História Rei Leão - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Rei Leão
Personagens Mufasa, Nala, Personagens Originais, Pumba, Sarabi, Scar, Simba, Timão
Visualizações 116
Palavras 844
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Nada a declarar...;)
Boa leitura!

Capítulo 10 - Surpresa?


Fanfic / Fanfiction Rei Leão - Capítulo 10 - Surpresa?


O sol nasceu, trazendo consigo mais uma manhã quente nas terras do reino.
A maioria dos animais ainda estava dormindo, mas uma filhote já estava de pé.
Lia havia acordado mais cedo do que de costume e, vendo que as outras leoas ainda estavam adormecidas, decidiu dar uma caminhada sem sair dos limites da pedra do rei, lógico.
Ela andou tranquilamente, desfrutando da paz e do clima agradável daquela bela manhã.
Alguns animais que ela encontrava no caminho à cumprimentavam amigavelmente e ela retribuia com um sorriso amistoso.
Lia se sentou sobre uma pedra próxima e ficou lá, apenas sentindo os raios quentes do sol em seu pelo.
Passando-se algum tempo, ela viu Simba sair da pedra do rei.
O filhote correu em linha reta, sem notar que alguém o observava.
-"Hey, Simba!"-Lia gritou, saindo da pedra onde estava e correndo atrás de Simba.
-"Simba!"
Simba, ao ouvir seu nome, parou de correr e esperou que Lia se aproximasse.-"Oi, Lia! Não sabia que já estava acordada."
-"Oi, aonde você vai?"- Lia perguntou com curiosidade.
-"Eu... hãm..."-Simba pensou por um momento antes de responder, ele não podia contar à ninguém, era uma surpresa.
-"Então..?"-Lia perguntou, ainda esperando a resposta.
Simba desistiu de tentar pensar em uma mentira e simplesmente respondeu:-"Eu não posso contar..."
Lia ergueu uma sombrancelha, sem entender.-"Por quê não?"
Um sorriso animado surgiu no rosto de Simba.
-"Porque é uma surpresa!" -Ele falou baixinho, como se alguém pudesse escutar.-"Tchau, Lia!"
Simba correu antes que ela pudesse perguntar mais alguma coisa.
-"Tchau... eu acho."-Lia respondeu, observando Simba se afastar rapidamente, até não poder ser mais visto.
Lia deu de ombros e voltou a se sentar na pedra onde estava antes, ela olhou para o céu, admirando as aves que voavam todas numa mesma direção, quando um calau apareceu na sua linha de visão e pousou bem à sua frente, sorrindo para ela.
-"Bom dia, Zazu!"-Lia o cumprimentou alegremente.
-"Bom dia, Lia!"-Zazu respondeu feliz.-"Ótima manhã, não?"
-"Sim."
-"O que faz aqui sozinha, se me permite perguntar?"-Zazu perguntou educadamente.
-"Nada de mais, apenas aproveitando o sol."-Lia respondeu, se esticando sobre a pedra com um pequeno sorriso.
-"Se não for incomôdo, será que posso me juntar a você?"-Zazu perguntou, cortez como sempre.
-"Claro, não vai me incomodar!"-Lia falou, observando Zazu pousar sobre uma pedra menor, próxima à dela.
Ambos ficaram um tempo em silêncio, apenas aproveitando o calor reconfortante do sol.
Lia olhou para Zazu quando um pensamento lhe veio à cabeça, um sorriso brincalhão se formando em rosto.
-"Hey, Zazu..."-Ela chamou calmamente o Calau que estava de olhos fechados.
-"Sim?"
-"O que Zaki e Simba fizeram com você aquele dia?"
Zazu abriu os olhos quase de imediato ao se lembrar do desagradável ocorrido, ele ainda sentia dores por todo o corpo.
-"Eu realmente não quero falar sobre isso."-Zazu falou, o que só deixou Lia mais curiosa sobre o que poderia ter acontecido.
-"Deve ter sido ruim..."-Lia falou, soltando uma risadinha, Zaki e Simba juntos podia ser um problema e tanto.
Zazu bufou em resposta.
-"Ah, vai me conta, por favor!"-Lia tornou a insistir.
Zazu olhou para Lia com uma expressão de desagrado, antes de revirar os olhos.
-"Eles me prenderam embaixo de um Rinoceronte."
Os olhos de Lia se arregalaram em choque e ela tentou conter uma risada, mas foi em vão.
-"Eu... eu n-não acredito!"-Lia falou entre risadas, ela riu tanto que acabou escorregando da pedra em que estava e caindo no chão gramado.
-"Muito engraçado..."-Zazu falou com sarcasmo, olhando a filhote rolar no chão de tanto rir, chegando ao ponto de chorar.
Após um tempo, ela se acalmou e enchugou as lágrimas, olhando para Zazu com um sorriso culpado.-"Desculpe Zazu."
Zazu não pôde conter o sorriso, ele era apenas mais um dos muitos animais que não conseguiam não se encantar com Lia. Sua meiguice e bondade era o que fazia com que todos gostassem dela, até mesmo os pavões à perdoaram por ela ter pego um dos seus ovos.
O Calau soltou uma leve risada e voou, pousando perto da filhote ainda deitada.
-"Acho que foi um pouco engraçado, se tirarmos o fato que eu quase fui esmagado até a morte."-
Lia deu uma risadinha quando Zazu fez coscégas em seu nariz com uma das penas de sua asa.
-"Zazu!"-A voz de Mufasa soou, fazendo o Calau dar um salto, ele estava tão distraido com Lia que não percebeu que Mufasa estava parado perto da pedra do rei, esperando por ele.
-"Vejo que está em ótima companhia, não quero atrapalhar."-Mufasa falou em um tom humorado ao ver a cara de espanto do Calau.-"Bom dia, Lia!"
-"Bom dia!"-Lia respondeu, olhando para Mufasa.
-"Oh, Magestade, bom dia!"-Zazu fez uma reverência.-"Perdoe-me, já estou indo tratar de minhas obrigações."
Mufasa sorriu e acenou com a cabeça, antes de ir embora.
-"Tenho ir agora, o dever me chama.Tchau, Lia!"-Zazu voou para acompanhar Mufasa, deixando Lia sozinha novamente.
Ela se levantou e começou a caminhar de volta até a pedra do rei, quando se lembrou da tal surpresa que Simba havia falado e se perguntou sobre o que poderia ser.
 


Notas Finais


Agora que reparei q ja havia falado q o Zazu estava em baixo de um rinoceronte em um capitulo anterior, vou mudar isso no capitulo 8.
Bjos lindos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...