1. Spirit Fanfics >
  2. Reins >
  3. A Alguns Dias

História Reins - Capítulo 15


Escrita por:


Capítulo 15 - A Alguns Dias


Fanfic / Fanfiction Reins - Capítulo 15 - A Alguns Dias

Addison sorriu para o celular e mordeu os lábios.

– O que a Meredith aprontou dessa vez para você está sorrindo para o celular pela décima vez? – Naomi perguntou curiosa, Addison a olhou.

– Acabou de fazer a primeira cirurgia solo, ela está tão animada, falou disso a noite inteira ontem.

– Dê os parabéns a ela.

– Tudo bem – Disse sorrindo.

– Não pensa em ir até Seattle matar a saudade?

– Eu estou monitorando você, Naomi, não posso simplesmente ir visitar a minha namorada, por mais que eu esteja morrendo de saudade.

– A quanto tempo estão nessa troca de mensagens e ligações.

– A alguns dias – Naomi ergueu a sobrancelha encarando-a e Addison revirou os olhos – Desde que completamos três meses de namoro.

– E pelo que eu me lembre isso já tem várias semanas, não apenas alguns dias.

– Nós estamos bem e é isso o que importa, ela está até mais próxima da irmã, Derek não tem sido um problema a alguns dias o que é muito bom e estamos cada dia melhor, podemos continuar com as ligações por mais alguns dias.

.§.

Meredith caminhou pelo corredor do e tudo estava em completo silêncio, o andar parecia vazio por mais que alguns pacientes e enfermeiros estivessem pelo local, ela se aproximou da recepção e sorriu para uma enfermeira morena que tinha o semblante sério.

– Oi, sou a doutora Grey, eu fui chamada nesse andar, pode me informar quem me bipou?

– Não sei dizer, doutora.

– Obrigada – Sorriu e saiu calmamente pelo corredor contrário ao que havia indo.

Sentiu o corpo ser puxado para uma sala escura e a porta ser trancada, quando tentou gritar sua boca foi tapada, se debateu sentindo o pavor percorrer seu corpo e as lágrimas inundarem seus olhos.

– Quietinha Meredith, eu vou ser carinhoso com você – Sussurrou rouco na orelha dela.

Novamente ela tentou gritar sentindo sua calça ser abaixada.

– Shh... Não podemos fazer barulho, sei como adora ser selvagem, mas aqui não.

Meredith gritou abafado ao sentir o membro rijo lhe possuir de forma dolorosa e deixou as lágrimas caírem enquanto se debatia, mais o pavor junto as mãos firmer que lhe seguravam não lhe davam forças para escapar daquele pesadelo.

– Adoro quando penetro você, é excitante, eu sei que você me adora também e que está apenas se fazendo de difícil, mais sei como gosta – Disse apertando o seio dela com a mão livre.

Meredith chorava cada vez mais, o desespero corria por seu corpo e aquilo parecia não ter fim, tentou novamente se debater mais seu corpo era preso cada segundo com mais força pelos braços.

Segundos depois não conseguia mais se mover, seu corpo parou de ser movimentado e sua roupa foi posta no lugar, ele a olhou sorrindo e a beijou saindo da sala, Meredith sentou no chão sentindo o corpo completamente fraco, as lágrimas agora eram silenciosas e o mundo parecia girar em câmera lenta.

.§.

Callie caminhou a passos apressados no hospital e logo encontrou Alex junto aos amigos.

– Alex... – Lhe chamou ofegante.

– Era só o que faltava – Izzie disse encarando-a.

– Agora não Stevens – Disse fechando os olhos, logo em seguida os abriu olhando para Alex – Eu preciso saber se viu a Meredith, por favor, me diz que ela acabou de sair daqui.

– Não, já tem quase duas horas que eu vi ela por aqui.

– Droga – Disse passando as mãos nos cabelos, fazendo todos olharem para ela preocupada.

– O que aconteceu? – Cristina perguntou.

– Você já bipou ela? – Alex perguntou.

– Sim, eu estou a quase duas horas bipando e nada, ela disse que iria ver alguns pacientes e logo viria me encontrar, pois tínhamos um compromisso, só que ela não apareceu, não sei se ela está com o telefone pois ela só toca, eu não sei mais onde procurar – Disse com os olhos marejados.

– Encontrou ela? – Arizona perguntou e Callie a olhou desesperada negando com a cabeça.

– Ela não aparece, eu não sei mais onde procurar.

– Talvez ela esteja com o namorado, ela ficou boa em esconder ele, talvez tenha se escondido também – Izzie zombou.

– Eu poupei você de precisar passar por uma sala de cirurgia ao dormir com meu marido, mais se continuar falando assim da Meredith, eu juro Stevens, por tudo o que é mais sagrado, eu juro que a sala de cirurgia será o último lugar por ontem vão pensar em levar você – Disse irritada.

– Vamos perguntar para a Bailey, talvez ela saiba de algo – Arizona disse.

– Sim, vamos – Alex disse.

– Eu vou com vocês.

– Melhor não – Arizona disse olhando-a – Você fica, se algo estiver acontecendo com ela, você provavelmente não será uma das pessoas a qual a Meredith vai querer ver.

– Ela contou a você?

– Todo mundo no hospital já sabe sobre isso, doutora Yang – Disse séria.

– A Arizona tem razão, nós vamos – Alex disse e os três saíram.

.§.

Arizona junto a Callie e Alex pararam Bailey no corredor do hospital e a encararam, ela os olhou assustados.

– O que ta acontecendo?

– Me diz que mandou a Meredith fazendo algo no mínimo impossível – Callie disparou.

– Mais o que quer dizer com isso?

– O que ela quis dizer doutora Bailey, é se você viu a Grey.

– Eu acabei der a Grey e acredite, não foi em uma situação nada legal.

– A Meredith? – Arizona perguntou.

– Não, Lexie Grey com o... – Limpou a garganta – O que aconteceu com a Meredith Grey?

– Ela desapareceu isso já tem umas duas horas, eu já bipei e já liguei no celular e ela não responde – Callie disse em desespero.

– Você viu ela? – Arizona perguntou.

– Sim, mais fazendo quase três horas, ela estava comigo checando os pós-operatórios e foi bipada no quinto andar, depois que terminou o que estava fazendo, subiu.

– Vamos Alex – Callie e Alex correram para o elevador.

– O que é que ta acontecendo?

– Ainda não sabemos – Arizona disse seguindo os dois para o elevador.

Os três saíram do elevador e caminharam até a recepção.

– Oi, estávamos procurando a doutora Grey – Arizona disse sorrindo.

– Ela passou aqui a algumas horas, disse que foi chamada, quando eu disse que não sabia, ela foi embora.

– Pra qual...

– Shh... – Callie disse fazendo os três olha-la, escutou o som do celular de Meredith e seguiu rapidamente pelo corredor sendo seguida por Alex e Arizona, quando o som ficou mais alto.

Callie abriu a porta da sala e viu Meredith encolhida no chão.

– Meredith – Disse aliviada aproximou-se – Graças a Deus – A abraçou sentindo o corpo trêmulo da loira – Alex, me ajuda – Disse ao notar que a loira nem ao menos se movia, Alex aproximou-se e ajudou Callie a levanta-la.

– Acho melhor leva-la para casa, Callie – Arizona disse encarando-as.

– Sim, Alex, me ajuda a coloca-la no carro.

– Tudo bem.

– Eu pego as coisas dela e encontro vocês no estacionamento – Callie afimou olhando para Arizona.

– Obrigada – Arizona sorriu de canto e logo seguiram para o elevador.

.§.

Callie chegou em casa e com a ajuda de Alex levou Meredith para dentro de casa, logo Alex voltou para o hospital, Meredith não havia dito uma palavra sequer desde que haviam saído do hospital, Callie lhe deu banho e a colocou deitada na cama.

– Quer comer algumas coisa? Eu posso preparar, sei que estava cansada do plantão e ainda está bem cedo, não tem como pedir comida – Disse sorrindo, Meredith a olhou voltando a chorar só que agora com mais desespero.

– Foi horrível, Callie – Disse em meio ao soluço, Callie a abraçou.

– Está tudo bem, Meredith, tudo bem, quer me dizer o que aconteceu? Talvez eu possa ajudar e se eu não puder, eu vou tentar ajudar mesmo assim – Meredith contou entre soluços e lágrimas o acontecido de horas antes deixando Callie completamente assustada com o ocorrido.

Callie secou as lágrimas que caíam em seu rosto e suspirou.

– Nós vamos resolver isso, prometo a você, agora descansa, eu vou preparar alguma coisa pra você comer, não vou demorar – Disse levantando e saindo do quarto.

Minutos depois o som do carro foi ouvido, Callie correu para o andar de cima, pedindo a todos os santos para Meredith estar no quarto, quando entrou viu algumas peças de roupa caídas pelo chão, desceu não vendo o carro estacionado e começou a se desesperar, ligou incontáveis vezes para o número de Meredith que nem mesmo se importou em atender e logo para a única pessoa que lhe veio a mente.

– Alô? – A voz sonolenta e rouca anunciou  a ruiva havia sido acordada.

Addie, oi – Disse tensa.

Callie?– Perguntou sentando-se na cama – O que aconteceu? – Passou a mão nos cabelos ao olhar o despertador – Está cedo pra ligar.

Eu sei, me desculpa por isso, é que aconteceu uma coisa e... – Coçou a nuca – E a Meredith saiu com o carro.

– Ela já é bem grandinha pra sair com o carro, Callie, não precisa me acordar por causa disso.

Eu sei.

– Eu preciso dormir, cheguei a pouco tempo de um plantão e...

Addison, escuta – Disse em desespero ao notar que falava junto com a ruiva, fechou os olhos e soltou – O Derek abusou da Meredith.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...