História Reflection - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Mamamoo
Personagens Baekhyun, Hwasa, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Moonbyul, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Solar, Wheein
Visualizações 4
Palavras 1.464
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção Adolescente, Lemon, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Amigos


Cerca de uma semana depois do Mama foi o aniversário do Taehyung e todos fomos chamados para a festa de aniversário que ele iria fazer só que no dia apenas eu, Baek e Byul podemos comparecer, mas mesmo assim o Tae não apareceu triste e disse "eu deveria ter conhecido vocês antes porque aí já tinha convidado vocês a mais tempo, mas que bom que vocês vieram". A festa estava cheia e pelo o que eu percebi basicamente só tinha parentes dele e mais algumas pessoas que eu achava que já tinha visto. Tenho certeza que meu amigo estava se divertindo mais do que qualquer um de nós já que estava flertando horrores com uma prima do Tae (muito bonita inclusive). Como a Moonbyul conversava animadamente com Seokjin e Hoseok e eu estava sozinha aproveitei que vi o Namjoon sozinho perto da janela e fui conversar com ele e talvez fazer com que ele esquecesse da merda que eu fiz no dia em que trabalhamos juntos.

Eu: mas tem certeza que você não tá puto comigo?
Namjoon: não, claro que não! E além disso eu gostei do você falou.
Eu: jura? Eu falei brincando, mas a gente pode falar sério agora e...
Namjoon: eu também tava brincando garota. Você é engraçada.

Rimos da confusão que fizemos e ficamos conversando até que a Byul disse que precisava ir embora e nos fomos com ela, mas antes de partir ela e o Jin trocaram números de celular e marcaram de se ver no encontro da 92 line que ela e o Baekhyun estavam organizando (apesar de não ser famoso ele fazia questão de participar das reuniões do pessoal da idade dele e pelo o que eu sabia ele já havia feito alguns amigos e quando não ia sempre perguntavam por ele). Já no carro eu fiquei me perguntando se deveria ter chamado o Nam para sair também só que acabei me esquecendo quando cheguei em casa, mas felizmente dias depois ele pensou o mesmo que eu e me mandou uma mensagem dizendo "Eu queria sair pra beber, mas não queria ir sozinho e os meninos não estão em casa. Quer ir comigo??". Eu quase que imediatamente respondi que sim e disse que iria buscá-lo em sua casa (provavelmente ele pensou que eu era alguma dessas meninas desesperada - e talvez eu fosse mesmo). Ele entrou no carro e me disse onde era o lugar que ele queria ir e eu fui feliz e cantando durante todo o caminho enquanto ele ria de mim. Eu disse a ele "você pode beber a vontade que depois eu te levo pra casa. Amanhã eu tenho que trabalhar cedinho então prefiro não beber" e ele realmente aproveitou que me tinha como motorista. Ele virou 3, 4 e depois 5 garrafas de cerveja enquanto eu continuei bebendo suco e ouvindo as coisas que ele tinha para me dizer. Eu me identifiquei com aquela situação já que apesar de estar sempre falando com o meu amigo ou as meninas as vezes eu só queria conversar com alguém que estivesse fora do meu convivo diário. Quando ele já estava meio alterado eu o levei de volta para casa e dessa vez quem cantou no carro foi ele. Antes de sair, ao me beijar, ele quase deixou seu celular comigo então eu me ofereci para levá-lo até a porta de casa, mas ele me garantiu que conseguiria chegar bem até lá. Mais tarde ele me enviou uma mensagem dizendo "esto ben, chguei em segurnça. Bon trabaljo amanhã." O que me fez ficar rindo por muito tempo já que era impossível ele estar bem, mas fiquei feliz por ter saído com ele e esperava que outras oportunidades surgissem logo. O Namjoon é um cara incrível que se eu já gostava dele antes, agora então que eu conheço ele um pouquinho mais eu poderia dizer que estava apaixonada. O que eu sentia por ele era um grande amor de fã e admiração pelo seu grande trabalho como líder.

Quando o Baekhyun entrou no meu carro no dia seguinte eu descobri que o Namjoon deixou a carteira cair dentro no chão, mas como ele estava de folga hoje é pela quantidade de soju que ele bebeu eu deduzi que ele iria dormir até bem mais tarde. Eu liguei para ele várias e várias vezes, mas ele não me atendia até que quando já estava quase a noite ele me mandou uma mensagem dizendo que saiu com o maknae deles e deixou o celular em casa, pois não queria ser interrompido por nada. Depois de uma breve conversa ele disse que na sexta-feira (2 dias depois) iria buscar a carteira dele e que não era para mim me preocupar já que os documentos dele não estavam nela. Eu concordei, mas achei estranha a atitude dele porque eu simplesmente poderia leva-la para ele.

Sexta-feira chegou e como eu estava em casa eu resolvi ir ao salão fazer as unhas, o cabelo e cuidar da pele. Quando voltei para casa perguntei a ele que horas ele iria me ver e como resposta eu recebi uma mensagem me perguntando o que eu achava de nos encontramos às 20h. Eu achei uma ótima idéia porque me dava mais tempo para ficar na banheira com os sais de banho que eu tinha comprado na minha viajem ao Japão mês passado. Aproveitei para ligar para o Baekhyun, Byul, Wheein, Solar e Hwasa e contar as todas essas novidades. Como sempre o Baek se juntou com a Sol para rirem de mim, mas o complemento dessa vez foi o tuite que o meu amigo fez dizendo "espero que minha chefe consiga se sair bem essa noite com o "amigo" dela. Noona fighting!" e como se não bastasse ainda me marcou no post e depois apagou. Os fãs ficaram enlouquecidos com essa declaração dele e quando ele já estava satisfeito com o estrago que tinha feito resolveu ir dormir. As meninas que eu sempre achei que eram minhas amigas ficaram do lado dele e apenas riam e quando ele disse que iria dormir todas elas resolveram desligar a ligação também. A partir daquele momento eu estava decidida que iria bater em cada um deles, mas quando me lembrei que provavelmente o Nam já estava chegando eu deixei esse assunto para depois. Terminei meu banho e me encontrei em um grande problema: eu não sabia o que vestir. Eu não queria por nenhum vestido pois achava que poderia ficar muito exagerado; não queria por um pijama porque ele poderia simplesmente só vir buscar a carteira dele, mas caso ele quisesse entrar para conversar esse não era um bom traje para estar se usando; eu não queria usar nenhuma calça, porque eu odeio calça principalmente jeans e eu não queria ficar desconfortável; não queria usar saia porque como eu estou em casa vou querer sentar com os pés no sofá e alguma coisa vai acabar aparecendo. Depois de tanta procura eu achei um short super confortável que eu comprei a muito tempo quando eu viajei para os EUA. Ele era de pano então era confortável o suficiente para mim e com ele eu pude colocar uma blusa de manga comprida que eu tinha que ia combinar perfeitamente. Me olhei no espelho e me senti linda e inspirada e por isso resolvi sentar na frente da penteadeira e fazer uma maquiagem bem leve. Enquanto ele não chegava eu tirava várias fotos, bem orgulhosa do meu trabalho como maquiadora. Quando o ponteiro do relógio chegou no 20 a campainha da minha casa tocou e assustou os gatos que dormiam perto da porta. Eu me levantei rapidamente e fui atendê-la. Não é como se eu não tivesse visto ele antes, mas ele estava lindo com aquele óculos preto de armação grossa, camisa preta, jaqueta jeans (que combinava com a cor da calça) e tênis também preto. Ele entrou, eu disse para ele se sentar e no fim da noite acabamos conversando e bebendo cerveja. Durante nossas conversas contei das várias vezes que eu esqueci de um compromisso ou que mesmo eu acordando muito cedo de alguma forma eu acabava sempre me atrasando (o que ele disse ser impossível na situação dele já que ele era extremamente pontual - e eu pude perceber isso hoje), mas ainda sim era muito mais divertido ouvir ele contando das coisas que ele já quebrou ou perdeu e mais ainda ver toda a sua atuação contando os fatos.

Eu: se você tem tanto azar com óculos me dá esse aqui antes que você estrague. Ele é muito bonito e não merece sofrer.
Namjoon: você quer um de presente? Acho que ia ficar lindo em você.
Eu: qualquer óculos fica bom quando a cara da pessoa já ajuda né? Eu tô brincando eu não sou narcisista.
Namjoon: mas eu concordo, você é muito bonita mesmo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...