História Regras - Jimin e Taehyung - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys (BTS), Jimin, Tae, Taehyung
Visualizações 87
Palavras 1.051
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Juro pra vocês que não sabia o que escrever nesse capítulo, mas graças a Deus as palavras fluiram e o capítulo saiu. Espero que gostem, beijos...

Capítulo 32 - Capítulo 32


Fanfic / Fanfiction Regras - Jimin e Taehyung - Capítulo 32 - Capítulo 32

Jimin e eu ainda não conversamos sobre nossa relação, nos falamos ao telefone e contei a ele sobre minha conversa com Taehyung. Então hoje o mesmo ficou de me levar para jantar, disse que não dormiriamos em casa e ainda me pediu que levasse um biquíni. Então comprei um vestido e roupas íntimas para hoje, ajeitei uma bolsa com algumas coisas, deixei meu cabelo preso em um coque, um vestido azul e uma sandálias alta preta que prende a cima do tornozelo. Havia feito uma make básica, mas marcante, coloquei os acessórios e ao olhar o celular tinha uma mensagem de Jimin dizendo que estava em frente de casa. Então peguei minha bolsa, desci, tranquei a porta e fui até o mesmo que estava me esperando apoiado no carro.

— Desculpa a demora - disse parando em sua frente

— Tudo bem, com certeza valeu a pena esperar - sorriu sacana e lhe dei uma tapa no ombto, o mesmo riu e me puxou pela cintura colando nossos corpos — Você está muito linda - disse me dando beijo de esquimó

— Obrigada, você também, parece um príncipe - falei encaixando minha mão na sua nuca

— Eu sou um príncipe, esqueceu que você é minha princesa? - neguei com a cabeça — Eu estou louco pra te beijar, não quero borra sua maquiagem, não agora - beijou meu rosto — Vem - me puxou até a porta do carro e abriu para que eu entrasse, agradeci e entrei. Ele arrodeou o carro e fez o mesmo.

— Aonde vamos? - perguntei

— Segredo - sorriu e deu partida no carro, quase uma hora depois paramos em frente a um dos hotéis mais caros de Seul, olhei para o mesmo e ele apenas sorriu. Entregou a chave do carro para ser estacionado e fomos até a recepção.

— Boa noite sonhores - disse o rapaz da recepção

— Boa noite - dissemos juntos

— Tenho uma reserva no nome de Park Jimin - falou o moreno

— Sim claro, a suíte presidencial certo? - Jimim assentii e eu o olhei surpresa — Quer que sirvamos logo o jantar? - perguntou o recepcionista

— Daqui a 10 minutos por favor - Jimin pediu

— Claro senhor, por favor me sigam, os levarei atrás seu quarto - concordamos e seguimos o rapaz.

Assim que entramos no quarto eu fiquei admirada com a beleza do local, a vista perfeita, janelas de vidro enormes faziam o local ficar perfeito. Fui até a "parede de vidro" e fiquei olhando a vista enquanto Jimim conversávamos com o rapaz da recepção.

— Gostou? - o ouvi perguntar

— Sim, até meu medo de altura foi esquecido por causa da beleza da vista - falei e o ouvi ri, o mesmo me abraçou por trás e beijou meu ombro

— Fico feliz, eu preparei isso de coração, porque é uma noite espescial - falou e eu me virei para ele olhando seus olhos — O que foi? - perguntou ele

— Você é muito lindo - ele pareceu corar — Nossa, Park Jimin tímido, isso é novidade pra mim - brinquei

— Você me deixa assim - falou ele

— Nem parece que antigamente pegava a escola toda - comentei

— Verdade, mas precisou apenas ver um sorriso seu que o pegador se derreteu - esperei ele rir, mas não ele ainda me olhava nos olhos, fomos interropidos pelo serviço de quarto — Nosso jantar - assenti e ele foi até a porta.

Após o jantar, nós fomos nos trocar, ele foi até a hidromassagem e eu o segui.

— Nossa, primeiro vestido azul e agora biquíni preto, alguém está tentando me seduzir - falou ele me estendendo a mão para que eu entresse na idro.

— Pensei que eu não precisasse mais usar dessas artimanhas - falei ao sentar em seu colo de frente para o mesmo

— Não, não precisa, eu já sou todo seu - disse beijando meu queixo

— Acho bom que seja mesmo - me virei de costa deitando em seu peitoral, o mesmo me abraçou e ficamos relaxando

— Quer uma taça de champanhe? - eu assenti e então ele me entregou. Tomei uma, duas taças, enquanto ganhava carícias e conversávamos - Amor, vira pra mim, por favor — pediu ele e assim eu fiz — Eu te trouxe aqui porque quero que quando sairmos daqui tenhamos uma definição sobre nos dois. Quero saber se sou quem você realmente quer e se não se arrepende de ter terminado um noivado por minha causa. Preciso ter certeza que agora é pra valer, sem magoas e desconfianças, apenas nos dois e nosso amor - disse ele, passei as mãos em seus cabelos e admirei a beleza do mesmo

— Você não cansa de ser lindo - comentei e ele riu — Jimin, foi difícil pra mim me decidir, eu estava me sentindo bagunçada e realmente não queria magoar ninguém, principalmente Taehyung que fez muito por mim. Mas ao ter ver novamente percebi que o que eu sentia ainda era a mesma coisa ou maior que no passado. Por mais que tentasse fugir, no fim eu ainda seria sua, como Taehyung disse, poderia estar feliz longe de você, mas não estaria completa. Eu te amo muito, quero ficar com você e essa é a minha decisão final - falei e vi seus olhos brilharem

— Namora comigo? - o olhei surpresa — Isso que você ouviu, quero que seja minha namorada por pouco tempo, mas eu quero - disse ele

— Como assim por pouco tem Park Jimin? - perguntei seria

— Porque não quero um namoro longo, na verdade por mim eu iria direto para a igreja com você e nos nossos casavamos logo. Mas não posso te pedir em casamento assim do nada, quero um pedido a altura da mulher que eu amo - disse ele me fazendo sorrir boba e com os olhos marejados

— Bobo - selei nosso lábios e me afastei — Claro que serei sua namorada, isso é um sim bem grande - falei e ele me beijou com carinho, um beijo demorado e apaixonado. Ele pegou uns morangos ali e começamos a comer, ele me roubava beijos intensos e com direito a muitas mãos bobas. Então me levou para cama aonde tivemos uma longa e intensa noite de amor.


Notas Finais


Logo logo volto com a fic do Yoongi.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...