História Reféns do desejo - Capítulo 24


Escrita por:

Postado
Categorias One Direction, Shawn Mendes
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Shawn Mendes, Zayn Malik
Tags Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Shawn Mendes, Zayn Malik
Visualizações 10
Palavras 394
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 24 - Sequestrada de novo


Depois daquela minha noite com o Harry, não nos falamos direito, nem falei muito com os meninos,  estou muito ocupada procurando emprego, já que meus pais passaram a pensar assim "se você tem idade pra morar sozinha, tem idade pra se sustentar sozinha" odiei esse pensamento, encontrar emprego é muito difícil,  mas nesse exato momento estou a caminho de uma entrevista de emprego, espero que agora de certo, porque eu não aguento mais.

[...]

AE CARALHO

Consegui consegui consegui

Sou demais, agora eu sou finalmente empregada,  não é um trabalho que se diga meeeeudeus que trabalho,  mas é alguma coisa, vou trabalhar como atendente em uma lanchonete, começo semana que vem e o dinheiro vai dar pra eu me virar. 

Decido ir ao shopping só pra passar o tempo,  e gastar dinheiro atoa por ai.

Depois de andar em algumas lojas e acabar sem comprar nada, percebo que esse negócio de compras não é comigo, à caminho da praça de alimentação, me sinto observada,  como se tivesse alguém me vigiando, mas como sou doida essas coisas não podem ser levadas a sério. 

[...]

Não aguento mais andar, só quero comida e a minha cama, eu decidi voltar  pra casa a pé e acabei me perdendo (ce juuraaa???), não consigo imaginar como isso aconteceu. Mas enfim entro em um beco, quando ccomeço me sentir perseguida,  e por extinto,  acelero o passo, então consigo escutar os passos atrás de mim, tento correr mas algo me puxa pra trás,  um pano é colocado na minha boca e nariz, acabo desmaiando. 

[...]

Mas que porra, por que não consigo me mexer? E por que minha cabeça dói tanto? Onde diabos eu fui me meter essa vez puta que pariu. Aqui não é muito claro então minha visão demora um pouco a se acostumar, quando finalmente consigo enxergar direito, percebo que estou amarrada em uma cadeira, num local sujo, bem pequeno e que nunca vi na vida.

- Harry? Isso é uma brincadeira?  Se for para! Porque não está engraçado- grito pro nada, isso me parece o tipo de brincadeira que o Harry faria- Meninos?  Parem com isso,  não tem graça! - beleza, agora tô desesperada real.

- Não sentiu minha falta bebê? Eu falei que você iria se arrepender, fiquei sabendo que você costuma se apaixonar por quem te sequestra,  o que acha disso?

- Você?- ele ri.

PUTA QUE PARIU


Notas Finais


Acho que eu conheço essa história ein


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...