História REFÉNS DO AMOR - Barchie - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Riverdale
Personagens Alice Cooper, Archibald "Archie" Andrews, Cheryl Blossom, Elizabeth "Betty" Cooper, Forsythe Pendleton "Jughead" Jones III, Kevin Keller, Polly Cooper, Veronica "Ronnie" Lodge
Tags Barchie, Bughead, Chonni, Veggie
Visualizações 11
Palavras 1.465
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, LGBT, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá, sejam bem-vindos novamente.

Poucos irão notar, então irei explicar. Essa fanfic está sendo reescrita, antigamente se chamava "Hostage of love", havia poucos capítulos e raramente eu atualizava, pois alguns capítulos não tinham a informação necessária e me desmotivou a continuar.

Como eu tinha/tenho ótimos planos para essa fanfic, resolvi então apagar a antiga e escrever uma nova, no caso essa.

Espero que gostem, boa leitura ♡

Capítulo 1 - TRÊS MALDITOS MESES - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction REFÉNS DO AMOR - Barchie - Capítulo 1 - TRÊS MALDITOS MESES - Capítulo 1

10 DE JULHO DE 2019


-Foi a primeira vez que eu me diverti em um baile.- Archie dizia sorridente, seus olhos brilhavam enquanto observava Betty, em seu vestido cor de rosa. A noite estava tranquila, ruas vazias e uma deliciosa brisa.

-Eu te disse que seria bom.- Betty respondeu convencida, adorava ver Archie sorrir.

Ambos pararam, um de frente para o outro quando finalmente chegaram à casa de Betty.

-Obrigada por hoje.- Betty molhou os lábios enquanto apertava suas mãos, sempre fazia isso quando estava nervosa ou envergonhada. Não passou despercebido por Archie.

-Ei.- Archie sorriu levando sua mão até o queixo de Betty fazendo com que o olhasse.- Não precisa me agradecer. Sabe que eu amo a sua presença e não iria querer levar mais ninguém ao baile se não você.

Os olhos de Betty se abriram ainda mais. Por mais que tentasse esconder como sempre fazia, algo dizia em sua mente que estava na hora de confessar. Não tinha certeza, mas rezava para ser recíproco.

-Archie...- Betty o chamou, Archie ainda lhe encarava, não havia se afastado nem um centímetro. Betty abriu a sua boca diversas vezes procurando alguma maneira para dizer ao melhor amigo o que sentia. Já se sentindo ridícula por não conseguir expressar em palavras, o beijou.

Depois de tantos anos, conseguiu por fim tomar coragem e beijar Archie. Por um momento Archie retribuiu o beijo de Betty, um beijo lento, carinhoso. Mas algo lhe veio a mente, algo que fez ele se afastar imediatamente.

-Archie...- Betty suspirou vendo Archie de afastar confuso.

-Betty, não podemos.

-Como?- Betty arqueou uma sobrancelha.- Você acabou de se declarar para mim Archie! 

-O que?- Archie juntou as sombrancelhas.- Betty, você entendeu errado.- Betty ficou em silêncio aguardando Archie continuar.- Somos melhores amigos Betty, eu amo você, amo estar com você, e é por isso que não podemos ter algo a mais!

-Eu ainda não entendo.- Betty cruzou os braços e apertou os lábios para impedir que as lágrimas caíssem.

-Meus relacionamentos nunca dão certo Betty. Você melhor do que ninguém sabe disso, acompanhou todas as minhas decepções amorosas.- Era nítido o desespero na voz de Archie, e a expressão abatida de Betty só deixava-o mais desconfortável.- Você acha que eu já não pensei em ter algo sério com você?- Betty permaneceu calada, uma linha fina de lágrima já escorria em sua bochecha.- Eu já pensei nisso Betty, mas também já pensei nas nossas discussões, no término, no fim do namoro e no fim da nossa amizade. Eu não quero perder a sua amizade Betty. Eu não quero te perder.

-Que pena Archie, porque acabou de perder os dois.- Betty deu as costas para Archie permitindo que finalmente as lágrimas rolassem.

-Betty.- Archie a chamou, mas Betty pela primeira vez o ignorou.- Betty!- Archie tentou alcança-la, mas Betty aumentou os passos adentrando sua casa.


HOJE EM DIA

POV BETTY


Três meses, eu passei três malditos meses trancada em meu quarto me torturando da pior forma, colocando inúmeros defeitos em mim. Três malditos meses fora da escola, um bimestre perdido, três meses de vida perdido! Mas isso, até hoje.

-Finalmente.- Pelo reflexo do espelho pude ver minha mãe escorada na porta me observando. Lhe dei um pequeno sorriso e voltei a me maquiar.- Archie veio aqui enquanto dormia.- Desviei minha atenção para ela novamente.- Mas isso não é novidade, já que ele está aqui todos os dias tentando se desculpar.

-Bom, pelo menos ele reconhece que é um babaca.- Dou de ombros saindo de frente da penteadeira.- Você não precisa abrir a porta para ele, eu o odeio.

-Betty, é do Archie que estamos falando.

-Sim, meu melhor amigo desde sempre.- Revirei os olhos, eu sabia que ela iria dizer isso, ela sempre diz.- Mas não é mais, eu superei mãe, você também precisa superar.- Solto meu cabelo penteando-o em seguida.

-Certo Elizabeth, não vou mais discutir sobre esse assunto com você.- Seu tom de voz era irritado, mas se acalmou quando encontrei seu olhar. Suspirei balançando a cabeça negativamente e fui em direção ao meu perfume.- Elizabeth...- Minha mãe se aproximou de mim, suas mãos pousaram em meu ombro e nós duas nos encaramos pelo espelho carinhosamente. Um raro momento entre nós.- Estou feliz por ver você bem, faça o que você achar melhor para você.- Sorri balançando a cabeça positivamente, logo minha mãe se afastou indo em direção a porta.

Espirrei meu perfume uma última vez e peguei minha bolsa na cama.

-Ah.- Minha mãe se virou antes de chegar na porta.- Você está linda.

-Sim, eu sei.- Respondi convencida sorrindo em seguida vendo seu olhar orgulhoso.

Precisei pegar uma carona com a minha mãe até a escola, queria evitar Archie e por sermos vizinhos seria impossível se eu fosse a pé.

  -Aqui, pegue. Para o lanche.- Minha mãe me entregou 20 reais assim que estacionou em frente à escola.- Se cuida.

-Certo. Obrigada.- Desci do carro adentrando a escola.

Assim que cruzei o corredor do ensino médio pude ver alguns rostos conhecidos e alguns olhares se voltaram para mim. Ou estavam surpresos por me ver na escola novamente, ou sabiam do fora que eu levei de Archie antes das férias de Julho, ou eu estava realmente gostosa em meu uniforme de líder de torcida. Pela expressão de Chuck, eu vou na terceira opção.

Normalmente, eu abaixaria minha cabeça envergonhada e iria diretamente ao meu armário, mas desta vez foi diferente, levantei minha cabeça com um pequeno sorriso convencido nos lábios e andei segura de mim até o meu armário para colocar alguns livros.

-Betty, finalmente.- A voz atrás de mim fez com que eu desse um pequeno pulo de susto.

-Kevin! Quer me matar de susto?- Virei-me para o meu amigo que tinha uma expressão séria.

-Eu espero que você tenha um bom motivo para ter me ignorado por três meses.- Kevin apoiou-se no armário ao lado enquanto eu voltava a guardar o meu material.

-Você não foi o único, Kevin.- Fechei meu armário jogando minha bolsa em meu ombro.

-É tudo o que você tem pra me dizer?

-Não, eu vou te explicar tudo.- Começamos a andar em direção a sala de biologia.- Mas antes, preciso encontrar a Cheryl. Vou voltar para as Vixens, o ensaio deve rolando agora.- Desvio meu caminho para a quadra sem dar tempo para Kevin retrucar, de longe pude ouvir a música da Taylor tocar.

Empurro a porta de uma vez chamando a atenção de todas as garotas presentes ali.

-Muito obrigada Betty, atrapalhou a coreografia. Muito obrigada mesmo.-O tom irônico de Cheryl ecoou pelo pátio após ela desligar o som.

Sua reação foi a que eu imaginava, braços cruzados, sombrancelhas arqueadas e esperando uma resposta. Eu preciso impressionar ela.

-Quero entrar para as vixens.- Ando em sua direção parando a poucos centímetros.

-Ta brincando?- Cheryl descruzou os braços sorrindo com seu tom sarcástico de sempre.- Betty, você é péssima sendo líder de torcida.

-Uh.- Finjo me afetar levando uma mão ao peito.- Cheryl, isso foi há muito tempo.

-Deveria focar em ser atriz, é boa nisso.- Cheryl desvia o olhar para a minha mão e volta a me olhar nos olhos.- Certo, me mostre o que você sabe. Aliás, estamos mesmo precisando de uma integrante.

-Alguém saiu?- Largo a minha bolsa no chão pronta para me alongar.

-Não, Verônica entrou.- Cheryl acena com a cabeça.

 Desvio meu olhar para o grupo de garotas se alongando vendo um único rosto desconhecido de uma garota dos cabelos negros. Essa é Verônica?

-Ela parece ser boa.- Dou de ombros.

-Sim, ela é.- Cheryl desvia sua atenção para mim novamente.- Chegou há pouco tempo na escola.- Ficamos em silêncio por alguns segundos enquanto Cheryl me observava a alongar.- Falando em chegar na escola...- Lá vem. Reviro os olhos imaginando o que iria sair de sua boca.- Por quê demorou para voltar para a escola?

-Não é da sua conta.- Dou de ombros tentando soar o mais serena possível, mas todo o filme daquela noite me veio à cabeça.

-Tem razão.- Cheryl dá de ombros.- E eu não quero saber todo o drama que passa na sua vida. Agora levanta e me mostra o que você aprendeu nesses últimos meses...

-Ok.- Lhe dou um pequeno sorriso antes de ir para o centro do pátio.

Cheryl, como todas as outras integrantes das Vixens esperavam me ver pagando mico, mas não dessa vez vadias.

Betty Cooper está de volta e de um jeito totalmente diferente.


Notas Finais


Archie aparecerá em breve, talvez no próximo capítulo. Não consegui colocar ele nesse, pois precisava mostrar a história de Betty.

Caso tenha gostado favorite e comente, irá me motivar a continuar ♡

Qualquer dúvida ou sugestão deixe nos comentários, irei respondê-los. Até o próximo capítulo. ꒰⑅ᵕ༚ᵕ꒱˖♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...