História Relações de palha - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias One Piece
Personagens Brook, Franky, Monkey D. Luffy, Nami, Nico Robin, Personagens Originais, Roronoa Zoro, Sanji, Tony Tony Chopper, Usopp
Visualizações 64
Palavras 1.215
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Festa, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero q gostem, é minha primeira fic
De todos os personagens eu so criei um
( Eu decidi reescreve-la pois sua qualidade está, ou estava muito baixa)

Capítulo 1 - Um homem curioso


Era um dia nublado, com uma névoa escura e simples, O sunny permanecia em um extremo silêncio,todos os mugiwaras estavam quietos cada um em um canto do navio Luffy estava dormindo em sua cadeira especial, Nami estava desenhando mapas, Franky e Usopp estavam na oficina, Chopper estava em seu laboratório, Sanji na cozinha e Robin está lendo um livro no ninho do corvo, onde Zoro está a de vigia. Zoro estava sonolento e entediado, quando estava perto de pegar no sono ele avistou um objeto estranho na água,  parecia uma pequena canoa, mas devido a neblina zoro não conseguiu ter a certeza, com uma voz desanimada ele diz para toda a tripulação

Zoro- pessoal, tem um negócio passando a bombordo do navio, eu não consigo ver direito o que é

Com isso, de todos do navio, o único que deu atenção ao tal "negócio" foi o Franky, ele foi caminhando lentamente até a borda do navio, quando ele olha para a água, uma sombra surge e pula pro meio do navio, era um homem de ombros largos, ele usava uma uma jaqueta simples com as mangas arreganhadas de cor marrom, calças jeans , uma bota de cano alto e uma mochila velha sem contar que ele estava com capuz e uma máscara, uma máscara que aparentava ser de madeira, e com uma um Y vermelho em seu meio. Todos os mugiwaras o cercaram, todos prontos para o combate, Luffy foi o último a chegar, ele veio caminhando devagar com o chapéu em seu rosto, fazendo o mascarado ficar um pouco intimidado, aí chegar Luffy pergunta

Luffy- Ei, mascarado esquisito o que você quer?

Com um rápido movimento o mascarado fica em posição de "ataque" ele ficava em uma posição de boxe e com os joelhos levemente dobrados e fala de forma relaxada

???- O navio.

Franky fica extremamente puto ao ouvir a resposta do mascarado, e aproveitou que estava próximo e o ataca com um soco rápido, mas com um ligeiro movimento o mascarado desvia do soco , fazendo assim ele ficar ao lado de Franky, ele calmamente coloca a mão no braço do mesmo, e algo muito estranho ocorreu, todos conseguiram ver, que nos braços do mascarado surgiram duas estrelas, iguais a do ciborgue, com o susto Franky pula para trás e usa seu braço como metralhadora, e sem piedade atira, por um breve momento os mugiwaras sentiram um pouco de pena do máscarado, pois Franky não  demonstrava piedade nenhuma,  abre os braços e recebe diretamente todos os tiros fazendo assim uma fumaça subir, quando Franky parou de atirar não porque quis, mas porque tinha acabado sua munição, a fumaça lentamente foi dispersando. Nenhum dos mugiwaras conseguiam acreditar em seus olhos, era impossível, todas as balas que o acertaram estavam no chão, Com isso o mascarado fala calmamente

???- Minha akuma no mi me permite copiar perfeitamente as habilidades de quem eu toco

Terminado essa frase ele estendeu o braço para cima, tocando calmamente sua mão esquerda em seu pulso direito, ele transforma sua mão em uma metralhadora e atira para o céu de forma idêntica a franky

Todos ficam extremamente assustados com o que acabaram de ver, afinal como alguém poderia se transformar em um Ciborgue em questão de segundos. Todos exceto Luffy, que caminha tranquilamente até o mascarado que estava com a mão em forma de metralhadora, mas ele sabia que não adiantaria de nada, Luffy chega perto e pergunta com um sorriso e uma risada

Luffy- Você gostaria de ser nosso nakama? Você e bem legal kkkkkk

Todos gritam aí mesmo tempo

- TA FALANDO SÉRIO LUFFY?

O máscarado fica sem jeito e era evidente o quanto estava confuso, depois de alguns segundos, ele diz de uma forma seria porém amigável

???- eu aceito uma carona, assim não vou te que roubar o navio ou ter que voltar para aquela canoa maldita, quanto a sua proposta eu vou recusa-la. Luffy faz um biquinho e diz

Luffy- você não quer ser nem nosso nakama temporário? Nami se intromete dando um soco na cabeça de luffy e dizendo

Nami- Luffy nos nem sabemos o nome dele, não sabemos nada, não podemos confiar nele, vai que ele pretende nos prejudicar. O mascarado diz de forma seca e direta

Yruc-meu nome é Yruc, sou um ex marinheiro e agora um ex ladrão e pirata, eu estou preso naquela canoa cerca de 2 semanas devido a uma briga com um antigo amigo, eu gostaria de dizer qual é minha akuma no mi, mas sinceramente, eu não sei, eubso a encontrei e a comi

Luffy- Nossa como vc é sincero, viu Nami, nos podemos confiar nele. Nami da outro soco na cabeça de luffy, e o mesmo fala num tom irritado

Luffy- AIII NAMI!! Porque você me bateu de novo? Você esta me tratando desse jeito estranho dês que nos saímos lá de Amazon Lily, você esta brava comigo??

Nami- Primeiramente eu não quero falar sobre o que aconteceu naquela ilha, segundo  vc não pode chamar qualquer um pro grupo, isso é muito perig......

Enquanto nami falava o mascarado tira sua máscara, revelando sua face, ele era um homem moreno de cabelos escuros barba cerrada, olhos verdes claro, ao ver o rosto de yruc  nami muda totalmente seu humor, ela começa a pensar como esse cara poderá ser útil para ela vingar de luffy , e acaba fingindo estar toda sem graça e diz

Nami- Eu acho....que..que não tem problema ter mais um nakama, ele pode ajudar bastante

Ficou evidente a todos que o olhar de nami "brilhou" ao ver o rosto e de yurc, como tbm ficou bem evidente a troca de humor de Luffy, que em apenas questão de segundos ele saiu de perto, indo para o leme do navio, nos olhos se via claramente que ele estava incomodado ao ver a reação da Nami, mas permanecia quieto, o que era algo nem um pouco típico dele, ele sempre diz o que ele pensa, nunca foi de guardar segredos ou disfarçar sentimentos

Nami olhou de canto de olho e viu Luffy subindo as escadas de cabeça baixa, ela deu um leve sorriso, então se virou para todos e perguntou, "quem aceita o yruc como nosso novo nakama?" Percebia-se que poucas pessoas queriam ouvir o que  a Nami tinha a dizer, era evidente que ela estará brigada com alguns nakamas, porém como todos sabiam a importância do assunto, pois era ali e agora que eles decidiram se eles conviveram com mais uma pessoa, então depois de um tempo todos resolveram responde-la. Zoro aceitou, mais já avisou que Ficaria de olho nele, Sanji aceitou porque era a vontade na Nami,-Swan, Usopp, Chopper e Brook aceitaram depois de pensarem um pouco, Franky caminhou até Robin olhou para ela, deu um sorriso de superioridade, e aceitou, a única que parecia não gostar era Robin, principalmente depois da provocação de Franky, Mas com um apelo que Nami sussurra para Robin

Nami- Amiga por favor, eu sei que você o achou tão bonito tanto quanto eu

Depois desse apelo Robin não via outra alternativa além de aceita-lo, pois de fato o achou bonito, mas ela deixou bem claro que não gostava da idéia.

Quando todos foram conversar com Yruc, perguntar sobre sua akuma no mi e etc. Franky andou até Robin, e sussurrou em seu ouvido

Franky- venci

Continua...

 


Notas Finais


Obrigado por lerem, como e ainda sou novato, eu gostaria de saber se está ficando boa ou n.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...