1. Spirit Fanfics >
  2. REFLECTIVE BOY . sungtaro >
  3. Now everything is fine ( capítulo único )

História REFLECTIVE BOY . sungtaro - Capítulo 1


Escrita por: soleileil

Notas do Autor


o garoto estava com a cabeça apoiada no ombro do outro, aproveitando a companhia dele, ao sentir sua mão ser segurada, um sorriso singelo tornou a aparecer em seus lábios.

entretanto, pensamentos surgiram também, como ele havia conseguido alguém como aquele garoto?

— por que você gosta tanto de mim? — indagou o menor para o namorado.

o outro ficou pensativo, cantarolando por alguns segundos antes de dar uma resposta concreta.

— e tem como não gostar de você? — ele sorriu, se aproximando do outro e passando a deixar selares em seu rosto — uma pessoa tão bom e gentil como você merece ser estimada

uma sensação boa tornou a aparecer em seu peito, ele pegou gentilmente a mão do outro e a beijou

— eu gosto de como você desperta a pessoa que já fui

Capítulo 1 - Now everything is fine ( capítulo único )



Reflexivo não seria a melhor descrição para Osaki Shotaro, um garoto com uma face que conseguia ser uma das coisas mais belas já existentes no mundo e ao mesmo tempo, vazia e sem uma expressão genuína; buscando disfarçar tal falha através de expressões e reações treinadas na frente de um espelho e imitações de pessoas ao seu redor, alcançando aperfeiçoa-las a medida que perdiam seu valor.
Atrás da moldura, esconde seres sem forma que gotejam e mancham aquilo que encostavam, impregnando até o núcleo de lamentações profundas, as cicatrizes estavam espalhadas por toda a superfície e ao menos dos toques — somente o vislumbre daquela visão desperta desconforto e nojo naqueles que são c̶o̶r̶a̶j̶o̶s̶o̶s̶ ̶e̶ tolos o suficiente para tentar ver atrás da moldura.
Ele havia se acostumado com aquelas reações, Shotaro repetia aquela frase para si mesmo enquanto sentia uma sensação ruim no peito, tornando a não permitir que os outros vissem além de suas faces ensaiadas. Até o momento em que conheceu Jung Sungchan, outro indivíduo aparentemente tolo ̶e̶ ̶c̶o̶r̶a̶j̶o̶s̶o̶.
Aproximando-se aos poucos, o jovem adentrou em sua vida e conseguiu cair em sua graça. Sungchan conseguia despertar sentimentos positivos no interior de Osaki, que cresceram como botões de flores, suas raízes se infiltrando em seus cantos mais profundos e se fixaram, deixando explícita a intenção de permanecer e quando floresceram, conseguiram deixar aquele local um pouco mais agradável.
E mesmo quando Sungchan adentrou por completo no interior e testemunhando aquelas formas abomináveis e as rachaduras que acercavam aquele local, Sungchan não demonstrou desgosto, mas preocupação diante ao cenário e uma disposição para entende-lo e se estivesse ao seu alcance, ajudá-lo — um sentimento genuíno nascido da estima e gentileza presente no ser que era o outro garoto invés de um sentimento vazio de pena que Shotaro tanto desprezava sentir quanto despertar nas pessoas.
Ele era uma pessoa na qual Shotaro não estava acostumado a ter em sua vida, assim como era alguém que ele estaria disposto a manter em sua vida. Durantes as madrugadas mal dormidas, ele questiona como poderia existir alguém tão bom e que o enxergava daquele mesma maneira.
Ele estava em êxtase pelo garoto, desejando mergulhar naqueles sentimentos e sensações despertados de maneira vagarosa e amena.
Shotaro aprenderia a ser reflexivo, não somente por Sungchan, mas também por si mesmo — ambos mereciam ser estimados com intensidade.

Notas Finais


— até a próxima, queridos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...