História Reino de Mentiras - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Candy Chiu, Dipper Pines, Gideon Gleeful, Grenda, Pacifica Northwest, Stanford "Ford" Pines, Stanley "Stan" Pines, Wendy Corduroy
Visualizações 13
Palavras 706
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Se a história estiver com a formação errada, me perdoem. Eu a escrevia pelo WhatsApp e ainda tenho que revisar para arrumar erros de ortografia, gramatical ( se eu souber arrumar, me ajudem na gramatica pf ) , acentuação etc. É isso .

Bjs Titia Neko

Capítulo 1 - 1


Um dia ensolarado sem nuvens no céu mas não o suficiente para derreter a neve no chão e nas copas das árvores. Seria um dia relativamente perfeito para quem gosta do frio como eu se não fosse por...

- WILL ONDE ESTA A MINHA COROA SEU BASTARDO.

  Gritou a princesa Mabbel.  Suspiro tentando controlar as lagrimas de rolarem pelo minha face,se o fizesse apanharia mais. Ando lentamente e tomando cuidado para não derrubar a coroa de um ouro pálido mas parecendo prata que ouro incrustada com safiras azuis e algumas pedrinhas douradas.  

- Foi fazer a coroa em vez de poli-la mordominho ? 

Falou com sarcasmo uma das nobres menores que vestiam a princesa.

- Não a tempo de discutir. Termine de me vestir serva- Disse friamente a princesa Mabbel- Rápido.

 A  menina voltou a apertar o espartilho. A outra nobre começou a colocar o vestido azul royal e preto, que são as cores do reino.  Deixo delicadamente a almofada com a coroa em cima de uma mesa e vou ajudar a nobre a por o vestido sem amassar. 

- Will quero que fale para Mason que o quero ver com a coroa na cabeça durante a recepção e festa.

- Sim alteza... Se, se e o príncipe se recusar a me receber?- Falo temeroso de receber algum tapa. Mas para meu alivio ele não veio. Princesa Mabbel suspirou.

- O avise mesmo assim. Caso ele não a use hoje... - Ela me lança um olhar que já diz tudo, " Você que vai apanhar", - Espero que esteja recuperado amanhã . 

Engoli em seco e falando baixo " com sua licença princesa", retirei- me apressado dos aposentos dela, e caminhei em passos rápidos e silenciosos pelos corredores do palácio até os aposentos do príncipe Mason.  Suspirei ao ser parado na porta pelo guarda especial da realeza.

- O príncipe não autorizou a entrada de ninguém. Nem mesmo a sua.  Disse o guarda com a voz vazia como um corredor de uma casa abandonada.

- Preciso entregar um recado da princesa Mabbel para o príncipe.

 - Ele não quer ser incomodado.

- Mas eu necessito entregar o recado e uma ordem direta da princesa herdeira.

- Não lhe foi concebida a permissão de ver o príncipe. 

- Mande o recado por favor.  Supliquei com a voz embargada pelo choro reprimido.

- Conhece as regras. Agora saia.

Suspirei com a cabeça baixa e tentando mais uma vez fazer com que meus olhos marejados voltassem ao normal.  " Meu castigo sera pior. Ela vai me deixar sem comer... Não pior ela vai me por na caixa ".  Assustado com essa possibilidade tentei mais uma vez implorar para o guarda dar ao menos o recado.

Mesmo sabendo que sentimentalismo nunca funcionária com a guarda real , feitos de feitiços sombrios e soldados com almas "quebradas", o ser que agora controla os corpos deles são incapazes de sentir quaisquer coisas.  Mesmo sabendo que seria inútil tentei.

  Quando realmente tentei a última vez, e estava me virando para ir embora, a porta do quarto do príncipe Mason se abre. Enxugou rapidamente as lágrimas, e faço uma reverencia rápida.

 - Vossa alteza...

- Cale-se- disse príncipe Mason em seu tom frio.

Olho rápidamente para ele antes de olhar novamente para baixo.

- E cada vez mais degradante  para você vir a porta de meu quarto e fazer uma tempestade em copo d'água somente para me dar recados inúteis que minha irmã lhe obriga.

Abaixei mais a cabeça. 

- des desculpe- me príncipe. Mas a princesa me mandou dar o recado...

- Olhe nos meus olhos quando falar comigo - Levanto o olhar para seus olhos azuis como o céu de verão mas que são tão frios quanto a água congelada do lago- Agora me fale o recado inútil de minha irmã.

-A princesa deseja lhe ver usando sua coroa durante a recepção e baile.

Seu rosto tomou uma expressão raivosa. Me encolho me preparando para receber alguma repreensão física por meu estardalhaço.

- Era só isso? -Concordo com a cabeça. -Palavras.

. -Sim príncipe.

Ele bufa enquanto massageia suas têmporas. Ele abre mais a porta do quarto e fala.

. -Ache aquela coisa. Estou ocupado de mais para procurar uma joia idiota.


Notas Finais


Dei uma arrumada rápida, mas qualquer erro me avisem.
Vou ficar revisando vira e mexe para arrumar as coisas.
Atualização assim que tiver arrumado os outros caps.
Bjs Titia neko


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...