente, com vários cabos e fios prendendo ele naquele lugar.

- Ei! - Cynthia gritou a eles. Aquele homem que não conheciam ficou até assustado com aquilo, mas Giovanni nem ao menos se surpreendeu.

Aqueles dois cães novamente atacaram eles. "Flamethrower!" Cynthia disse ao seu pokémon, que acertou os dois com o poderoso ataque. Depois daquilo, seus olhos voltavam ao normal, e quando viram que Rayquaza estava na frente deles, simplesmente se curvaram. Como se falasse com eles, o dragão fez os dois virarem para Giovanni, e agora eles estavam bem mais bravos do que antes.

- O que estão fazendo?! - Cynthia continuou.
 

Os dois andaram até eles, ao lado do Persian de Giovanni. Não pareciam carregar nenhuma pokébola, nem nada assim. Era como estivessem se rendendo.
 

- Tudo bem... podem se render agora. - Giovanni disse a eles, sério. Rayquaza soltou sua cry para ele em resposta, mas o líder da Equipe Rocket nem reagiu a aquilo.
 

- Perdão? - Cynthia pediu para ele repetir aquilo, dando uma pequena risada.

- Podem se render. 

- Eu não sei se você está entendendo... você perdeu. Não tem mais o que fazer.

Giovanni deu um suspiro, e andou para trás. Aquele homem de Galar acompanhou ele, e foram até perto daquela máquina. Começaram a apertar alguns botões, e em um instante, Arceus tinha sido liberado.

O lendário, no início, ficou apenas flutuando naquele lugar. Com a cabeça abaixada, não fazia movimento algum. Então, ele abriu os olhos - que estavam roxos -, e lentamente começava a se mexer. Quando percebeu que Ash, Serena, e Cynthia estavam lá, rapidamente foi até onde estavam, e parou na frente deles.

Arceus simplesmente olhou para aqueles dois cães, e na hora eles se curvaram, com medo. Depois, saíram correndo daquele lugar. O resto do grupo andou para trás, e Rayquaza prontamente foi até a frente deles.

O dragão encarava Arceus. Aqueles que eram conhecidos como os dois pokémons mais fortes que existem estavam lá, frente a frente, praticamente esperando quem faria o primeiro movimento. O pokémon de Cynthia estava extremamente confiante, enquanto o de Sinnoh não tinha emoção alguma. Estava simplesmente lá, parado, sério.

Rayquaza então, com Cynthia, mega evoluiu, soltando sua cry que podia ser escutada por praticamente toda a região inteira. E Arceus continuou do mesmo jeito, ignorando aquilo completamente.

- Draco Meteor! - Cynthia ordenou, e seu pokémon lançou o poderoso ataque. Com uma pequena barreira que criou em cima dele, Arceus saiu completamente ileso.

Ele respondeu com um Judgement, e Arceus também tomou sua forma do tipo fada, fazendo com que o ataque fosse efetivo no tipo dragão. Rayquaza sentiu muito aquilo, e teve bastante dificuldade para continuar de pé.

Agora Cynthia não tinha opções boas para seu próximo ataque, já que qualquer coisa como um Draco Meteor agora seria completamente ignorada. Seu próximo ataque foi um Overheat : enquanto todo mundo que estava la teve que se proteger de todo aquele fogo, novamente com um simples escudo Arceus saia ileso. E de novo, atacou de volta, com muito mais força.

Isso se repetiu mais vezes. Rayquaza não conseguia encostar naquele deus, que nem ao menos reagia a seus ataques. E agora também estava ficando cada vez mais cansado.

- Ok... algum de vocês pode ajudar? Ash? - Cynthia andava para trás.

O garoto, sem pensar duas vezes, tirou a Master ball de seu bolso. Antes que pudesse lançar ela, Mewtwo na hora foi liberado, sozinho. Sua própria presença já parecia afetar o lugar, e Serena podia jurar que Arceus tinha recuado um pouco ao ver o lendário de Kanto. O pokémon olhou ao seu redor para reconhecer onde estava, e tomou uma expressão séria em seu rosto ao ver Mega Rayquaza ao seu lado. Um pouco mais a frente viu Arceus, e não muito longe, Giovanni.

Os olhos de Mewtwo brilharam com uma cor azul (como de um pokémon que tivesse sendo atacado por um Psychic). Ele fechou um punho, e todas aquelas nuvens que estavam acima deles ficaram escuras. De repente, um raio caiu naquela máquina que estava ao lado de Giovanni, e ela explodiu completamente. Aquela pessoa de Galar que estava ali tentou sair dali o mais rápido possível, com muito medo, mas Mewtwo criou uma barreira na frente dele o parando.

- Vamos, faça alguma coisa! - Giovanni ordenou.

Arceus pela primeira vez fez atacou antes que seus oponentes, com um poderoso Judgement que caiu do céu. O ataque, do tipo fada, ia diretamente em Rayquaza. Porém, antes daquele enorme raio atingir o dragão, Mewtwo conseguiu para-lo com suas próprias mãos. Teve que esforçar para isso, mas no final, o Judgement não acertou nenhum deles.

Ainda segurando aquilo, o lendário de Kanto concentrou toda a energia do ataque em uma esfera que segurava em suas mãos. Lançou ela com toda a sua força em Arceus, que tentou novamente bloquear com aquela barreira, mas dessa vez, ela foi completamente destruída. O lendário sofreu o ataque, mas continuou de pé sem muito esforço. Agora, ele também assumia sua forma do tipo Dark.

- Outrage! 

O dragão avançou com muita velocidade, e acertou Arceus em cheio com muitos golpes. Mewtwo aproveitou aquilo, e usou um efetivo Focus Blast, que lançou seu adversário para trás. Ele tentou reagir, mas o tipo psíquico foi ainda mais rápido, e já o acertou novamente com um Close Combat.

- Rayquaza, V-Create!

- Pikachu, Thunderbolt! - Serena ordenou.

- Psystrike! 

Mewtwo lançou seu ataque primeiro, seguindo as ordens de Ash, e acertou Arceus em cheio com aquele raio. Depois, Rayquaza e Pikachu fizeram o mesmo, e aqueles três ataques acertavam o lendário de Sinnoh ao mesmo tempo. Uma enorme explosão foi criada, e eles não conseguiam ver mais nada a frente deles. 

Em pouco tempo, viram Arceus extremamente machucado, fazendo muito esforço para continuar de pé. Mewtwo ergueu um dos seus braços, e um grande raio acertou aquele lendário em cheio, e agora, ele enfim caia ao chão.

- Ok... Ash disse, ainda desconfiando se aquilo tinha dado certo.

- Draco Meteor!

Cynthia ordenou novamente, por pura precaução, e seu Mega Rayquaza acertou o ataque sem obstáculo algum em Arceus. A esse ponto, ele já parecia estar desacordado, então não sabiam se aquilo realmente teve alguma utilidade.

Então, em um piscar de olhos, todos aqueles pokémons desmaiaram. Ash, Serena e Cynthia não conseguiram nem ao menos ver o que tinha acontecido, mas todos eles estavam no chão, completamente desacordados. O único que ainda estava consciente era Mewtwo, que estava ajoelhado com as mãos na cabeça, gritando, como se tentasse tirar alguma coisa de lá. Na frente de todos eles, Arceus lentamente se levantava, ainda machucado, enquanto o céu se abria em cima dele, iluminando todo o lugar.

- Última chance. - Giovanni andou até eles, calmo. - Podem se render.

Não sabiam como reagir. Haviam...perdido. Não parecia real, e ao mesmo tempo, como não seria real? Estavam enfrentando o que era literalmente um deus. Só não conseguiam acreditar.

Ash fez "não" com a cabeça, sério. Tirou uma pokébola de seu bolso, e liberou Greninja.

- Tudo bem então... - Giovanni novamente voltou para onde estava. Apontou para o pokémon de Ash, mostrando a Arceus qual era o seu próximo alvo.

Arceus bateu com um dos seus pés no chão, e de repente, Greninja também levou suas mãos a cabeça. Tentava a reagir a aquilo como Mewtwo fazia. 

Porém, agora, Ash conseguia ajudar. Os dois se esforçaram muito, e pouco a pouco, o inicial de Kalos se levantava, e lentamente a Water Shuriken em suas costas se formava. Arceus claramente se assustou com aquilo, confuso. 

Quando a transformação acabou, uma espada de água se formou em uma das mãos de Greninja, que brilhava com um azul claro. Ele e seu treinador olhavam para aquilo, um pouco surpresos, já que era a primeira vez que tinham feito aquilo antes.

Arceus lançou um Judgement do céu em direção do tipo dark. Quando o ataque chegou, o pokémon de Ash levantou aquela espada, que pareceu absorver toda aquela energia, e no final, o ataque não teve efeito algum. Greninja pulou em seu adversário, e usou a espada para acertar ele com toda a sua força. Uma onda de energia foi liberada daquele ataque, e como um vento, empurrou todos eles para trás. Com isso, aquele "anel" de ouro que Arceus tinha em seu corpo teve uma pequena rachadura, e o pokémon claramente já estava ficando fraco com todos aqueles ataques.

Novamente, o lendário de Sinnoh tentava fazer Greninja desmaiar com aquele pequeno movimento que fazia. O pokémon e Ash claramente sentiam aquilo, mas no final, continuavam de pé. 

A espada do tipo água se desfazia, mas agora, ele levantou sua Water Shuriken ao céu. Como já era de costume a aquela altura, a shuriken aumentou de tamanho e ficou dourada. Lançou o ataque, e novamente Arceus não conseguiu se defender, levando muito dano daquilo.

Agora, o lendário de Sinnoh iria revidar. Avançou em Greninja com um Giga Impact. Tentou se defender, mas no final, foi completamente arremessado para trás, e caiu com força no chão. Depois, tentou se levantar, mas um Judgement acertou acertou ele em cheio, criando quase que uma cratera onde estava. Ash caiu de joelhos no chão com aquilo, e Serena teve que o ajudar a levantar novamente.

Seu pokémon teve mais dificuldades, e praticamente não conseguia nem se mexer.

De repente, um ataque acertou Arceus. Mewtwo conseguiu se livrar dele, e conseguiu usar seu Psystrike. Depois, rapidamente acertou ele com outro raio que caiu do céu.

Agora, um Judgement e um Psystrike. Os dois raios se colidiram, e um lendário tentava se sobressair sobre o ataque do outro.

- Flamethrower! - Serena liberou Delphox, e agora sua pokémon se juntava a Mewtwo tentando parar aquele Judgement.

Os dois ataques alcançaram Arceus, mas no final, ele conseguiu refletir o ataque e o concentrar completamente no inicial da garota, e foi nocauteada instantaneamente.

Rapidamente, Greninja avançou no lendário. Arceus tentou revidar, mas o tipo água o segurava com a sua espada. Não conseguiria aguentar por muito tempo, então Mewtwo foi até lá o ajudar.

Os dois conseguiriam o segurar por alguns segundos, mas depois, foram jogados para longe.

Arceus depois disso, conseguiu acertar o tipo psíquico com seu ataque (que agora era do tipo dark), e Mewtwo por um momento, ficou inconsciente. Ash-Greninja percebeu isso, e agora com seu treinador, começou a se concentrar.

Os dois conseguiram usar aquele poderoso ataque de água mais uma vez. Agora, ele parecia ainda mais forte. O jato de água agora era muito maior, e brilhava com um azul muito brilhante, e foi lançado com força em Arceus.

- ... Origin Pulse. - Cynthia disse para si mesma, em voz baixa, reconhecendo aquele ataque do pokémon de Ash.

O lendário com esforço se segurava, até não conseguir aguentar mais, e foi lançado para trás até bater no chão. Greninja rapidamente pulou em cima dele com aquela sua espada, mas Arceus conseguiu de defender, segurando o braço do pokémon de Ash.

- Agora, Iron Tail!

Pikachu havia acordado, e aproveitando aquele momento, atacou Arceus com toda a sua força. Aquele anel se rachou completamente, e acabou partindo ao meio.

Agora, Ash-Greninja não teve dificuldades nenhuma. Se soltou do lendário, e acertou ele com sua espada, o nocauteando.


Notas Finais


Oii
E aí, como vocês estão?!
Eu estou...melhor! kkk

Bom, como havia dito, a partir de agora vou postar aqui com bemm mais frequência (no mínimo dois capítulos por semana, se não tiver nenhum imprevisto)

Enfim, enfim. O que acharam do capítulo? Gostaram?
Eu tive bastantee ideias sobre ele, então espero não ter desapontado e.e

Ah, mais uma pergunta : O que vocês acharam do Greninja ter uma espada?
É uma daquelas ideias estranhas que eu tenho, achei que ia ser legal. mas não sei! >_>

Com isso, até a próxima! :v


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...