1. Spirit Fanfics >
  2. Reframe the life - Changki >
  3. Do you love me?

História Reframe the life - Changki - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura, bebês! ♥️

Capítulo 6 - Do you love me?


Fanfic / Fanfiction Reframe the life - Changki - Capítulo 6 - Do you love me?


                                    ☕☕

Após dizer que precisava conversar com Hyunwoo, entramos no apartamento e ele colocou suas coisas em cima do sofá. Eu tentava buscar uma maneira de começar a conversa, mas as palavras pareciam fugir da minha mente. 

~ O que houve, Kihyun? - Finalmente Shownu disse, quebrando o silêncio. 

~ Como assim "o que houve, kihyun". Se alguém tem que perguntar isso, sou eu!! -

~ Você que disse que tínhamos que conversar, estou esperando você começar. 

~ Como você consegue estar tão tranquilo sabendo de tudo o que fez? 

~ Você está se referindo ao jantar de ontem? - Por incrível que pareça ele não parecia nada nervoso e isso estava começando a me irritar. 

~ Shownu, você nem me deu explicações. Quanto tempo acha que fiquei te esperando? Custava mandar uma mensagem? 

~ Imprevistos acontecem, Kihyun. Você deveria estar acostumado com isso. 

~ Ah, ótimo!! Agora eu tenho que me acostumar com um esposo relapso, que não se importa comigo. Ninguém se acostuma com isso, pelo amor de Deus!

~ Você está sendo injusto comigo. Foi apenas um jantar, eu posso te recompensar depois. 

Apenas um jantar, foi exatamente isso que saiu da boca dele. Neste momento eu dei uma risada fraca por não acreditar ter ouvido o que ouvi. 

~ Qual foi o imprevisto? - Perguntei enquanto abraçava meus próprios braços e me segurando para não chorar. 

~ O de sempre. Reuniões com contratantes, fechando negócios. É a minha vida de sempre, você sabe. - Respirou fundo. 

Eu queria acreditar que fosse isso, queria de fato não precisar me prolongar neste assunto. Mas que inferno de contratante fica até tarde em uma maldita reunião? 

~ Você tem outra pessoa. - Sussurrei. 

~ O que? 

~ VOCÊ TEM OUTRA PESSOA!!! Deu para entender agora, Hyunwoo?

~ Do que você está falando? 

~ Ninguém fica até tarde numa maldita reunião. Você está sempre fechando negócios, jantando com empresários. Muitas vezes nem parece levar uma vida de casado. Ou melhor ainda, você me vê apenas como um colega que divide o apartamento. Você não me deseja, não conversa comigo e nem sabe o que têm acontecido em minha vida. Talvez você esteja ocupado demais com outra pessoa. 

~ Pera, você acha que eu tenho um amante? Kihyun, você está indo longe demais. - Disse massageando as têmporas, parecendo estar muito cansado dessa discussão. 

~ Para onde você estava indo sábado de manhã? - Perguntei ao lembrar que encontrei com ele saindo do apartamento.

Ele apenas ficou me encarando, como se buscasse uma resposta. 

~ Entendi. E você quer me fazer acreditar que não tem outra pessoa. Eu posso ter sido ingênuo esse tempo todo, acreditando no homem mais trabalhador do mundo. Mas eu cansei, pode ir para onde você ia. Pelo menos alguém tem recebido algo de você.

~ Kihyun... - tentou chegar perto de mim, mas eu apenas desviei e fui para outra direção - Me escuta, por favor! 

~ Quando você estiver disposto a falar a verdade para mim, eu escuto. Mas eu não vou ficar mais aqui ouvindo as mesmas desculpas de sempre. 

Sai do cômodo que estávamos e fui para o quarto, batendo a porta com força. Tive que tirar forças o suficiente para não chorar na frente de Shownu, mas não fiz questão de segurar as lágrimas quando me joguei na cama.

Ouvi a porta abrindo e senti o colchão ao meu lado afundar. Eu sabia quem era e por mais que quisesse gritar para ele ir embora e me deixar sozinho, não tinha forças o suficiente, pois estava afogado no meu próprio choro.

~ Kihyun... me desculpe.

~ Há quanto tempo você têm saído com outra pessoa? - perguntei soluçando, porque por mais que esse assunto me machuvasse, a verdade seria libertadora.

Pude ouvi-lo respirar profundamente e soltar o ar de forma tensa. Meu coração apertava mais há cada segundo que passava  pois sabia que algo bem ruim estava por vir.

~ Tem um tempinho. Eu não sei como aconteceu e nem como tomou proporções tão grandes. Me desculpe de verdade.

~ Meu Deus - levantei da cama custando acreditar que tinha ouvido aquilo.

~ Eu não queria que isso tivesse acontecido, Ki. Mas eu sempre foquei tanto no meu serviço que simplesmente ignorava a minha realidade de casado. Eu não fazia por mal, mas eu priorizei as coisas de maneira errada e quando fui ver a merda já estava feita.

~ E onde que um amante entra em ter priorizado o serviço?

~ Foi um erro. Eu me deixei levar pela tentação, ficando até tarde no serviço para não deixar nada acumular. Na época, Kino começou a me acompanhar e eu sempre pagava uma bebida para compensá-lo o trabalho duro.

Eu ouvia duramente cada palavra que saia da boca de Shownu e não disfarçava o choro. Por mais que tivesse saído da cama, sentei no chão abraçando minhas pernas e ficava encarando qualquer ponto fixo que não fosse ele.

~ Eu errei por ter prolongado, por ter permitido isso acontecer. Mas acho que por te ver pouco, a consciência não pesava muito e quando eu via, estava saindo novamente com ele depois do expediente.

~ Você estava com ele ontem? - a resposta era óbvia, mas foi pela noite de ontem que tudo veio à tona.

~ Eu estava no trabalho. Fiquei realmente até tarde tentando fechar um negócio, mas depois Kino não deixou eu ir embora e acabou tomando meu celular e desligando. Não passei a noite com ele, voltei para casa esperando você para te explicar o que tinha acontecido, mas você não voltou.

~ Isso é ridículo. Como eu pude ser tão idiota? Se você estava esperando por mim, por que estava de saída hoje cedo?

~ Eu iria apenas tomar um café e esfriar a cabeça.

As coisas eram delicadas, meu marido tinha acabado de confessar que meu traiu. Contou os detalhes e eu não sabia como reagir além de chorar.

~ Kihyun, eu não te enganei por 2 anos, se é o que está pensando. Faz pouco tempo que tudo isso começou. Antes eu estava realmente muito ocupado tentando chegar em algum lugar naquela empresa. Eu perdi o controle das coisas, me desculpa.

~ Você ainda me ama? - Sim, eu sei. Eu estava dando um tiro no meu próprio pé.

~ Kihyun...

~ Sim ou não, Shownu?

Neste momento eu o encarei, aguardando a resposta. Então ele começou a chorar enquanto negava com a cabeça baixa, pedindo desculpas. Coloquei minha cabeça entre meus joelhos e chorei junto.

Se em dois anos atrás alguém me dissesse que o Shownu deixaria de me amar, eu provavelmente riria da cara da pessoa. Afinal, nós tínhamos acabado de casar.

~ Eu quero que entenda que não tem culpa de nada. Eu não fui um bom marido e não lutei pra deixar nossa chama acessa. Me desculpa, me desculpa. - ficava tentando se explicar o tempo inteiro enquanto eu apenas chorava.

O cômodo ficou em silêncio, apenas duas pessoas chorando baixinho era ouvido.

~ Me desculpe também. Eu acabei me acostumando com nossa rotina e não busquei me encaixar no seu mundo. - doia dizer qualquer coisa, mas eu também precisava reconhecer minha parcela de culpa.

Nosso casamento era monótono, mas era uma relação a dois, então ambos tinham culpa. Ele por trabalhar demais e no fim ter arrumado um amante e eu por apenas reconhecer a rotina e não tentar me encaixar no fluxo meu marido - ou dado uma surra nele por ser tão neurótico.
Quando eu tentei mudar um pouco as coisas, fazendo os planos de 2 anos de casamento, já era tarde demais e nosso relacionamento estava no estopim.

~ Kihyun?

~ hm?

~ O que faremos agora?

~ Eu não sei.

~ Eu vou arrumar minhas coisas e ir para outro lugar. Pode ficar no apartamento.

~ Ok.

Então ele se levantou e caminhou em minha direção, eu me levantei também e nos abraçamos. Eu ainda me encaixava perfeitamente no abraço dele, mas nossa frequência não era mais a mesma. Ali, na curva do seu pescoço eu respirei fundo o seu perfume, me permiti chorar enquanto sentia seus braços ao meu redor e senti que ele também chorava.

Ficamos uns 3 minutos daquele jeito e eu não queria solta-lo. Doeu ouvir que ele não me amava mais e não fazia mais sentido ele continuar com alguém que não tem mais sentimentos. Eu sabia que quando o abraço acabasse, cada um seguiria uma direção e buscaria seu refúgio.

~ Você ainda me ama? - perguntou sussurrado no meio do abraço.

Apertei o tecido de sua camisa e senti que ele firmou mais ainda nosso contato.

~ Sim. - foi apenas o que respondi. Após isso, o silêncio tomou conta da situação e eu resolvi acabar com aquilo.

Me libertei dos seus braços, fiquei em sua frente tentando olhar em seus olhos. Nessa altura do campeonato ambos estavam com o rosto mega inchados e vermelho.

~ Shownu, eu vou ficar bem. Quero que seja feliz e que consiga conquistar todas as suas coisas. Eu ainda te amo e é exatamente por isso que quero você livre. Apesar dos apesares, você me fez muito feliz e meus momentos contigo sempre foram prazerosos, memoráveis, por mais que raros - dei uma leve risada, tentando quebrar o clima. Mas não funcionou.

Ele apenas assentiu com a cabeça, me deu um beijo no topo da cabeça e saiu do cômodo. Respirei fundo e segui para o banheiro para tomar banho.

Eu não sabia como as coisas seriam dali pra frente. Tinha certeza de que eu choraria por algumas noites até aceitar tudo o que tinha acontecido. Entretanto, no fundo eu sentia que tinha feito a coisa certa, sentia que não dava mais para levar as coisas como estavam e que todo mundo da história precisava recomeçar.

Precisava de uma oportunidade de trilhar novos caminhos e construir novos sonhos. Agradecer tudo o que vivi e aprendi, tudo que chorei e sorri para dar espaço às novas experiências da vida.

Eu tinha plena ciência que precisava dessa maturidade para lidar com a situação, mas as coisas são sempre fáceis na teoria.

                                     ☕☕


Notas Finais


CUSTEI COM ESSE CAPÍTULO KSKS ELE TA UM POUCO GRANDE, DESCULPA KKKK

Foi bem tristinho, mas necessário para nossa história engatar.

Vocês estão se previnindo? Lavem as mãos direitinho e usem álcool em gel. Não saiam de casa, apenas em caso de necessidade.

Eu tô em quarentena no serviço e na faculdade, então vou tentar atualizar bem a fic.

Anyways....

Até a próxima. Beijo da tia Gabss ♥️🐝


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...